Meu querido blog | Ana Elisa Ribeiro | Digestivo Cultural

busca | avançada
31759 visitas/dia
922 mil/mês
Mais Recentes
>>> Caixa Cultural recebe grande mestre de Shakuhachi
>>> Pesquisadores analisam como se forjam as políticas urbanas das metrópoles
>>> Formação on-line de Gramática para preparadores e revisores de texto
>>> Ballet Acadêmico da Bahia apresenta Clássicos Disney no TCA
>>> Sesc Belenzinho apresenta Vertin e seu novo álbum Pásssaro Só
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A barata na cozinha
>>> Uma Receita de Bolo de Mel
>>> O Voto de Meu Pai
>>> Inferno em digestão
>>> Hilda Hilst delirante, de Ana Lucia Vasconcelos
>>> As pedras de Estevão Azevedo
>>> O artífice do sertão
>>> De volta à antiga roda rosa
>>> O papel aceita tudo
>>> O tigre de papel que ruge
Colunistas
Últimos Posts
>>> Eleições 2018 - Afif na JP
>>> Lançamentos em BH
>>> Lançamento paulistano do Álbum
>>> Pensar Edição, Fazer Livro 2
>>> Ana Elisa Ribeiro lança Álbum
>>> Arte da Palavra em Pernambuco
>>> Conceição Evaristo em BH
>>> Regina Dalcastagné em BH
>>> Leitores e cibercultura
>>> Sarau Libertário em BH
Últimos Posts
>>> Casa de couro IV
>>> 232 Celcius, ou Fahrenheit 451
>>> Mãe
>>> Auto contraste
>>> Os intelectuais e a gastronomia
>>> Cabeças Cortadas
>>> Fiandeiras
>>> A mim importa, e a você?
>>> O INVISÍVEL
>>> Considerações finais: a arte de fazer política
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Cristóbal Balenciaga
>>> Rio das Ostras (II)
>>> Poesia vira imagem: Ronald Polito e Guto Lacaz
>>> O melhor de 2008 ― literatura e cinema
>>> Primeiros copos da noite
>>> O cristianismo para Nietzsche
>>> E Viva a Abolição - a peça
>>> O conto como labirinto em Milton Hatoum
>>> Aos plagiadores em geral
>>> Referências
Mais Recentes
>>> Sarney: a biografia de Echeverria, Regina pela Leya (2011)
>>> Charles Chaplin de Flavia Muniz pela FTD (2017)
>>> Pequeno livro de reflexão de Anônimo pela Wkids (2010)
>>> Este é o dia do seu milagre: experimente o sobrenatural poder criador de Hinn, Benny pela Bompastor (2001)
>>> O fascinante império de Steve Jobs de Michael Moritz pela Universo dos livros (2010)
>>> Tratado de Responsabilidade Civil - Doutrina e Jurisprudência de Rui Stoco pela Revista dos Tribunais (2014)
>>> Mentoring - Abrindo Horizontes, Superando Limites, Construido Caminhos de Rosa Elvira Alba de Bernhoeft pela Gente (2001)
>>> O Direito à Cidade de Henri Lefebvre pela Centauro (2008)
>>> O Direito à Cidade de Henri Lefebvre pela Centauro (2008)
>>> O Direito à Cidade de Henri Lefebvre pela Centauro (2008)
>>> Coração Ferido de Chelsea Cain pela Suma de Letras (2007)
>>> Noturno de Havana de T. J. English pela Pensamento Cultrix (2011)
