A Jornada de Literatura de Passo Fundo | Marcelo Spalding | Digestivo Cultural

busca | avançada
100 mil/dia
2,7 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Casa do Escritor lança treinamento para incentivar a publicação de livros independentes.
>>> OBA HORTIFRUTI INAUGURA 25ª LOJA EM SÃO PAULO
>>> Bienal On-line promove studio visit com artista argentina Inés Raiteri
>>> Castelo realiza piqueniques com contemplação do pôr do sol ao ar livre
>>> A bailarina Ana Paula Oliveira dança com pássaro em videoinstalação de Eder Santos
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Ao pai do meu amigo
>>> Paulo Mendes da Rocha (1929-2021)
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
>>> Cosmogonia de uma pintura: Claudio Garcia
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
Colunistas
Últimos Posts
>>> A São Paulo do 'Não Pode'
>>> Humberto Werneck por Pedro Herz
>>> Raquel Cozer por Pedro Herz
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
>>> Sergio Abranches sobre Bolsonaro e a CPI
>>> Fernando Cirne sobre o e-commerce no pós-pandemia
>>> André Barcinski por Gastão Moreira
>>> Massari no Music Thunder Vision
>>> 1984 por Fabio Massari
Últimos Posts
>>> Fiel escudeiro
>>> Virtual: Conselheiro do Sertão estreia quinta, 24
>>> A lei natural da vida
>>> Sem voz, sem vez
>>> Entre viver e morrer
>>> Desnudo
>>> Perfume
>>> Maio Cultural recebe “Uma História para Elise”
>>> Ninguém merece estar num Grupo de WhatsApp
>>> Izilda e Zoroastro enfrentam o postinho de saúde
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Imperial March por Darth Vader
>>> Habemus Blog
>>> 3 de Fevereiro #digestivo10anos
>>> Autores & Ideias no Sesc-PR II
>>> Um Furto
>>> Conceitos musicais: blues, fusion, jazz, soul, R&B
>>> Raduan Nassar
>>> Cacá Diegues e os jornalistas
>>> A Casa é de Daniela Escobar
>>> A forca de cascavel — Angústia (Fuvest)
Mais Recentes
>>> Telecomunicações Modernas - Curso Básico - 2ª Edição Ampliada de Eng. Almir Wirth Lima Junior pela Book Express (2001)
>>> Barra Pesada de Octavio Ribeiro pela Codecri (1977)
>>> El conde Lucanor de D. Juan Manoel pela Ufrgs (2002)
>>> Chá da Tarde Crônicas de Lucia Sauerbronn pela Escrita Comunicação Dirigida (2005)
>>> Receitas Vegetarianas - Receitas sem Sofrimento Animal de Eduardo Anandadeva pela Cbje (2016)
>>> New English File Student´s Book Pré-intermediate de Oxenden Latham-Koenig e Seligson pela Oxford (1997)
>>> Novelas Nada Exemplares - 2ª Edição Revista de Dalton Trevisan pela Civilização Brasileira (1970)
>>> Terra, o coração ainda bate - Guia de conservação ambiental de Vários autores pela Tchê (1990)
>>> A Mão do Finado de Alexandre Dumas pela Clube do Livro (1958)
>>> Princípios e métodos de orientação educacional de José do Prado Martins pela Atlas (1987)
>>> O alibi fatal de Rex Stout pela Livros do brasil (1944)
>>> Arizona Quarterly - A journal of American Literature, Culture, and Theory de Vários autores pela University of Arizona (2013)
>>> Literatura comentada: Jorge Amado de Álvaro Cardoso Gomes e Sonia Regina R. Neves pela Nova Cultural (1990)
>>> Español sin fronteras: curso de lengua española, volume 4 de Maria de Los Á. J. García e Josephine S. Hernández pela Scipione (2007)
>>> Leituras obrigatórias UFRGS 2011 de Vários autores pela Leitura XXI (2010)
>>> Leituras obrigatórias UFRGS 2014 de Vários autores pela Leitura XXI (2013)
>>> A Maldição do Espelho de Agatha Christie pela Abril Cultural (1983)
>>> Español sin fronteras: curso de lengua española, volume 3 de Maria de Los Ángeles J. García, Josephine Sánchez Hernández pela Scipione (2002)
>>> O Retrato de Dorian Gray de Oscar Wilde pela Abril (1981)
>>> 20 Poemas de Amor e uma Canção Desesperada de Neruda pela José Olympio (1983)
>>> História - das cavernas ao Terceiro Milênio de Myriam Becho Mota; Patrícia Ramos Braick pela Moderna (1997)
>>> Panorama do mundo atual de Pierre George pela Difusão Européia do Livro (1966)
>>> Español sin fronteras: curso de lengua española, volume 2 de Maria de Los Ángeles J. García, Josephine Sánchez Hernández pela Scipione (2002)
>>> Box Cinquenta Tons De Cinza e Cinquenta tons Mais Escuros de E L James pela Intríseca (2011)
>>> História da II Guerra Mundial (1939-1945) - ano V de Edgar Mc Innis pela Globo (1956)
COLUNAS

