Rememórias e túmulos multimídia | Carla Ceres | Digestivo Cultural

busca | avançada
74271 visitas/dia
2,0 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Inspirado nas Living Dolls, espetáculo de Dan Nakagawa tem Helena Ignez como atriz convidada
>>> As Caracutás apresentam temporada online de Tecendo Diálogos com bate-papo e oficina
>>> Obra de referência em nutrição de plantas ganha segunda edição revista e ampliada
>>> FAAP promove bate-papo com as atrizes Djin Sganzerla, Zezita Matos e com o diretor Allan Deberton
>>> Elísio Lopes Jr comanda oficina gratuita de dramaturgia nesta sexta-feira (27)
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Carol Sanches, poesia na ratoeira do mundo
>>> O fim dos livros físicos?
>>> A sujeira embaixo do tapete
>>> Moro no Morumbi, mas voto em Moema
>>> É breve a rosa alvorada
>>> Alameda de água e lava
>>> Entrevista: o músico-compositor Livio Tragtenberg
>>> Cabelo, cabeleira
>>> A redoma de vidro de Sylvia Plath
>>> Mas se não é um coração vivo essa linha
Colunistas
Últimos Posts
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
>>> Chico Buarque em bate-papo com o MPB4
>>> Como elas publicavam?
Últimos Posts
>>> O poder da história
>>> Caraminholas
>>> ETC. E TAL
>>> Acalanto para a alma
>>> Desde que o mundo é mundo
>>> O velho suborno
>>> Normal!
>>> Os bons companheiros, 30 anos
>>> Briga de foice no escuro
>>> Alma nua
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Show him what he is like
>>> Machado polímata
>>> In the Line of Fire
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> A polêmica dos quadrinhos
>>> Ad Usum Juventutis
>>> Schopenhauer sobre o ofício de escritor
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Últimos Dias, de Gus Van Sant
>>> Poesia sem ancoradouro: Ana Martins Marques
Mais Recentes
>>> Passagens – Crises Previsíveis da Vida Adulta de Gail Sheehy pela Francisco Alves (1980)
>>> A Chave da Longevidade de Dr. Hugues Destrem pela Europa-América (1979)
>>> A Força da Saúde de Victor Hugo Belardinelli pela Movimento (2013)
>>> O Envelhecimento de Luiz Eugênio Garcez Leme pela Contexto (1997)
>>> Velhice - Culpada ou Inocente? de Carlos Eduardo Accioly Durgante pela Doravante (2008)
>>> Envelhecimento Bem-Sucedido de Newton Luiz Terra e Beatriz Dornelles (Orgs.) pela Edipucrs (2003)
>>> Naturalmente Mais Jovem de Roxy Dillon pela Sextante (2016)
>>> Direito Administrativo Descomplicado de Marcelo Alexandrino e Vicente Paulo pela Método (2019)
>>> Tópicos de Matemática Aplicada de Luiz Roberto Dias de Macedo, Nelson Pereira Castanheira e Alex Rocha pela Intersaberes (2018)
>>> Gestão de Custos de Carlos Ubiratan da Costa Schier pela Ibpex (2011)
>>> Ética Empresarial na Prática de Mario Sergio Cunha Alencastro pela Intersaberes (2016)
>>> Gestão Socioambiental no Brasil de Rodrigo Berté pela Intersaberes Dialógica (2013)
>>> Ferramentas Para a Moderna Gestão Empresarial - Teoria, Implementação e Prática de Maria Inês Caserta Scatena pela Intersaberes Dialógica (2012)
>>> O rio do tempo de Hernani Donato pela Círculo do livro (1976)
>>> O menino de areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1986)
>>> Breton/ Trotski - Por uma arte revolucionária independente de Valentim Facioli pela Paz e Terra (1985)
>>> Dize-me com quem andas de Mary McCarthy pela Civilização Brasileira (1967)
>>> Uma vida encantada de Mary McCarthy pela Civilização Brasileira (1967)
>>> Quem vai fazer a chuva parar? de Robert Stone pela Companhia das letras (1988)
>>> Meus amigos de Emmanuel Bove pela Companhia das letras (1987)
>>> Rastro do fogo que se afasta de Luis Goytisolo pela Companhia das letras (1988)
>>> Vista do amanhecer no Trópico de G. Cabrera Infante pela Companhia das letras (1988)
>>> Tebas do meu coração de Nélida Piñon pela José Olympio (1974)
>>> A república dos sonhos de Nélida Piñon pela Francisco Alves (1984)
>>> O caso Morel de Ruben Fonseca pela Artenova (1973)
>>> E do meio do mundo prostituto só amores guardei do meu charuto/História de amor (Box) de Ruben Fonseca pela Companhia das letras (1997)
>>> A marcha Húngara de Henri Coulonges pela Difel (1994)
>>> A mais que branca de José Geraldo Vieira pela Melhoramentos (1975)
>>> Sobras completas de Nelson Motta pela Nova fronteira (1984)
>>> O Amor é a Melhor Estratégia de Tim Sanders pela Sextante (2003)
>>> Seria trágico... se não fosse cômico: Humor e Psicanálise de Abrão Slavutzky; Daniel Kupermann pela Civilização Brasileira (2005)
>>> Dez Coisas que Eu Amo em Você - Trilogia Bevelstoke Livro 3 de Julia Quinn pela Arqueiro (2020)
>>> S.O.S. Dinâmica de Grupo de Albigenor & Rose Militão pela QualityMark (2001)
>>> Constelação Familiar de Divaldo Franco pela Livraria Espírita Alvorada (2009)
>>> Outlander: A Viajante do Tempo - Livro 1 de Diana Gabaldon pela Saída de Emergência (2014)
>>> Investimentos Inteligentes (Para Conquistar e Multiplicar o Seu Primeiro Milhão) de Gustavo Cerbasi pela Thomas Nelson Brasil (2008)
>>> El Cuaderno de Maya de Isabel Allende pela Sudamericana (2011)
>>> A Cama na Varanda: Arejando Nossas Idéias a Respeito de Amor e Sexo de Regina Navarro Lins pela Rocco (2000)
>>> A Vida é Bela no Trabalho de Dominique Glocheux pela Sextante
>>> Eugène Delacroix 1798-1863: O Príncipe do Romantismo de Gilles Néret pela Taschen (2001)
>>> Agora Aqui Ninguém Precisa de Si de Arnaldo Antunes pela Companhia das Letras (2015)
>>> Nu de Botas de Antonio Prata pela Companhia das Letras (2013)
>>> Trilogia Suja de Havana de Pedro Juan Gutiérrez pela Companhia das Letras (1999)
>>> As Religiões no Rio de João do Rio pela Jose Olympio (2015)
>>> A Teoria da Causa Madura no Processo do Trabalho de Ben-hur Silveira Claus pela Ltr (2019)
>>> Pimentas de Raul Lody pela Nacional (2018)
>>> Zen a a Arte de Manutenção de Motocicletas de Robert M. Pirsig pela Paz e Terra (1984)
>>> Monobloco - uma Biografia de Leo Morel pela Azougue (2015)
>>> Lei Antiterror Anotada - Lei 13. 260 de Acácio Miranda Silva Filho, Alex Wilson Ferreira pela Foco (2018)
>>> Marketing de Nichos de Alexandre Luzzi las Casas pela Atlas (2015)
COLUNAS

