A vingança dos certinhos | Marta Barcellos | Digestivo Cultural

busca | avançada
30241 visitas/dia
957 mil/mês
Mais Recentes
>>> Tejon e banda Rock For All apresentam hoje (23), em São Paulo,
>>> 'D. Quixote de La Mancha pelas mãos de Canato'
>>> Projeto nacional de educação musical estará em santos no próximo dia 24.10, em Guarujá 25.09 e Santo
>>> Teatro Fase abre palco para comédia
>>> Artistas da 33ª Bienal participam do open studio na Residência Artística da FAAP
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Alice in Chains, Rainier Fog (2018)
>>> Cidades do Algarve
>>> Gosta de escrever? Como não leu este livro ainda?
>>> Assum Preto, Me Responde?
>>> Os olhos de Ingrid Bergman
>>> Não quero ser Capitu
>>> Desdizer: a poética de Antonio Carlos Secchin
>>> Pra que mentir? Vadico, Noel e o samba
>>> De quantos modos um menino queima?
>>> Entrevista com a tradutora Denise Bottmann
Colunistas
Últimos Posts
>>> Eleições 2018 - Afif na JP
>>> Lançamentos em BH
>>> Lançamento paulistano do Álbum
>>> Pensar Edição, Fazer Livro 2
>>> Ana Elisa Ribeiro lança Álbum
>>> Arte da Palavra em Pernambuco
>>> Conceição Evaristo em BH
>>> Regina Dalcastagné em BH
>>> Leitores e cibercultura
>>> Sarau Libertário em BH
Últimos Posts
>>> A dignidade da culpa, em Graciliano Ramos
>>> O conservadorismo e a refrega de símbolos
>>> Ingmar Bergman, cada um tem o seu
>>> Em defesa do preconceito, de Theodore Dalrymple
>>> BRASIL, UM CORPO SEM ALMA E ACÉFALO
>>> Meus encontros com Luiz Melodia
>>> Evasivas admiráveis, de Theodore Dalrymple
>>> O testemunho nos caminhos de Israel
>>> UM OLHAR SOBRE A FILOSOFIA (PARTE FINAL)
>>> Os livros sem nome
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Imprimam - e repensem - suas fotografias
>>> Uma Vaga para o Integral
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Quem é (e o que faz) Julio Daio Borges
>>> Retrato em branco e preto
>>> Dilma na Copa 2014
>>> Receita para se esquecer um grande amor
>>> Duas escritoras contemporâneas
>>> Henry Moore: o Rodin do século XX
>>> Entrevista com Antonio Henrique Amaral
Mais Recentes
>>> Vox Populi Vox... Wagen (Humorismo brasileiro) de Vários Autores pela Das Américas (1970)
>>> O melhor de S. Ponte Preta (Humorismo brasileiro) de Stanislaw Ponte Preta pela José Olympio (1997)
>>> Dois amigos e um chato (Humorismo brasileiro) de Stanislaw Ponte Preta pela Moderna (1986)
>>> Gol de Padre e outras crônicas (Literatura brasileira) de Stanislaw Ponte Preta pela Ática (2000)
>>> Máximas Inéditas de Tia Zulmira (Humorismo brasileiro) de Stanislaw Ponte Preta pela Codecri (1976)
>>> Tia Zulmira e Eu (Humorismo brasileiro) de Stanislaw Ponte Preta pela Circulo do Livro (1976)
>>> Febeapá 1 (Humorismo brasileiro) de Stanislaw Ponte Preta pela Circulo do Livro
>>> Sou Francisco Anysio: 15 obras (Humorismo/romance brasileiro) de Chico Anysio pela Circulo do Livro/Rocco/Sabiá (1990)
>>> Sou Francisco - Chico Anysio (Autobiografia) de Chico Anísio pela Rocco (1992)
>>> Chico Anysio em Salão de Sinuca (Humorismo brasileiro) de Chico Anísio pela Landscape (2004)
>>> Carapau (Romance brasileiro) de Chico Anísio pela Rocco (1978)
>>> Jesuíno, o Profeta (Fábula Brasileira) de Chico Anísio pela Rocco (1993)