Sexta-feira, 2/9/2011
A Jornada de Literatura de Passo Fundo
Marcelo Spalding

+ de 3300 Acessos

Há muitos eventos e instituições que promovem o livro, em geral com o interesse de fomentar o que se chama de economia do livro, ou seja, de vender mais livros. São feiras, salões, bienais, todos muito badalados. Há outros eventos, porém, em que o grande objetivo é fomentar não necessariamente o livro, mas a leitura, a literatura, independente de suporte. As festas literárias são as mais famosas, mas há um desses eventos que é realizado dentro do campus de uma universidade privada do interior do Rio Grande do Sul e nesse ano completou 30 anos, reafirmando sua vitalidade e importância: a Jornada de Literatura de Passo Fundo.

A Jornada surgiu de uma provocação de Josué Guimarães à professora Tânia Rösing, da UPF, no longínquo ano de 1981. Segundo o site do evento, o propósito se manteve nesses 30 anos: "a formação de um leitor que priorize o texto literário, mas que também possa se constituir em um intérprete das linguagens veiculadas em diferentes suportes e das características peculiares das várias manifestações culturais". Na primeira jornada o público era de 750 participantes. Hoje já são mais de 30 mil.

Para os autores convidados, a Jornada é uma grande oportunidade de conviver com grandes artistas contemporâneos, hospedando-se no mesmo hotel e dividindo com eles os mesmos restaurantes. Nesse ano, fui convidado da Jornada, juntando-me a mais de 800 escritores e pesquisadores que, ao longo desses 30 anos, já participaram das Jornadas Nacionais de Literatura, das Jornadinhas e dos demais eventos paralelos que ocorrem durante a movimentação cultural.

Lá em Passo Fundo, além de falar sobre oficinas de criação literária em uma mesa com os mestres Charles Kiefer, Jane Tutilian, Luís Augusto Fischer e Luiz Antonio de Assis Brasil (hoje também Secretário de Cultura do Rio Grande do Sul), conheci poetas como Ignácio de Loyola Brandão e Affonso Romano Sant'Ana, fui apresentado aos confundíveis e excelentes Irmãos Caruso, apertei a mão de Pierre Lévy, vi de perto o assédio ao global Edney Silvestre, além de tomar um inesquecível café da manhã bem em frente a Humberto Gessinger, vocalista do Engenheiros do Hawaii que hoje está arrebentando com Duca numa dupla chamada Pouca Vogal. Ele, naquela manhã, foi meu aliado gremista contra as piadas coloradas de Fischer.

Evidentemente esse convívio se reflete na produção e na divulgação de autores locais, ampliando a importância da Jornada para além dos impressionantes números de público, mídia e venda. Nesse sentido, deve-se reconhecer a acertada opção da Jornada por nomes de peso (Ziraldo e Mauricio de Sousa, por exemplo, são figurinhas carimbadas do evento, sem contar a histórica vinda de Chico Buarque, em 2009), custem o que custarem, opção que causou alguma polêmica em nosso Estado, mas que preserva a intensa e renovada presença da mídia e, por que não, do público.

Outro aspecto interessante da Jornada é o fato de ela ser organizada por uma Universidade, mas sem o ranço de um evento universitário. Com isso, temos a cada edição temas de enorme interesse público, mesas muito bem formadas e a presença de pesquisadores importantes, não tão conhecidos pelo grande público, mas presenças constantes nas bibliografias dos estudiosos de literatura. São pesquidadores, professores universitários, doutores e pós-doutores do Brasil e do exterior.

