Na calada do texto, Bentinho amava Escobar | Carla Ceres | Digestivo Cultural

busca | avançada
38611 visitas/dia
1,4 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Quinta-feira, 8/11/2012
Na calada do texto, Bentinho amava Escobar
Carla Ceres

+ de 9900 Acessos

"Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades", assim começava o soneto de um senhor poeta outrora mui estudado por estas plagas, um tal de Luís Vaz de Camões. Quer ler? Clique aqui. Não conhece e não quer ler? Não tem importância. O sujeito era machista e preferia salvar a nado um poema quilométrico em vez de livrar sua musa da morte por afogamento. Bem, isso é o que dizem. E tem mais: era um bajulador da monarquia, portanto seus poemas, embora bem escritos, estão impregnados de valores antidemocráticos e ideologia colonialista. Imagine o perigo de ler um sujeito desses.

Agora um spoiler. Cuidado que vou contar o fim do soneto! O autor termina dizendo "Que não se muda já como soía". Traduzindo esse verso antiquado de quem viveu bem no meio do século XVI: o gajo quer dizer que não se muda mais como se costumava mudar. Nisso ele acertou. Mudamos mais rápido, por causa da tecnologia. Como leitores, sofremos influência da TV, da internet, dos inúmeros aparelhos que permitem a troca de mensagens escritas e acesso a redes sociais.

O Brasileiro, em especial, é sociável e noveleiro. Antes de entrar pra escola, já começou sua alfabetização audiovisual e, daí pra frente, continua pensando o mundo como teledramaturgia. Raciocina em termos de vilões e mocinhos, procura uma justiça maniqueísta, fecha-se em grupos homogêneos para combater outros grupos ou até indivíduos de opinião contrária. Temos grandes problemas em perceber tons de cinza. Pudera! Utilizamos personagens de telenovela como parâmetro para compreender os motivos e intenções de quem nos cerca. Falta-nos o acesso à complexidade emocional que só a boa literatura tem condições de oferecer.

Acontece que o raciocínio simplista abomina a complexidade. Procura valores absolutos. Por isso lida mal com a arte e os artistas. Quando endeusa um autor, recusa-se a ver qualquer aspecto questionável em sua obra. Mas se, de repente, descobre-lhe alguma falha, sente-se traído e adere à primeira campanha para mutilar seus trabalhos ou bani-los da face da Terra.

A alfabetização audiovisual do brasileiro médio não chega a completar-se. Identificamos conflitos em tramas ficcionais, mas quantos de nós percebem as técnicas de manipulação e sedução presentes nos comerciais e na propaganda política? E quanto à propaganda fora dos intervalos comerciais? Detectamos merchandisings tão rápido quanto percebemos um triângulo amoroso se formando? Quantos estão conscientes de que os telejornais, supostamente neutros, servem aos interesses de seus proprietários? Sim, muita gente já ouviu dizer que a televisão pode manipular os fatos. Somente uns poucos se dão conta quando isso acontece diante de seus olhos.

Ainda assim, estamos melhor preparados para interpretar narrativas audiovisuais do que textos cheios de letrinhas. Isso não se deve apenas ao fato de 38% de nossos universitários serem analfabetos funcionais. Sim, isso é vergonhoso, mas a tecnologia e o consumismo vão ajudar a resolver o problema. Graças aos celulares, muitos analfabetos e semianalfabetos estão voltando a estudar com o objetivo de mandar mensagens de texto aos parentes e amigos. Acontece que mesmo algumas pessoas letradas sofrem para acompanhar textos literários e só se aproximam deles com uma reverência quase paralisante.

Temos pouca intimidade com a literatura. Ao nos aproximarmos de Dom Casmurro, por exemplo, já sabemos o que procurar na obra e qual é a leitura aceita pelos professores que corrigirão as provas do vestibular. Nossa reverência permite, no máximo, que discutamos se Capitu traiu ou não traiu Bentinho. Ora, mudam-se os tempos e os leitores não mudam? Pois bem, se Dom Casmurro fosse uma novela comum, sem o peso das opiniões dos especialistas a seu respeito, muitos leitores modernos aventariam a hipótese de que Bentinho fosse, na verdade, apaixonado por Escobar, hipótese bastante plausível e já levantada pela crítica moderna. O romance se enriquece bastante quando abordado também por esse ângulo, mas por que precisamos esperar que os doutores em literatura levantassem a lebre? Como não vimos isso antes? Estamos, por acaso, presos à ideia de que a bissexualidade não existia no século XIX?

Cada época tem um modo próprio de abordar questões antigas. Machado não podia nem pretendeu ser mais explícito do que foi. Seu romance era realista, mas não era telenovela. Não tinha por objetivo saber quem dormiu com quem. Um leitor menos reverente poderia apreciar outros aspectos importantes da obra, como a ironia e a "sinceridade" de um narrador que talvez não admitisse nem para si mesmo quais eram seus verdadeiros sentimentos e motivações.

Nota do Editor
Carla Ceres mantém o blog Algo além dos Livros. http://carlaceres.blogspot.com/


Carla Ceres
Piracicaba, 8/11/2012


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Diário de Rato, Chocolate em Pó e Cal Virgem de Duanne Ribeiro
02. Rimbaud, biografia do poeta maldito de Jardel Dias Cavalcanti
03. Erotismo, sensualidade e literatura de Marcelo Spalding
04. Chicletes de Ana Elisa Ribeiro
05. Sobre palavras mal ditas de Rafael Rodrigues


Mais Carla Ceres
Mais Acessadas de Carla Ceres em 2012
01. Na calada do texto, Bentinho amava Escobar - 8/11/2012
02. Liberdade de crença e descrença - 4/10/2012
03. Memórias de ex-professoras - 8/3/2012
04. O céu tornou-se legível - 3/5/2012
05. Dono do próprio país - 31/5/2012


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A TÉCNICA DO DIREITO VOL 3 - A TÉCNICA DA DEFESA CRIMINAL
GILBERTO CALDAS
BRASILIENSE
R$ 10,00



CERIMONIAL DO CASAMENTO - 4930
MARIA DE LOURDES DE FARIA MARCONDES WOLFF
WB EDITORES
R$ 10,00



COTIDIANO E ROTINA NA SALA DE AULA
MARLEI GOMES DA SILVA MALINOSKI
APPRIS
(2016)
R$ 34,00



NAU DOS DESEJOS
CREMILDA MEDINA
CJE / ECA / USP
(1994)
R$ 4,70



SEU FUTURO SEGUNDO OS TARÔS
GIOVANNI SCIUTO
NORDICA
(1992)
R$ 15,00



MANOEL JULIO VERA DEL CARPIO
MANOEL JULIO VERA DEL CARPIO
DIALETO
(2012)
R$ 55,00



ENSINO RÉGIO NA CAPITANIA DE MINAS GERAIS ,1772 - 1814
THAIS NIVIA DE LIMA E FONSECA
AUTÊNTICA
(2010)
R$ 40,00



A IMPORTÂNCIA DO RELACIONAMENTO COMERCIAL E CULTURAL...
VÁRIOS
SENADO FEDERAL
(1995)
R$ 8,58



O PRIMEIRO GUERREIRO - 2ª EDIÇÃO
ORLANDO PAES FILHO
ARX JOVEM
(2002)
R$ 10,00



ALICE DO 5O DIEDRO
LAURITA MOURAO
NORDICA
R$ 6,00





busca | avançada
38611 visitas/dia
1,4 milhão/mês