2010 e os meus albuns musicais | Rafael Fernandes | Digestivo Cultural

busca | avançada
70483 visitas/dia
2,4 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Live: Como a cultura nos livros didáticos influencia a formação da criança
>>> Projeto: Encontro ás escuras - Contos e cantos ancestrais
>>> Primeira edição do ZporZ Fest Verão acontece em janeiro
>>> Sesc Cultura ConVIDA! apresenta mostras temáticas
>>> Oficina de Objetos de Cena nas redes do Sesc 24 de Maio
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Pobre rua do Vale Formoso
>>> O que fazer com este corpo?
>>> Jogando com Cortázar
>>> Os defeitos meus
>>> Confissões pandêmicas
>>> Na translucidez à nossa frente
>>> A Velhice
>>> Casa, poemas de Mário Alex Rosa
Colunistas
Últimos Posts
>>> Mehmari, Salmaso e Milton Nascimento
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
Últimos Posts
>>> Tonus cristal
>>> Meu avô
>>> Um instante no tempo
>>> Salvem à Família
>>> Jesus de Nazaré
>>> Um ato de amor para quem fica 2020 X 2021
>>> Os preparativos para a popular Festa de Réveillon
>>> Clownstico de Antonio Ginco no YouTube
>>> A Ceia de Natal de Os Doidivanas
>>> Drag Queen Natasha Sahar interpreta Albertina
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Um olhar sobre Múcio Teixeira
>>> A coisa tá preta
>>> Fugindo do apocalipse
>>> Sonhos Sujos
>>> Eu acho que alguém aqui pirou
>>> Ideologias em forma de spam
>>> Neste Natal etc. e tal
>>> Lula, o filme
>>> Mauro Henrique
>>> Uma pirueta, duas piruetas, bravo, bravo!
Mais Recentes
>>> Amor de Perdição - Coleção Travessias de Camilo Castelo Branco pela Moderna (2007)
>>> Elementos de Estatística de Leomar O. Garcia pela Rio (1975)
>>> Um Caminho de Flores 75 Histórias para Mudar Sua Vida de Kentetsu Takamori pela Satry (2012)
>>> Mulher Livre de Adelaide Carraro pela L. Oren (1977)
>>> Reflexões Sobre o Exemplo de Nelson Savioli pela QualityMark (2005)
>>> Chasing the Dime de Michael Connelly pela Warner Vision (2003)
>>> Álbum de Família de Nelson Rodrigues pela Nova Fronteira (2012)
>>> Gestão de Mudança Em Tempos de Oportunidades de Mario Persona pela Futura (2003)
>>> Um Gato de Rua Chamado Bob de James Bowen pela Novo Conceito (2014)
>>> Henriqueta Lisboa: o Mistério da Criação Poética de Ângela Vaz Leão pela PUCMinas (2004)
>>> O diário de Suzana para Nicolas de James Patterson pela Arqueiro (2011)
>>> Brincando com Fogo de Gordon Ramsay pela BestSeller (2010)
>>> Le Coeur net de Chris Marker pela Du Seuil (1949)
>>> Fernando pessoa, o Menino da Sua Mãe de Amélia Pinto Pais pela Cia das Letras (2011)
>>> Arquitetura & construçao--agosto de 2007--vidros. de Abril pela Abril (2007)
>>> Ensayos Sobre Metodologia Sociológica de Max Weber pela Amorrortu (1973)
>>> Beyond the Brain de Stanislav Grof pela Suny Press (1986)
>>> Twentieth-century Mystics and Sages de Anne Bancroft pela Arkana (2021)
>>> Sobre o Amor de Jacob Needleman pela Ediouro (1998)
>>> O Enigma da Esfinge - a Sexualidade de Antônio Moser pela Vozes (2001)
>>> El Estructuralismo de Jean Piaget pela Proteo (1971)
>>> Arquitetura & construçao--fevereiro de 2006--37 ideias de reforma em casa e apartamento de Abril pela Abril (2006)
>>> Análise Financeira de Balanços - Abordagem Básico e Gerencial de Dante C. Matarazzo pela Atlas (2003)
>>> Arquitetura & construçao--dezembro de 2006--28 ideias praticas para reformar o apartamento pequeno. de Abril pela Abril (2006)
>>> Ovelhas Negras de Caio Fernando Abreu pela Sulina (1995)
>>> Navegue tranquilo vol. 2 de Helvir A. W. Cantanhede pela Edições náuticas
>>> Navegue tranquilo vol. 2 de Helvir A. W. Cantanhede pela Edições náuticas
>>> A Nova Classe Média de Marcelo Neri pela Saraiva (2011)
>>> Vozes Anoitecidas de Mia Couto pela Companhia das Letras (2013)
>>> Navegue tranquilo vol. 2 de Helvir A. W. Cantanhede pela Edições náuticas
>>> Atlas Geográfico Saraiva de Vera Caldini & Leda Ísola pela Saraiva (2009)
>>> Música ao Longe de Erico Verissimo pela Globo (1995)
>>> Atlas Geográfico Saraiva de Vera Caldini & Leda Ísola pela Saraiva (2013)
>>> A Economia Em Machado de Assis de Gustavo H. B. Franco pela Zahar (2007)
>>> O Võo da Madrugada de Sergio Sant'Anna pela Companhia das Letras (2008)
>>> Atlas Geográfico Espaço Mundial de Graça Maria Lemos Ferreira pela Moderna (2006)
>>> Single & Single de John Le Carré pela Record (1999)
>>> Atlas Geográfico Escolar de Maria Elena Simielli & Mário de Biasi pela Ática (1990)
>>> Anatomia do Estado de Murray H. Rothbard pela Lvm
>>> GeoAtlas Básico de Maria Elena Simielli pela Ática (2010)
>>> Minidicionário Escolar Espanhol de Oscar Rojas pela Dcl (2004)
>>> Tony e Susan de Austin Wright pela Austin Wright (2011)
>>> Ícones: Seu Coração Só Pode Bater Com a Permissão Deles de Margaret Stohl pela Galera Record (2014)
>>> Michaelis Minidicionário alemão / português - português / alemão de Alfred Josef Keller pela Melhoramentos (2010)
>>> Visagismo - Harmonia e Estética de Philip Hallawell pela Senac Sp (2008)
>>> Sob a Pele das Palavras de Celso Cunha pela Nova Fronteira (2004)
>>> Radcliffe- Brown: Coleção Grandes Cientistas Sociais. Número 3 de Júlio Cezar Melatti; Florestan Fernandes (org.) pela Ática (1995)
>>> Troppo Facile - Receitas e Notícias Sobre Comida Boa de Gaspare Tusa Di Gruppazzi pela Via Nuova (1990)
>>> Tradução das Catilinárias de Cícero de Maximiniano Augusto Gonçalves pela Livraria H. Antunes (1955)
>>> Cisnes Selvagens de Jung Chang pela Companhia das Letras (1994)
COLUNAS >>> Especial Melhores de 2010

