Adolescentes e a publicação prematura | Carla Ceres | Digestivo Cultural

busca | avançada
80332 visitas/dia
2,6 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Projeto aborda riqueza da tradicional Festa da Carpição
>>> Canto dos Recuados - espetáculo musical mergulha na cultura afrobarroca
>>> Primeiro Roteiro
>>> Festival Cine Inclusão abre inscrições de curtas-metragens com o tema terceira idade
>>> Musical Guerra de Papel estreia dia 3 de setembro no Teatro Viradalata
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
>>> Poesia como Flânerie, Trilogia de Jovino Machado
>>> O mundo é pequeno demais para nós dois
>>> Ao pai do meu amigo
>>> Paulo Mendes da Rocha (1929-2021)
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
Colunistas
Últimos Posts
>>> Unchained by Sophie Burrell
>>> Deep Purple em Nova York (1973)
>>> Blue Origin's First Human Flight
>>> As últimas do impeachment
>>> Uma Prévia de Get Back
>>> A São Paulo do 'Não Pode'
>>> Humberto Werneck por Pedro Herz
>>> Raquel Cozer por Pedro Herz
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
Últimos Posts
>>> O cheiro da terra
>>> Vivendo o meu viver
>>> Secundário, derradeiro
>>> Caminhemos
>>> GIRASSÓIS
>>> Biombos
>>> Renda Extra - Invenção de Vigaristas ou Resultado
>>> Triste, cruel e real
>>> Urgências
>>> Ao meu neto 1 ano: Samuel "Seu Nome é Deus"
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Verdadeiros infiltrados: em defesa de Miami Vice
>>> Assim ninguém leva meus livros
>>> Dia Marisa: todas as mulheres merecem
>>> O Filho da Noiva
>>> O rei nu do vestibular
>>> Selvageria Nunca Sai de Moda
>>> Você cumpre as promessas de final de ano?
>>> A cabeça de Steve Jobs
>>> O sublime Ballet de Londrina
>>> A vida subterrânea que mora em frente
Mais Recentes
>>> É Por Isso Que O Brasil Não Vai de Age pela Age (2021)
>>> Equinox de Jambo pela Jambo (2021)
>>> Planejamento e Organização do Turismo de Ivan Fernandes pela Campus Elsevier (2021)
>>> Equipes Campeãs - Potencializando o Desempenho de Sua Equipe de Sebrae pela Sebrae (2021)
>>> Star Wars - Império e Rebelião - o Fio da Navalha de Martha Wells pela Universo Geek (2017)
>>> O Cozinheiro do Rei D. João VI de Hélio Loureiro pela Planeta (2014)
>>> A Conspiração Colombo de Steve Berry pela Record (2014)
>>> Sobreviventes do Holandês Voador de Brian Jacques pela Bertrand Brasil (2008)
>>> O Efeito Medici de Frans Johansson pela Best Seller (2008)
>>> Era Uma Vez Uma Ponte... de Vivilendo pela Vivilendo (2021)
>>> Coaching de Relacionamentos a Dois de Ritah Oliveira pela Qualitymark (2017)
>>> Sensibilidade à Flor da Pele de Helena Polak pela Clube De Autores (2018)
>>> Fronteiras da Física - Vol II de Jucimar Peruzzo pela Clube De Autores (2019)
>>> Ervas Aromáticas de La Fonte pela La Fonte (2021)
>>> A Imprensa Entre Antígona e Maquiavel de Renato Janine Ribeiro pela Referencia (2016)
>>> Esboço Para Uma Teoria Das Emoções de Lpm pela Lpm (2021)
>>> Towards a Post-fordist Welfare State de Roger Burrows, Brian D Loader pela Routledge (1994)
>>> Pimenta Neves - uma Reportagem de Luiz Octavio de Lima pela Scortecci (2013)
>>> O Estado do Planeta de Carlos Gabaglia Pena pela Record (1999)
>>> Escassez De Razão de Liberdade pela Liberdade (2021)
>>> Escola De Vendas K.L.A de Ser Mais pela Ser Mais (2021)
>>> A Estratégia Do Oceano Azul de Kim Mauborgne pela Elsevier (2008)
>>> Confissões de um Vira-lata de Origenes Lessa - Orlando Pedroso pela Global (2012)
>>> ESocial. Você E Sua Empresa Estão Preparados? de Leader pela Leader (2021)
>>> Ensaios E Conferências de Vozes pela Vozes (2021)
COLUNAS

Quinta-feira, 4/9/2014
Adolescentes e a publicação prematura
Carla Ceres

+ de 4600 Acessos

Levante a mão quem já foi convidado para um lançamento de livro de autor adolescente! Eu já estive em alguns, por insistência dos paitrocinadores, que pagaram a publicação, o coquetel, a divulgação e a filmagem do evento para postar na internet. Lançar livros tornou-se uma das formas de ostentação cultural preferidas pela classe média. Havendo disponibilidade financeira e textos engavetados, qualquer escritor encontra dezenas de editoras prontas a aplaudir e imprimir seu talento.