>>> Negro Leo (Romance brasileiro) de Chico Anísio pela Rocco (1985)
>>> É mentira, Terta? (Humorismo brasileiro) de Chico Anísio pela Clube do Livro (1986)
>>> Teje preso (Humorismo brasileiro) de Chico Anísio pela Rocco (1975)
>>> O enterro do anão (Humorismo brasileiro) de Chico Anísio pela José Olympio (1973)
>>> A curva do Calombo (Humorismo brasileiro) de Chico Anísio pela José Olympio (1974)
>>> O batizado da vaca (Humorismo brasileiro) de Chico Anísio pela Sabiá (1972)
>>> O telefone amarelo (Humorismo brasileiro) de Chico Anísio pela Rocco (1979)
>>> O tocador de tuba (Humorismo brasileiro) de Chico Anísio pela Circulo do Livro
>>> O Tiete do Agreste (Humorismo brasileiro) de Chico Anísio pela Circulo do Livro (1984)
>>> Feijoada na Copa (Humorismo brasileiro) de Chico Anísio pela Circulo do Livro (1976)
>>> Tem Aquela do... (Humorismo Brasileiro) de Chico Anísio pela Círculo do Livro (1978)
>>> Cascatinha: Histórias-Charadas (Humorismo) de Castrinho pela Nova Fronteira (1984)
>>> Outras do Analista de Bagé (Literatura Brasileira) de Luis Fernando Veríssimo pela L&PM (1982)
>>> The Spectator: O Teatro das Luzes de Maria Lúcia Garcia Pallares-Burke pela Hucitec (1995)
>>> As Ciências Geológicas no Brasil de Silvia Figueirôa pela Hucitec (1997)
>>> Bons Amigos, Maus Amigos de Jan Yager pela Gente (2007)
>>> Da Luta Pela Terra à Luta Pela Vida de Eliane Brenneisen pela Annablume (2004)
>>> Políticas Sociais e Transição Democrática de Reginaldo Souza Santos pela Mandacaru/ Cetead (2001)
>>> Cidadãos Não Vão ao Paraíso de Alba Zaluar pela Escuta/ Unicamp (1994)
>>> O sofrimento de Deus de Jamê nobre e Christopher walker pela Impacto (2018)
>>> Oração um encontro com Deus de Oswald chambers pela Vida (2009)
>>> Entre Arte e Ciência: Fundamentos Hermenêuticos da Medicina Homeopática de Paulo Rosenbaum pela Hucitec (2006)
>>> Folclore e Cultura Popular Judaicos de Dov Noy pela Associação Universitária de Cultura Judaica
>>> O Meio Ambiente de Jacques Vernier pela Papirus (1994)
>>> Diálogos Interculturais de Pierre Rivas pela Hucitec (2005)
>>> A Santificação do Trabalho de José Luis Illanes pela Quadrante (1982)
>>> Pacto Re-Velado: Psicanálise e Clandestinidade Política de Maria Auxiliadora de Almeida Cunha Arantes pela Escuta (1999)
>>> O Espaço Geográfico: Ensino e Representação de Rosângela D. de Almeida e Elza Y. Passini pela Contexto (1999)
>>> Refrigeração de Ennio Cruz da Costa pela Blucher (2005)
>>> Isaías Melsohn: A Psicanálise e a Vida de Bela M. Sister e Marilsa Taffarel pela Escuta (1996)
>>> A Imagem Rebelde: A Trajetória Libertária de Avelino Fóscolo de Regina Horta Duarte pela Pontes/ Unicamp (1991)
>>> A Noite da Memória de Péricles Eugênio da Silva Ramos pela Art (1988)
>>> A Carga e a Culpa de Fernando Teixeira da Silva pela Hucitec (1995)
>>> Mudança de Harvard Business Review pela Campus (2000)
>>> O Vôo do Cisne: A Revolução dos Diferentes de José Luiz Tejon Megido pela Gente (2004)
>>> Terror e Esperança na Palestina de José Arbex Jr. pela Casa Amarela (2002)
>>> O Doido da Garrafa de Adriana Falcão pela Planeta do Brasil (2003)
>>> El Lazarillo de Tormes de Anónimo Español pela Edelsa (2005)
COLUNAS

