Vai um podcast aí? | Rafael Fernandes | Digestivo Cultural

busca | avançada
58257 visitas/dia
1,6 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Sessão Única com Jogo de Escape Game e debate do filme 'Os Bravos Nunca se Calam' em SP
>>> OBRAS INSPIRADAS DURANTE A PANDEMIA GANHAM DESTAQUE NO INSTITUTO CERVANTES, EM SÃO PAULO
>>> Sempre Um Papo com Silvio Almeida
>>> FESTIVAL DE ORQUESTRAS JUVENIS
>>> XIII Festival de Cinema da Fronteira divulga Programação
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Entre Dois Silêncios, de Adolfo Montejo Navas
>>> Home sweet... O retorno, de Dulce Maria Cardoso
>>> Menos que um, novo romance de Patrícia Melo
>>> Gal Costa (1945-2022)
>>> O segredo para não brigar por política
>>> Endereços antigos, enganos atuais
>>> Rodolfo Felipe Neder (1935-2022)
>>> A pior crônica do mundo
>>> O que lembro, tenho (Grande sertão: veredas)
>>> Neste Momento, poesia de André Dick
Colunistas
Últimos Posts
>>> Lula de óculos ou Lula sem óculos?
>>> Uma história do Elo7
>>> Um convite a Xavier Zubiri
>>> Agnaldo Farias sobre Millôr Fernandes
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
Últimos Posts
>>> Nosotros
>>> Berço de lembranças
>>> Não sou eterno, meus atos são
>>> Meu orgulho, brava gente
>>> Sem chance
>>> Imcomparável
>>> Saudade indomável
>>> Às avessas
>>> Amigo do tempo
>>> Desapega, só um pouquinho.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> iPad
>>> iPad
>>> iPad
>>> Sátiro e ninfa, óleo s/ tela em 7 fotos e 4 movies
>>> poeta del vacío existencial
>>> Croft & Kidman
>>> Histórias de gatos
>>> Whitesnake, 1987
>>> Por que Dilma tem de sair agora
>>> A árvore da vida
Mais Recentes
>>> D. Pedro I (Perfis Brasileiros) de Isabel Lustosa pela Companhia das Letras (2006)
>>> Quatro Estações de Stephen King pela Objetiva (2001)
>>> Wicca Gardneriana de Mario Martinez pela Gaia (2005)
>>> O Feitiço do Cinema Ensaios de Griffe Sobre a Sétima Arte de Juan Guillermo D. Droguett e Flavio F. A. Andrade pela Saraiva (2009)
>>> Os Últimos Anos da Escravatura no Brasil de Robert Conrad pela Civilização Brasileira (1975)
>>> Recursos Hidricos - Direito Brasileiro e Internacional de Paulo Affonso Leme Machado pela Malheiros (2002)
>>> Responsabilidade Fiscal - Autografado de Kiyoshi Harada - Autografado pela Juarez de Oliveira (2002)
>>> Lugar de Medico e na Cozinha - Cura e Saúde pela Alimentação Viva de Dr. Alberto Peribanez Gonzalez pela Alaúde (2008)
>>> Jung o Mapa da Alma de Murray Stein pela Cultrix (2006)
>>> Candido Mendes : a Aventura da Consciência de Maria Isabel Mendes de Almeida pela Educam (2008)
>>> Freakonomics - o Lado Oculto e Inesperado de Tudo Que nos Afeta de Elsevier pela Campus (2005)
>>> Transmissores Para Iniciantes - 30 projetos de Newton C Braga pela Saber (1994)
>>> A Astrologia e a Psique Moderna: Um astrólogo analisa a psicologia profunda de Dane Rudhyar pela Pensamento (1986)
>>> Sistemagia de Adriano Camargo Monteiro pela Madras (2006)
>>> O Legado da Deusa de Mirella Faur pela Rosa dos tempos (2003)
>>> Pensando a Física de Mário Schenberg pela Brasiliense (1984)
>>> Les Secrets de Florence Nightingale - bibliothèque blanche de Alice Wilburstone-Payne pela Blanche (2005)
>>> A Bíblia na Linguagem de Hoje - O Novo Testamento 3ª edição. de Sociedade Bíblica do Brasil pela Sociedade Bíblica do Brasil (1975)
>>> Histologia Básica - texto/Atlas de Luiz C. Junqueira; José Carneiro pela Guanabara Koogan (2022)
>>> Quando eu Voltei, Tive uma Surpresa de Joel Rufino dos Santos pela Rocco (2000)
>>> O Atraso Econômico em Perspectiva Histórica de Alexander Gerschenkron pela Contraponto (2015)
>>> Pintando Sua Alma - método de desenvolvimento da personalidade criativa de Susan Bello pela Wak (2007)
>>> O Século XX - o tempo das crises - revoluções, fascismos e guerras volume 2 de Daniel Aarão Reis Filho; Jorge Ferreira; Celeste Zenha pela Civilização Brasileira (2000)
>>> O Massacre de Manguinhos de Herman Lent pela Edições Livres (2019)
>>> O Massacre de Manguinhos de Herman Lent pela Edições Livres (2019)
COLUNAS >>> Especial Podcasts

