Mônica e Cebolinha na Pinacoteca do Estado | Marina Marcondes Machado | Digestivo Cultural

busca | avançada
28767 visitas/dia
851 mil/mês
Mais Recentes
>>> Livro narra a trajetória do empresário que transformou a história urbana de São Paulo
>>> TV Brasil destaca polêmica das fake news no Mídia em Foco desta segunda (22/10)
>>> Ruy Castro e Frei Betto em novembro, no IEL
>>> Operação Condor, Direitos Indígenas, Cine Nuevo e Economia serão temas do 36º EPAL/PROLAM
>>> Sidney Rocha lança seu novo livro, A Lenda da Seca
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O Voto de Meu Pai
>>> A barata na cozinha
>>> Inferno em digestão
>>> Hilda Hilst delirante, de Ana Lucia Vasconcelos
>>> As pedras de Estevão Azevedo
>>> O artífice do sertão
>>> De volta à antiga roda rosa
>>> O papel aceita tudo
>>> O tigre de papel que ruge
>>> Alice in Chains, Rainier Fog (2018)
Colunistas
Últimos Posts
>>> Eleições 2018 - Afif na JP
>>> Lançamentos em BH
>>> Lançamento paulistano do Álbum
>>> Pensar Edição, Fazer Livro 2
>>> Ana Elisa Ribeiro lança Álbum
>>> Arte da Palavra em Pernambuco
>>> Conceição Evaristo em BH
>>> Regina Dalcastagné em BH
>>> Leitores e cibercultura
>>> Sarau Libertário em BH
Últimos Posts
>>> A moral da dúvida em Oakeshott e Ortega Y Gasset
>>> Por um triz
>>> Sete chaves a sete cores
>>> Feira livre
>>> Que galho vai dar
>>> Relâmpagofágico
>>> Caminhada
>>> Chama
>>> Ossos perduram
>>> Pensamentos à política
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Apresentação
>>> Apresentação
>>> Um defeito de cor, um acerto de contas
>>> Cuidado: Texto de Humor
>>> O Oratório de Natal, de J. S. Bach
>>> My fair opinion
>>> Hitler e outros autores
>>> A alma boa de Setsuan e a bondade
>>> Cigarro, apenas um substituto da masturbação?
Mais Recentes
>>> Direito Processual do Trabalho (Reforma e Efetividade) de Luciano Athaíde Chaves (Org) pela LTr / Anamatra (2007)
>>> Lições de Direito Penal - Parte Geral de Heleno Cláudio Fragoso pela Forense (2003)
>>> Curso de Direito Penal - Parte geral - Volume 1 de Fernando Capez pela Saraiva (2007)
>>> On Love: A novel de Alain de Botton pela Grove Press (1994)
>>> Tarô dos Vampiros O Oráculo da Noite Eterna de David Corsi pela Madras (2010)
>>> Aptidao fisica-um convite a saude de Valdir j. barbanti pela Manole dois (2018)
>>> Science for all children de National academic press pela National academic press (2018)
>>> Restauraçao da mata atlantica em areas de sua primitiva ocorencia natural de Antonio paulo mendes galvao e antonio carlos de souza galvao pela Mapa (2018)
>>> O caminho para o amor de Deepak chopra pela Rocco (2018)
>>> O livro do juizo final de Roselis von sass pela Ordem do graal na terra. (2018)
>>> Meu anjo de Fausto de olveira pela Seame (2018)
>>> Perversas Famílias (um castelo no pampa 1) de Luiz Antonio de Assis Brasil pela L&PM (2010)
>>> Evoluçao consciente de Sergio motta pela Ediouro (2018)
>>> Carrie, a estranha de Stephen King pela Suma de Letras (2013)
>>> Pesquisa e planejamento de marketing e propaganda de Marcia valeria paixao pela Ibpex (2018)
