Faxina de Ano Novo: também no Facebook | Adriana Baggio | Digestivo Cultural

busca | avançada
78105 visitas/dia
2,2 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Filó Machado e Felipe Machado dividem o palco em show online pelo CulturaEmCasa
>>> Cassio Scapin e artistas de grandes musicais fazem campanha contra o abuso sexual infantil
>>> Terça Aberta na Quarentena une teatro e a dança
>>> “Um pé de biblioteca” estimula imaginação e ajuda a criar novas bibliotecas pelo Brasil
>>> Diálogos na Web FAAP: Na pauta, festivais de cinema e crítica cinematográfica
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Meu malvado favorito
>>> A pintura do caos, de Kate Manhães
>>> Nem morta!
>>> O pai tá on: um ano de paternidade
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - I
>>> Contentamento descontente: Niketche e poligamia
>>> Cinemateca, Cinemateca Brasileira nossa
>>> A desgraça de ser escritor
>>> Um nu “escandaloso” de Eduardo Sívori
>>> Um grande romance para leitores de... poesia
Colunistas
Últimos Posts
>>> A última performance gravada de Jimmi Hendrix
>>> Sebo de Livros do Seu Odilon
>>> Sucharita Kodali no Fórum 2020
>>> Leitura e livros em pauta
>>> Soul Bossa Nova
>>> Andreessen Horowitz e o futuro dos Marketplaces
>>> Clair de lune, de Debussy, por Lang Lang
>>> Reid Hoffman sobre Marketplaces
>>> Frederico Trajano sobre a retomada
>>> Stock Pickers ao vivo na Expert 2020
Últimos Posts
>>> Três tempos
>>> Matéria subtil
>>> Poder & Tensão
>>> Deu branco
>>> Entre o corpo e a alma
>>> Amuleto
>>> Caracóis me mordam
>>> Nome borrado
>>> De Corpo e alma
>>> Lamentável lamento
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST)
>>> Para você que vai votar...
>>> A medida do sucesso
>>> Fuvest divulga lista de livros para 2017
>>> 35 anos do Clube da Esquina
>>> É Julio mesmo, sem acento
>>> Inquietações de Ana Lira
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Jingle Bells
>>> Mano Juan, de Marcos Rey
Mais Recentes
>>> Nosso Lar de André Luiz pela Feb (2009)
>>> VADE MECUM SARAIVA COMPACTO 2020 22 ED de ED SARAIVA(339/4/3321/2928) pela ED SARAIVA(339/4/3321/2928)
>>> JEITO HARVARD DE SER FELIZ O de ED SARAIVA(339/4/3321/2928) pela ED SARAIVA(339/4/3321/2928)
>>> Noite na Taverna / Macário Coleção a Obra-prima de Cada Autor de Álvares de Azevedo pela Martin Claret (2003)
>>> No Caminho de Swann Em Busca do Tempo Perdido Vol 1 de Marcel Proust pela Ediouro (1992)
>>> VADE MECUM TRADICIONAL 2020 (30ED)(SAR de ED SARAIVA(339/4/3321/2928) pela ED SARAIVA(339/4/3321/2928)
>>> MITO DA BELEZA de ED ROSA DOS TEMPOS(3412/4/2928 pela ED ROSA DOS TEMPOS(3412/4/2928
>>> Ninguém é de Ninguém de Harold Robbins pela Estadão (1997)
>>> BIBLIOTECA HOGWARTS CD BOX de ED ROCCO(132/668/9748) pela ED ROCCO(132/668/9748)
>>> Ninguém é de Ninguém de Zibia Gasparetto pela Vida & Consciência (2002)
>>> Nascemos para Estar Juntos de Kim Anderson pela Verga & Riba (1998)
>>> TESTAMENTOS, OS de ED ROCCO(132/668/9748) pela ED ROCCO(132/668/9748)
>>> HARRY POTTER E AS RELIQUIAS DA MORTE C de ED ROCCO(132/668/9748) pela ED ROCCO(132/668/9748)
>>> Não Leve a Vida tão a Sério de Hugh Prather pela Sextante (2003)
>>> HARRY POTTER E O CALICE DE FOGO ROCC de ED ROCCO(132/668/9748) pela ED ROCCO(132/668/9748)
>>> Mulherzinhas de Louisa May Alcott pela Principis (2020)