Quarta-feira, 20/9/2006
Vai um podcast aí?
Rafael Fernandes

+ de 5100 Acessos
+ 1 Comentário(s)

Antes desse especial meu conhecimento de podcast era só, digamos, "teórico". A verdade é que até semana passada não era um costumaz ouvinte. Não tenho iPod nem qualquer outro tocador de MP3. Aliás, nunca tive o hábito de ouvir música na rua, seja por walkman, discman ou tocador de MP3. Talvez por isso não tenha tanta proximidade com os podcasts, pois quando quero ouvir um vou de Winamp, mesmo, e se é para usá-lo acabo optando por ouvir os "básicos" MP3 (apesar de os podcasts terem a vantagem de poder apresentar uma ou outra informação nova interessante). Mas a partir da procura por material para este texto comecei a mudar de opinião e a ter mais afeição por essa nova forma de transmissão de áudio que, se não for a revolução que dizem, pode trazer muitas opções de informação.

A primeira analogia que pode vir à cabeça quando se pensa em podcasts é com o rádio - os apressados diriam que aqueles vão acabar com este. Mas o comparativo com as rádios parecem ser as próprias as rádios on-line, como a Live365 ou até mesmo os streamings das rádios "usuais" (como 89, Cultura e etc), entre outras; ou as novidades baseadas em tags como Last.fm, Pandora, entre outras, que têm diferenças em relação às rádios on-line, mas se aproximam mais das rádios convencionais do que os podcasts. De qualquer forma é sempre um erro "matar" uma mídia pelo surgimento de outra; a tendência, em geral, é de complementaridade ou, mais ainda, adaptabilidade, ou seja, ao enfrentar uma nova mídia a antiga tende a passar por uma mutação e achar sua nova cara e público. Mas é normal comparar podcasts com o rádio, afinal qualquer um pode "sintonizar" um deles e ir ouvindo de fundo. Mas são outra coisa - e não rádio - por alguns motivos: variedade, pois há um número limitado de rádios, já que se trata de concessão pública (ainda que as rádios on-line não tenham esse problema). A quantidade de podcasts de qualidade ainda é pequena, mas tende a crescer rápido (o que já está acontecendo) e não tem limite de número de novos. Poder de escolha é outro motivo: na rádio o ouvinte é obrigado a ouvir tudo o que toca, seja o que foi escolhido via jabá ou, em raros casos, pelos DJs. Com os podcasts, é possível focar no tema que se deseja ouvir e ninguém "perde" o programa da semana por esquecer o horário ou por não poder apreciar naquele momento. Além disso, para utilizar um podcast o ouvinte baixa um arquivo em MP3 em seu tocador ou computador, ou seja, tem "eternamente" o programa em seu poder (ao menos em teoria).

Para esse especial podcast saí pela rede procurando alguns. Li os textos do Julio e da Taís. Do Julio, peguei a dica do Música Discreta e do Guilherme Werneck que, se no geral não me atrai muito, me conquistou pelo ótimo Discofonia 50, de música instrumental brasileira, que abre com o Edu Ribeiro talentoso de verdade (o baterista, e não o "reggueiro-baladeiro"). E também pelo Discofonia 49 com a sempre ótima e estranha Björk e coisas bem pop e bem interessantes que não conhecia: Matthew Herbert, Matmos e Scott Walker. No Brasil outro lugar interessante para procurar novos programas, apesar de ainda ter uma variedade pequena, é a comunidade do Link, do Estadão, que traz algumas boas pedidas como o podcast do bom programa do Alto Falante que, tanto na TV quanto nos programas on-line, sempre traz boas surpresas e não tem o vício brit-pop de muitos podcasts atuais: aceita de Slayer a Franz Ferdinand, de Stevie Wonder a Metallica, de Justin Tmberlake a AC/DC sem restrições. Lá também achei o Miscelânea Vanguardiosa com material bastante interessante de música instrumental brasileira, mostrando Hermeto Pascoal, Moacir Santos, Luciana Souza entre outras ótimas transmissões.