Sexta-feira, 13/6/2014
A vingança dos certinhos
Marta Barcellos

+ de 2100 Acessos

Nos primeiros anos escolares da minha filha, reconheci naquele ambiente algo bastante familiar. Atenta às regras do colégio, ela cumpria suas tarefas, contribuía para que o sistema (rotinas de aprendizado, integração etc) funcionasse, esforçava-se como aluna, pensava coletivamente. Resultado: desaparecia na turma. Era ignorada. No meio do caos típico dos individualismos exacerbados (bagunça), seu comprometimento virava... nada. Toda a atenção dos professores, coordenadores, psicólogos era direcionada para os problemáticos, ou aqueles que percebiam o status propiciado pela habilidade de causar problemas.

Aquilo me era tão familiar (sim, também fui a certinha, ignorada inclusive em casa por ter irmãos mais "problemáticos"), que resolvi fugir do papel de mãe de aluno certinho. Em vez de dizer: ah, meu filho não dá trabalho, nem preciso ir às reuniões da escola, fiz o contrário. Estava sempre presente e disposta, nos encontros de pais, a discutir "coisas sem importância" relacionadas à vivência escolar da minha filha. Depois que todos os pais tinham perguntado sobre os critérios para a recuperação e a reprovação, por exemplo, eu questionava por que os estudantes que já tinham passado de ano não eram dispensados oficialmente nos últimos dias do calendário escolar. Na prática, as aulas eram o reforço para as provas finais, e cabia aos pais perceber a embromação e deixar seus filhos "já passados" faltarem.

A pergunta, claro, parecia inconveniente. Imagino que alguns pais achavam que eu me gabava. Mesmo assim eu mantinha-me firme em meu propósito. Por que a questão de premiar o mérito era menos importante do que a de encontrar soluções para alunos com dificuldades?

Houve uma fase em que o colégio colocava os professores, separados por matérias, à disposição dos pais, para um atendimento individual que acontecia durante uma manhã de sábado, todo semestre. Cada um deles ficava dentro de uma sala, e formava-se uma fila de mães e pais de cenho franzido, a preocupação devidamente autorizada por boletins em vermelho e advertências disciplinares. Na minha vez, eu acabava confirmando a mágoa de minha filha: muitos não sabiam quem ela era. Pegavam uma fichinha com as fotos da turma para reconhecê-la, e então vinha a pergunta: se ela tem boas notas, por que você está aqui? Aí eu perguntava sobre "coisas sem importância", como o relacionamento dela na turma, as dúvidas sobre pesquisas na internet ou o objetivo de alguma atividade promovida pela matéria. Lembro de uma vez ter me explicado:

- Pensei que havia algum problema, porque ela tem sido obrigada a mudar de lugar nas suas aulas, e está bastante chateada com isso.

- Ah, é porque essa turma tem muito problema de disciplina, e eu tento separar os mais bagunceiros.

- Colocando a minha filha no meio, entre dois bagunceiros?

- Exato.

Assim é o certinho que ainda não aprendeu a necessidade de... fazer marketing pessoal. Ele é usado para "ficar no meio", ignorado e utilizado para fazer a estrutura funcionar. Acabará sendo confundido com o "bonzinho", se não mostrar enfaticamente que conhece as próprias qualidades e que seu espírito cooperativo - em relação aos que valorizam problemas e dificuldades - tem limites.

Se na minha vida escolar e familiar cheguei a desempenhar com resignação este desprezado papel cooperativo, na vida profissional logo percebi que era preciso me rebelar. Afinal, para melhorar, a estrutura precisa da contestação dos certinhos - em geral mais embasada que os "pitis" e fricotes dos "problemáticos". Na prática, a tal acomodação "problemático-certinho-problemático", com o certinho na carteira escolar do meio, nivela a tal estrutura (agora sem tanta bagunça) por baixo, pois desloca o foco da competência ou da criatividade discreta para a incompetência histriônica de supostos gênios em potencial.