>>> Pedra do Céu de Isaac Asimov pela Aleph (2016)
>>> A guerra se torna mundial--4. de Folha de sao paulo pela Folha de sao paulo (2018)
>>> A guerra se torna mundial--4. de Folha de sao paulo pela Folha de sao paulo (2018)
>>> Escola de cozinha--entradas de cozinha de Circulo do livro pela Circulo do livro (2018)
>>> Graos & cereais--coma bem,viva melhor de Readers digest pela Readers digest (2018)
>>> Lanchonete da cidade-novos sanduiches como antigamente de Romulo fialdini pela Dba (2018)
>>> Ossos,musculos & articulaçoes de Readers digest pela Readers digest (2018)
>>> Educaçao do filho de deus de Seicho-no-ie pela Seicho-no-ie (2018)
>>> Medicina preventiva de Kurt kloetzel pela Edart (2018)
>>> Medicina preventiva de Kurt kloetzel pela Edart (2018)
>>> The golden book of morocco de Bonechi pela Bonechi (2018)
>>> Galerie des offices-guide officiel toutes les ceuvres de Gloria fossi pela Giunti (2018)
>>> Novo manual-nova cultural-redaçao-gramatica-literatura-interpretaçao de textos-testes e exercicios. de Emilia amaral/secerino antonio/mauro ferreira do patrocinio pela Nova cultural (2018)
>>> Dom Casmurro de Machado de Assis pela Record - Altaya (2002)
>>> Criação e Dialética: o Pensamento de Cornelius Castoriadis de Fernando César Teixeira França pela Edusp/Fapesp (1996)
>>> Juó Bananére: as Cartas d'Abax'o Pigues de Benedito Antunes pela Unesp (1998)
>>> Os investigadores de Daniel J. Boorstin pela Civilização Brasileira (2003)
>>> O essencial de Stephen King de Stephen J. Spignesi pela Madras (2003)
>>> Fundamentos da Filosofia - História e Grandes Temas de Gilberto Cotrim pela Saraiva (2006)
>>> Bilac, o jornalista 3 volumes de Antonio Dimas pela Edusp/Imprensa Oficial/Unicamp (2006)
>>> Introdução ao pensamento filosófico de Karl Jaspers pela Cultrix (1980)
>>> A Revolução de 30. Da República Velha ao Estado Novo de Manoel Correia de Andrade pela Mercado Aberto (1988)
>>> Manipulação da Linguagem e Linguagem da Manipulação de Claudinei Jair Lopes pela Paulus (2008)
>>> Mobilidade Religiosa: Linguagens, Juventude, Política de Pedro a Ribeiro de Oliveira, Geraldo de Mori Org pela Paulinas (2012)
>>> Em Sonho. uma Boa Conversa Entre o Romeiro Sebastião e Padre Cícero de Annette Dumoulin pela Paulinas (2017)
>>> Em Desnuda Oração de Paulo Gabriel pela Paulinas (2010)
>>> Santa Teresa Verzeri - Vida e Obra de Rosa Cassinari pela Paulinas (2008)
>>> Santa Teresa Verzeri de Rosa Cassinari pela Paulinas (2008)
>>> Educação para a Comunicação nos Institutos de Filosofia e Teologia de Cnbb pela Paulinas/sepac (2001)
>>> Educação para a Comunicação nos Institutos de Filosofia e Teologia de Cnbb pela Paulinas/sepac (2001)
>>> Lucíola de José de Alencar pela Ct (2001)
>>> Casa Velha de Machado de Assis pela Ct (2001)
>>> A Espada e a Pena. Como Atingir o Desenvolvimento Humano pelo Racional de Mauro Monteiro de Andrade pela Nobel (1999)
>>> Goethe e Barrabás de Deonísio da Silva pela Novo Século (2008)
>>> Umberto Eco - o Labirinto do Mundo de Daniel Salvatore Schiffer pela Globo (2000)
COLUNAS