Da Taís, peguei a dica do Podcasting Brasil, que tem um conteúdo variado, incluindo programas sobre negócios, cultura, entrevistas, entre outros, que cobrem desde marketing de empresas como Tigre, Caloi, MAM, Projeto Memória Brasileira, passando por nomes Bernardinho e Amaury Jr, entre tantas outras opções. Altamente recomendável. Por não ter o hábito de ouvir rádio, achei que não fosse muito a minha ouvir notícias ou entrevistas por podcast. Enganei-me. Nesse caso, as vantagens em relação à escolha do tema e momento da audição são muito grandes. Como no caso do podcast da Trip: não tenho o hábito de ouvir rádio, então dificilmente ouviria o programa Trip Fm. Seu podcast dá a oportunidade de ouvi-lo a qualquer hora, sem preocupação de esquecer ou não poder ouvir no exato momento em que passa na rádio - e posso escolher somente o que me interessa. O programa mistura entrevistas e músicas (algumas vezes com seleções feitas por convidados) - ouvi ótimas entrevistas de Zeca Baleiro, Maurício Kubrusly, Juca Kfouri, entre outros. Também achei bastante interessante ouvir o podcast da Info, com as notícias de mais destaque da semana comentadas pelos editores da revista. É altamente geek, mas e daí, é interessante mesmo.

Mas, quando é pra ouvir música tenho de admitir que, ao menos ultimamente (e mesmo com as novas descobertas citadas acima), me sinto muito mais atraído por sites como o Pandora ou o Last.fm, no qual posso descobrir novas bandas de um determinado estilo - que é classificado pelas já citadas tags (mais um hype atual da Internet). Dessa forma, posso pesquisar novos artistas e bandas especificamente por estilos mais próximos do meu gosto. É claro que num podcast posso, no meio de uma seleção maluca de seu autor, encontrar um artista que nunca acharia ouvindo uma rádio específica de, digamos, prog metal ou jazz. Mas não dá pra cobrir tudo, não é mesmo? E, além do mais, o uso de tag pode trazer agradáveis surpresas, sim, como, por exemplo, ouvindo a tag prog metal ser agraciado com um Deep Purple logo após um interessante Devin Townsend e, em seguida, Muse (talvez por ser algumas vezes associada a progressivo essa banda seja vista com certa birra por parte de críticos viciados em brit-pop) - bandas e artistas que se encaixam dentro de um estilo, mas são bastante diversas.

Fazer prognósticos sobre o futuro, em qualquer área, é sempre ruim. Na Internet, então, pior ainda. Há alguns anos, na 1ª bolha da rede, ela era a salvação, a solução para muitos negócios; muito se investiu e se apostou. A bolha estourou e muita gente se deu mal. O passo seguinte foi demonizar a rede: é inviável financeiramente, não funciona como negócio. Hoje, novamente, é a "salvação" - a saída para negócios em crise. Mas não sabemos o amanhã. Com os podcasts não poderia ser diferente: eles tanto podem realmente se afirmarem como uma mídia forte como sumir com o surgimento da próxima novidade - ou pode virar algo que nem imaginamos. Mas não dá pra negar que, agora, é seu momento (ao menos nos EUA). Até quando? Veremos.


Rafael Fernandes
São Paulo, 20/9/2006


Mais Rafael Fernandes
Mais Acessadas de Rafael Fernandes em 2006
01. 10 vídeos musicais no YouTube - 23/8/2006
02. Quem ainda compra música? - 2/8/2006
03. Ana Luiza e Luis Felipe Gama: bela parceria - 13/9/2006
04. Ney Matogrosso: ótimo intérprete e grande showman - 5/7/2006
05. Uma homenagem a Maysa - 25/4/2006


Mais Especial Podcasts
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
22/9/2006
18h26min
Ter o som ou programa que quiser ao alcance do ouvido em qualquer lugar e a qualquer momento não é nada de mais. Porém, divulga-se como se fosse. Na verdade, começar a ouvir demais é, além de uma paranóia tecnológica, uma fuga da realidade total. Quem ouve apenas digere, não mastiga, e sonha, não age. A música é feita para distrair em momentos quaisquer, não para ser catalogada, armazenada e mostrada aos amigos. Idolatrar uma seqüência musical é um típico desvio da juventude de hoje. Podcast não faz muito sentido. Bom, eu tinha que escrever minha opinião de podcast em algum destes textos. Escolhi o seu porque achei muito bom, Rafael, e minha opinião na verdade é pra mim. Por aqui, apenas parabéns e um abraço!
[Leia outros Comentários de Aluizio]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Horizontes da Vida
João Nunes Maia
fonte viva
(1989)



Como Aprendi a Pensar - os Filósofos Que Me Formaram
Luiz Felipe Pondé
Planeta
(2019)



Dia a Dia Com o Evangelho 2019: Ano C - São Lucas
Paulus Editora
Paulus
(2018)



Planejamento Estratégico Empresarial
Maurício Castelo Branco Valadares
Qualitymark
(2003)



Livro - O Primo Basílio
Eça de Queirós
Nova Cultural



Relatos de Uma Alma
Dorita Moraes Barros
lacerda
(1999)



Big Bang
Heather Couper e Nigel Henbest
Moderna
(1997)



Avalon e o Graal
H. Gerenstadt
madras
(2002)



Auto da Barca do Inferno
Gil Vivente
Ftd
(1997)



Psicossomática Hoje
Julio de Mello Filho / Miriam Burd
Artmed
(2010)





busca | avançada
58257 visitas/dia
1,6 milhão/mês