Pois é, faz parte do pacote "a vingança dos certinhos" denunciar a preguiça dos enrolados, a arrogância dos mimados, as desculpas esfarrapadas dos que sempre parecem vítimas (da sorte, do governo, do chefe, do professor) mas não são vítimas de verdade. Até para distingui-los daqueles que realmente precisam de uma atenção especial para seus problemas.

Ultimamente fala-se muito de meritocracia de um jeito torto. Ela passou a ser defendida por conservadores para atacar a defesa das minorias - por meio das cotas, por exemplo. Pois eu sou a favor das cotas, da defesa das minorias e também da meritocracia. O mérito deve ser adotado como regra justamente para se combater os privilégios estabelecidos por uma elite que aprendeu a perpetuar seus privilégios. São os filhos/herdeiros dessa elite que se valem de relacionamentos e jeitinhos para escamotear a preguiça ou a falta de competência. É um raciocínio de "mereço mais atenção que os outros" que começa lá na escola particular da classe média alta. E que acaba sendo avalizada vida afora, graças a indicações, fisiologismo, ajudinhas entre compadres abastados.

Se alguém realmente precisa de apoio, por ser vítima de discriminação ou de um problema real, defendo a total compreensão dos certinhos - inclusive institucionalizada. Mas, se tudo não passar de fricote de mimado, viva a meritocracia.



Marta Barcellos
Rio de Janeiro, 13/6/2014


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Dilúvio, de Gerald Thomas de Jardel Dias Cavalcanti
02. A vida dos pardais e outros esquisitos pássaros de Elisa Andrade Buzzo
03. Os Doze Trabalhos de Mónika. 8.Heroes of the World de Heloisa Pait
04. Os Doze Trabalhos de Mónika. 7. Um Senador de Heloisa Pait
05. Os Doze Trabalhos de Mónika. 6. Nas Asas da Panair de Heloisa Pait


Mais Marta Barcellos
Mais Acessadas de Marta Barcellos em 2014
01. Escritor: jovem, bonito, simpático... - 5/9/2014
02. Esquerda x Direita - 24/10/2014
03. O turista imobiliário - 14/8/2014
04. Quase cinquenta - 14/3/2014
05. Philomena - 7/2/2014


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




HOMENS DE ORAÇÃO
HERNANDES DIAS LOPES
HAGNOS
(2011)
R$ 7,00



O DIA DO CURINGA
JOSTEIN GAARDER
SEGUINTE
(1996)
R$ 37,00



HORIZONTE DOS IMORTAIS
IURI FRAGOSO MAIA
GRAMADO
(2015)
R$ 25,00



O PODER INFINITO DA ORAÇÃO
LAURO TREVISAN
MENTE
(1988)
R$ 15,00



ANTOLOGIA DA LAPA - VIDA BOÊMIA NO RIO DE ONTEM
GASPARINO DAMATA
CODECRI
(1978)
R$ 25,00



DEZ BONS CONSELHOS DE MEU PAI
GUSTAVO CERBASI
FONTANAR
R$ 16,12



CURSO DE TV E VÍDEO PARA INICIANTES
NEWTON C. BRAGA
SABER
R$ 9,00



A TRAVESSIA DE EVA
PIERRE PÉJU
BERTRAND BRASIL
(2005)
R$ 18,00



SURPREENDENTES X-MEN SUPERDOTADOS 036 - OFICIAL MARVEL
JOSS WHEDON
SALVAT
(2013)
R$ 20,00



NÃO TROPECE NA LÍNGUA - BROCHURA
MARIA TEREZA DE QUEIROZ PIACENTINI
BONIJURIS
(2012)
R$ 33,90





busca | avançada
30241 visitas/dia
957 mil/mês