>>> HARRY POTTER E O ENIGMA DO PRINCIPE CA de ED ROCCO(132/668/9748) pela ED ROCCO(132/668/9748)
>>> HARRY POTTER E O PRISIONEIRO DE AZKAB de ED ROCCO(132/668/9748) pela ED ROCCO(132/668/9748)
>>> LIMITE ZERO de ED ROCCO(132/668/9748) pela ED ROCCO(132/668/9748)
>>> Muito Além dos Sonhos de Sérgio Luiz Sala pela Dpl Espiritualista (2001)
>>> HARRY POTTER E A CAMARA SECRETA de ED ROCCO(132/668/9748) pela ED ROCCO(132/668/9748)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de M. D. Brian L. Weiss pela Salamandra (1991)
>>> HARRY POTTER E A ORDEM DA FENIX CAPA D de ED ROCCO(132/668/9748) pela ED ROCCO(132/668/9748)
>>> HARRY POTTER E A CAMARA SECRETA ED 20 de ED ROCCO(132/668/9748) pela ED ROCCO(132/668/9748)
>>> HARRY POTTER E A CRIANCA AMALDICOADA de ED ROCCO(132/668/9748) pela ED ROCCO(132/668/9748)
>>> HARRY POTTER E O CALICE DE FOGO CAPA D de ED ROCCO(132/668/9748) pela ED ROCCO(132/668/9748)
>>> Mosteiro de São Jeronimo de Valter Turini; Monsenhor Sintra pela Clarim (2008)
>>> CONTO DA AIA ,O de ED ROCCO(132/668/9748) pela ED ROCCO(132/668/9748)
>>> Morte no Nilo de Agatha Christie pela Altaya (1937)
>>> Morte na Mesopotâmia a Rainha do Crime de Agatha Christie pela Record
>>> 48 LEIS DO PODER AS de ED ROCCO(132/668/9748) pela ED ROCCO(132/668/9748)
>>> CANTIGA DOS PASSAROS E DAS SERPENTES de ED ROCCO(132/668/9748) pela ED ROCCO(132/668/9748)
>>> HARRY POTTER E A PEDRA FILOSOFAL ROC de ED ROCCO(132/668/9748) pela ED ROCCO(132/668/9748)
>>> Morri para Viver de Andressa Urach pela Planeta (2015)
>>> HARRY POTTER E A PEDRA FILOSOFAL ED 20 de ED ROCCO(132/668/9748) pela ED ROCCO(132/668/9748)
>>> HARRY POTTER E A CAMARA SECRETA CAPA D de ED ROCCO(132/668/9748) pela ED ROCCO(132/668/9748)
>>> HARRY POTTER E O PRISIONEIRO DE AZKABA de ED ROCCO(132/668/9748) pela ED ROCCO(132/668/9748)
>>> Mogli o Menino Lobo de Rudyard Kipling pela Wmf Martins Fontes (2016)
>>> BOX HARRY POTTER de ED ROCCO(132/668/9748) pela ED ROCCO(132/668/9748)
>>> BOX HARRY POTTER ED 20 ANOS COMEMORATI de ED ROCCO(132/668/9748) pela ED ROCCO(132/668/9748)
>>> HARRY POTTER E A PEDRA FILOSOFAL CAPA de ED ROCCO(132/668/9748) pela ED ROCCO(132/668/9748)
>>> Moby Dick 2 Volumes de Herman Melville pela Abril Cultural (1980)
>>> Mistérios Contos de Lygia Fagunes Teles pela Nova Fronteira (1981)
>>> Mistério no Castelo Toca do Lobo de Friedrich Nietzsche pela Atica (2000)
>>> Minhas Vidas Passadas de Mario Prata pela Planeta (2011)
>>> MULHERES QUE CORREM COM OS LOBOS CAPA de ED ROCCO(132/668/9748) pela ED ROCCO(132/668/9748)
>>> VADE MECUM ACADEMICO DE DIREITO 2020(3 de ED RIDEEL(239/668/2928/4) pela ED RIDEEL(239/668/2928/4)
>>> Meu Avô era uma Cerejeira de Angela Nanetti pela Wmf Martinsfontes (2007)
>>> BTS BIOGRAFIA NAO OFICIAL DOS ICONES K de ED RECORD(347) pela ED RECORD(347)
>>> Metodologia do Direito de Francesco Carnelutti pela Pillares (2012)
COLUNAS

Quarta-feira, 11/1/2012
Faxina de Ano Novo: também no Facebook
Adriana Baggio

+ de 4300 Acessos

Para muitas pessoas, essa época de fim de um ano e início de outro inspira desejos de limpeza e arrumação. Fazer a faxina está naquele grupo de atitudes que parecem nos deixar mais leves para o novo ano, assim como as promessas de perder peso, economizar dinheiro, não brigar com a família.

