Jornalismo e os mitos | Bruno Garschagen | Digestivo Cultural

busca | avançada
58950 visitas/dia
1,9 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Como se prevenir dos golpes dos falsos agentes no mundo da música?
>>> Cia. Sansacroma estreia “Vala: Corpos Negros e Sobrevidas“ no Sesc Belenzinho
>>> ARNS | De ESPERANÇA em ESPERANÇA || MAS/SP
>>> IAE convida Geovanni Lima para conversar sobre bullying, performance e processos de criação
>>> UP CONTEMPORANEA e SP INSPIRA ARTE || Art Lab Gallery
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> O melhor da Deutsche Grammophon em 2021
>>> A história de Claudio Galeazzi
>>> Naval, Dixon e Ferriss sobre a Web3
>>> Max Chafkin sobre Peter Thiel
>>> Jimmy Page no Brasil
>>> Michael Dell on Play Nice But Win
>>> A história de José Galló
>>> Discoteca Básica por Ricardo Alexandre
>>> Marc Andreessen em 1995
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
Últimos Posts
>>> Brega Night Dance Club e o afrofuturismo amazônico
>>> Fazer o que?
>>> Olhar para longe
>>> Talvez assim
>>> Subversão da alma
>>> Bons e Maus
>>> Sempre há uma próxima vez
>>> Iguais sempre
>>> Entre outros
>>> Corpo e alma
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Vagas Llosa no YouTube
>>> A Esfinge do Rock
>>> Publicidade e formação política
>>> A visão certa
>>> Questão de gosto ou de educação?
>>> Matar e morrer pra viver
>>> Sine Papa
>>> Palestra: Marco Antônio Villa
>>> Deus não é Grande, de Christopher Hitchens
>>> Menina de Ouro: fantasmas e perdas
Mais Recentes
>>> Estudos de Psicologia - Volume 31 - nº 2 de Vários autores pela Puc (2014)
>>> 1000 Receitas de Cozinha Portuguesa de Vários autores pela Girassol (1989)
>>> Enciclopédia do Estudante - Ecologia - Ecossistemas e Desenvolvimento Sustentável de Vários autores pela Moderna (2008)
>>> Crianças com Distúrbios de Aprendizagem - Diagnóstico, Medicação, Educação de Lester Tarnopol pela Edart (1980)
>>> A Revolução dos Bichos 9ª edição. série paradidática globo de George Orwell pela Globo (1980)
>>> O Moderno Conto Brasileiro: Antologia Escolar de João Antônio (organização) pela Civilização Brasileira (1980)
>>> Casa de Pensão Série Bom Livro edição. didática de Aluísio Azevedo pela Ática
>>> O Guarani - Série Bom Livro de José de Alencar pela Ática (1971)
>>> Como Atua o Carma de Rudolf Steiner pela Antroposófica (1998)
>>> Louvores e Preces a Maria, Nossa Mãe de Moisés Viana pela Paulus (2005)
>>> O Outro Lado da Memória de Beatriz Cortes pela Novo Seculo (2014)
>>> Não Sou Este Tipo de Garota de Siobhan Vivian pela Novas Páginas (2011)
>>> Fonoaudiologia e Educação - Um encontro Histórico de Ana Paula Berberian pela Plexus (1995)
>>> Quando a Lua Surgir - Bianca Romances de Lori Handeland pela Nova Cultural (2006)
>>> Ansiedade - Como enfrentar o mal do século de Augusto Cury pela Saraiva (2013)
>>> Superdicas para um Trabalho de Conclusão de Curso Nota 10 de Rachel Polito pela Saraiva (2017)
>>> A Crise de 1929 ( Pocket ) de Bernard Gazier pela L&Pm Editores (2009)
>>> Tudo Depende de Como Você vê as Coisas de Norton Juster pela Companhia Das Letras (2007)
>>> Tudo Depende de Como Você vê as Coisas de Norton Juster pela Companhia Das Letras (2007)
>>> São Bernardo 25ª edição. de Graciliano Ramos pela Record (1975)
>>> Princípios da Filosofia do Direito de Hegel pela Martins Fontes (1976)
>>> O Tronco do Ipê - Clássicos Brasileiros categoria estrela 1227 de José de Alencar (notas de M Cavalcanti Proença) pela Ouro
>>> Violência Contra a Mulher - Aspectos Gerais e Questões Práticas da Lei 11.340/2006 de Dominique de Paula Ribeiro pela Gazeta Jurídica (2013)
>>> A Sabedoria de Gandhi de Richard Attenborough pela Sextante (2008)
>>> Vida de Jesus - Origens do Cristianismo de Ernest Renan pela Martin Claret (2006)
COLUNAS

Terça-feira, 22/1/2002
Jornalismo e os mitos
Bruno Garschagen

+ de 3000 Acessos

A ampulheta (olha lá revisão) está se esvaziando para a imprensa escrita. Não dá mais para continuar no esquema de destacar o fato e deixar a interpretação de lado. Dizer no dia seguinte o que a tevê mostrou no dia anterior é o mesmo que casar duas vezes com a mesma mulher (ou marido, como preferirem).

