Do amanhecer ao adormecer: leitura, ato de amor | Marcela Ortolan | Digestivo Cultural

busca | avançada
80183 visitas/dia
2,2 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Contos do Índio e da Floresta estreia dias 03 e 04 de outubro na Sympla Streaming
>>> “Conversa de Criança – Coronavírus” discute o acolhimento das emoções das crianças durante pandemia
>>> São Paulo ganha grafitti gigante que propõe reflexão sobre igualdade racial
>>> Buena Onda Reggae Club faz maratona de shows online a partir de 1ª de outubro
>>> Filó Machado e Felipe Machado dividem o palco em show online pelo CulturaEmCasa
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Meu malvado favorito
>>> A pintura do caos, de Kate Manhães
>>> Nem morta!
>>> O pai tá on: um ano de paternidade
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - I
>>> Contentamento descontente: Niketche e poligamia
>>> Cinemateca, Cinemateca Brasileira nossa
>>> A desgraça de ser escritor
>>> Um nu “escandaloso” de Eduardo Sívori
>>> Um grande romance para leitores de... poesia
Colunistas
Últimos Posts
>>> A última performance gravada de Jimmi Hendrix
>>> Sebo de Livros do Seu Odilon
>>> Sucharita Kodali no Fórum 2020
>>> Leitura e livros em pauta
>>> Soul Bossa Nova
>>> Andreessen Horowitz e o futuro dos Marketplaces
>>> Clair de lune, de Debussy, por Lang Lang
>>> Reid Hoffman sobre Marketplaces
>>> Frederico Trajano sobre a retomada
>>> Stock Pickers ao vivo na Expert 2020
Últimos Posts
>>> Três tempos
>>> Matéria subtil
>>> Poder & Tensão
>>> Deu branco
>>> Entre o corpo e a alma
>>> Amuleto
>>> Caracóis me mordam
>>> Nome borrado
>>> De Corpo e alma
>>> Lamentável lamento
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O melhor de 2008 ― literatura e cinema
>>> The perfect servant
>>> Trauma a ser evitado
>>> É Julio mesmo, sem acento
>>> 28 de Abril #digestivo10anos
>>> É Julio mesmo, sem acento
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> O jornalismo que dá nojo
>>> É Julio mesmo, sem acento
>>> Útil paisagem
Mais Recentes
>>> Cérebro de Robin Cook pela Círculo do Livro (1997)
>>> A Ira dos Anjos de Sidney Sheldon pela Nova Cultural (1985)
>>> Nada Dura Para Sempre de Sidney Sheldon pela Círculo do Livro (1998)
>>> Um Estranho no Espelho de Sidney Sheldon pela Círculo do Livro (1987)
>>> O Outro Lado da Meia-Noite de Sidney Sheldon pela Círculo do Livro (1989)
>>> Palavras que Curam - A força terapêutica das hist. bíblicas de Walther H, Lechler/Alfred Meier pela Prestígio (2006)
>>> A História da Primeira Guerra Mundial. 1914-1918 - Com 4 Volumes de David Stevenson pela Novo Século (2018)
>>> Wild Cards: Ases Nas Alturas - Livro 2 de George R. R. Martin pela Leya (2013)
>>> Wild Cards: Guerra aos Curingas - Livro 9 de George R. R. Martin pela Leya (2018)
>>> Wild Cards: Luta de Valetes - Livro 8 de George R. R. Martin pela Leya (2017)
>>> Wild Cards: Ás na Manga: Livro 6 de George R. R. Martin pela Leya (2017)
>>> Pense e Enriqueça - para Mulheres Texto Completo de Sharon Lechter pela CDG Grupo Editorial (2017)
>>> Atitude Mental Positiva de Napoleon Hill pela CDG Grupo Editorial (2015)
>>> O Caso dos Dez Negrinhos de Agatha Christie pela Círculo do Livro (1975)
>>> Mistério no Caribe de Agatha Christie pela Nova Cultural (1964)
>>> Sebastiana Quebra Galho Guia Prático das donas de casa 16ªed. de Nenzinha Machado Salles pela Civilização Brasileira (1994)
>>> Assassinato no Expresso do Oriente de Agatha Christie pela Nova Fronteira
>>> Cem Anos de Solidão de Gabriel García Marquez pela Sabiá (1971)
>>> Melhor que comprar sapatos de Cristiane Cardoso pela Unipro (2015)
>>> Imposto sobre a propriedade territorial rural de Dejalma de Campos pela Atlas (1993)
>>> Archi de soleil de Patrick Bardou e Varoujan Arzoumanian pela Parenthèses (1978)
>>> Passo a passos de Ioberto Tatsch Banunas pela Sulina (1997)
>>> A máquina de fazer espanhóis- 2ª ed. de Valter Hugo Mãe pela BIblioteca Azul- Globo (2016)
>>> Memórias 2º volume - A Aliança Liberal e a Revolução de 1930 de João Neves da Fontoura pela Globo (1963)
>>> Sofrimento como lidar? de Adriano Rocha pela Conselho (2014)
>>> Manuscrito revista de Filosofia Volume II No 2 abril 1979 de Gérard Lebrun, Herman Parret, Yuval Lurie e outros pela Unicamp (1979)
>>> Ele ela 71 março 1975 de Diversos autores pela Bloch (1975)
>>> Tex especial de férias 10 de Mythos editora pela Mythos (2011)
>>> Novo Vocabulário Político Volume Um - Hegemonia e Pluralismo de Pedro Claudio Cunca Bocayuva; Sandra Mayrink Veiga pela Fase-Vozes (1992)
>>> Costos sociales de las reformas neoliberales en America Latina de Anita Kon / Catalina Banko / Dorothea Melcher / Maria Cristina pela Miguel Á. Garcia / Venezuela (2000)
>>> Ícone de Frederick Forsyth pela Record (1997)
>>> Câes de guerra de Frederick Forsyth pela Circulo do Livro (1974)
>>> Gre-nalzinho é sempre gre-nalzinho de Kalunga pela Maneco (2011)
>>> Receitas Comemorativas de Rede feminina de combate ao cancer pela Do autor (1999)
>>> Sob Pressão de Bruce Hoverd pela Gente (2015)
>>> Ai comprei um bode e um bezerro de Nilton Ferreira pela Kirios (2013)
>>> Casa de vó é sempre domingo de Marina Martinez pela Nova Fronteira (2014)
>>> O mundo de Sofia de Jostein Gaarder pela Jostein Gaarder (1996)
>>> Introdução à psicologia vol. 100 de Ernest R. Hilgard / ///Richard C. Atkinson pela Nacional (1979)
>>> Teologia do Antigo Testamemto de Eugene H. Merriell pela Shedd (2009)
>>> Scientia et Virtus Julho 1956 de Colegio Estadoal Lemos Junior pela Do autor (1956)
>>> La guerra de Matisse de Peter Everett pela Circe (1998)
>>> Compêndio de Teologia Apologética de François Turretine pela Cultura Cristã (2011)
>>> Alergia na infância de Maria Candida Faria Rizzo pela Lemos (2002)
>>> Archivos de la universidad de Buenos Aires año 26 n 1 de Diversos autores pela Meuba (1951)
>>> Anais do Primeiro congresso de câmaras Municipais do estado de São Paulo 1° volume de Diversos autores pela Ibge (1948)
>>> Os filhos da África em Portugal: Antropologia, multiculturalidade e educação (2ªed.) de Neusa Maria Mendes de Gusmão pela Autêntica (2006)
>>> A arte de desenhar Perspectiva 14 de Renato Silva pela Conquista
>>> Almanaque do tchê! de Diversos autores pela Tchê (1984)
>>> Cinderela - coleção fantasminha de Cordélia Dias D'Aguiar pela Ediouro (1975)
COLUNAS