Faz algum tempo que deixei de ligar para alguns dos mais típicos rituais de Ano Novo: cor da calcinha, roupa nova, os grãos de uva, o pulinho das ondas. Não que eu seja cética ou cínica: é mais uma questão de afinidade com as superstições. Se esses rituais não me sensibilizam, porém, o da arrumação é o contrário: acredito com todas as minhas forças que se desfazer das tralhas traz um novo ano muito melhor.

Em primeiro lugar, porque é preciso fazer uma seleção do que será descartado, o que leva à reflexão. Exige examinar as coisas que foram guardadas e os motivos de terem sido conservadas. Foi por nostalgia? Obrigação? Poucos dos objetos que guardamos são realmente necessários e alguns nem nos fazem bem.

Ter muitas coisas pode oferecer uma sensação de ganho, mas na verdade acarreta a perda de um bem precioso: tempo. Tempo de gerenciar o acúmulo, tempo que se gasta procurando alguma coisa, tempo destinado, justamente, na tal faxina anual. Tempo que poderia ser usado para outras coisas mais úteis, ou mais legais, ou que trazem mais alegria à vida.

Escrutinar os armários e tentar organizá-los também nos dá a dimensão do volume e dos motivos do nosso consumo. Ao contrário do que nos acostumamos a pensar, o consumo não se dá apenas com objetos, com bens materiais. Muito do que consumimos é abstrato e não é pago em dinheiro, mas em recursos ainda mais preciosos: tempo e energia. E se o final do ano é a época de se livrar das tranqueiras, há um lugar onde essa faxina se torna urgente: a timeline do Facebook.

Apesar de suas funcionalidades gerais, os usos que as pessoas fazem do sistema podem ter alguma variação. Não é muito diferente dos "usos" que fazemos das redes sociais "reais" que integramos. Basta lembrar da turma da faculdade: para alguns, era a turma das festas, da diversão; para outros, era tão somente um grupo de estudos; havia ainda os que vendiam produtos de catálogo e bombons para a hora do lanche; e tinha também aquele pessoal que só acompanhava de longe, sem participar de nada. Cada um faz o uso que desejar do Facebook. E, por isso, quando a sua timeline começa a apresentar usos que não combinam com o seu, talvez seja a hora de fazer a tal faxina.

Considero esse espaço como uma rede de relacionamento e de informação, que reúne amigos verdadeiros, alunos e ex-alunos, colegas e ex-colegas de trabalho, profissionais do mercado e pessoas que eu considero interessantes — e algumas que talvez me considerem da mesma forma. E assim como gosto de receber informação de qualidade, procuro postar esse tipo de informação também. Para meus critérios, informação de qualidade vai desde a divulgação de um evento da minha área de atuação até uma postagem espirituosa, passando por uma boa fofoca. Mesmo as idiossincrasias do cotidiano alheio podem me interessar, seja por mostrar como a pessoa leva sua vida, seja pelo jeito legal ou engraçado de escrever ou puramente pela curiosidade em perceber as vaidades e inseguranças dos outros a partir do que divulgam em seus perfis.

Mas se tem uma coisa que decididamente não me interessa no Facebook são as mensagens prontas, as lições de moral e as posturas preconceituosas. Isso parece ter aumentado proporcionalmente — como é natural — com o crescimento da rede. E assim como um armário cheio de tranqueiras pede por uma limpeza, sinto que preciso fazer alguns descartes de contatos do Facebook. Nada pessoal contra esses perfis: é uma forma de racionalizar o consumo de informação, mantendo o que é interessante e evitando o desperdício de tempo e energia.