Falta, na maioria dos casos, aquele insight, aquele olhar mais profundo sobre a superficialidade que a correria do dia-a-dia nos impinge. Textos criativos sobre assuntos banais são raros, como carne moída em pastel de queijo. Aí, a responsabilidade é do repórter. Se achar que manual de redação e pauta são cabrestos vai acabar puxando carroça. Ou nem isso. Aliás, têm vários assim empregados. Perdoem-me, há reflexões contraditórias por natureza.

E nem quero saber dessa história inventada por algum mágico dos Estados Unidosvenceremos, de que notícia é o homem morder o cachorro — do contrário, seria um fato corriqueiro. A perda da sensibilidade, para o jornalista, é defeito tão grave quanto se achar tão importante quanto a fonte (bem, tomando por base algumas fontes o pecado não é tão grave assim).

Uma outra falácia sobre o jornalismo é a tal e absurda história de quarto poder. Qualquer jornalista que se preze deveria rechaçar essa balela. Jornalismo é antipoder. Senão não vinga, igual bezerro de vaca louca.

Outro mito refere-se à isenção da imprensa. Nenhum jornalismo, por princípio, é imparcial. Porque nenhuma informação é neutra: pode glorificar uns e demonizar outros. Cada órgão e cada jornalista defende uma posição — nem que seja aquela em benefício do bem-comum. E o mal comum, onde fica? Discriminação das brabas, não? Jornalista deve ser ético. Não usar da imprensa para se dar (ops!) bem.

Jornalismo é a arte de separar o joio do trigo — e publicar o joio, no que concordo com o jornalista e escritor Karl Kraus. O resto é cevada, choca. E eu prefiro uísque.

Imprensada
Estive no final de dezembro no Rio Babilônia Kátia Flávia de Janeiro num simpósio sobre ética no jornalismo. Só feras. Duas observações do Zuenir Ventura me chamaram a atenção. Uma, a da necessidade de fazer com que as críticas da imprensa sobre a imprensa não se transformem em auto-flagelação. Penso que, pior ainda, é servir de justificativa à mediocridade e falhas perfeitamente sanáveis. Outra do Zuenir: “é preciso acabar com a arrogância da imprensa”. Jornalista, a não ser depois de décadas de um trabalho bem feito, anda com o nome do jornal. E só.

Imprensada (II)
Na sublime palestra do Marco Sá Corrêa, uma observação interessantíssima. Disse o editor do site No. que um fato curioso do jornalismo é a tendência que os profissionais têm de admirar princípios abstratos e, na prática, freqüentemente, gostar de comportamentos que desmentem ou, pelo menos, colocam interrogações pesadas quanto a essa tendência.

Para ilustrar a afirmação, Corrêa deu como exemplo o princípio ético da isenção. "Achamos que um dos princípios éticos profissionais do jornalista é a isenção e é claro que isso é importante. Tendemos, porém, a admirar jornalistas que se envolveram colossalmente com seus pontos de vista, com seus assuntos, com seus interesses pessoais. Isso pega qualquer espectro: vai de Marx a Carlos Lacerda, a John Reed.... São jornalistas que desistiram de contar a história para fazer a história e isso afeta, sim, o nosso comportamento desde sempre". Faltou falar de outros como Émile Zola, H. L. Mencken, Edmund Wilson, I. F. Stone, Rubem Braga, Paulo Francis etc., mas não foi por falta de conhecimento, mas do curto tempo de cada palestra.


Bruno Garschagen
Cachoeiro de Itapemirim, 22/1/2002


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Cuba E O Direito de Amar (2) de Marilia Mota Silva
02. Os 60 de Eugenia Zerbini
03. Ler e o DC de Guga Schultze
04. Da necessidade de dizer a que vim de Alessandro Garcia
05. Benjamin e Baudelaire de Maria João Cantinho


Mais Bruno Garschagen
Mais Acessadas de Bruno Garschagen em 2002
01. O romance da desilusão - 6/8/2002
02. Eu quero é rosetar - 12/2/2002
03. Niilismo e iconoclastia em Thomas Bernhard - 26/2/2002
04. Anauê - 21/5/2002
05. Paz é conto da Carochinha - 28/5/2002


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Interpretação Sintética do Apocalipse
Cairbar Schutel
O Clarim
(1985)



Survive! (inglês) 2ªimp(2003)
Helen Brooke; Andy Parker (ilustrador)
Oxford
(2003)



Comédias para se ler na escola
Luis Fernando Verissimo
Objetiva
(2011)



A Doutrina Secreta - Vol. 5 - Ciência, Relig. - 1ª Ed./14ª Reimpressão
Helena Petrovna Blavatsky
Pensamento
(2015)



O Conhecimento dos Valores. Introdução Metodológica
Alfonso López Quintás
É Realizações
(2016)



Escritos Sobre Educação, Comunicação e Cultura
Nelson de Luca Pretto
Papirus
(2008)



A Revolução dos Campeões
Roberto Shinyashiki
Gente
(1995)



Nós, o povo: A revolução de 1989 em Varsóvia, Budapeste, Berlim e Praga
Timothy Garton Ash
Companhia das Letras
(1990)
+ frete grátis



200 Receitas União 2 Volume
União
União



A Mala Encantada
Hans Christian Andersen
Prazer de Ler
(2010)





busca | avançada
58950 visitas/dia
1,9 milhão/mês