Traçar no papel é mais fácil que na vida | Vitor Nuzzi | Digestivo Cultural

busca | avançada
30196 visitas/dia
1,4 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS >>> Especial 2000 Colunas

Segunda-feira, 11/12/2006
Traçar no papel é mais fácil que na vida
Vitor Nuzzi

+ de 4000 Acessos

Em uma antiga canção, Caetano Veloso definiu o tempo como "compositor de destinos, tambor de todos os ritmos". O tempo passa mesmo. No exato momento em que escrevo, completam-se um ano e dois meses que vi o meu primeiro texto ser publicado neste Digestivo. Até hoje, é o texto mais lido, sobre Geraldo Vandré, que agora já passou dos 71 anos e cuja história ainda está para ser contada. Se não fosse jornalista, possivelmente seria pesquisador - que é um montador de quebra-cabeças, e quanto mais o tempo passa, mais distantes ficam as peças umas das outras.

Da mesma forma que violão (quanto mais você toca, mais percebe que precisa treinar), quanto mais você escreve e estuda, mais percebe que tem muito a descobrir. Vinte anos atrás, fui com um amigo a um show de Baden Powell. Esse meu amigo, que tocava violão, passou uns tempos sem chegar perto do instrumento, complexado. Chegávamos a dizer que havia um outro violonista atrás do palco, porque não era possível que alguém tocasse daquele jeito. No caso do texto, felizmente, quando vejo um bem escrito, não sinto vontade de parar de escrever. Pelo contrário: é um estímulo a mais. Ler pode ser um prazer ainda maior.

Segundo Lima Barreto, a melhor qualidade de um livro é a sinceridade. Já Graciliano Ramos disse que é preciso trabalhar muito, sem alimentar grandes esperanças. Gostaria de escrever um livro um dia; tenho até um projeto nesse sentido. Falta o biografado consentir. Mas mexer com palavras, minhas e alheias, sempre foi um prazer. Quando comecei a ler, percebi como o mundo poderia ser ilimitado e inusitado. Ao contrário da maioria dos garotos da minha idade, fiquei fascinado, como sou até hoje, por Memórias Póstumas de Brás Cubas.

Por que escrever? Para explicar o mundo é que não é. Talvez para dar a nossa versão.

E descobrir o óbvio: que cada um tem a sua.

Mas percebo, no Digestivo, uma diferença fundamental entre os textos que deixo aqui e os que escrevi na maior parte do tempo, nesses últimos 18 anos, como repórter de jornal. Ao fazer nossa matéria diária - aliás, nossas matérias, porque jornalista tem uma infinidade de pautas a cumprir todos os dias -, quase nunca sabemos o que o nosso leitor achou. Sequer desconfiamos se o texto o incomodou, irritou ou emocionou de alguma maneira. Se ele nos achou esplêndidos ou ignorantes. Aqui, a chance é maior de receber uma resposta, de perceber uma reação. Sem contar os debates na seção de Comentários, que são sempre estimulantes, por mais que discordemos do argumento alheio.

O grande mérito deste espaço é reunir idéias e formatos tão variados. Mas ainda reluto em imaginar o Digestivo como um universo jornalístico. Acho que temos, ainda, mais opinião do que informação, que é a principal matéria-prima para qualquer jornal ou revista - se bem que muitas vezes vemos por aí tantas opiniões disfarçadas de notícias, mas isso é outra discussão. Já que o editor pergunta, respondo: às vezes falta informação. Pondero: tratamos de uma linguagem que ainda está se autodescobrindo.

O texto de estréia, aquele do Vandré, provocou reações surpreendentes para mim. Os comentários foram em tom mais emocional, como se eu tivesse falado de um momento simbolicamente importante para a vida de algumas pessoas. O compositor que sumiu há tanto tempo, que não faz show no Brasil desde dezembro de 1968, que se recusa a aparecer e ao mesmo tempo alimenta o seu mito, de uma hora para outra parecia mais presente do que nunca. Assim, o ponto de partida, que era o texto, tornou-se apenas um elo entre passado e presente.

Palavras são pontes.

