Churchill, de Paul Johnson | Guilherme Pontes Coelho | Digestivo Cultural

busca | avançada
54894 visitas/dia
2,2 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Conto HAYEK, de Maurício Limeira, é selecionado em coletânea da Editora Persona
>>> Os Três Mosqueteiros - Um por Todos e Todos por Um
>>> Sesc 24 de Maio recebe o projeto Parlavratório - Conversas sobre escrita na arte
>>> Cia Caravana Tapioca faz 10 anos e comemora com programação gratuita
>>> Eugênio Lima dirige Cia O GRITO em novas intervenções urbanas
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
>>> Uma história do Mosaic
>>> Uma história da Chilli Beans
>>> Depeche Mode no Kazagastão
>>> Uma história da Sambatech
>>> Uma história da Petz
>>> A história de Chieko Aoki
>>> Uma história do Fogo de Chão
>>> BDRs, um guia
>>> Iggor Cavalera por André Barcinski
Últimos Posts
>>> Os inocentes do crepúsculo
>>> Inação
>>> Fuga em concerto
>>> Unindo retalhos
>>> Gente sem direção
>>> Além do ontem
>>> Indistinto
>>> Mais fácil? Talvez
>>> Riacho da cacimba
>>> Mimético
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Marcel Proust e o tempo reencontrado
>>> YouTube em versão brasileira
>>> Fi-lo porque qui-lo
>>> Sex and the City, o filme
>>> Interactivity Ethics
>>> Poesia BR em Paris
>>> Animismo
>>> E Éramos Todos Thunderbirds
>>> Lares & Lugares
>>> Arco da Crise
Mais Recentes
>>> Adomania 2 A1 - a2 - Méthode de français de Corina Brillant pela Hachette (2016)
>>> Learn With Us 4 - Activity Book With Online Practice de Kirstie Grainger e Vanessa Reilly e Bazo pela Oxford University Press (2019)
>>> Menina Bonita Do laço De Fita - Infanto de Ana Maria Machado pela Atica (2019)
>>> Matematica E Logica Para Concursos 9 M+L=c) Mais de 600 Exercicios - Matematica de Jose Luiz De Morais pela Saraiva (2012)
>>> Memorias de um sargento de milicias de Manuel Antônio De Almeida; Ivan Jaf; Rodrigo Rosa pela Atica (2021)
>>> Eu & os outros de Liliana Iacocca; Michele Iacocca pela Atica (2007)
>>> João Bosco Bezerra Bonfim; Laura Mitchell de Lobo-guará de hotel pela Callis (2009)
>>> Guera dentro da gente (colecao crisalda) de Paulo Leminski pela Scipione (2006)
>>> A pesar de tudo de Dipacho pela Companhia das Letras (2018)
>>> Flavia - Flavia - Professora ao Contrário de Luiz Raul Machado pela Positivo (2021)
>>> Jornadas. Cie 9º Ano Ciências (aluno) de Isabel Rebelo Roque pela Saraiva (2016)
>>> Book a + B Challenge 2 Reach Out Series de Challenge pela Nova Aliança (2016)
>>> 3 Volumes + 2 Cadernos (completo) Ser Protagonista Física de Válio; Fukui; Ferdinian; Oliveira; Molina pela Sm Ed (2014)
>>> 11 Volumes Fábulas Divertidas: Arara Macaco Sapo Mosquitos Etc de Sylvio Luiz Panza pela Ciranda Cultural
>>> Volumes 1 e 3: Sobrados e Mucambos Coleção Documentos Brasileiros de Gilberto Freyre pela José Olympio (1951)
>>> Estudos de Literatura Brasileira 4ª Edição Revista e Ampliada de Douglas Tufano pela Moderna (1988)
>>> Novos Céus e Uma Nova Terra de United States Of America pela United States Of America
>>> Acenda sua Luz de Carol Rache pela Miguilim (2019)
>>> Almanaque Mundial 1961 de Eduardo Cárdenas (org.) pela Moderna (1961)
>>> Plantão da Noite de Irwin Shaw pela Nova Cultura (1987)
>>> História da Filosofia Ocidental Vol. 3 A Filosofia Moderna de Bertrand Russell pela Companhia Nacional (1967)
>>> Filosofia do Vestibular de Dino F. Fontana pela Saraiva (1964)
>>> Os Filósofos Pré Socráticos de Clássicos Cultrix pela Cultrix (1967)
>>> Iniciação Filosófica de Pe. Orlando Vilela pela Dominus (1964)
>>> Ensinamentos básicos dos Grandes Filósofos de S. E. Frost Jr. pela Cultrix (1967)
COLUNAS

