A guerra das legendas e o risco da intolerância | Marta Barcellos | Digestivo Cultural

busca | avançada
44062 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Sexta-feira, 11/5/2012
A guerra das legendas e o risco da intolerância
Marta Barcellos

+ de 3500 Acessos

Na cauda longa da internet, sempre é possível evitar conflitos - de gosto e de interesses. Cada qual encontra seus pares, organiza sua tribo e se lambuza na cultura ou no entretenimento que lhe aprouver. No Facebook, por exemplo, dá para cancelar a assinatura de quem comenta BBB e fingir que o programa não existe. Uma busca rápida no Youtube e descobrimos que existem pessoas nos quatro cantos do mundo virtual com a nossa exata preferência musical ou cinematográfica.

Nas mídias antigas, porém, ainda rolam alguns conflitos antigos, antigos. Do tipo... luta de classes! Pois é, a velha luta de classes marxista, em plena era pós-moderna (ou já alter-moderna, como prefere o francês Nicolas Bourriaud, que andou pelo Brasil falando de arte contemporânea), resiste aos tempos de identidades múltiplas e globalizadas.

Foi o que deduzi da guerra das legendas, que vem sendo travada em nossa televisão por assinatura. Ao contrário da TV aberta, reconhecida desde sempre como mídia massificada e popular, o serviço pago tem aparência abrangente, por conta das dezenas de canais oferecidos a quem tem paciência com o controle remoto e com os comerciais aos berros da Net. Só que ela não possui uma cauda tão comprida assim, ainda mais se compararmos com a internet...

Vamos à guerra. Na disputa pela audiência da nova classe média brasileira, também chamada de classe C emergente, muitas emissoras por assinatura passaram a dublar séries televisivas e filmes que antes eram legendados. Para a "velha classe média", foi a gota d'água.

Sim, porque a classe média outrora comovida com o sofrimento dos excluídos anda incomodada com essa inclusão toda. Aeroportos e shoppings lotados graças às compras parceladas, autoajuda em todas as prateleiras da livrarias, gêneros musicais de gosto duvidoso por toda parte e agora... filmes clássicos dublados no meu canal! Onde isso vai parar?

Pois a discussão foi parar nas páginas de cultura dos jornais do Rio de Janeiro (ops, do único jornal do Rio), repercutiu internet afora, e os ânimos mostraram-se para lá de exaltados. Nos termos do parágrafo aí de cima. Embora se trate de uma guerra de curto prazo (acabará na medida em que os canais e o sistema de TV oferecer opções com ou sem legenda no controle remoto), considerei-a emblemática desses tempos confusos que estamos vivendo. Aliás, já é emblemático que seja justamente uma solução tecnológica que vá resolver o problema. Se a internet não engoliu a TV como se esperava, a TV tenta cada vez mais ser interativa, para competir com a internet.

Solução dada, a trégua se estabelecerá: aqueles que gostam de som original com legendas não vão precisar olhar para o lado e pensar em quem são os tais que preferem filmes dublados.

Mas aí surge a questão que me interessa: quem gosta de filme dublado é o semialfabetizado que ousou invadir os shoppings da velha classe média só porque se beneficia do bolsa-família? Será que esses rótulos ainda funcionam? Sei não. Voltando ao ambiente da internet, quantas vezes nos surpreendemos com pessoas que poderíamos colocar numa única moldura social e cultural, a partir de dados como local onde mora ou escolaridade, e que simplesmente não correspondem aos antigos estereótipos? Em pleno sertão nordestino mora o expert em música erudita; na zona sul carioca pode estar o mais novo fã do sertanejo universitário. E durma-se com essa diversidade toda, depois de desligar o computador.

O fato é que há sinais da multiplicidade de identidades sociais e culturais em toda parte, e também de confusões e tensões geradas por ela. Fico até com pena dos pesquisadores do mercado de consumo e dos robozinhos da internet que tentam encaixar os consumidores em caixinhas. Mas difícil mesmo será mudar a cabeça de gerações que se acostumaram a organizar o pensamento usando as tais caixinhas. Sim, estou falando de preconceito e intolerância, que nem sempre serão mediados por soluções tecnológicas no mundo, digamos, presencial.

