Traçar no papel é mais fácil que na vida | Vitor Nuzzi | Digestivo Cultural

busca | avançada
31843 visitas/dia
1,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
>>> Do inferno ao céu
>>> Meninos, eu vi o Bolsonaro aterrando
>>> Manual para revisores novatos
>>> A Copa, o Mundo, é das mulheres
Colunistas
Últimos Posts
>>> 100 nomes da edição no Brasil
>>> Eu ganhei tanta coisa perdendo
>>> Toda forma de amor
>>> Harvard: o que não se aprende
>>> Pedro Cardoso em #Provocações
>>> Homenagem a Paulo Francis
>>> Arte, cultura e democracia
>>> Mirage, um livro gratuito
>>> Lançamento de livro
>>> Jornada Escrita por Mulheres
Últimos Posts
>>> João Gilberto: o mito
>>> Alma em flor
>>> A mão & a luva
>>> Pesos & Contra-pesos
>>> Grito primal II
>>> Calcanhar de Aquiles
>>> O encanto literário da poesia
>>> Expressão básica II
>>> Expressão básica
>>> Minha terra, a natureza viva.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O escritor pode
>>> Uma Receita de Bolo de Mel
>>> Os 60
>>> Tico-Tico de Lucía
>>> Abdominal terceirizado - a fronteira
>>> Cinema é filosofia
>>> Quem é (e o que faz) Julio Daio Borges
>>> Mulher no comando do país! E agora?
>>> YouTube, lá vou eu
>>> YouTube, lá vou eu
Mais Recentes
>>> A Alma do Poeta (Vinicius de Moraes) de Revista Bravo - Janeiro 2009- Ano 11 - nº 137 pela Abril Cultural (2009)
>>> Jardim Botânico de São Paulo de Juan Esteves & Maria Guimarães pela Terceiro Nome (2012)
>>> Música Faz - vol. 1 - A arte musical na prática escolar - Ensino médio de Yara Alves- Larissa Vitorino pela Htc (2011)
>>> Teimosia da imaginação. Dez artistas brasileiros de Maria Lúcia Montes pela Martins Fontes (2012)
>>> Panoramas. A paisagem brasileira no acervo do Instituto Moreira Salles de Carlos Martins pela Ims (2012)
>>> Andanças de Um Cavaleiro e Outras Novelas de Tennesse Williams pela Espressão e Cultura (1970)
>>> Tributação de Bens Digitais: a Disputa Tributária ... de Tathiane Piscitelli/Fernando Rezende pela FGV Direito (2018)
>>> Caiapó Metutire. Os guerreiros pintados de negro. de Paulo Pinagé & Vito D'Alessio pela Dialeto (2004)
>>> Inglês Sem Mistério Para Concursos de Robson Machado pela Fortium (2005)
>>> Carnaval Brasileiro - O Vivido e o Mito de Maria Isaura Pereira de Queiroz pela Brasiliense/ SP (1992)
>>> Treinamento da Argumentação: Persuadir Em Vez de Contrariar... de Tom Werneck e Reinhard Grasse pela Ediouro/ RJ. (1982)
>>> O encanto das aves. The magic of birds de Ricardo Martins pela Fm (2009)
>>> Portoghese Dizionario essenzaiale Portoghese-Italiano - Italiano-Portoghese de Zanichelli pela Zanichelli (1997)
>>> Princípios de Organização Japoneses: Melhor Produtividade ... de Peter Engel pela Ediouro/ RJ. (1982)
>>> O Dom de Voar de Richard Bach pela Record/ RJ.
>>> O Dom de Voar de Richard Bach pela Record/ RJ.
>>> O Dom de Voar de Richard Bach pela Record/ RJ.
>>> Licença de Marca - Aspectos Jurídicos e Econômicos de Um Contrato ... de Thiago Jabur Carneiro pela Juruá (2012)
