Aos cérebros novidadeiros | Carla Ceres | Digestivo Cultural

busca | avançada
78320 visitas/dia
2,6 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Sesc 24 de Maio apresenta novos episódios do projeto Música Fora da Curva
>>> Quarador de imagens partilha experiências em música, teatro e cinema
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Temporada Alfa Criança estreia Zazou, um amor de bruxa dia 24 de abril
>>> Operilda na Orquestra Amazônica Online tem temporada grátis pela Lei Aldir Blanc
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Poética e política no Pântano de Dolhnikoff
>>> A situação atual da poesia e seu possível futuro
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
Colunistas
Últimos Posts
>>> Hemingway by Ken Burns
>>> Cultura ou culturas brasileiras?
>>> DevOps e o método ágil, por Pedro Doria
>>> Spectreman
>>> Contardo Calligaris e Pedro Herz
>>> Keith Haring em São Paulo
>>> Kevin Rose by Jason Calacanis
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
Últimos Posts
>>> Estreia: Geração# terá sessões virtuais gratuitas
>>> Gota d'agua
>>> Forças idênticas para sentidos opostos
>>> Entristecer
>>> Na pele: relação Brasil e Portugal é tema de obra
>>> Single de Natasha Sahar retrata vida de jovem gay
>>> A melancolia dos dias (uma vida sem cinema)
>>> O zunido
>>> Exposição curiosa aborda sobrevivência na Amazônia
>>> Coral de Piracicaba apresenta produção virtual
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> A morte da Gazeta Mercantil
>>> A hora certa para ser mãe
>>> Blogging+Video=Vlogging
>>> In London
>>> Mil mortes de Michael Jackson
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Dalton Trevisan revisitado
>>> Who killed the blogosphere?
Mais Recentes
>>> Metanoia - A Chave Está Em Sua Mente de JB Carvalho pela Chara (2018)
>>> 8 Hábitos Do Líder Eficaz De Grupos Pequenos de Dave Earley pela Ministério Igreja em Células (2013)
>>> Final Da Tempestade de Deive Leonardo pela Quatro Ventos (2020)
>>> Enquanto Isso (journal) de Fernanda Witwytzky pela Quatro Ventos (2020)
>>> A caminho do Sótão de Denis Mattar pela Livraria Cultura (1978)
>>> Devocional Simplificando O Secreto (Capa Dura) de Vários pela Quatro Ventos (2020)
>>> A santa sem véu de Tibério Vargas Ramos pela Age (2013)
>>> Danuza & sua visão de mundo sem juízo de Danuza Leão pela Agir (2012)
>>> Fora de mim de Martha Medeiros pela Objetiva (2010)
>>> Contos de Voltaire pela Abril Cultural (1983)
>>> O assassino de Evelyn Anthony pela Martins (1974)
>>> O condenado de Gabriel Lacerda pela Lacerda Ed. (1998)
>>> Curso de Aperfeiçoamento Em Betão Armado - livro de J. Darga e Lima e Outros pela Lnec (1969)
>>> O dinheiro de Arthur Hailey pela Nova Fronteira (1975)
>>> A insurreição de Antonio Skármeta pela Francisco Alves (1983)
>>> Era Uma Vez o Amor, Mas Tive Que Matá-lo de Efraim Medina Reyes pela Planeta (2006)
>>> Dominó de Ross King pela Record (2010)
>>> Jogos Surrealistas de Robert Irwin pela Record (1998)
>>> Revista Planeta 11 - Julho 1973 - a Psicologia Pode Melhorar o Mundo de Ignácio de Loyola Brandão pela Três (1973)
>>> O Último Cabalista de Lisboa de Richard Zimler pela Companhia das Letras (1997)
>>> Livro Alegria e triunfo de Lourenço Prado pela Pensamento (2021)
>>> Perigos Que Rondam o Ministério de Richard Exley pela Ucb (2003)
>>> Revista Planeta 12 - Agosto 1973 - Para que serve a Ioga de Ignácio de Loyola Brandão pela Três (1973)
>>> Predestinação e Livre-arbítrio de John Feinberg pela Mundo Cristão (1989)
>>> Cartas de João Guia de Estudos Práticos de Laudir e Sonia Pezzatto pela Sepal (1989)
COLUNAS

Quinta-feira, 11/8/2011
Aos cérebros novidadeiros
Carla Ceres

+ de 3200 Acessos
+ 1 Comentário(s)

Cérebros precisam de exercício. Pesquisas sugerem que problemas mentais vinculados ao envelhecimento demoram mais para se manifestar em pessoas que praticam atividades físicas e intelectuais. Atividades simples como caminhar, ler, escrever e jogar poderiam até desacelerar o avanço do Mal de Alzheimer. Atividades complexas, então, nem se fala.

Que tal desenhar ou escrever com a mão esquerda, se você for destro? Se você já é craque em sudoku ou palavras cruzadas, pode passar de jogador a criador desses desafios. Pouco importa se você já é ambidestro, maratonista e ganha a vida projetando videogames. Seu cérebro sempre vai precisar de novidades que o obriguem a sair da rotina, pensando diferente. Nada como um bom estranhamento para balançar nossas certezas e nos deixar atentos.

Sorte sua que tenho uma sugestão sob medida para quem gosta de ler. Um dos livros mais estranhos que li ultimamente chama-se Amberville - A lista da morte (Amarilys/Manole, 2010), de Tim Davys. É tão diferente que deve adiar a senilidade por uns dois anos. Mas só recomendo se você não tiver preconceito contra bichos de pelúcia.