Revejo o que escrevi ainda nos tempos da faculdade, e claro que às vezes sinto certa vergonha. Mas escrevemos o que podemos escrever. O que sabemos, vemos e sentimos. Com o tempo, sabemos mais (ou deveríamos), aprendemos a ver de outras maneiras e sentimos de formas diferentes. Tudo isso vai dentro do caldeirão da mente em que construímos as nossas formas de expressão. Claro que há riscos: ficar mais presos à vida pode nos tornar mais imunes ao viver.

Salvo engano, a primeira referência que tive sobre o Digestivo foi na extinta revista Bundas. A internet já funcionava a pleno vapor, mas ainda sem esse ímpeto avassalador de hoje. Era natural que parte do mundo das palavras migrasse para a tela. O texto impresso resistiu - e continuará resistindo.

Sei que traçar no papel
é mais fácil que na vida.
Sei que o mundo jamais é
a página pura e passiva.
O mundo não é uma folha
de papel, receptiva:
o mundo tem alma autônoma,
é de alma inquieta e explosiva.

(João Cabral de Melo Neto, "Auto do Frade")

Quem escreveu os versos acima começou a perder o interesse pela vida a partir do momento em que perdeu a visão. Não podia ver a palavra escrita.

Será que em todas as noites das vidas, há uma explicação para a verdade que se esconde atrás das gentes, à noite e na vida? Palavras também podem trazer constelações improváveis em noites poluídas. Ou não alimentar qualquer esperança, como falou um dos mestres.

Como jornalista, já não tenho a pretensão de escrever verdades. Essa é uma discussão mais acadêmica que prática. Tento apenas contar histórias, que envolvem personagens e fatos reais. O aniversariante Digestivo abriu caminho para outras histórias e personagens, que podem até existir.


Vitor Nuzzi
Rio de Janeiro, 11/12/2006


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Guerras sujas: a democracia nos EUA e o terrorismo de Humberto Pereira da Silva
02. Contos em pianíssimo, de Patricia Maês de Jardel Dias Cavalcanti
03. O melhor do jazz em 2007 de Jonas Lopes
04. Casa cor-de-rosa de Elisa Andrade Buzzo
05. O Primeiro Jogo de Assunção Medeiros


Mais Vitor Nuzzi
Mais Acessadas de Vitor Nuzzi em 2006
01. Boa nova: o semi-inédito CD de Chico - 2/5/2006
02. Um imenso Big Brother - 6/2/2006
03. Os 40 anos de A Banda versus Disparada - 30/10/2006
04. Outra palavra, da cidade Coração - 11/4/2006
05. Democracia envelhecida - 20/10/2006


Mais Especial 2000 Colunas
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




MURILO MENDES: O POETA DAS METAMORFOSES
DANIELA NEVES
PUC MINAS
(2001)
R$ 18,00



O ELEFANTE ASSASSINO
PEDRO BANDEIRA
ATUAL
(1987)
R$ 10,00



SELEÇÕES DO READERS DIGEST DE FEVEREIRO DE 1965
TITO LEITE (REDATOR CHEFE)
YPIRANGA
(1965)
R$ 7,00



AURORA: THE NORTHERN LIGHTS IN MYTHOLOGY, HISTORY AND SCIENCE
HARALD FALCK-YTTER; TORBJORN LOVGREN (FOTOS)
FLORIS BOOKS
(1985)
R$ 52,28



MUNDO ESTRANHO 208 ERAM OS DEUSES ALIENÍGENAS? MAIO 2018
VÁRIOS
ABRIL
(2018)
R$ 15,00



PENSAMENTO COMUNICACIONAL BRASILEIRO
MARIA I. VASSALLO / JOSÉ M. DE MELO E OUTROS
INTERCON
(2005)
R$ 20,00



O QUE ATRAIU WARREN BUFFETT
BARNETT C. HELZBERG JR.
FUNDAMENTO
(2009)
R$ 15,00



ENERGIA DA PIRÂMIDE BENEFICIA O HOMEM
ABEILARD GONÇALVES DIAS
LCTE
R$ 10,00



COLEÇÃO PIADINHAS 7
ÂNGELA FINZETTO
BRASILEITURA
R$ 6,00



INSPIRAÇÕES DO AMOR ÚNICO DE DEUS VOL 2
ANTONIO DE AQUINO PAMPHIRO
EDIÇÕES LÉON DENIS
(2005)
R$ 10,00





busca | avançada
30196 visitas/dia
1,4 milhão/mês