>>> O Aleijadinho Arquiteto e Outros Ensaios Sobre o Tema/ Inclui CD de André Guilherme Dornelles Dangelo (e outro) pela Ed. da Escola de Arquit. da UFMG./ Belo Hte. (2008)
>>> Concerto Carioca de Antonio Callado pela Nova Fronteira (1985)
>>> Imperialismo / Discutindo a História de Héctor H. Bruit pela Atual/ Sp. (2001)
>>> Imperialismo / Discutindo a História de Héctor H. Bruit pela Atual/ Sp. (1995)
>>> Imperialismo / Discutindo a História de Héctor H. Bruit pela Atual/ Sp. (1995)
>>> Prêmio FCW 2004 de Fotografia Publicitária Fundação Conrado Wessel de Diversos Autores pela Fcw (2005)
>>> A Questão dos Livros - Passado Presente e Futuro de Robert Darton pela Companhia das Letras (2010)
>>> Mar de homens de Roberto Linsker pela Terra Virgem (2005)
>>> Arte de Perto - Volume Único de Maurílio Andrade Rocha e outros pela Leya (2016)
>>> Palco Paulistano. São Paulo Stage de Vânia Toledo pela Imprensa Oficial (2009)
>>> Todo Paciente Tem Uma Historia Para Contar - Mistérios médicos e a arte do diagnóstico de Dra. Lisa Sanders pela Zahar (2010)
>>> Da Ação direta de declaração de Inconstitucionalidade no Direito Brasileiro de Alfredo Buzaid pela Saraiva (1958)
>>> Ações Cominatórias no Direito Brasileiro de Moacyr Amarral Santos pela Max Limonad (1962)
>>> Do Mandado de Segurança e de Outros meios de Defesa Contra atos do poder público de Castro Nunes pela José Aguiar Dias (1967)
>>> Estudos e pareceres de direito processual Civil de Alfredo Buzaid pela Revista dos Tribunais (2002)
>>> Corinthians é preto no branco de Washington Olivetto e Nirlando Beirão pela Dba (2002)
>>> Do Mandado de Segurança Volume 1 de Alfredo Buzaid pela Saraiva (1989)
>>> Estudos de Direito de Alfredo Buzaid pela Saraiva (1972)
>>> Da Ação Renovatória de Alfredo Buzaid pela Saraiva (1981)
>>> Projeção do Corpo Astral de Sylvan J. Muldoon e Hereward Carrington pela Pensamento
>>> Atribuições dos juízes municipaes de Orphãos e Ausentes na Republica de José Tavares Bastos pela Livraria Garnier (1914)
>>> Novo Dicionário de Processo Civil de Eliézer Rosa pela Livraria Freitas Bastos S.A (1986)
>>> O Novo processo Civil Brasileiro de José Carlos Barbosa Moreira pela Forense (2005)
>>> Manual do Advogado de Valdemar P. da Luz pela Sagra (1999)
>>> Teoria e prática do Despacho Saneador de Jônatas Milhomens pela Forense (1952)
>>> Código de processo Civil Anotado de Sálvio de Figueiredo Teixeira pela Saraiva (1993)
>>> Novo processo Civil Brasileiro de José Carlos Barbosa Moreira pela Forense (1998)
>>> A Prova Civil de José Mendonça pela Livraria Jacintho (1940)
>>> A Morte de Rimbaud de Leandro Konder pela Companhia das Letras/SP. (2000)
>>> Prova Civil Legislação Doutrina Jurisprudência de Raphael Cirigliano pela Forense (1939)
>>> Código do Processo Civil e Commercial para Districto Federal de J. Miranda Valverde pela Impresa Nacional (1927)
>>> De Pessoa a Pessoa - Psicoterapia Dialógica de Richard Hycner pela Summus (1995)
COLUNAS >>> Especial 2000 Colunas