Veja este outro exemplo que envolve tensão e caixinhas: a guerra entre motoristas e ciclistas nas grandes cidades. O mesmo colunista do único jornal carioca (ok, do principal jornal carioca) que levantou a questão da dublagem de filmes também se envolveu nesta frente, incomodado com o congestionamento provocado por uma nova ciclovia em seu percurso diário de táxi. Cravou que, ao contrário de Berlim, com clima ameno compatível, o Rio jamais teria entre seus ciclistas trabalhadores a caminho do escritório. Bicicletas seriam para lazer ou estudantes. Pela reação na internet, não era bem assim.

Quem se arrisca hoje, no Rio ou em São Paulo, a traçar um perfil dos ciclistas que desafiam os carros no trânsito? São os engravatados de Berlim ou os entregadores de encomendas? Estudantes que fogem do congestionamento ou do transporte caro? Trabalhadores ecológicos ou simplesmente pragmáticos? Só há um motivo para colocá-los numa única caixinha: a intolerância. A intolerância ao outro, ao diferente de nós, àquele que nem tentamos compreender, às mudanças que parecem ameaçar "direitos conquistados" mas que podem tornar a vida mais diversa e interessante.

Outro exemplo? As reações à aprovação do sistema de cotas raciais na universidade pública. Mas isso daria outra coluna...



Marta Barcellos
Rio de Janeiro, 11/5/2012


Quem leu este, também leu esse(s):
01. De pé no chão (1978): sambando com Beth Carvalho de Renato Alessandro dos Santos
02. K 466 de Renato Alessandro dos Santos
03. Cidadão Samba: Sílvio Pereira da Silva de Renato Alessandro dos Santos
04. estar onde eu não estou de Luís Fernando Amâncio
05. Como eu escrevo de Luís Fernando Amâncio


Mais Marta Barcellos
Mais Acessadas de Marta Barcellos em 2012
01. A Paris de Chico Buarque - 19/10/2012
02. O fim do livro, não do mundo - 20/4/2012
03. O Facebook e a Alta Cultura - 17/8/2012
04. Esquecendo de mim - 25/5/2012
05. O direito autoral vai sobreviver à internet? - 27/1/2012


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




SALA DOS HOMICÍDIOS - 1ª EDIÇÃO
P. D. JAMES
COMPANHIA DAS LETRAS
(2004)
R$ 15,00



A VIDA É UM PALCO
SHIRLEY MACLAINE
RECORD
(1988)
R$ 4,02



POR ISSO NÃO PROVOQUE
PAULO TADEU
MATRIX
(2010)
R$ 6,90



PSICOLOGIA DA PERCEPÇÃO
JOÃO A. SOSSAI
EDICON
(1981)
R$ 10,00



TOC - TRANSTORNO OBSESSIVO-COMPULSIVO 100 PERGUNTAS MAIS FREQUENTES
GUSTAVO FAUS BORONAT
EDIMSA
(2005)
R$ 20,00



FÍSICA 3 ENSINO MÉDIO
GUIMARÃES PIQUEIRA CARRON
ATICA
(2014)
R$ 8,50



NOÇÕES GERAIS DA PESCA DE ARREMESSO
SILVIO FUKUMOTO
ZILLIG
(1994)
R$ 10,00



LA SUBLIMATION
JEAN LAPLANCHE
PRESS UNIVERSITAIRES DE FRANCE
(1980)
R$ 50,00



ESSE CONTINENTE CHAMADO BRASIL
EDUARDO TOURINHO
JOSÉ OLYMPIO
(1964)
R$ 22,50



A CRISE DA INSTITUIÇÃO FAMILIAR
ISODORO ALONSO HINOJAL
BIBLIOTECA SALVAT
(1979)
R$ 10,00





busca | avançada
44062 visitas/dia
1,3 milhão/mês