Quinta-feira, 30/8/2012
Rememórias e túmulos multimídia
Carla Ceres

+ de 3300 Acessos

Já se tornou tradição o mês de agosto levar meus familiares para um passeio sem volta. O último a partir foi um tio muito querido, noivo aos setenta e dois anos, preparando-se para o terceiro casamento. A despeito de seu pouco apreço pela fidelidade conjugal, falha que tantas tristezas causou às ex-esposas, a família já ensaia uma tentativa de dourar sua memória.

Por coincidência, soube de sua morte logo após rever The Final Cut, filme de 2004, que saiu no Brasil como Violação de Privacidade e, em Portugal, como Final Cut — A Última Memória. Para evitar confusão, usarei, daqui pra frente, o título original.

The Final Cut é um filme de ficção-científica mais voltado para o drama e a reflexão do que para extravagâncias tecnológicas. A história se passa em um futuro próximo, quando os pais com condições financeiras podem contratar os serviços da empresa Eye Tech, a qual colocará um implante Zoe em seus filhos, logo após o nascimento. Esse implante gravará todas as experiências do indivíduo até sua morte. A seguir, a Eye Tech entregará as imagens a um editor para que as transforme em um vídeo com os melhores momentos do falecido e o apresente em sua cerimônia fúnebre. Essas versões resumidas e idealizadas de uma vida inteira são conhecidas como rememórias. Suas exibições constituem-se num grande acontecimento social.

The Final Cut conta a história do editor de rememórias Alan Hakman (Robin Williams), a quem sua namorada Delila (Mira Sorvino) define como "um agente funerário, ou um padre, ou um taxidermista, todos juntos". A palavra "editor" não define bem a parte mais importante do trabalho de Hakman. Sim, ele faz montagens de vídeos, mas o nome de sua profissão, em inglês, é "cutter", "cortador". Sua excelência profissional consiste em ter estômago para assistir a cenas revoltantes e cortá-las da rememória sem cair na tentação de revelar verdades inconvenientes sobre os mortos. A propósito, sua "ilha de edição", uma aparelhagem futurista com aspecto antiquado, chama-se "guilhotina".

Em termos de arquitetura, visual dos personagens e decoração, o filme parece uma reinvenção sombria do final da primeira metade do século XX. As exceções ficam por conta de poucos elementos, como os túmulos multimídia e as tatuagens em alto-relevo que os jovens usam para bloquear os implantes Zoe e impedi-los de gravar suas vidas.