Os adolescentes, verdade seja dita, não se empolgam tanto com essa onda de pagar para publicar imediatamente (não tanto quanto os seus pais e alguns escritores inéditos de meia-idade). A garotada tem mais o que viver e assim se livra de fazer feio numa estreia prematura. Não vejo muito problema nesse exibicionismo literário, quando quem o pratica é um adulto enganando a si mesmo quanto a suas possibilidades de sucesso. Sim, a maioria desses livros tem capa pretensiosa, título chamativo e um conteúdo que deveria ter sido melhor trabalhado. E essa não é a pior hipótese. Para economizar com revisão, certas gráficas metidas a editoras se gabam de não interferir no texto original, de não mexer numa vírgula do que o gênio pagante digitou. O resultado é deplorável, porém, se agrada ao autor sem senso crítico, só me permito protestar quando esse autor é um adolescente. E vejam bem que não protesto contra o adolescente, mas contra os pais.

Seria tolice exigir modéstia e uma prodigiosa autocrítica de uma criança de doze anos que já leu muito mais do que seus colegas e escreve melhor do que os próprios pais. Ela se julga o máximo e, de acordo com os parâmetros a seu dispor, essa conclusão está correta. Se ela escreve tão bem, por que não publicar um livro? Todo mundo publica. Além do mais, para ser escritor, você só precisa pegar os ingredientes de vários livros da moda e misturar do seu jeito, não é?

O bom senso deveria vir dos pais. Claro que, no universo da publicação independente, também surgem uns raros livros notáveis, que não conseguiram chamar a atenção de grandes editoras. É a esse grupinho excepcional que todos os autores julgam pertencer. Nele não cabem, entretanto, crianças hábeis em manipular clichês literários.

A publicação prematura fará menos mal a escritores sem talento criativo. A família ficará feliz porque seu geniozinho da mesmice brilhou e foi invejado por alguns minutos. Depois, diante da falta de retorno financeiro, culpará a ignorância do povo pelo fracasso e sugerirá que os novos projetos literários sejam substituídos por uma viagem à Disney, que sai mais em conta. O jovem autor, com a autoestima levemente abalada, encontrará outro passatempo.

Infelizmente, não existe um modo de identificarmos, durante a adolescência, quais escritores iniciantes poderão vir a desenvolver seu talento criativo e quais jamais passarão de imitadores. Todo aspirante a escritor começa imitando seu autor preferido. Para sair dessa fase, precisará ler muitos outros autores, aprender a apreciá-los e sofrer suas influências rumo à aquisição de um estilo próprio. Sem uma ampla cultura literária, todo o poder criativo de um escritor servirá apenas para reinventar a roda. Ele vai trabalhar duro para descobrir ou elaborar ideias e abordagens que, aos olhos de leitores experientes, serão apenas lugares-comuns.

Publicar prematuramente um autor com potencial para tornar-se brilhante é um crime contra a literatura porque pode travar seu desenvolvimento na fase da imitação. Se um adolescente recebe a publicação de bandeja, vai continuar fazendo o que já fez, sem evoluir, porque, do seu ponto de vista, já atingiu a consagração, equiparou-se a seu autor favorito. Caso, por milagre, consiga amadurecer e queira continuar no mundo das letras, terá seu nome, para sempre, ligado a um livro menor.

Não estou sugerindo que os pais ignorem a inteligência linguística superior de seus filhos. Quem tiver um desses geniozinhos em casa e quiser ajudá-lo a tornar-se um escritor digno de respeito (veja bem que isso não significa ficar milionário) deve estimulá-lo a ler muito e a produzir textos pelo simples prazer de escrevê-los e mostrá-los aos amigos em blogs, vlogs, redes sociais ou sites. Se ele fizer questão de publicar, pode inscrever-se em concursos literários e ganhar a publicação como prêmio. Há dezenas de concursos por aí, alguns muito bem-conceituados. Para vencer um desses, é preciso fazer por merecer. Mas mesmo perder traz boas lições. Escritores não devem desistir facilmente.

Nota do Editor
Carla Ceres mantém o blog Algo além dos Livros. http://carlaceres.blogspot.com/


Carla Ceres
Piracicaba, 4/9/2014


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Quando morre uma paixão de Adriane Pasa
02. A Tempestade de Rennata Airoldi
03. Doente de tanto saber de Adriana Baggio


Mais Carla Ceres
Mais Acessadas de Carla Ceres em 2014
01. HQs sombrias, anjos e demônios - 2/1/2014
02. Um menino à solta na Odisseia - 6/11/2014
03. Duas distopias à brasileira - 7/8/2014
04. Adolescentes e a publicação prematura - 4/9/2014
05. Vaidade, inveja e violência - 8/5/2014


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Osamu Tezuka 1975 1989 a Consagração do Gênio
Toshio Ban
Conrad do Brasil
(2003)



Manual de Direito Previdenciário Acidentes de Trabalho
Odonel Urbano Gonçalves
Atlas
(2001)



1001 Dúvidas de Portugês
José de Nicola e Ernani Terra
Saraiva
(1997)



Os Seis Livros da República - Livro Segundo - 1ª Edição
Jean Bodin
Ícone
(2011)



Dicionário Escolar-francês-português/português-francês
Roberto Alvim Corrêa
Mec
(1958)



Personalidade
Rotter
Interamericana
(1980)



O Caminho da Felicidade - Torne-se um Anjo na Terra - 1ª Edição
Ryuho Okawa
Irh Press do Brasil
(2017)



Casamento , Término & Reconstrução - 8ª Ed - Revista e Atualizada
Maria Tereza Maldonado
Integrare
(2009)



Qual É a Cor do Amor
Patrícia Senna e Emerson Pontes
Prazer de Ler
(2011)



O Machão
Harold Robbins
Circulo do Livro
(1974)





busca | avançada
80332 visitas/dia
2,6 milhões/mês