Quarta-feira, 22/12/2010
2010 e os meus álbuns musicais
Rafael Fernandes

+ de 4500 Acessos

Brad Mehldau ― Highway Rider
Uma obra prima. Um disco lindo, candidato a clássico e certamente um dos melhores dessa década que acabou de entrar. Highway Rider tem uma coleção de belas canções, elegantes, grandiosas, mas sem excessos. Um disco ao mesmo tempo ambicioso e terno. Uma obra muito bem pensada, muito bem montada. Impecável nas composições, construção dos arranjos, execuções e produção. E que faz jus ao conceito de álbum, em que músicas se conectam de alguma maneira e, embora funcionem isoladas, tem mais impacto juntas.

Minhas músicas preferidas: "John boy", "Don't be sad", "Now you must climb alone", "Walking the peak", "We'll cross the river together", "Capriccio", "Always departing", "Always returning".


Ouça um trecho de "Don't be sad"

* * *


Chico Pinheiro ― There's a storm inside/Flor de Fogo
Existem alguns estilos que não nos entregam tudo numa primeira ouvida. Um exemplo é esse belo disco de Chico Pinheiro. Diferente do pop, cujas músicas são feitas para uma empatia completa imediata, Chico faz uma música que chama nossa atenção de cara, mas é preciso algo mais para ser absorvida inteiramente. Infelizmente, alguns dizem que é música "difícil". Longe disso. Como já até escrevi em outras oportunidades, nesse momento nosso de pressa, um pouco de paciência é vista como erro. Mas quem se aventurar não vai se arrepender. O músico mostra uma grande maturidade nas composições e ao violão. E se firma como um dos grandes nomes de nossa música ― se é que ainda restavam dúvidas.

Minhas músicas preferidas: "Filme", "Boca de siri", "Flor de fogo", "Ao sul do teu olhar", "There's a storm inside".


Ouça um trecho de "Ao sul do teu olhar"

* * *


Marcelo Jeneci ― Feito Pra Acabar
Começo esse álbum pelo fim: a faixa título. Sublime. Já nasceu clássica. Lindas melodias, belo arranjo e ótima letra. É pop e tem densidade. Mas passa longe da pseudo intelectualidade. É uma música que deve ser ouvida. Faz valer um disco e ao mesmo tempo mostra como um álbum bem pensado, independente do formato, ainda faz sentido. Feito pra acabar tem outros bons momentos de um pop descompromissado e bem feito. A estréia de Marcelo Jeneci é muito boa e promissora.