Segunda-feira, 11/12/2006
Traçar no papel é mais fácil que na vida
Vitor Nuzzi

+ de 3900 Acessos

Em uma antiga canção, Caetano Veloso definiu o tempo como "compositor de destinos, tambor de todos os ritmos". O tempo passa mesmo. No exato momento em que escrevo, completam-se um ano e dois meses que vi o meu primeiro texto ser publicado neste Digestivo. Até hoje, é o texto mais lido, sobre Geraldo Vandré, que agora já passou dos 71 anos e cuja história ainda está para ser contada. Se não fosse jornalista, possivelmente seria pesquisador - que é um montador de quebra-cabeças, e quanto mais o tempo passa, mais distantes ficam as peças umas das outras.

Da mesma forma que violão (quanto mais você toca, mais percebe que precisa treinar), quanto mais você escreve e estuda, mais percebe que tem muito a descobrir. Vinte anos atrás, fui com um amigo a um show de Baden Powell. Esse meu amigo, que tocava violão, passou uns tempos sem chegar perto do instrumento, complexado. Chegávamos a dizer que havia um outro violonista atrás do palco, porque não era possível que alguém tocasse daquele jeito. No caso do texto, felizmente, quando vejo um bem escrito, não sinto vontade de parar de escrever. Pelo contrário: é um estímulo a mais. Ler pode ser um prazer ainda maior.

Segundo Lima Barreto, a melhor qualidade de um livro é a sinceridade. Já Graciliano Ramos disse que é preciso trabalhar muito, sem alimentar grandes esperanças. Gostaria de escrever um livro um dia; tenho até um projeto nesse sentido. Falta o biografado consentir. Mas mexer com palavras, minhas e alheias, sempre foi um prazer. Quando comecei a ler, percebi como o mundo poderia ser ilimitado e inusitado. Ao contrário da maioria dos garotos da minha idade, fiquei fascinado, como sou até hoje, por Memórias Póstumas de Brás Cubas.

Por que escrever? Para explicar o mundo é que não é. Talvez para dar a nossa versão.

E descobrir o óbvio: que cada um tem a sua.

Mas percebo, no Digestivo, uma diferença fundamental entre os textos que deixo aqui e os que escrevi na maior parte do tempo, nesses últimos 18 anos, como repórter de jornal. Ao fazer nossa matéria diária - aliás, nossas matérias, porque jornalista tem uma infinidade de pautas a cumprir todos os dias -, quase nunca sabemos o que o nosso leitor achou. Sequer desconfiamos se o texto o incomodou, irritou ou emocionou de alguma maneira. Se ele nos achou esplêndidos ou ignorantes. Aqui, a chance é maior de receber uma resposta, de perceber uma reação. Sem contar os debates na seção de Comentários, que são sempre estimulantes, por mais que discordemos do argumento alheio.

O grande mérito deste espaço é reunir idéias e formatos tão variados. Mas ainda reluto em imaginar o Digestivo como um universo jornalístico. Acho que temos, ainda, mais opinião do que informação, que é a principal matéria-prima para qualquer jornal ou revista - se bem que muitas vezes vemos por aí tantas opiniões disfarçadas de notícias, mas isso é outra discussão. Já que o editor pergunta, respondo: às vezes falta informação. Pondero: tratamos de uma linguagem que ainda está se autodescobrindo.

O texto de estréia, aquele do Vandré, provocou reações surpreendentes para mim. Os comentários foram em tom mais emocional, como se eu tivesse falado de um momento simbolicamente importante para a vida de algumas pessoas. O compositor que sumiu há tanto tempo, que não faz show no Brasil desde dezembro de 1968, que se recusa a aparecer e ao mesmo tempo alimenta o seu mito, de uma hora para outra parecia mais presente do que nunca. Assim, o ponto de partida, que era o texto, tornou-se apenas um elo entre passado e presente.

Palavras são pontes.

Revejo o que escrevi ainda nos tempos da faculdade, e claro que às vezes sinto certa vergonha. Mas escrevemos o que podemos escrever. O que sabemos, vemos e sentimos. Com o tempo, sabemos mais (ou deveríamos), aprendemos a ver de outras maneiras e sentimos de formas diferentes. Tudo isso vai dentro do caldeirão da mente em que construímos as nossas formas de expressão. Claro que há riscos: ficar mais presos à vida pode nos tornar mais imunes ao viver.

