Churchill, de Paul Johnson | Guilherme Pontes Coelho | Digestivo Cultural

busca | avançada
28584 visitas/dia
1,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
>>> Do inferno ao céu
>>> Meninos, eu vi o Bolsonaro aterrando
>>> Manual para revisores novatos
>>> A Copa, o Mundo, é das mulheres
Colunistas
Últimos Posts
>>> Brandenburg Concertos (1 - 6)
>>> 100 nomes da edição no Brasil
>>> Eu ganhei tanta coisa perdendo
>>> Toda forma de amor
>>> Harvard: o que não se aprende
>>> Pedro Cardoso em #Provocações
>>> Homenagem a Paulo Francis
>>> Arte, cultura e democracia
>>> Mirage, um livro gratuito
>>> Lançamento de livro
Últimos Posts
>>> João Gilberto: o mito
>>> Alma em flor
>>> A mão & a luva
>>> Pesos & Contra-pesos
>>> Grito primal II
>>> Calcanhar de Aquiles
>>> O encanto literário da poesia
>>> Expressão básica II
>>> Expressão básica
>>> Minha terra, a natureza viva.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Christian Barbosa no MitA
>>> Obama e o oba-oba
>>> E se Amélia fosse feminista?
>>> O que é ser jornalista?
>>> Toda forma de amor
>>> O filósofo da contracultura
>>> Oderint Dum Metuant
>>> Beleza e barbárie, ou: Flores do Oriente
>>> A fragilidade dos laços humanos
>>> A fragilidade dos laços humanos
Mais Recentes
>>> Trotski - O Profeta Banido de Isaac Deutscher pela Civilização Brasileira (1984)
>>> Nos Tempos de Getúlio: Da Revolução de 30 ao Fim do Estado Novo de Sonia de Deus Rodrigues Bercito pela Atual/ Sp. (1995)
>>> De Getulio a Getúlio: o Brasil de Dutra e Vargas (1945 a 1954) de Francisco Fernando Monteoliva Doratioto (e outro) pela Atual/ Sp. (1995)
>>> Indústria, Trabalho e Cotidiano: Brasil (1889-1930) de Maria Auxiliadora Guzzo de Decca pela Atual/ Sp. (1996)
>>> Indústria, Trabalho e Cotidiano: Brasil (1889-1930) de Maria Auxiliadora Guzzo de Decca pela Atual/ Sp. (1991)
>>> Império do Café: a Grande Lavoura do Brasil (1850 a 1890) de Ana Luiza Martins pela Atual/ Sp. (1995)
>>> Império do Café: a Grande Lavoura do Brasil (1850 a 1890) de Ana Luiza Martins pela Atual/ Sp. (1994)
>>> Independência Ou Morte: a Emancipação Política do Brasil de Ilmar Rohloff de Mattos /Lui Affonso Seigneur de Albuquerque pela Atual/ Sp. (1992)
>>> Código da Vida - Fantástico Litígio Judicial de Uma Família de Saulo Ramos pela Planeta (2008)
>>> Independência Ou Morte: a Emancipação Política do Brasil de Ilmar Rohloff de Mattos /Lui Affonso Seigneur de Albuquerque pela Atual/ Sp. (1992)
>>> Independência Ou Morte: a Emancipação Política do Brasil de Ilmar Rohloff de Mattos /Lui Affonso Seigneur de Albuquerque pela Atual/ Sp. (1991)
>>> O Império da Boa Sociedade: a Consolidação do Estado Imperial Brasil de Ilmar Rohloff de Mattos / Marcia de A. Gonçalves pela Atual/ Sp. (1993)
>>> O Império da Boa Sociedade: a Consolidação do Estado Imperial Brasil de Ilmar Rohloff de Mattos / Marcia de A. Gonçalves pela Atual/ Sp. (1993)
>>> O Império da Boa Sociedade: a Consolidação do Estado Imperial Brasil de Ilmar Rohloff de Mattos / Marcia de A. Gonçalves pela Atual/ Sp. (1992)
>>> Contabilidade introdutória de Sergio Iudicibus, Stephen e outros pela Atlas (1977)
>>> Language Its Nature - Development and Origini de Otto Jespersen, (Prof. Univ. Coppenhagen)./ pela George Allen & UnwinnLtd/London (1949)