>>> Luzia-Homem de Domingos Olímpio pela Escala (2007)
>>> Cinco Minutos e a Viuvinha de José de Alencar pela Escala (1999)
>>> O Poder da Oração Que Cura de Larry Dossey pela Agir (2015)
>>> Coleção Espetáculos do Galpão - Textos de Rua de Eduardo Moreira (Org.) pela Autêntica (2007)
>>> Zé Carioca - Nº 2395 de Equipe Disney pela Abril (2015)
>>> Zé Carioca - Nº 2394 de Equipe Disney pela Abril (2015)
>>> Zé Carioca - Nº 2392 de Equipe Disney pela Abril (2015)
>>> Zé Carioca - Nº 2371 de Equipe Disney pela Abril (2015)
>>> Pato Donald - Nº 2432 de Equipe Disney pela Abril (2015)
>>> Pato Donald - Nº 2430 de Equipe Disney pela Abril (2015)
>>> Pato Donald - Nº 2429 de Equipe Disney pela Abril (2016)
>>> Pato Donald - Nº 2428 de Equipe Disney pela Abril (2016)
>>> Pato Donald - Nº 2410 de Equipe Disney pela Abril (2016)
>>> Pato Donald - Nº 2406 de Equipe Disney pela Abril (2016)
>>> Pateta - Nº 48 de Equipe Disney pela Abril (2016)
>>> Pateta - Nº 37 de Equipe Disney pela Abril (2016)
>>> Pateta - Nº 36 de Equipe Disney pela Abril (2016)
>>> Pateta - Nº 35 de Equipe Disney pela Abril (2016)
>>> Pateta - Nº 04 de Equipe Disney pela Abril (2016)
>>> Minnie - Nº 39 de Equipe Disney pela Abril (2016)
>>> Minnie - Nº 34 de Equipe Disney pela Abril (2016)
>>> Minnie - Nº 02 de Equipe Disney pela Abril (2016)
>>> Mickey - Nº 881 de Equipe Disney pela Abril (2016)
>>> Mickey - Nº 848 de Equipe Disney pela Abril (2016)
>>> Mickey - Nº 837 de Equipe Disney pela Abril (2016)
>>> Novos Andarilhos do Bem de Luciana Chaui-Berlinck pela Autêntica (2012)
>>> Currículo e Políticas Públicas de Luiz Alberto Oliveira Gonçalves pela Autêntica (2003)
>>> A Poesia Vai à Escola de Neusa Sorrenti pela Autêntica (2013)
>>> Segredos de Um Rato de Laboratório - Meninas Não Entram (Cachorros Tudo Bem !) de Trudi Trueit pela Gutenberg (2012)
>>> Segredos de Um Rato de Laboratório - Mamãe, Tem Um Dinossauro no Lago Beeson de Trudi Trueilt pela Gutenberg (2013)
>>> O Homem e a Montanha de João Camillo de Oliveira Torres pela Autêntica (2011)
>>> Ensino Régio na Capitania de Minas Gerais ,1772 - 1814 de Thais Nivia de Lima e Fonseca pela Autêntica (2010)
>>> D. Maria da Cruz e a Sedição de 1736 de Angela Vianna Botelho pela Autêntica (2012)
>>> Inventamos ou Erramos de Simón Rodríguez pela Autêntica (2016)
>>> Estética Filosófica Para o Ensino Médio de Fernando R. de Moraes Barros pela Autêntica (2012)
>>> Melhor é o fim das coisas do que o início delas de Fialho, Cristina pela Getsêmani (2014)
>>> O Ensaio Geral - Marx e a Crítica da Economia Política (1857-1858) de João Antônio de Paula (Org.) pela Autêntica (2010)
>>> A Profecia de Samsara de Leticia Vilela pela Gutenberg (2014)
COLUNAS >>> Especial A Arte de Blogar