Quarta-feira, 2/2/2011
Churchill, de Paul Johnson
Guilherme Pontes Coelho

+ de 5500 Acessos

Se até hoje você não leu a vida de Winston Churchill, narrada em várias biografias; nem leu suas memórias sobre as duas guerras mundiais do século XX, testemunhos de um dos seus principais personagens; nem leu ou ouviu seus discursos, muitos deles proferidos em momentos históricos e escritos numa prosa sublime, aconselharia que você se familiarizasse com este homem lendo Churchill, de Paul Johnson (Nova Fronteira, 2010, 160 págs., tradução de Gleuber Vieira).

Paul Johnson, um conservador jornalista e historiador inglês, escreveu uma biografia concisa e, principalmente, amigável de Churchill. Uma "pocket biography", escrita de forma charmosa, cuja leitura leva apenas um par de horas. Talvez menos, pela maneira elegante como o "perfil" foi escrito.

Paul Jonhson não conviveu com Churchill, há 54 anos de diferença entre eles, mas a virtude do seu livrinho é criar familiaridade entre o leitor e Winston. Uma familiaridade que mesmo o autor, de forma discreta, tenta mostrar com o próprio Churchill. Ele cita alguns encontros breves que teve com o lendário estadista. Uma vez, tinha Johnson dezessete anos, ele perguntou ao primeiro-ministro a que ele atribuía seu sucesso na vida. "Preservação de energia. Nunca ficar em pé quando pode sentar e nunca sentar quando pode deitar." Curioso é que, de acordo com esta e outras leituras de caráter biográfico, tudo leva a crer que Churchill, embora o tenha expressado em tom de anedota, parecia seguir seu princípio de preservação de energia.

Esta "prosa da familiaridade" é uma das características desta tradição britânica, a de escrever biografias. Dr. Samuel Johnson foi um mestre nesta arte, superado pelo seu próprio biógrafo, James Boswell, que escreveu uma biografia inovadora e, hoje, canônica. Ambos estabeleceram o que é biografar, e, no caso do Dr. Johnson, ser biografado ― embora só ele pareça dominado esta outra "arte". Conviveram anos, e Boswell, desde o primeiro encontro, foi o mais ouvinte dos acompanhantes, o mais presente dos convivas, o mais observador dos amigos. "Boswelliano" é o adjetivo para companhia permanente e observadora, a cargo de registrar tudo o que presencia.

A força desta tradição entre os britânicos é tanta que mesmo a biografia de bolso de Churchill por Paul Johnson é mais cuidadosa e confiável que muitas biografias que vemos por aí, autorizadas ou não, de figuras ilustres ou infames. Uma tradição que tanto produziu a Life of Johnson, de Boswell, impecável e prolixa, legível a partir de qualquer página (como disse Borges), quanto The Quest for Corvo, de A.J.A. Symons, um "experimento biográfico" que se assemelha a um romance policial: o biógrafo, Symons, escreve a própria pesquisa, tortuosa e instigante, e os motivos que o levaram a escrever sobre seu excêntrico biografado, Frederick Rolfe, romancista sagaz, pintor talentoso, efebófilo cristão. Mas estes dois exemplos são de outra categoria literária. O que Paul Johnson fez é mais rasteiro e digestivo, sem, no entanto, trivializar seu protagonista ― cuja história já foi tantas vezes escrita.