Em O culto do amador (Zahar, 2009, 208 p.), Andrew Keen critica a facilidade de acesso à expressão que é proporcionada, basicamente, pela internet. Para ele, os blogs, o YouTube e os sites de redes sociais permitem a produção e a distribuição de muita porcaria. Concordo com a parte da porcaria (eu mesma contribuo bastante com esse tipo de "lixo eletrônico"), mas ao contrário dele, acho isso positivo.

Por exemplo: todo mundo tem o direito de postar, seguidamente, mensagenzinhas e e liçõezinhas de moral em seu perfil no Facebook, seguidas da chancela #FATO, e eu seria a primeira a defender esse direito. Mas, na minha timeline, esse tipo de postagem é #TRANQUEIRA. Ao invés de copiar e colar essas mensagens breguinhas, por que as pessoas não tentam se manifestar por conta própria? Por que não escrevem algo da sua cabeça? Que tal produzir conteúdo original, ao invés de apenas repetir o que os outros falam? Em suma: por que não exercitar plenamente seu direito e sua possibilidade de expressão?

Algumas das postagens mais divertidas que aparecem na minha timeline são de uma aluna da faculdade onde ensino. Ela não escreve nada profundamente inteligente nem exatamente útil. Não divulga eventos e nem descobre links de blogs descolados. Seus pequenos textos falam do cotidiano, principalmente das coisas que lhe acontecem no ônibus que a leva para casa, na região metropolitana de Curitiba. Ela é engraçada, divertida, sarcástica. E não comete erros de português, com os quais implico bastante. Isso é um exemplo do que chamo de informação de qualidade, de conteúdo próprio — só para o caso de você estar me achando uma esnobe do Facebook.


Adriana Baggio
Curitiba, 11/1/2012


Quem leu este, também leu esse(s):
01. A Delicadeza dos Hipopótamos, de Daniel Lopes de Jardel Dias Cavalcanti
02. O mau legado de Paulo Francis de Paulo Polzonoff Jr
03. O Casal 2000 da literatura brasileira de Luis Eduardo Matta
04. A literatura, a internet e um papo com Alex Castro de Luis Eduardo Matta
05. Novos escritores? Onde? de Marcelo Maroldi


Mais Adriana Baggio
Mais Acessadas de Adriana Baggio
01. Apresentação - 31/5/1974
02. Maria Antonieta, a última rainha da França - 16/9/2004
03. Dicas para você aparecer no Google - 9/3/2006
04. Ser bom é ótimo, mas ser mau é muito melhor* - 24/4/2003
05. E você, já disse 'não' hoje? - 19/10/2011


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




VIAGEM AO NASCIMENTO DE UMA NAÇÃO
RAYMUNDO CAMPOS
ATUAL
(1996)
R$ 19,44



HISTÓRIA. VOLUME 2 - DAS CAVERNAS AO TERCEIRO MILÊNIO
MYRIAM BECHO MOTA
MODERNA
(2016)
R$ 7.099,00



A RENASCENÇA PRIMAVERA DO HUMANISMO MODERNO LIÇÕES PARA O BRASIL
JOÃO PAULO DOS REIS VELLOSO
FÓRUM NACIONAL
(2014)
R$ 12,00



AS 7 LIÇÕES DAS PESSOAS QUE VENCEM NA VIDA: OS VENCEDORES NATOS
ROBIN SIEGER
LANDSCAPE
(2007)
R$ 5,00



UMA HISTÓRIA POLITICAMENTE INCORRETA DA BÍBLIA
ROBERT J. HUTCHINSON
AGIR
(2012)
R$ 42,90



AUS MEINEM LEBEN - BAND 1 (GOETHE EM ALEMÃO)
JOHANN WOLFGANG GOETHE
BAUFTEIN / LEIPZIG
(1924)
R$ 119,00



A FALÊNCIA (LITERATURA BRASILEIRA)
JÚLIA LOPES DE ALMEIDA
PRINCIPIS
(2019)
R$ 20,00



KAMA SUTRA - GUIA DOS PRAZERES ERÓTICOS
VATSYAYANA (5ª EDIÇÃO)
MULTILIVROS
(1987)
R$ 28,28



TEMPO DE CÃES
ALICIA GIMÉNEZ BARTLETT
PLANETA
(2005)
R$ 12,44



LEMBRANÇAS DA MEIA NOITE
SIDNEY SHELDON
RECORD
(2013)
R$ 20,00
+ frete grátis





busca | avançada
78105 visitas/dia
2,2 milhões/mês