Sexta-feira, 22/10/2010
Meu querido blog
Ana Elisa Ribeiro

+ de 4900 Acessos
+ 1 Comentário(s)


LIANA TIMM© (http://timm.art.br/)

Nos idos de 2000 ou 2001, um amigo me enviou, por e-mail, um link, um login e uma senha. Junto com o convite, vinham as intruções de como escrever naquele negócio. Não era um site, não era uma conta de e-mail. Era um blog. Uma coisa com nome engraçado que servia para a gente escrever o que quisesse e publicar, sem depender de programador especialista.

O amigo era o Corvo, que abriu o blog e chamou uma turma para escrever ali. Na verdade, eu e ele éramos os mais assíduos. Com o tempo, os outros desistiram e a empreitada ficou mesmo para nós. O fenômeno blog ainda nem era muito badalado e a gente se divertia, cada um num estado do país, escrevendo textos sobre comportamento e bobagens que provocavam discussão.

A discussão mesmo, o debate, vinha na forma dos comentários dos leitores. Era uma turma de pessoas, também de vários cantos do Brasil, que se conhecia dos chats do UOL. Essa turma postava centenas (!) de comentários ao texto do dia, debatendo assuntos como sexo, futebol e amizade. Só que, para conseguir colocar comentários no blog, era necessário baixar um programinha gratuito na internet e inserir no código-fonte do setup do blog. A operação era complexa para não-especialistas, mas dávamos conta do recado. Blogs não vinham com ferramentas de comentário automáticas. Grande parte dos blogs era apenas uma página para alguém escrever sozinho, sem a interferência explícita de leitores entusiasmados ou ofendidos.

Vez ou outra, estávamos lá, bem no auge de uma discussão importantíssima, quando a ferramenta de comentários sumia, juntamente com todo o diálogo postado ali. Isso ocorria, muitas vezes, porque o software que dava suporte aos comentários sumia, saía da rede, era extinto, e as caixinhas nos blogs se evaporavam também. Um terror geral.

Uns anos depois da experiência no Corvo, resolvi fazer carreira solo. Abri (lancei, inaugurei, publiquei, não sei que nome é mais adequado ao evento) o Estante de Livros, um blog que servia para muitas coisas, embora nem sempre (e quase nunca) para essa que afirmam os trabalhos acadêmicos: fazer diário virtual. Nada disso. Esse papo, aliás, é engraçado. O Estante era um espaço de falar de literatura contemporânea. Servia para eu exercitar uns microcontos meio atrevidos, mas, principalmente, para entrevistar e resenhar autores que acabavam de publicar seus livros. Giffoni, Pelizzari, Joca Terron, Ivana Arruda Leite e vários outros estavam lá, com seus depoimentos sobre poesia, conto, livro, editora. Pequenas entrevistas e resenhas de livros recém-lançados dividiam espaço com minha série de Kinsey e Glasgow, personagens criados em uma época em que eu editava revistas e livros de medicina.

O Estante tinha ferramenta de comentários. Ele deu o que falar. Foi matéria de jornais impressos e surtiu entrevistas da blogueira (essa palavra era meio ofensiva) na televisão local. O Estante foi mote de crônicas e alvo de críticas. Foi por causa dele também que um autor foi questionado. Na entrevista, o conhecido cronista mineiro fazia uma brincadeira sobre um prêmio por ele recebido. O pessoal da instituição que deu o prêmio levou a piada a sério, questionou, pediu para tirar do ar. Pois sim, essas coisas não são novidade.

O Estante foi habitado até 2003 ou 2004, quando resolvi sair do ar. Ela continua lá, uma espécie de meteorito em órbita, lixo no espaço. De vez em quando, aparece no buscador do Google quando alguém digita meu nome. Mas está quieta, parada, sequer traças comem ali as beiradas dos textos.

Depois do Estante, não me animei mais a blogar. Isso ganhou fama, correu o mundo, virou febre e deu até dinheiro, rezam as lendas. Blogs foram incorporados seriamente pelos jornais e suas versões Web. Blogs viraram assunto de tese nas universidades. E, por fim, viraram matéria e exercício escolar. Nada mal para a trajetória de algo que, no começo, ninguém entendia direito para que servia.

Um dia, fiquei com saudades e abri o Remendo, no WordPress. Chique, com tudo pronto, do melhor e do mais bacana. Blog de responsa, mas não escrevi mais do que uns dois posts nele. Não tinha mais ritmo, fôlego ou tempo mesmo. Não sei. Não era mais meu espaço de expressão.

Isso foi um pouco antes de eu cativar meu espaço no Digestivo. Era 2003 quando Julio Daio me ofereceu um sítio onde cultivar meus textos. Era um site, mas o DC já era um setup fácil de escrever, onde bastava conhecer uns sinaizinhos para itálico ou para abrir parágrafo. Bastavam isso e pontualidade. Compromisso, claro, e a abertura aos comentários dos leitores.