Terça-feira, 30/10/2001
Mônica e Cebolinha na Pinacoteca do Estado
Marina Marcondes Machado

+ de 5600 Acessos
+ 3 Comentário(s)

Tendo como pretexto, ou quem sabe até estímulo, a chamada "Semana da criança" e o "Dia da criança" (12 de outubro), a Pinacoteca do Estado de São Paulo, que podemos afirmar ser hoje uma das mais respeitadas salas de exposições da cidade e do estado, abriu espaço para uma exposição do desenhista Maurício de Sousa, dono do império dos quadrinhos brasileiros voltados ao público infantil: a "Turma da Mônica".

Como se não bastasse o espaço dado para o evento pela instituição Pinacoteca, pudemos observar a fácil cessão de outros espaços midiáticos: jornais, revistas, telejornais, programas de televisão -- incluindo até mesmo entrevista gravada por Alberto Dines no "Observatório da Imprensa" (versão para a televisão/TVE do site que se diz alternativo e independente das mídias "oficiais")! Como e porquê um veículo como o "Observatório..." foi conivente com o Império Maurício de Sousa, eu não sei. O que sei é que Maurício de Sousa teve, nesses dias, tratamento de alguém tão importante como... o Pelé? Uma "Preferência Nacional", enfim.

Voltando à exposição na Pinacoteca, esse evento ocorre, certamente, baseado nos princípios e dentro da onda das "Re-leituras", procedimento muito em voga entre os arte-educadores que trabalham com crianças e adolescentes. Moda importada dos Estados Unidos para o Brasil nos anos 80, não houve uma escolinha dita "construtivista" que não colocou os seus pequerruchos para "re-ler" Van Gogh e Picasso, consumindo também, é claro, os devidos "produtos" culturais da re-leitura: exposições voltadas para o público infanto-juvenil, publicações sobre a infância dos artistas, livros de arte já bem mastigados de modo que ninguém dissesse mais que é "difícil" compreender arte e fazer arte.

A releitura como metodologia nas aulas de artes, para quem não sabe ou não tem familiaridade com a coisa, consiste, basicamente, em ter contato, principalmente pelo dizer do professor, com a obra de um artista renomado, por meio das imagens (livros, slides, reproduções ou visita a uma exposição) e fatos de sua vida, para, em seguida, "fazer do seu jeito" -- as pessoas passam a receber o material certo (se vão reler um aquarelista, recebem tintas aquarela; um pintor, telas e tintas; um escultor, argila, e assim por diante) e desenham, pintam ou esculpem à la Fulano ou Sicrano para, depois, afixar suas obras-de-releitura nos murais, para serem apreciadas. Algo que faz o deleite dos adultos: "Oh! Como Joãzinho está culto!"

Isso foi exatamente o que Maurício de Sousa e seus "studios" (pois, quem duvidaria de que ele é o Walt Disney brasileiro? Cada país tem o Walt Disney que merece...) fizeram com a Mônica pintada em tela, no papel de Mona Lisa, e Cebolinha esculpido em bronze (!) tal qual o Pensador de Rodin, dentre outras belezuras. Em entrevista concedida à televisão, Maurício de Souza fez questão de dizer que os grandes painéis foram feitos "por ele mesmo" (!?).

Ao menos se pode fantasiar um fato novo: no final da temporada desta exposição, de tanto o Cebolinha bancar o pensador à la Rodin, quem sabe ele se torna uma personagem mais "intelessante" e "pala" de falar "elado"? E a Mônica? Caso encarne verdadeiramente o enigma da Mona Lisa, poderá ter um "insight" sobre a sexualidade feminina, de modo a parar de utilizar seu coelhinho como objeto fálico.

Se isso realmente acontecesse, isto é, se os personagens de Maurício de Sousa se transformassem com o tempo, porque estiveram em contato com os grandes mestres da pintura e da escultura, ou simplesmente porque saíram da mesmice, penso que as crianças teriam muito a ganhar: aprenderiam que as coisas mudam, e que, mesmo os mais tolinhos podem, através da arte, chegar lá. Mas certamente não é o que vai acontecer. Primeiramente porque o mote psico-lógico da "Turma da Mônica" é de encarnar estereótipos de fácil assimilação por qualquer bebezinho, que são: "o que não toma banho"; "o que fala errado"; "a comilona"; "a briguenta"; "o caipira" e assim por diante. Em segundo lugar, não haverá transformação porque, de fato, o que moveu essa exposição, além do pressuposto de que as crianças não são capazes de fruir arte verdadeira (não bebem leite puro, é preciso fazê-lo achocolatado) é o reaquecimento da economia brasileira -- pois, quem agregou valor (isto é, fez de algo objeto do desejo do consumidor, tornando o objeto a ser consumido mais e mais "atraente") a quê? Os quadros, as obras clássicas e a Pinacoteca ganharam ao serem "relidos" por Maurício de Sousa?, ou Maurício de Sousa e sua turma engordarão suas contas bancárias, ao lado dos seus parceiros que venderão mais fraldas, iogurtes, fitas crepe, maçãs, lancheiras, borrachas, bolachas, refrigerantes, vídeos, videogames, cuecas, calcinhas e gibis porque os personagens emblemáticos de seus produtos estiveram expostos na mais cobiçada sala de exibição brasileira das Artes Plásticas do país?


