Meu querido blog | Ana Elisa Ribeiro | Digestivo Cultural

busca | avançada
34554 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
Colunistas
Últimos Posts
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
>>> Não Aguento Mais a Empiricus
>>> Nubank na Hotmart
>>> O recente choque do petróleo
>>> Armínio comenta Paulo Guedes
>>> Jesus não era cristão
>>> Analisando o Amazon Prime
>>> Amazon Prime no Brasil
>>> Censura na Bienal do Rio 2019
>>> Tocalivros
Últimos Posts
>>> O céu sem o azul
>>> Ofendículos
>>> Grito primal V
>>> Grito primal IV
>>> Inequações de um travesseiro
>>> Caroço
>>> Serial Killer
>>> O jardim e as flores
>>> Agradecer antes, para pedir depois
>>> Esse é o meu vovô
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Por que escrevo
>>> História dos Estados Unidos
>>> Meu Telefunken
>>> Uma Receita de Bolo de Mel
>>> O apanhador no campo de centeio
>>> Curriculum vitae
>>> O Salão e a Selva
>>> Ed Catmull por Jason Calacanis
>>> Por que a Geração Y vai mal no ENEM?
>>> Por que a Geração Y vai mal no ENEM?
Mais Recentes
>>> O Ponto de Mutação de Fritjof Capra pela Círculo do Livro (1990)
>>> Plexus de Henry Miller pela Record (1967)
>>> Uma Questão de Fé de Jodi Picoult pela Planeta (2008)
>>> Vivendo seu Amor de Carolyn Rathbun Sutton e Ardis Dick Stenbakken (compilação) pela Casa Publicadora Brasileira (2017)
>>> O Significado da Astrologia de Elizabeth Teissier pela Bertrand (1979)
>>> Um amor de gato de Glenn Dromgoole pela Publifolha (2002)
>>> Origami & Artesanato em Papel de Paul Jackson & Angela A'Court pela Edelbra (1995)
>>> Gestão de Pessoas de Idalberto Chiavenato pela Campus (2010)
>>> Album de família de Danielle Stell pela Record
>>> Passageiros da ilusão de Danielle Stell pela Record (1988)
>>> Casa forte de Danielle Stell pela Record
>>> Segredo de uma promessa de Danielle Stell pela Record
>>> Enquanto o amor não vem de Iyanla Vanzant pela Sextante (1999)
>>> Relembrança de Danielle Stell pela Record
>>> O Egypto de Eça de Queiroz pela Porto (1926)
>>> Momentos de paixão de Danielle Stell pela Record
>>> Um desconhecido de Danielle Stell pela Record
>>> Uma vez só na vida de Danielle Stell pela Record
>>> O apelo do amor de Danielle Stell pela Record (1983)
>>> Agora e sempre de Danielle Stell pela Record (1985)
>>> O Princípio Constitucional da Igualdade e o Direito do Consumidor de Adriana Carvalho Pinto Vieira pela Mandamentos/ Belo Horizonte (2002)
>>> Histórias Anunciadas de Djalma França pela Decálogo/ belo Horizonte (2003)
>>> Constituição da República Federativa do Brasil de Senado Federal pela Senado Federal (2006)
>>> Eterna Sabedoria de Ergos pela Fraternidade Branca Universal do Arcanjo Mickael (1974)
>>> Leasing Agrário e Arrendamento Rural como Opção de Compra de Lucas Abreu Barroso pela Del Rey/ Belo Horizonte (2001)
>>> Contratos Internacionais de Seguros de Antonio Marcio da Cunha Guimarães pela Revista dos Tribunais (2002)
>>> Amor de Perdição / Eurico, o Presbítero de Camilo Castelo Branco / Alexandre Herculano pela Círculo do livro (1978)
>>> Carajás de Paulo Pinheiro pela Casa Publicadora Brasileira (2007)
>>> Menopausa de Diversos pela Nova Cultural (2003)
>>> Guia de Dietas de Diversos pela Nova Cultural (2001)
>>> Seguros: Uma Questão Atual de Coordenado pela EPM/ IBDS pela Max Limonard (2001)
>>> O Significado dos Sonhos de Diversos pela Nova Cultural (2002)
>>> A Dieta do Tipo Sanguíneo - A B O AB de Peter J. D'Adamo pela Campus (2005)
>>> Cem Noites - Tapuias de Ofélia e Narbal Fontes pela Ática (1982)
>>> Direito do Trabalho ao Alcance de Todos de José Alberto Couto Maciel pela Ltr (1980)
>>> Manon Lescaut de Abade Prévost pela Ediouro (1980)
>>> A Reta e a Curva: Reflexões Sobre o Nosso Tempo de Riccardo Campa (com) O. Niemeyer (...) pela Max Limonard (1986)
>>> Introdução às Dificuldades de Aprendizagem de Vítor da Fonseca pela Artes Médicas (1995)
>>> Dos Crimes Contra a Propriedade Intelectual: Violação... de Eduardo S. Pimenta/ Autografado pela Revista dos Tribunais (1994)
>>> O Cortiço de Aluísio Azevedo pela Ática (1988)
>>> A Voz do Mestre de Kahlil Gibran pela Círculo do livro (1973)
>>> O Jovem e seus Assuntos de David Wilkerson pela Betânia (1979)
>>> Emília no País da Gramática de Monteiro Lobato pela Brasiliense (1978)
>>> The Art Direction Handbook for Film de Michael Rizzo pela Focal Press (2005)
>>> A Escrava Isaura de Bernardo Guimarães pela Melhoramentos (1963)
>>> O Grande Conflito de Ellen G. White pela Casa Publicadora Brasileira (1983)
>>> Filosofia do Espírito de Jerome A. Shaffer pela Zahar (1980)
>>> Muito Além das Estrelas de Álvaro Cardoso Gomes pela Moderna (1997)
>>> A Grande Esperança de Ellen G. White pela Casa Publicadora Brasileira (2011)
>>> É Fácil Jogar Xadrez de Cássio de Luna Freire pela Ediouro (1972)
COLUNAS >>> Especial A Arte de Blogar