Escrever a vida de um herói sobre quem já se escreveu tanto é um complicador, mesmo que num breve texto jornalístico. A biografia de Churchill considerada oficial, cujos dois primeiros volumes foram escritos por seu filho Randolph Churchill e os demais por Martin Gilbert, que também os editou, é um monumento que serve menos para o leitor dito comum que para historiadores. Oito volumes abundantes em documentos e cartas, além da consagrada narrativa epopéica de Churchill.

Outro complicador é que este personagem deixou muita coisa escrita sobre si mesmo, e ele era muito bom escritor. As memórias dele, publicadas no Brasil sob os títulos Memórias da Primeira Guerra Mundial e Memórias da Segunda Guerra Mundial, são eloquentes volumes sobre as guerras que ajudaram a definir o século XX, escritos tanto com objetividade histórica quanto com sinceridade subjetiva. Estas duas dimensões pareciam muito bem equilibradas no universo de Winston Churchill, um homem que desde criança pensava grande ― ou imperialmente, como preferir. Essa maneira churchilliana de ver a história, no entanto, rendia comentários, de certa forma pertinentes, como o de Arthur James Balfour: "Winston escreveu um livro enorme sobre si mesmo e o denominou The World Crisis" (as Memórias da Primeira Guerra Mundial...).

Paul Johnson pintou um retrato pequeno mas fiel de Churchill. De forma breve mas não apressada, o leitor passa a conhecer Sir Winston Leonard Spencer-Churchill, um dos grandes do século passado. Está tudo lá no texto. O nascimento complicado, a infância problemática, a inaptidão acadêmica, a carreira como jornalista e escritor, a sagacidade política, o humor arguto, a energia inesgotável, os episódios de Tonypandy, Dardanelos e Dresden, a precoce desconfiança que Adolf Hitler lhe suscitava e a inigualável oratória. Ninguém depois dele teve uma relação tão poderosa com a palavra.

Para ir além






Guilherme Pontes Coelho
Águas Claras/Brasília, 2/2/2011


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Joan Brossa, inéditos em tradução de Jardel Dias Cavalcanti
02. Corot em exposição de Jardel Dias Cavalcanti
03. O livro do Natal de Marta Barcellos
04. Coro dos Maus Alunos de Duanne Ribeiro
05. Uma nova forma de captação para projetos culturais de Marcelo Spalding


Mais Guilherme Pontes Coelho
Mais Acessadas de Guilherme Pontes Coelho em 2011
01. A sordidez de Alessandro Garcia - 9/2/2011
02. Churchill, de Paul Johnson - 2/2/2011
03. Cisne Negro - 16/2/2011
04. Pequenos combustíveis para leitores e escritores. - 7/9/2011
05. Derrotado - 2/3/2011


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Entrainez-vous - Commerce-affaires - Level 2
Gisèle Pou Michèle Sanchez
Cle International
(1993)



Como Pregar a Cruz Hoje numa Sociedade de Crucificados?
Leonardo Boff
Vozes
(1984)



Os Segredos da Alimentação Saudável
Barry Glassner
Larousse
(2007)



Da Natureza das Coisas
Julia Mainardi
Beca
(2000)



Diga Não À Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes ...
Maria Conceição O. Costa (coord.)
Do Autor
(2012)



Na Margem do Rio Piedra
Paulo Coelho
Rocco
(1994)



Na Dobra do Dia
Marcelo Moutinho
Rocco
(2015)



Evaluación de los Aprendizados
Pedro D. Lafourcade
Kapelusz
(1969)



Maneiristas e Barrocos - Gênios da Pintura
Vários Autores
Abril Cultural
(1984)



Floresta Encantada: Livro de Colorir e Caça ao Tesouro Antiestres
Johanna Basford
Gmtsextante
(2015)





busca | avançada
54894 visitas/dia
2,2 milhões/mês