Marina Marcondes Machado
São Paulo, 30/10/2001


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Bibliotecários de Ricardo de Mattos
02. Lobo branco em selva de pedra: Eduardo Semerjian de Elisa Andrade Buzzo
03. A busca de Marta Barcellos
04. A realidade, na verdade, é mentira de Ivan Bilheiro
05. Gargólios, nova peça de Gerald Thomas de Jardel Dias Cavalcanti


Mais Marina Marcondes Machado
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
30/10/2001
21h53min
Cara Marina. Não consigo enxergar o que tanto lhe incomodou na exposição da Pinacoteca. Quando fala da importância da casa e representatividade, concordo plenamente. Não conhecia o lugar e fiquei encantada. Na verdade, vi a exposiçao "de carona", indo visistar as obras de Rodin e achei ótimo. Não vejo oportunismo nenhum na "releitura" feita por Mauricio de Souza. E o Cebolinha como Pensador é muito simpático. Acho todas estas discussões sobre Mônica, utilização do coelinho como símbolo fálico e outras bobeiras mais soam como teorias tediosas que deveriam ficar restritas às discussões acadêmicas. E quanto ao espaço dado na mídia comentando o trabalho em exposição na Pinacoteca, não vejo igualmente problemas maiores. Se você foi até lá, percebeu que a maioria dos visitantes era formada por adulos, se divertindo com as releituras. Acho que te faltou um pouco de bom humor ao analisar a exposição.
[Leia outros Comentários de Sâmar Razzak]
31/10/2001
20h26min
Sâmar, talvez não haja falta de humor, mas antes, tipos de humor que não batem. Bem como não batem as noções do que é uma criança. Espero esclarecer a noção de infância que possuo ao longo de outras colunas e contribuições para este "Digestivo...". Até lá!
[Leia outros Comentários de Marina M. Machado]
4/11/2001
02h11min
Acredito que se devia haver sempre exposições de cartun em lugares de arte "séria " A mistura destes generos esclarece a liberdade e o valor da arte como um todo . A turma da monica é lider de mercado na área que atua e isso incomoda muita gente .Viva o cartun !!!
[Leia outros Comentários de Marcio]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




IRACEMA - COLEÇÃO LITERATURA BRASILEIRA
VÁRIOS AUTORES
CIRANDA CULTURAL
(2014)
R$ 8,00



HISTÓRIA DO CONDE PIERRE E A PRINCESA MAGALONA
HISTÓRIA DO CONDE PIERRE E A PRINCESA MAGALONA
ANTÔNIO TEODORO DOS SANTOS
(2014)
R$ 15,00



O TESOURO PERDIDO DO GIGANTE GIGANTESCO
EDSON GABRIEL GARCIA
FTD
(2008)
R$ 5,00



A VIDA DO BEBÊ - 41ª EDIÇÃO REVISTA E AMPLIADA
DR. RINALDO DE LAMARE
EDIOURO
(2001)
R$ 15,00



POESIA REUNIDA
MARTHA MEDEIROS
L&PM
(2002)
R$ 10,00



THE GOLDEN TREASURY
FRANCIS TURNER PALGRAVE
PENGUIN GROUP
(1991)
R$ 49,90



A GUERREIRA DA LAPINHA
ELIESER CESAR
CASARÃO DO VERBO
(2012)
R$ 15,00



DAÍ NIPPON
WENCESLAU DE MORAES
NORDICA
(1993)
R$ 33,00



ROBINSON CRUSOÉ
DANIEL DEFOE
ABRIL CULTURAL
(1979)
R$ 18,00



A CABANA
WILLIAM P. YOUNG
SEXTANTE
(2008)
R$ 23,90





busca | avançada
28767 visitas/dia
851 mil/mês