Sexta-feira, 22/10/2010
Meu querido blog
Ana Elisa Ribeiro

+ de 5400 Acessos
+ 1 Comentário(s)


LIANA TIMM© (http://timm.art.br/)

Nos idos de 2000 ou 2001, um amigo me enviou, por e-mail, um link, um login e uma senha. Junto com o convite, vinham as intruções de como escrever naquele negócio. Não era um site, não era uma conta de e-mail. Era um blog. Uma coisa com nome engraçado que servia para a gente escrever o que quisesse e publicar, sem depender de programador especialista.

O amigo era o Corvo, que abriu o blog e chamou uma turma para escrever ali. Na verdade, eu e ele éramos os mais assíduos. Com o tempo, os outros desistiram e a empreitada ficou mesmo para nós. O fenômeno blog ainda nem era muito badalado e a gente se divertia, cada um num estado do país, escrevendo textos sobre comportamento e bobagens que provocavam discussão.

A discussão mesmo, o debate, vinha na forma dos comentários dos leitores. Era uma turma de pessoas, também de vários cantos do Brasil, que se conhecia dos chats do UOL. Essa turma postava centenas (!) de comentários ao texto do dia, debatendo assuntos como sexo, futebol e amizade. Só que, para conseguir colocar comentários no blog, era necessário baixar um programinha gratuito na internet e inserir no código-fonte do setup do blog. A operação era complexa para não-especialistas, mas dávamos conta do recado. Blogs não vinham com ferramentas de comentário automáticas. Grande parte dos blogs era apenas uma página para alguém escrever sozinho, sem a interferência explícita de leitores entusiasmados ou ofendidos.

Vez ou outra, estávamos lá, bem no auge de uma discussão importantíssima, quando a ferramenta de comentários sumia, juntamente com todo o diálogo postado ali. Isso ocorria, muitas vezes, porque o software que dava suporte aos comentários sumia, saía da rede, era extinto, e as caixinhas nos blogs se evaporavam também. Um terror geral.

Uns anos depois da experiência no Corvo, resolvi fazer carreira solo. Abri (lancei, inaugurei, publiquei, não sei que nome é mais adequado ao evento) o Estante de Livros, um blog que servia para muitas coisas, embora nem sempre (e quase nunca) para essa que afirmam os trabalhos acadêmicos: fazer diário virtual. Nada disso. Esse papo, aliás, é engraçado. O Estante era um espaço de falar de literatura contemporânea. Servia para eu exercitar uns microcontos meio atrevidos, mas, principalmente, para entrevistar e resenhar autores que acabavam de publicar seus livros. Giffoni, Pelizzari, Joca Terron, Ivana Arruda Leite e vários outros estavam lá, com seus depoimentos sobre poesia, conto, livro, editora. Pequenas entrevistas e resenhas de livros recém-lançados dividiam espaço com minha série de Kinsey e Glasgow, personagens criados em uma época em que eu editava revistas e livros de medicina.

O Estante tinha ferramenta de comentários. Ele deu o que falar. Foi matéria de jornais impressos e surtiu entrevistas da blogueira (essa palavra era meio ofensiva) na televisão local. O Estante foi mote de crônicas e alvo de críticas. Foi por causa dele também que um autor foi questionado. Na entrevista, o conhecido cronista mineiro fazia uma brincadeira sobre um prêmio por ele recebido. O pessoal da instituição que deu o prêmio levou a piada a sério, questionou, pediu para tirar do ar. Pois sim, essas coisas não são novidade.