>>> El Espejo y La Lámpara: Teoría Romántica y Tradición Clásica de M. H. Abrams pela Eitorial Nova/ Argentina (1962)
>>> Clause Sauf Encaissement de Casimir Pajot pela Librairie Nouvelle de Droit Et de Jurisprudence (1891)
>>> Catolicismo para Leigos de John Trigilio e Kenneth Brighenti pela Altabooks (2008)
>>> Estudos Sobre Sucessões Testamentária de Orosimbo Nonato pela Forense (1957)
>>> Los Caminos Actuales de La Critica (Encadernado) de René Girard/ G. W. Ireland/ Jacques Leenhardt... pela Planeta/ Barcelona (1969)
>>> Instituições de Direito Civil Portuguez de M.A. Coelho da Rocha pela Garnier Livreiro (1907)
>>> Régimen Argentino de la Propiedad Horizontal de José A. Negri pela Arayú (1953)
>>> Enciclopédia de Cultura de Joaquim Pimenta pela Freitas Bastos (1963)
>>> Direitos de Família de Lafayette Rodrigues Pereira pela Freitas Bastos (1945)
>>> Demarcação Divisão Tapumes de Alfredo de Araujo Lopes da Costa pela Bernardo Alves S.A. (1963)
>>> Consultor Civil de Carlos Antonio Gordeiro pela Garnier (1913)
>>> El Derecho de Familia en La Legislacion Comparada de Luis Fernandez Clerico pela Hispano Americana (1947)
>>> Estudos de Direito Civil de Manoel Martins Pacheco Prates pela São Paulo (1926)
>>> Direitos Reaes de Garantia de J.L. Ribeiro de SouSa pela C. Teixeira
>>> Obrigações de Pagamento em Dinheiro (Três Estudos) de Paulo Barbosa de Campos Filho pela Jurídica e Universitária (1971)
>>> Teoria e Pratica dos Testamentos de Manoel Ubaldino de Azevedo pela Saraiva (1965)
>>> Les Groupements D' Obligataires de Albert Buisson pela Librairie Générale de Droit et de Jurisprudence (1930)
>>> Novo Código Civil Anotado Volume II ( Direito das Obrigações) de J.M.Leoni Lopes de Oliveira pela Lumen Juris (2002)
>>> Curso de Direito Civil ( Volume 6 ) Direito das Sucessões de Washington de Direito Monteiro pela Saraiva (1964)
>>> Curso de Direito Civil ( Volume 5 ) (Direto das Obrigações 2ª parte) de Washington de Direito Monteiro pela Saraiva (1991)
>>> Curso de Direito Civil ( Volume 4 ) Direito das Obrigações de Washington de Direito Monteiro pela Saraiva (2019)
>>> Curso de Direito Civil ( Volume 3 ) Direito das Coisas de Washington de Direito Monteiro pela Saraiva (1991)
>>> Curso de Direito Civil ( Volume 2 ) Direito Família de Washington de Direito Monteiro pela Saraiva (1992)
>>> Curso de Direito Civil ( Parte Geral) Volume 1 de Washington de Direito Monteiro pela Saraiva (1964)
>>> Usucapião de Imóveis de Lourenço Mario Prunes pela Sugestões Literárias S/A
>>> Instituições de processo Civil (Volume VI) de Caio Mário da Silva Pereira pela Forense (2007)
>>> Direito Civil Volume 6 de Silvio Rodrigues pela Saraiva (2004)
>>> O Pensamento Vivo de Einstein (Edição Ilustrada) de José Geraldo Simões Jr.: (Pesquisa e Tradução) pela Martin Claret (1986)
>>> Direito Civil Volume 2 de Silvio Rodrigues pela Saraiva (2002)
>>> Posse o Direito e o Processo de Guido Arzua pela Revista dos Tribunais (1957)
>>> Estudo da Posse e das Acções Possessorias de Leopoldino Amaral Meira pela Livraria Academica (1928)
>>> Acção Possessória de J.M. de Azevedo Marques pela São Paulo (1923)
>>> O Direito de Ação e o Modo de Execê-lo de Ataliba Vianna pela Forense (1969)
>>> O Pensamento Vivo de Darwin (Edição Ilustrada) de Eide M. Murta Carvalho (Pesquisa/Org. Tradução) pela Martin Claret (1986)
COLUNAS

