A vingança dos certinhos | Marta Barcellos | Digestivo Cultural

busca | avançada
59670 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Sexta-feira, 13/6/2014
A vingança dos certinhos
Marta Barcellos

+ de 2400 Acessos

Nos primeiros anos escolares da minha filha, reconheci naquele ambiente algo bastante familiar. Atenta às regras do colégio, ela cumpria suas tarefas, contribuía para que o sistema (rotinas de aprendizado, integração etc) funcionasse, esforçava-se como aluna, pensava coletivamente. Resultado: desaparecia na turma. Era ignorada. No meio do caos típico dos individualismos exacerbados (bagunça), seu comprometimento virava... nada. Toda a atenção dos professores, coordenadores, psicólogos era direcionada para os problemáticos, ou aqueles que percebiam o status propiciado pela habilidade de causar problemas.

Aquilo me era tão familiar (sim, também fui a certinha, ignorada inclusive em casa por ter irmãos mais "problemáticos"), que resolvi fugir do papel de mãe de aluno certinho. Em vez de dizer: ah, meu filho não dá trabalho, nem preciso ir às reuniões da escola, fiz o contrário. Estava sempre presente e disposta, nos encontros de pais, a discutir "coisas sem importância" relacionadas à vivência escolar da minha filha. Depois que todos os pais tinham perguntado sobre os critérios para a recuperação e a reprovação, por exemplo, eu questionava por que os estudantes que já tinham passado de ano não eram dispensados oficialmente nos últimos dias do calendário escolar. Na prática, as aulas eram o reforço para as provas finais, e cabia aos pais perceber a embromação e deixar seus filhos "já passados" faltarem.

A pergunta, claro, parecia inconveniente. Imagino que alguns pais achavam que eu me gabava. Mesmo assim eu mantinha-me firme em meu propósito. Por que a questão de premiar o mérito era menos importante do que a de encontrar soluções para alunos com dificuldades?

Houve uma fase em que o colégio colocava os professores, separados por matérias, à disposição dos pais, para um atendimento individual que acontecia durante uma manhã de sábado, todo semestre. Cada um deles ficava dentro de uma sala, e formava-se uma fila de mães e pais de cenho franzido, a preocupação devidamente autorizada por boletins em vermelho e advertências disciplinares. Na minha vez, eu acabava confirmando a mágoa de minha filha: muitos não sabiam quem ela era. Pegavam uma fichinha com as fotos da turma para reconhecê-la, e então vinha a pergunta: se ela tem boas notas, por que você está aqui? Aí eu perguntava sobre "coisas sem importância", como o relacionamento dela na turma, as dúvidas sobre pesquisas na internet ou o objetivo de alguma atividade promovida pela matéria. Lembro de uma vez ter me explicado:

- Pensei que havia algum problema, porque ela tem sido obrigada a mudar de lugar nas suas aulas, e está bastante chateada com isso.

- Ah, é porque essa turma tem muito problema de disciplina, e eu tento separar os mais bagunceiros.

- Colocando a minha filha no meio, entre dois bagunceiros?

- Exato.

Assim é o certinho que ainda não aprendeu a necessidade de... fazer marketing pessoal. Ele é usado para "ficar no meio", ignorado e utilizado para fazer a estrutura funcionar. Acabará sendo confundido com o "bonzinho", se não mostrar enfaticamente que conhece as próprias qualidades e que seu espírito cooperativo - em relação aos que valorizam problemas e dificuldades - tem limites.

Se na minha vida escolar e familiar cheguei a desempenhar com resignação este desprezado papel cooperativo, na vida profissional logo percebi que era preciso me rebelar. Afinal, para melhorar, a estrutura precisa da contestação dos certinhos - em geral mais embasada que os "pitis" e fricotes dos "problemáticos". Na prática, a tal acomodação "problemático-certinho-problemático", com o certinho na carteira escolar do meio, nivela a tal estrutura (agora sem tanta bagunça) por baixo, pois desloca o foco da competência ou da criatividade discreta para a incompetência histriônica de supostos gênios em potencial.

Pois é, faz parte do pacote "a vingança dos certinhos" denunciar a preguiça dos enrolados, a arrogância dos mimados, as desculpas esfarrapadas dos que sempre parecem vítimas (da sorte, do governo, do chefe, do professor) mas não são vítimas de verdade. Até para distingui-los daqueles que realmente precisam de uma atenção especial para seus problemas.

Ultimamente fala-se muito de meritocracia de um jeito torto. Ela passou a ser defendida por conservadores para atacar a defesa das minorias - por meio das cotas, por exemplo. Pois eu sou a favor das cotas, da defesa das minorias e também da meritocracia. O mérito deve ser adotado como regra justamente para se combater os privilégios estabelecidos por uma elite que aprendeu a perpetuar seus privilégios. São os filhos/herdeiros dessa elite que se valem de relacionamentos e jeitinhos para escamotear a preguiça ou a falta de competência. É um raciocínio de "mereço mais atenção que os outros" que começa lá na escola particular da classe média alta. E que acaba sendo avalizada vida afora, graças a indicações, fisiologismo, ajudinhas entre compadres abastados.

Se alguém realmente precisa de apoio, por ser vítima de discriminação ou de um problema real, defendo a total compreensão dos certinhos - inclusive institucionalizada. Mas, se tudo não passar de fricote de mimado, viva a meritocracia.



Marta Barcellos
Rio de Janeiro, 13/6/2014


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Murilo Rubião e o chocolate de Wellington Machado
02. Trate-me, teatro! de Adriana Baggio


Mais Marta Barcellos
Mais Acessadas de Marta Barcellos em 2014
01. Esquerda x Direita - 24/10/2014
02. Escritor: jovem, bonito, simpático... - 5/9/2014
03. O turista imobiliário - 14/8/2014
04. Quase cinquenta - 14/3/2014
05. Philomena - 7/2/2014


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A LEI DO CÃO E MAIS ALGUMA COISA
EDGAR VASQUES E RANGO
L&PM
(1988)
R$ 9,80



POR ONDE ANDOU MEU CORAÇÃO
MARIA HELENA CARDOSO
JOSÉ OLYMPIO
(1974)
R$ 10,00



SOU LOUCO POR VOCÊ 8835
FEDERICO MOCCIA
PLANETA
(2011)
R$ 8,00



O LIVRO DAS RIMAS TRAQUINAS
JOSÉ JORGE LETRIA
TERRAMAR
(2000)
R$ 34,78



CURSO AVANÇADO DE DIREITO COMERCIAL VOL, 1
MARCELO M, BERTOLDI
REVISTA DOS TRIBUNAIS
(2003)
R$ 23,42



PEIXES
AYMAR MACEDO DINIZ FILHO
ÁTICA
(1997)
R$ 5,00



MISSÃO DA IGREJA NO BRASIL
CÂNDIDO PADIM O. S. B.
LOYOLA
(1973)
R$ 10,00



DIE IRRFAHRTEN DES DAVID COOPER
RAINER M. SCHRODER
ND
R$ 5,00



GAROTAS S. A. - TORPEDO
LISI HARRISON
NOVA FRONTEIRA
(2007)
R$ 12,00



O AMOR PODE ESPERAR
WATKINS E. WRIGHT
SARAIVA
R$ 12,00





busca | avançada
59670 visitas/dia
1,8 milhão/mês