Minhas músicas preferidas: "Feito pra acabar", "Felicidade", "Copo D'Água", "Longe", "Tempestade", "Pra Sonhar" e "Quarto de dormir".


Ouça um trecho de "Feito pra acabar"

* * *


Jeff Beck ― Emotion & Commotion
Jeff Beck não é um guitarrista altamente técnico e veloz. Prefere tocar pela expressão do instrumento; foca nas melodias e nas dinâmicas aplicadas a elas. É um mestre nisso. Depois de bons discos mais agressivos e com camadas eletrônicas, aparece explorando os sentimentos em Emotion & Commotion. Não à toa são várias baladas e algumas canções cantadas, com participações de Joss Stone, Imelda May e Olivia Safe. A abertura é sublime com "Corpus Christi Carol". Os detalhes e sutilezas da guitarra de Beck são impressionantes.

Minhas músicas preferidas: "Corpus Christi Carol", "Lilac wine", "Hammerhead", "Never alone", "I put a spell on you".


Ouça um trecho de "Corpus Christi Carol"

* * *


Deftones ― Diamond Eyes
O Deftones está longe de ser uma banda inovadora ou brilhante. Mas é muito competente no seu metal alternativo. O grupo volta mais pesado em Diamond Eyes se comparado ao anterior, Saturday Night Wrist. Nem por isso deixa de lado as boas e grudentas melodias nem as texturas sonoras. Para quem gosta é um disco certeiro, direto, bom do começo ao fim. Segue forte sem perder o fôlego da abertura, a faixa-título, pesada e pop, ao fim, a dramática "This Place Is Death".

Minhas preferidas: "Diamond eyes", "You've Seen The Butcher", "This Place Is Death", "Royal", "CMND/CTRL", "Sextape", "Beauty school".


Ouça um trecho de "You've Seen The Butcher"

* * *


Pain Of Salvation ― Road Salt One
Road Salt One tem uma sonoridade crua, com lembranças do anos 70 (vide a capa), mas com uma pegada mais forte ― reminiscências do metal. É um disco muito bom. Suas músicas podem não ter mil e uma passagens instrumentais ― como um dia foi a banda, mas são bem elaboradas. Um exemplo é a abertura, "No way": lembra o Pain Of Salvation clássico, com passagens variadas, mas mais direto ao ponto, sem tantas idas e vindas.

Minhas músicas preferidas: "No way", "Linoleum", "Tell me you don't know", "Curiosity", "Sisters".


Ouça um trecho de "Linoleum"

* * *


Oceansize ― Self Preserved While the Bodies Float Up
O Oceansize é uma das minhas bandas favoritas surgidas na virada dos anos 90 para os 2000. É rock, tem uma pegada pesada, mas sem esquecer das boas melodias. Flerta fortemente com o rock progressivo, mas sem parecer tanto com as bandas do gênero. O grupo é do Reino Unido e influências de diversas bandas de brit-rock dos anos 90 também são sentidas. Esse mais recente lançamento não é o seu melhor, mas mantém a qualidade e tem ótimos momentos.

Minhas músicas preferidas: "Part Cardiac", "SuperImposer", "Oscar Acceptance Speech", "A Penny's Weight", "Build Us a Rocket Then..." e "It's My Tail and I'll Chase It If I Want To".


Ouça um trecho de "A Penny's Weight"

* * *


Corinne Bailey Rae ― The Sea
Admiro artistas como Corinne Bailey Rae que com acordes e melodias surrados do pop ainda têm algo a dizer. The Sea é mais sombrio do que seu álbum de estréia, reflexo do falecimento do seu marido.Talvez por ter saído de um período difícil para a artista é um disco todo muito bonito. As três músicas de abertura já despontam como bons momentos ― e também mostram sua dramaticidade. Em tempos de justin biebers, é bom ouvir um pop adulto bem feito.

Minhas músicas preferidas: "Are you here", "The Blackest Lily", "Closer", "Paris Nights/ New York Mornings", "I'd Do It All Again", "Feels Like The First Time".


Ouça um trecho de "I'd Do It All Again"

* * *


Black Country Communion ― Black Country Communion
Mais uma "super banda", que conta com a lenda Glen Hughes no baixo e vocais, o ótimo Joe Bonamassa (guitarra e vocais), Jason Bonham (sim, filho do John) na bateria e Derek Sherinian (ex-Dream Theater, Planet X, solo) nos teclados. Confesso que a combinação não me animou muito, mas o resultado é surpreendente. Um ótimo disco de rock clássico que não cheira a naftalina.