Acredite e aceite: todos os personagens de Amberville são bichos de pelúcia (com exceção, talvez, da mariposa que faz uma ponta na história e é rapidamente morta logo no início). O romance nada infanto-juvenil, sucesso mundial da literatura sueca, narra as aventuras de Eric Urso em Mollisan Town, uma cidade de ruas tão coloridas que mais parece um tabuleiro de jogo dividido em quadrantes/bairros. Amberville, um dos quatro bairros, dá nome ao primeiro dos quatro livros ambientados na cidade.

Eric é um urso de pelúcia, casado com a encantadora Emma Coelho. Depois de uma juventude no mundo do crime, Eric Urso tornou-se um profissional de sucesso em uma grande agência de publicidade. Tudo está tranquilo em sua vida até o momento em que seu antigo patrão, Nicholas Pombo, chefão do crime em Mollisan Town, invade seu apartamento, manda seus capangas, dois gorilas de pelúcia, destruírem os móveis e incumbe Eric de uma tarefa talvez impossível: tirar o nome de Nicholas Pombo da lista da morte.

Não há nada de fofinho nos personagens de Amberville. Eles roubam, matam, torturam, consomem drogas, traem, conspiram, mas também amam, filosofam e sacrificam-se. À primeira vista, tem-se a impressão de que o fato de serem animais de pelúcia não passa de uma estratégia de marketing para chamar a atenção dos leitores. Acontece que a própria lista da morte só poderia existir em um universo habitado por criaturas desse tipo. Os bichos de pelúcia não nascem. São entregues a seus pais pelos Entregadores de filhotes. E não morrem de velhice. São recolhidos pelos Choferes e nunca mais aparecem. A lista da morte seria a lista dos animais que os Choferes devem recolher, mas muitos a consideram apenas uma lenda.

Nicholas Pombo acredita que seu nome esteja na lista e, se Eric Urso não conseguir tirá-lo de lá, os gorilas de Pombo acabarão com Emma Coelho. A partir daí, o romance ganha ares de aventura, com Eric Urso reunindo um grupo de amigos do submundo para cumprir a missão. Violência, intrigas e perseguições não faltam, mas os personagens também têm profundidade psicológica.

O misterioso autor de Amberville, que usa o pseudônimo Tim Davys e não aparece em entrevistas, estudou psicologia e filosofia o suficiente para tornar a equipe de Eric Urso interessante. O primeiro a entrar para o time é Tom-Tom Corvo, um corvo forte, ingênuo, agressivo, com traumas de infância e ataques de pânico. O segundo é Sam Gazela, homossexual, irreverente, sádico, viciado em comprimidos. O último é Cobra Marek, um escritor e pintor muito bom em planos e conspirações.

Amberville tem um clima de filme noir. Embora Emma Coelho não seja uma perfeita coelha fatale, os demais personagens seguem os clichês do gênero. São moralmente ambíguos, corruptos e violentos. Boa parte da ação ocorre à noite, o que atenua o colorido da cidade. Sobram ambientes exóticos e suspeitos: o Cassino Monokowski, quartel general de Nicholas Pombo; o lixão, onde o mundo do crime despeja seus mortos; as catacumbas, onde um gato enterrado vivo se arrepende por falar demais.

Parece um livro terrível? Nada disso. Se você gosta de romances policiais, cheios de crimes e intrigas, vai gostar de Amberville. Suas histórias intrincadas, com flashbacks e mudanças no foco narrativo garantem um exercício agradável a cérebros atentos. O estranho universo do romance é lógico dentro de suas próprias leis e, como se não bastasse a mera diversão, nos brinda com indagações tortuosamente filosóficas.

Nota do Editor
Carla Ceres mantém o blog Algo além dos Livros.

Para ir além






Carla Ceres
Piracicaba, 11/8/2011


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Crise (de vergonha na cara?) de Adriana Baggio


Mais Carla Ceres
Mais Acessadas de Carla Ceres em 2011
01. Nerdcast e seu toque de Midas - 22/12/2011
02. Frankenstein e o passado monstruoso - 13/1/2011
03. Ilustres convidados - 19/5/2011
04. Lendas e conspirações do 11 de setembro - 24/11/2011
05. Viagens e viajantes - 10/2/2011


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
3/8/2011
14h03min
Carla, ao ler as suas palavras... A vontade de ler o livro começa a despertar. Sua narrativa nos faz querer conhecer mais sobre a história. Um abraço carinhoso
[Leia outros Comentários de Tatiana Moreira]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Política X Técnica No Planejamento Perspectivas Críticas
Ray Bromley / Eduardo S. Bustelo Orgs.
Brasiliense
(1982)



Acesso aos Direitos Socias: Infância, saúde, educação, trabalho
Paulo Sérgio Pinheiro e Regina Pahim Pinto
Contexto
(2010)



O Segundo Círculo
Patsy Rodenburg
Best Seller
(2009)



Bons Mots & Facéties des Pères Du Désert
Piero Gribaudi
Oeil
(1987)



Justiça, Direito e Cidadania
Marcelo Ribeiro Uchoa
Lumen Juris
(2014)



Teatro Mexicano: Teatro Mexicano del Siglo XX
Antonio Magaña-Esquivel
Fondo de Cultura Económica
(1970)



Matar por Prazer
Linda Howard
Bertrand Brasil
(2019)



Pedagogia e Comunicaçao no Registro da Liberdade
Sandra de Fátima Pereira Tosta
Puc Minas
(2006)



Quando a vida escolhe
Zíbia Gasparetto
Vida
(1997)
+ frete grátis



O livreiro de Cabul
Asne Seierstad
Record
(2006)





busca | avançada
78320 visitas/dia
2,6 milhões/mês