Nesta 14ª Jornada, que ocorreu em agosto de 2011, estiveram em Passo Fundo nomes como os portugueses Gonçalo Tavares e Tatiana Salem, os argentinos Alberto Manguel e Beatriz Sarlo, os franceses Roger e Anne-Marie Chartier e o tunisiano Pierre Lévy, além dos nacionais Mauricio de Sousa, Ziraldo, Tony Bellotto, Elisa Lucinda, Edney Silvestre, Eliane Brum, Alckmar dos Santos e tantos outros. O tema escolhido atesta a desvinculação do evento com o tal mercado livreiro: "Leitura entre nós: redes, linguagens e mídias".

O tema, aliás, provocou acalorada discussão justamente na mesa de encerramento, quando o escritor e ensaísta argentino Alberto Manguel discutiu com a editora escocesa Kate Wilson depois que ela apresentou um aplicativo para crianças durante o debate "Formação do Leitor Contemporâneo". Segundo release da própria Jornada, após a editora mostrar um aplicativo interativo da Cinderela, Manguel pediu a palavra e falou, enfaticamente: "Eu não sabia que faria parte dessa discussão a deformação do leitor defendida com argumentos comerciais, de vender este ou aquele produto. O livro não é um produto comercial. É nocivo que uma crianças de 3 ou 4 anos seja introduzida à leitura dessa forma, aprendendo a ler na tela."

Kate, depois de recitar um poema de William Blake e dizer que também gostava de literatura, disse: "Eu não me importo com o que as crianças leem, contanto que elas leiam e tenham prazer. Isso as torna melhores." Mais tarde, ela acrescentaria que "hoje, quando as crianças passam tanto tempo em frente às telas, é preciso criar literatura para essa plataforma."

Além da Jornada, desde 2001 ocorre também a Jornadinha, já em sua sexta edição. A Jornadinha, segundo o site do evento, "oferece aos leitores a oportunidade de interagir com os autores e conhecer mais sobre suas obras, por meio de conversas com escritores, contação de histórias, feira de livros, sessões de autógrafos e espetáculos teatrais e musicais. Propõe ainda uma reflexão sobre o processo de aprendizado, leitura e interconexões em face do crescimento da utilização de novas ferramentas tecnológicas, em uma sociedade que cada vez mais se comunica e transmite informações em rede."

Bienal, a Jornada só volta a acontecer em 2013, mas fica a sugestão para que outras universidades conheçam esse fantástico projeto de promoção da LEITURA e abram suas portas para eventos comunitários como esse.


Marcelo Spalding
Porto Alegre, 2/9/2011


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Na translucidez à nossa frente de Elisa Andrade Buzzo
02. O espírito de 1967 de Celso A. Uequed Pitol
03. Os Doze Trabalhos de Mónika. 5. Um Certo Batitsky de Heloisa Pait
04. On the Road, 60 anos de Luís Fernando Amâncio
05. Metallica e nostalgia de Luís Fernando Amâncio


Mais Marcelo Spalding
Mais Acessadas de Marcelo Spalding em 2011
01. História da leitura (I): as tábuas da lei e o rolo - 25/2/2011
02. História da leitura (II): o códice medieval - 18/3/2011
03. História da leitura (III): a imprensa de Gutenberg - 1/4/2011
04. O certo e o errado no ensino da Língua Portuguesa - 3/6/2011
05. A revista Veredas e os mil minicontos - 23/9/2011


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Anti Sionismo Nova Face do Anti Semitismo
Eliyahu Biletzky
Bnai Brith
(1982)



Justiça Penal: Crimes Hediondos, Erro Em Direito Penal e Juizados
Jaques de Camargo Penteado (coordenador)
Rt
(1993)



O Indio Brasileiro - 3ª Edição
Agenor F. de Macedo, Eduardo P. C. de Vasconcellos
Ferreira de Mattos
(1935)



Monteiro Lobato Vivo
Cassiano Antunes ( Coord.)
Mpm
(1986)



Erotic Astrology - About Him For Her
Olívia
Ballantine Books
(1997)



Os Bichos do Jogo da Vida
Valdimir Piovezan
Edicon
(1987)



A Celebração na Vida Cristã
Claude Duchesneau
Paulinas
(1977)



Novo Código de Processo Civil Comparado: Cpc 73 para o Cpc 2015 E
Elpídio Donizetti (2016)
Atlas
(2016)



Biblioteca da Arte Culinária - Vol. 1
Dolores Botafogo
Maga



Los Conquistadores de Internet: Pioneros En un Nuevo Espacio Empr
Christopher Price
Prentice Hall
(2001)





busca | avançada
100 mil/dia
2,7 milhões/mês