Dois anos após o lançamento de The Final Cut, um projeto de túmulo multimídia foi patenteado nos Estados Unidos. De acordo com seu inventor, as pessoas poderiam gravar vídeos dizendo "tudo o que não tiveram oportunidade ou coragem de dizer em vida", para quem visitasse suas sepulturas. Os cemitérios se transformariam em parques da memória, pelos quais os visitantes passeariam com fones de ouvido.

A ideia soa mais estranha para nós brasileiros do que deve parecer nos Estados Unidos, país afeito a parques temáticos e a elogios fúnebres que misturam melancolia com uma certa dose de humor. Tudo bem, cada povo tem sua maneira de lidar com a morte. Nós "bebemos o defunto", jogamos baralho e contamos piadas com parentes e amigos, durante o velório. É o nosso jeito de contornar a tristeza. Depois os parentes brigam pela herança ou pagam as dívidas e assim se encerra a parte financeira do luto. Falta-nos o tino comercial de transformar morte em espetáculo.

No universo criado por Omar Naim, diretor e roteirista de The Final Cut, uma em cada vinte pessoas possui um implante Zoe e só será informada desse fato quando completar vinte e um anos. Aí poderá decidir o que fazer a respeito. Quem não gostar da surpresa pode fazer uma tatuagem que impeça futuras gravações. Pode também juntar-se a um dos grupos anti-implante que combatem a Eye Tech com base em argumentos do tipo: "Não há como medir o profundo efeito que o implante Zoe teve na forma como as pessoas se relacionam. Eu estou sendo filmado? Devo dizer isso ou aquilo? O que vão achar daqui trinta anos se eu fizer isso ou aquilo? E quanto ao simples direito de não ser fotografado? O direito de não aparecer na lembrança de um cara sem sequer saber que estava sendo filmado?"

Quando um advogado canalha da Eye Tech morre e a viúva contrata Hakman para editar sua rememória, ativistas anti-implante pressionam o editor para que lhes entregue imagens incriminadoras. O desfecho torna-se previsível a partir de um certo ponto, mas o filme faz jus ao prêmio de melhor roteiro no Deauville Film Festival. A crítica especializada não chegou a um acordo sobre seu valor, porém o simples fato de The Final Cut levantar discussões sobre privacidade que somente viriam à tona com o fenômeno Facebook já atesta sua relevância.

Nota do Editor
Carla Ceres mantém o blog Algo além dos Livros. http://carlaceres.blogspot.com/


Carla Ceres
Piracicaba, 30/8/2012


Quem leu este, também leu esse(s):
01. O jornalismo cultural na era das mídias sociais de Fabio Gomes
02. Crítica/Cinema: entrevista com José Geraldo Couto de Jardel Dias Cavalcanti
03. Luz sob ossos e sucata: a poesia de Tarso de Melo de Jardel Dias Cavalcanti
04. Nós que aqui estamos pela ópera esperamos de Renato Alessandro dos Santos
05. Quem é mesmo massa de manobra? de Cassionei Niches Petry


Mais Carla Ceres
Mais Acessadas de Carla Ceres em 2012
01. Na calada do texto, Bentinho amava Escobar - 8/11/2012
02. Liberdade de crença e descrença - 4/10/2012
03. Memórias de ex-professoras - 8/3/2012
04. O céu tornou-se legível - 3/5/2012
05. Dono do próprio país - 31/5/2012


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




RUMO AO PORTUGUÊS LEGÍTIMO, LÍNGUA E LITERATURA 1750 - 1850, COL. ENSA
AMÉRICO ANTÓNIO LINDEZA DIOGO E OSVALDO MANUEL ...
ANGELUS NOVUS
(1996)
R$ 31,15



PRÉCIS DE MÉDECINE LÉGALE
A. LACASSAGNE
MASSON ET CIE
(1909)
R$ 117,60



HISTÓRIAS INFANTIS, PARA ADULTOS
JORGE LINZMEIER
ANDARILHO
(1998)
R$ 9,33



THE WOODS
HARLAN COBEN
PENGUIN USA
(2008)
R$ 20,00



ESTAÇÃO TERRA - COMUNICAÇÃO NO TEMPO E NO ESPAÇO -
DORA INCONTRI
MODERNA
(1991)
R$ 7,00



OS DOIS BRASIS (VOLUME 335 BRASILIANA) - 4509
JACQUES LAMBERT
COMPANHIA NACIONAL
(1969)
R$ 10,00



O ESTRELA DE PRATA E OUTRAS AVENTURAS DE SHERLOCK.
CONAN DOYLE
EDIOURO
R$ 6,90



CABEÇA DE HOMEM
LEO JAIME
AGIR
(2014)
R$ 12,00



THE FINAL DETAIL
HARLAN COBEN
DELL BOOKS
(2011)
R$ 15,00



ROBINSON CRUSOÉ
DANIEL DEFOE
L&PM
(2010)
R$ 19,90





busca | avançada
74271 visitas/dia
2,0 milhões/mês