Minhas músicas preferidas: "One last soul", "The great divide", "Down again", "Song of yesterday", "Stand (At The Burning Tree)", "Too late for the sun"


Ouça um trecho de "The great divide"

* * *


Patton ― Mondo Cane
Inacreditável é uma palavra que ajuda a definir esse novo lançamento de Mike Patton. Um cara consagrado pelo rock que flertava com metal, funk e alternativo com o Faith No More. Cultuado por projetos malucos como o Mr Bungle ou mais roqueiros como Tomahawk. E idolatrado por alguns poucos pelo "esporro metal" do Fantomas. Depois de tudo isso, ele lança um álbum de canções clássicas italianas! Podemos, então, dizer que as versões de "Easy", "I started a joke", "This guy's in love with you", "Reunited", entre outras, mais que gozações, demonstravam a apreciação de Patton pela canção pop? Mondo Cane parece afirmar que sim. É um bom disco. Às vezes bem brega, mas com boas canções.

Minhas músicas preferidas: "Che Notte!", "Ore D'Amore", "Deep down", "Urlo negro", "Ti Offro Da Bere", "Senza Fine".


Ouça um trecho de "Ore D'Amore"

* * *


Slash ― Slash
Slash tem alguns ótimos momentos, mas a impressão é de um disco mais do mesmo. Ok, mas sem brilho. E com momentos do músico emulando coisas que não sabe fazer como "Nothing to say", que tenta soar um metalzão e "Beautiful dangerous", uma das piores coisas que ele já fez. A impressão é que Slash está perdido. Tenta variar o estilo, o que é saudável, mas acaba pecando ao atirar para todos os lados.

Minhas músicas preferidas: "Ghost", "Crucify the dead", "Watch this" e "By the sword".


Ouça um trecho de "Watch this"

* * *


Luísa Maita ― Lero-Lero
Uma das vozes mais interessantes surgidas recentemente. Luísa leva um ar mais cosmopolita e paulistano a ritmos brasileiros. Mas, diferente do que se possa esperar dos tais "ritmos brasileiros", Luísa Maita faz uma música mais dura, mais sisuda e com climas que são bem a cara de um grande centro urbano. Ao optar por sair do óbvio, do desgastado, consegue um resultado bastante interessante: um som particular, que traz ecos do que já foi feito na música brasileira, mas com novidades. Outra boa promessa.

Minhas músicas preferidas: "Lero-lero", "Alento", "Aí vem ele", "Desencabulada", "Mire e veja", "Um vento bom", "Alívio", "Amor e paz".


Ouça um trecho de "Alento"



Rafael Fernandes
Sorocaba, 22/12/2010


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Contentamento descontente: Niketche e poligamia de Renato Alessandro dos Santos
02. O Carnaval que passava embaixo da minha janela de Elisa Andrade Buzzo
03. Cidades do Algarve de Elisa Andrade Buzzo
04. Morrer, na literatura de Marta Barcellos
05. Paixões e baratas de Elisa Andrade Buzzo


Mais Rafael Fernandes
Mais Acessadas de Rafael Fernandes em 2010
01. Os piores músicos da década - 22/9/2010
02. Futebol: 10 mandamentos e 5 mitos - 9/6/2010
03. Meus álbuns: '00 - '09 ― Pt. 1 - 17/2/2010
04. Meus álbuns: '00 - '09 ― Pt. 3 - 26/5/2010
05. Meus álbuns: '00 - '09 ― Pt. 4 - 28/7/2010


Mais Especial Melhores de 2010
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Aprendendo Português Nas Escolas do Xingu
Diversos
Imprensa Oficial
(2004)
R$ 10,00



Cânticos
Cecília Meireles
Moderna
(1986)
R$ 10,00



Fugindo da Seca - Elena Urias (Teatro brasileiro)
Elena Urias
Scortecci
(2014)
R$ 10,00



Feliz Ano Velho
Marcelo Rubens Paiva
Arx
(2003)
R$ 10,00



As Sombras São
Lucia Villares; Eduardo Villares
Terra Virgem
(2001)
R$ 10,00



Como resolver Ou Evitar Conflitos No Trabalho
Donald Weiss
Nobel
(1994)
R$ 10,00



Procurando o Nemo
Disney
Disney
R$ 10,00



Turma da Mônica Jovem: a Torre Inversa
Mauricio de Sousa
Panini
R$ 10,00



Sushi
Marian Keyes
Best Bolso
(2011)
R$ 10,00



Quase Memória
Carlos Heitor Cony
Alfaguara
(2006)
R$ 10,00





busca | avançada
70483 visitas/dia
2,4 milhões/mês