O Estante foi habitado até 2003 ou 2004, quando resolvi sair do ar. Ela continua lá, uma espécie de meteorito em órbita, lixo no espaço. De vez em quando, aparece no buscador do Google quando alguém digita meu nome. Mas está quieta, parada, sequer traças comem ali as beiradas dos textos.

Depois do Estante, não me animei mais a blogar. Isso ganhou fama, correu o mundo, virou febre e deu até dinheiro, rezam as lendas. Blogs foram incorporados seriamente pelos jornais e suas versões Web. Blogs viraram assunto de tese nas universidades. E, por fim, viraram matéria e exercício escolar. Nada mal para a trajetória de algo que, no começo, ninguém entendia direito para que servia.

Um dia, fiquei com saudades e abri o Remendo, no WordPress. Chique, com tudo pronto, do melhor e do mais bacana. Blog de responsa, mas não escrevi mais do que uns dois posts nele. Não tinha mais ritmo, fôlego ou tempo mesmo. Não sei. Não era mais meu espaço de expressão.

Isso foi um pouco antes de eu cativar meu espaço no Digestivo. Era 2003 quando Julio Daio me ofereceu um sítio onde cultivar meus textos. Era um site, mas o DC já era um setup fácil de escrever, onde bastava conhecer uns sinaizinhos para itálico ou para abrir parágrafo. Bastavam isso e pontualidade. Compromisso, claro, e a abertura aos comentários dos leitores.

Os blogs viraram outra coisa. Não são mais um espaço inocente para anônimos exercitarem seus dotes. Blogs são um espaço de escrita (na expressão de um pesquisador americano, o J. D. Bolter) importante entre as possibilidades de expressão e publicação de algumas gerações Web. Não apenas esta mais jovem ou uma cheia de apelidos, mas para todas as que se aventurarem pela abertura de um caderno, uma agenda, um diário, um jornal ou simplesmente um sítio digital com características pessoais. Só que, hoje, com muito mais vizinhos.


Ana Elisa Ribeiro
Belo Horizonte, 22/10/2010


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Pieguice ou hipocrisia? de Rosângela Vieira Rocha
02. Bruce, Bane e Batman de Vicente Escudero
03. Meus encontros e desencontros com Daniel Piza de Rafael Lima
04. Quem acredita em Sobrenatural? de Carla Ceres
05. A reação do cinemão de Marcelo Miranda


Mais Ana Elisa Ribeiro
Mais Acessadas de Ana Elisa Ribeiro em 2010
01. O menino mais bonito do mundo - 29/1/2010
02. Por que a Geração Y vai mal no ENEM? - 30/7/2010
03. Meu querido Magiclick - 12/2/2010
04. Palavrão também é gente - 26/2/2010
05. Caçar em campo alheio ou como escrever crônicas - 11/6/2010


Mais Especial A Arte de Blogar
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
23/10/2010
17h20min
Infelizmente hoje esse tal boom dos blogs, transformou blogar em uma competição por seguidores, onde antes as pessoas contavam suas emoções ficou a tentativa de dar informações, só que a qualidade foi deixada de lado, quantos não são os blogs por aí com erros monstruosos de português mas com mil seguidores ou mais devido às promoções?!! A realidade tem se tornado angustiante e apavorante :(
[Leia outros Comentários de Samantha Abreu]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O ATENEU
RAUL POMPÉIA
KLICK
(1997)
R$ 4,00



OS PENSADORES - MARX
KARL MARX
NOVA CULTURAL
(1999)
R$ 22,70



COMO VIVER MAIS E MELHOR - SÓ PARA HOMENS
CRISTIANA ARCANGELI
NACIONAL
(2007)
R$ 25,00



GUIA FACIL DE SAUDE E BELEZA
SILVA,ROSE MARI
EDITORA NATUREZA
(2017)
R$ 52,67



A BRUXA DE PORTOBELLO
PAULO COELHO
PARALELA
(2018)
R$ 10,00



LIGAÇÕES TELEFONICAS ATRAVES DA INTERNET COM CD
LIGAÇÕES TELEFONICAS ATRAVES DA INTERNET CE C
MAKRON BOOKS
(1998)
R$ 14,70



MATEMÁTICA FINANCEIRA
LILIA LADEIRA VERAS
ATLAS
(1996)
R$ 30,00



DIÁLOGOS SOBRE A MÚSICA
WILHELM FURTWAENGLER
MINOTAURO
R$ 18,00



POR AMOR ÀS CIDADES
JACQUES LE GOFF
UNESP
(1998)
R$ 45,00
+ frete grátis



PIÁ, UM BRASILEIRO - CACILDA TICIANELLI MARINO (LITERATURA BRASILEIRA)
CACILDA TICIANELLI MARINO
DO AUTOR
R$ 5,00





busca | avançada
34554 visitas/dia
1,1 milhão/mês