Segunda-feira, 1/7/2013
Do amanhecer ao adormecer: leitura, ato de amor
Marcela Ortolan

+ de 3000 Acessos

Bom dia!

Toda vez que me deparo com uma folha em branco acontece um estranhamento. Acontece uma vontade de preenchê-la e sentir a caneta deslizar, o prazer das palavras se conjugando.

É uma necessidade de desabafo, de comunicação, é a vontade de escrever um cumprimento em tudo: bom-dia. Lindo, não é? Duas palavras que são pura gentileza.

Bons dias esparramados pelo papel. É a minha necessidade de comunicação.

Escrevo um cumprimento - curta renovação de esperança. É uma promessa que se entrega com um sorriso. É a própria melodia do sorriso.

Para que seu dia seja bom: Bom dia.

Carrego a liberdade na bolsa

Sempre levo comigo um livro na bolsa. Sobrou um tempinho e já estou lendo, cultivando um vício da infância. Carregar livros consigo é uma libertação. Não se sofre mais com filas, com atrasos, com a solidão de ter levado um "bolo". A vida ganha intervalos recheados de poesia.

E, ainda, corre -se o risco de ganhar novos amigos. Muita gente vê no livro um sinal para puxar assunto perguntado se é bom, fazendo um comentário sobre aquele autor, ou simplesmente para fazer um elogio ao seu pouco comum hábito. Pode ser até a deixa para uma paquera, já que, como me ensinou ?Alessandro Martins, ler é sexy.

Costumo dizer que um livro é um bom álibi. Nunca se está sozinho na companhia de um deles.

E, da mesma forma como pode ser a deixa para uma conversa, um livro pode também ser a desculpa para não ser perturbado, tudo depende da postura do leitor.

Com um livro fica-se livre para sonhar. Liberta-se do presente e vamos para algum outro lugar, aprender novas formas de pensar e desejar.

É um jeito de despertar a inveja naqueles que no cercam, que nos observam entretidos, divertidos, rindo de uma frase espirituosa ou comovido com uma passagem mais tocante - portadores de um segredo sussurrado pelo autor diretamente em nossos olhos.