Quarta-feira, 2/2/2011
Churchill, de Paul Johnson
Guilherme Pontes Coelho

+ de 4800 Acessos

Se até hoje você não leu a vida de Winston Churchill, narrada em várias biografias; nem leu suas memórias sobre as duas guerras mundiais do século XX, testemunhos de um dos seus principais personagens; nem leu ou ouviu seus discursos, muitos deles proferidos em momentos históricos e escritos numa prosa sublime, aconselharia que você se familiarizasse com este homem lendo Churchill, de Paul Johnson (Nova Fronteira, 2010, 160 págs., tradução de Gleuber Vieira).

Paul Johnson, um conservador jornalista e historiador inglês, escreveu uma biografia concisa e, principalmente, amigável de Churchill. Uma "pocket biography", escrita de forma charmosa, cuja leitura leva apenas um par de horas. Talvez menos, pela maneira elegante como o "perfil" foi escrito.

Paul Jonhson não conviveu com Churchill, há 54 anos de diferença entre eles, mas a virtude do seu livrinho é criar familiaridade entre o leitor e Winston. Uma familiaridade que mesmo o autor, de forma discreta, tenta mostrar com o próprio Churchill. Ele cita alguns encontros breves que teve com o lendário estadista. Uma vez, tinha Johnson dezessete anos, ele perguntou ao primeiro-ministro a que ele atribuía seu sucesso na vida. "Preservação de energia. Nunca ficar em pé quando pode sentar e nunca sentar quando pode deitar." Curioso é que, de acordo com esta e outras leituras de caráter biográfico, tudo leva a crer que Churchill, embora o tenha expressado em tom de anedota, parecia seguir seu princípio de preservação de energia.

Esta "prosa da familiaridade" é uma das características desta tradição britânica, a de escrever biografias. Dr. Samuel Johnson foi um mestre nesta arte, superado pelo seu próprio biógrafo, James Boswell, que escreveu uma biografia inovadora e, hoje, canônica. Ambos estabeleceram o que é biografar, e, no caso do Dr. Johnson, ser biografado ― embora só ele pareça dominado esta outra "arte". Conviveram anos, e Boswell, desde o primeiro encontro, foi o mais ouvinte dos acompanhantes, o mais presente dos convivas, o mais observador dos amigos. "Boswelliano" é o adjetivo para companhia permanente e observadora, a cargo de registrar tudo o que presencia.

A força desta tradição entre os britânicos é tanta que mesmo a biografia de bolso de Churchill por Paul Johnson é mais cuidadosa e confiável que muitas biografias que vemos por aí, autorizadas ou não, de figuras ilustres ou infames. Uma tradição que tanto produziu a Life of Johnson, de Boswell, impecável e prolixa, legível a partir de qualquer página (como disse Borges), quanto The Quest for Corvo, de A.J.A. Symons, um "experimento biográfico" que se assemelha a um romance policial: o biógrafo, Symons, escreve a própria pesquisa, tortuosa e instigante, e os motivos que o levaram a escrever sobre seu excêntrico biografado, Frederick Rolfe, romancista sagaz, pintor talentoso, efebófilo cristão. Mas estes dois exemplos são de outra categoria literária. O que Paul Johnson fez é mais rasteiro e digestivo, sem, no entanto, trivializar seu protagonista ― cuja história já foi tantas vezes escrita.

Escrever a vida de um herói sobre quem já se escreveu tanto é um complicador, mesmo que num breve texto jornalístico. A biografia de Churchill considerada oficial, cujos dois primeiros volumes foram escritos por seu filho Randolph Churchill e os demais por Martin Gilbert, que também os editou, é um monumento que serve menos para o leitor dito comum que para historiadores. Oito volumes abundantes em documentos e cartas, além da consagrada narrativa epopéica de Churchill.

