Relendo 'O Pequeno Príncipe' | Sabrina Ferreira | Digestivo Cultural

busca | avançada
44847 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Quarta-feira, 17/4/2013
Relendo 'O Pequeno Príncipe'
Sabrina Ferreira

+ de 3900 Acessos

Algumas frases de O Pequeno Príncipe ficaram eternizadas, sobretudo por conta das lições da raposa que revela em segredo ao principezinho que "só se vê bem com o coração" porque "o essencial é invisível aos olhos" e, ensinando-o sobre o significado de cativar, diz que nos tornamos eternamente responsáveis por aquilo que cativamos.

Ao lado de livros como Fernão Capelo Gaivota, de Richard Bach, e O Alquimista, de Paulo Coelho, ele tornou-se um clássico dos tempos modernos e parece ter resistido às tentativas de banalização por ter sido tão citado como obra literária preferida entre as misses, garantindo seu caráter de complexidade apesar dos pesares.

Classificado geralmente como literatura infantil ou infanto-juvenil (muito pela presença das várias chaves de abertura para a imaginação), o livro vem atravessando gerações, guardando sentidos tanto para esse público quanto para adultos por sua carga filosófica, chegando a ser denominado de "livro infantil feito para adultos". Há quem se contente argumentando que o livro guarda rico material para despertares reflexivos; há quem dele goste muito por ter tomado conhecimento dos aspectos autobiográficos nele contidos e há quem defenda ainda que a obra encerre um mito nos padrões do monomito (ou "a jornada do herói") conceituado por Joseph Campbell.

O primeiro grupo provavelmente enxergou muitas outras reflexões além das famosas lições da raposa e, pelo caráter questionador do principezinho que escutava pouco as perguntas do piloto, mas perguntava muito, o toma por um filósofo latente. Aqui perguntamos: "Quando o mistério é impressionante demais, a gente não ousa mesmo desobedecer?"; "Quando a gente anda sempre em frente não pode mesmo ir longe?"; "É tão misterioso o país das lágrimas?"; "A linguagem é sempre fonte de mal entendidos?". Aqui seguimos querendo enxergar carneiros através de caixas desenhadas, arrancando plantas ruins quando miúdas ainda e aprendendo a desfrutar nossas flores, mesmo cientes das suas complicações e tolices. Rezamos para não encontrar manobreiros que nos digam que os outros estão correndo atrás de nada e calamos quando pensamos que corremos o risco de chorar um pouco quando nos deixamos cativar.

O segundo grupo soube de alguma forma quem foi Antoine de Saint Exupéry, o piloto francês um tanto quanto desastrado; velho demais à época para pilotar, novo demais para morrer. Antoine não retornou de uma operação na época da Segunda Guerra Mundial e seu corpo nunca foi achado. Tinha 44 anos - o mesmo número de vezes que o príncipe diz ter contemplado o pôr do sol em dada passagem do livro. Teria previsto? Morreu como desejava? Seria o príncipe o seu próprio eu infantil, que embora compreendesse seus desenhos íntimos o causava impaciência? Nunca saberemos. Temos notícia somente de um dos acidentes que Antoine sofreu que o levou justamente ao deserto do Saara, onde teve mesmo que trabalhar muito e quase morreu de sede, apresentando delírios e alucinações ao ser encontrado por árabes à época. Teria esse episódio o inspirado? Suspeitamos...

O último grupo encontra associações nos estudos do autor de O Herói de Mil Faces que estruturou o monomito em estágios nas seções de Partida, Separação ou iniciação e Retorno (influenciando criações famosas como Star Wars e Matrix). De fato o principezinho parte, desbrava e retorna - como o faz tantos heróis que aprendemos a admirar. Ao partir, como classicamente, ele encontra oponentes e aliados. Conhece reis, vaidosos, bêbados, empresários, curiosos, velhos, geógrafos, vendedores e até uma serpente que fala por enigmas e pede que ele retorne às suas origens. Mais maduro, compreensivo com a efemeridade da rosa e ciente das delícias da água conquistada com os passos no deserto, ele regressa.

O fato é que O Pequeno Príncipe tem certamente algo a nos ensinar. Se passamos a fazer parte de algum desses grupos, de todos eles, ou de nenhum deles - isso não importa tanto se tivermos aprendido algo sobre a nossa própria existência humana.


Sabrina Ferreira
São Paulo, 17/4/2013


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Crônica em sustenido de Ana Elisa Ribeiro
02. A Copa, o Mundo, é das mulheres de Luís Fernando Amâncio
03. Manual para revisores novatos de Ana Elisa Ribeiro
04. Carta ao(à) escritor(a) em sua primeira edição de Ana Elisa Ribeiro
05. A cidade e o que se espera dela de Luís Fernando Amâncio


Mais Sabrina Ferreira
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




INTRODUÇÃO À SOCIOLOGIA
PE. FERNANDO BASTOS DE ÁVILA S. J.
AGIR
(1973)
R$ 23,00



O MONGE E O EXECUTIVO 2
JAMES C. HUNTE
AUDIOLIVRO
(2010)
R$ 16,00



AMERICAN SHORT STORIES OF TODAY
ESMOR JONES
VIKING PR
(1988)
R$ 10,00



DICÇÃO LÍRICA
PEDRO LOPES MOREIRA
EDIÇÃO PRÓPRIA
(1944)
R$ 97,00



O MENSAGEIRO DO CÉU - UMA HISTÓRIA SOBRE GALILEU GALILEI
KENNETH IRELAND
MODERNA
(1999)
R$ 7,00



O CASO DA IMESP O USO IRREGULAR DA IMPRENSA OFICIAL ENTRE 1979 E 1982
IMESP
IMPRENSA OFICIAL DO ESTADO
R$ 12,00



PALAVRAS DE MÁRIO DE SÁ - CARNEIRO COL. PALAVRAS DE AUTORES PORT
LUIS FARIA ARRANJO GRÁF. FRANCISCO PEDRO LYON
LYON EDIÇÕES
(1997)
R$ 17,70



DA CIDADE GRANDE AO SERTÃO
VITO MILESI
SEM FRONTEIRAS
(1983)
R$ 7,00



CHICKEN SOUP FOR THE TEENAGE SOUL
JACK CANFIELD
HEALTH COMMUNICATION
(1997)
R$ 15,00



FUNDAMENTOS DA PSICANÁLISE DE FREUD A LACAN VOL. 3 - 1ª EDIÇÃO
MARCO ANTONIO COUTINHO JORGE
JORGE ZAHAR
(2017)
R$ 58,95





busca | avançada
44847 visitas/dia
1,1 milhão/mês