De tanto ter empatia pelos personagens inventados aprendemos a ser menos egoístas e, quando damos um tempo na leitura, aprendemos a ler os rostos, os lugares, as situações. Viramos leitores atentos do mundo, esse mundo que é cheio de histórias e enigmas.

Sempre carrego um livro comigo fazendo com que a bolsa-biblioteca perca um pouco de espaço e ganhe muito em imensidão.

A leitura como um ato de amor

Passando uns dias na casa dos meus pais, descobri uma das coisas que eu mais sentia falta morando sozinha (ou mesmo em república): da leitura compartilhada.

Na casa deles existe uma mesinha de centro na sala de estar onde alguns enfeites dividem o espaço com as revistas mais recentes e os livros que estão sendo lidos. Essa sala, contrariando as expectativas, é mais frequentada do que a sala de televisão.

Lá, senta-se para ler a qualquer hora do dia: nos pequenos intervalos, enquanto toma-se chimarrão, depois do almoço, antes de dormir. qualquer hora torna-se uma hora de leitura.

Contudo, não é da sala de leitura que tenho saudades. Tenho saudades da leitura compartilhada. Lá, lemos uns para os outros. Quando nos chama atenção em um texto, logo chamamos alguém para ouvir aquele trecho. Pode ser um pedaço de uma reportagem interessante, pode ser a citação de um livro ou um pequeno poema.

Ao ler em voz alta, queremos que as pessoas que gostamos também sintam o prazer que sentimos ao ler aquelas palavras tão preciosas.

Lógico que nem tudo são flores. Não raro ouvimos alguém falando: "pará de ficar contando as coisas antes, você está estragando a minha leitura!" Para quem exagera nos trechos citados de algum texto de interesse comum.

Assim, assunto também não nos falta. Comentar o que foi ou está sendo lido, debater alguma reportagem, reclamar de algum autor, tudo isso faz parte da rotina da nossa conversa. Na minha família, ler em voz alta aquilo que gostamos é um carinho a mais. É uma forma de amar, em voz alta, pelas letras.

Não leve a tentação para a cama

Muitas pessoas me contam que seu lugar preferido de leitura é na cama antes de dormir.

Eu não leio na cama, essa é uma regra pessoal. Pois, se leio antes de dormir ou lerei com sono, prejudicando a leitura, ou então lerei com vontade, esquecendo a hora de dormir, prejudicando o sono.

Mas algumas regras existem para serem quebradas e ontem eu estava na cama, antes de dormir, lendo.

Após algum tempo de leitura decido que é chegada a hora de dormir. Escovo os dentes, tomo banho, volto para o quarto. Quando chego no criado mudo para vestir a camisola vejo o livro em cima da cama e percebo que esqueci do marca página.

Livro em uma mão, marca página em outra, procuro o local onde interrompi a leitura e me pego cinco páginas depois, em pé, ainda sem roupa com olhos bêbados de sono.

Livros são perigosos. Melhor mantê-los afastados da cama.

Nota do editor
Textos gentilmente cedidos pela autora. Originalmente publicados no blog Metamorfose Pensante.


Marcela Ortolan
Manaus, 1/7/2013


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Videogame também é cultura de Rafael Fernandes
02. Erudição e humor na ficção de Ruy Castro de Luis Eduardo Matta


Mais Marcela Ortolan
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O LITIGANTE DE MÁ-FÉ 2ª EDIÇÃO
ADROALDO LEÃO
FORENSE (RJ)
(1986)
R$ 13,82



SEJA VOCE MESMO SEU MELHOR AMIGO
MILDRED NEWMAN EBERNARD BERKOWITZ
JOSÉ OLYMPIO
(1985)
R$ 25,90



VODU FENÔMENOS PSIQUICOS DA JAMAICA
JOSEPH WILLIAMS
MADRAS
(2004)
R$ 30,81



QUE SEJAMOS PERDOADOS
A. M. HOMES
ALFAGUARA
(2014)
R$ 53,00



O FANTASMA DE CANTERVILLE
OSCAR WILDE
CLUBE DO LIVRO
(1984)
R$ 12,90



PAVIMENTAÇÃO TOMOS I, II & III
CYRO NOGUEIRA BAPTISTA
GLOBO
(1980)
R$ 50,00



STEVEN SPILBERG APRESENTA OS GOONIES
STEVEN SPILBERG
RECORD
(1985)
R$ 25,00



À SOMBRA DA FIGUEIRA
VADDEY RATNER
GERAÇÃO EDITORIAL
(2015)
R$ 24,99



SOCIEDADE E TERRITÓRIO VOL. 16 ABRIL REVISTA DE ESTUDOS URBANOS E R...
DIVERSOS AUTORES
REUR
(1992)
R$ 22,00



LUZ QUE NUNCA SE APAGA - PELO ESPÍRITO BENTO JOSÉ
SANDRA CARNEIRO
VIVALUZ
(2009)
R$ 29,90





busca | avançada
80183 visitas/dia
2,2 milhões/mês