Os blogs viraram outra coisa. Não são mais um espaço inocente para anônimos exercitarem seus dotes. Blogs são um espaço de escrita (na expressão de um pesquisador americano, o J. D. Bolter) importante entre as possibilidades de expressão e publicação de algumas gerações Web. Não apenas esta mais jovem ou uma cheia de apelidos, mas para todas as que se aventurarem pela abertura de um caderno, uma agenda, um diário, um jornal ou simplesmente um sítio digital com características pessoais. Só que, hoje, com muito mais vizinhos.


Ana Elisa Ribeiro
Belo Horizonte, 22/10/2010


Quem leu este, também leu esse(s):
01. As pedras de Estevão Azevedo de Wellington Machado
02. O Brasil que eu quero de Luís Fernando Amâncio
03. Joan Brossa, inéditos em tradução de Jardel Dias Cavalcanti
04. Os Doze Trabalhos de Mónika. Epílogo. Ambaíba de Heloisa Pait
05. O jornalismo cultural na era das mídias sociais de Fabio Gomes


Mais Ana Elisa Ribeiro
Mais Acessadas de Ana Elisa Ribeiro em 2010
01. O menino mais bonito do mundo - 29/1/2010
02. Por que a Geração Y vai mal no ENEM? - 30/7/2010
03. Palavrão também é gente - 26/2/2010
04. Meu querido Magiclick - 12/2/2010
05. Caçar em campo alheio ou como escrever crônicas - 11/6/2010


Mais Especial A Arte de Blogar
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
23/10/2010
17h20min
Infelizmente hoje esse tal boom dos blogs, transformou blogar em uma competição por seguidores, onde antes as pessoas contavam suas emoções ficou a tentativa de dar informações, só que a qualidade foi deixada de lado, quantos não são os blogs por aí com erros monstruosos de português mas com mil seguidores ou mais devido às promoções?!! A realidade tem se tornado angustiante e apavorante :(
[Leia outros Comentários de Samantha Abreu]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




UM AMOR DE CINEMA: UMA LISTA, DOIS CARAS, DEZ FILMES
VICTORIA VAN TIEM
VERUS
(2014)
R$ 8,00



BAÍA DE GUANABARA: DESCASO E RESISTÊNCIA
EMANUEL ALENCAR
MÓRULA EDITORIAL
(2016)
R$ 20,00



COMO TRANSFORMAR SONHOS EM REALIDADE
NERIVALDO LIRA ALVES
THOMAS NELSON BRASIL
R$ 20,17



GUIA DO ESTUDANTE VESTIBULAR + ENEM HISTÓRIA 2018
JOSE CESAR DE SOUZA
ABRIL
(2018)
R$ 19,90



IMAGINE AN ENGLISH COURSE FOR BEGINNERS Nº 1 + EXTRA ACTIVITIES 2 VOL
COORD RITA DE CÁSSIA TRAFANE SANTOS
CENTRO CULTURAL AMERICANO
(1995)
R$ 25,00



DINÁMICAS DE RECREACIÓN Y JUEGOS - SILVINO JOSÉ FRITZEN
SILVINO JOSÉ FRITZEN
LUMEN
(1995)
R$ 15,00



RUPTURAS POSSÍVEIS: REPRESENTAÇÃO E COTIDIANO NA SÉRIE OS ASSUMIDOS (QUEER AS FOLK)
SOFIA ZANFORLIN
ANNABLUME
(2005)
R$ 39,48



TODAS AS MULHERES DE HITLER
ERICH SCHAAKE
LAFONTE
(2012)
R$ 7,00



IMAGINÁRIO DA MAGIA. MAGIA DO IMAGINÁRIO
MONIQUE AUGRAS
VOZES
(2009)
R$ 32,00



GRETA GARBO(BIOGRAFIA)
ALFREDO STEMHEIM
SAMPA
(2016)
R$ 7,00





busca | avançada
31759 visitas/dia
922 mil/mês