Outro complicador é que este personagem deixou muita coisa escrita sobre si mesmo, e ele era muito bom escritor. As memórias dele, publicadas no Brasil sob os títulos Memórias da Primeira Guerra Mundial e Memórias da Segunda Guerra Mundial, são eloquentes volumes sobre as guerras que ajudaram a definir o século XX, escritos tanto com objetividade histórica quanto com sinceridade subjetiva. Estas duas dimensões pareciam muito bem equilibradas no universo de Winston Churchill, um homem que desde criança pensava grande ― ou imperialmente, como preferir. Essa maneira churchilliana de ver a história, no entanto, rendia comentários, de certa forma pertinentes, como o de Arthur James Balfour: "Winston escreveu um livro enorme sobre si mesmo e o denominou The World Crisis" (as Memórias da Primeira Guerra Mundial...).

Paul Johnson pintou um retrato pequeno mas fiel de Churchill. De forma breve mas não apressada, o leitor passa a conhecer Sir Winston Leonard Spencer-Churchill, um dos grandes do século passado. Está tudo lá no texto. O nascimento complicado, a infância problemática, a inaptidão acadêmica, a carreira como jornalista e escritor, a sagacidade política, o humor arguto, a energia inesgotável, os episódios de Tonypandy, Dardanelos e Dresden, a precoce desconfiança que Adolf Hitler lhe suscitava e a inigualável oratória. Ninguém depois dele teve uma relação tão poderosa com a palavra.

Para ir além






Guilherme Pontes Coelho
Brasília, 2/2/2011


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Super-heróis ou vilões? de Cassionei Niches Petry
02. Perfil Indireto do Assassino de Duanne Ribeiro
03. Por uma arquitetura melhor de Eduardo Carvalho
04. Pais e filhos, maridos e esposas de Fabrício Carpinejar
05. O homem da paz celestial de Alexandre Ramos


Mais Guilherme Pontes Coelho
Mais Acessadas de Guilherme Pontes Coelho em 2011
01. A sordidez de Alessandro Garcia - 9/2/2011
02. Churchill, de Paul Johnson - 2/2/2011
03. Pequenos combustíveis para leitores e escritores. - 7/9/2011
04. Cisne Negro - 16/2/2011
05. Derrotado - 2/3/2011


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O CÓDIGO DOS JUSTOS
SAM BOURNE; ALDA PORTO
RECORD
(2007)
R$ 6,00



HISTÓRIA DA LITERATURA BRASILEIRA, VOLUME 1
SÍLVIO CASTRO
ALFA
(1999)
R$ 26,40



UM ESTUDO SOBRE O CÔMICO: O TEATRO POPULAR NO BRASIL ENTRE RITOS E FESTAS
BETI RABETTI (COORD.)
UNI-RIO
(1997)
R$ 25,00



SANTOS DUMONT - A VIDA DOS GRANDES BRASILEIROS 7
FRANCISCO PEREIRA
TRÊS
(1974)
R$ 5,00



AGRICULTURA FAMILIAR E DESENVOLVIMENTO RURAL
JANETE STOFFEL, SILVIO CEZAR AREND UND CIDONEA M. DEPONTI
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 524,00



PORTO ALEGRE VISTA DO CÉU
HENRIQUE AMARAL, RUY CARLOS OSTERMANN
TOMO EDITORIAL
(2005)
R$ 147,00



PASCHOAL LEMME
ZAIA BRANDÃO
MASSANGANA
(2010)
R$ 10,80



FILHA DE CAMELOT
QUINN TAYLOR EVANS
NOVA CULTURAL
(2007)
R$ 9,90



RELIGIÃO - PRÓS E CONTRAS 2 VOLUMES
A. DA SILVA MELLO
CIVILIZAÇÃO BRASILEIRA
(1963)
R$ 17,70



FARDA FARDÃO CAMISOLA DE DORMIR
JORGE AMADO
KLICK
R$ 5,00





busca | avançada
28584 visitas/dia
1,0 milhão/mês