Salvo engano, a primeira referência que tive sobre o Digestivo foi na extinta revista Bundas. A internet já funcionava a pleno vapor, mas ainda sem esse ímpeto avassalador de hoje. Era natural que parte do mundo das palavras migrasse para a tela. O texto impresso resistiu - e continuará resistindo.

Sei que traçar no papel
é mais fácil que na vida.
Sei que o mundo jamais é
a página pura e passiva.
O mundo não é uma folha
de papel, receptiva:
o mundo tem alma autônoma,
é de alma inquieta e explosiva.

(João Cabral de Melo Neto, "Auto do Frade")

Quem escreveu os versos acima começou a perder o interesse pela vida a partir do momento em que perdeu a visão. Não podia ver a palavra escrita.

Será que em todas as noites das vidas, há uma explicação para a verdade que se esconde atrás das gentes, à noite e na vida? Palavras também podem trazer constelações improváveis em noites poluídas. Ou não alimentar qualquer esperança, como falou um dos mestres.

Como jornalista, já não tenho a pretensão de escrever verdades. Essa é uma discussão mais acadêmica que prática. Tento apenas contar histórias, que envolvem personagens e fatos reais. O aniversariante Digestivo abriu caminho para outras histórias e personagens, que podem até existir.


Vitor Nuzzi
Rio de Janeiro, 11/12/2006


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Famílias terríveis - um texto talvez indigesto de Ana Elisa Ribeiro
02. A vida dos pardais e outros esquisitos pássaros de Elisa Andrade Buzzo
03. Os Doze Trabalhos de Mónika. Prólogo. Sem Alarde de Heloisa Pait
04. Os Doze Trabalhos de Mónika. 1. À Beira do Abismo de Heloisa Pait
05. Alice in Chains, por David De Sola de Luís Fernando Amâncio


Mais Vitor Nuzzi
Mais Acessadas de Vitor Nuzzi em 2006
01. Boa nova: o semi-inédito CD de Chico - 2/5/2006
02. Um imenso Big Brother - 6/2/2006
03. Os 40 anos de A Banda versus Disparada - 30/10/2006
04. Outra palavra, da cidade Coração - 11/4/2006
05. Democracia envelhecida - 20/10/2006


Mais Especial 2000 Colunas
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




PERDIDAMENTE
JÚLIO EMÍLIO BRAZ
FTD
(2000)
R$ 20,00



NÚMERO ESPECIAL COMEMORATIVO DOS 20 ANOS CPGD - Nº 27
SEQUÊNCIA 21 ANOS ESTUDOS JURÍDICOS E POLÍTIC
UFSC
(1993)
R$ 31,82



INTRODUCCION AL BUDISMO
H. SADDHATISSA
ALIANZA EDITORIAL SA
(1982)
R$ 19,28



A EVOLUÇÃO DO ESPORTE OLÍMPICO
SESI-SP
SESI - SP
(2012)
R$ 34,00



A MAQUINA DO AMOR - COLEÇÃO BEST SELLERS
JACQUELINE SUSANN
ABRIL CULTURAL
(1985)
R$ 7,00



THE GO-BETWEEN
L. P. HARTLEY
LONGMAN
(1973)
R$ 9,00



SUPERINTERESSANTE 186 PARANORMALIDADE EXISTE?
VÁRIOS AUTORES
ABRIL
(2003)
R$ 5,90



O CÉU COMEÇA EM VOCÊ
ANSELM GRUN
VOZES
(2002)
R$ 15,00



A NOVA CONTABILIDADE SOCIAL
LEDA MARIA PAULANI, MÁRCIO BOBIK BRAGA
SARAIVA
(2005)
R$ 60,00



INTRODUÇÃO A ECONOMIA DA EDUCAÇÃO
MARK BLAUG
GLOBO
(1975)
R$ 23,90





busca | avançada
31843 visitas/dia
1,0 milhão/mês