O que você vai ser quando crescer? | Fabio Gomes | Digestivo Cultural

busca | avançada
38549 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Reflexões para um mundo em crise
>>> Não Aguento Mais a Empiricus
>>> A volta de Steve Jobs à Apple
>>> Muitos amores ao mesmo tempo
>>> O Brasil não é a Seleção Brasileira
>>> Para tudo existe uma palavra
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> O Presidente Negro, de Monteiro Lobato
>>> Roçando a poesia de Alberto Beuttenmüller
>>> A Euforia Perpétua, de Pascal Bruckner
Mais Recentes
>>> As Formas e a Vida: Estética e Ética no Jovem Lukács (1910-1918) de Carlos Eduardo Jordão Machado pela Unesp (2004)
>>> As Formas e a Vida: Estética e Ética no Jovem Lukács (1910-1918) de Carlos Eduardo Jordão Machado pela Unesp (2004)
>>> Supernatural - O Guia De Caca De Bobby Singer de David Reed pela Gryphus (2012)
>>> Os Heróis do Olimpo, Vol. 02 - O Filho de Netuno de Rick Riordan pela Intrínseca (2012)
>>> Os Heróis do Olimpo, Vol. 01 - O Herói Perdido de Rick Riordan pela Intrínseca (2014)
>>> O Diário de um Mago de Paulo Coelho pela Sextante (2012)
>>> Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban de J.K. Rowling pela Rocco (2019)
>>> C++: Como Programar (Com CD-ROM) de H. M. Deitel pela Bookman (2001)
>>> Contos de Imaginação e Mistério de Edgar Allan Poe pela Tordesilhas (2012)
>>> Golem e o Gênio - Uma Fábula Eterna de Helene Wecker pela Darkside Books (2015)
>>> O Físico - Edição Capa dura (Novo - Embalado) de Noah Gordon pela Rocco (2018)
>>> Por Que Calar Nossos Amores? - Poesia Homoerótica Latina de Raimundo Carvalho pela Autêntica (2017)
>>> O universo numa casca de noz de Stephen Hawking pela Intrínseca (2016)
>>> Supernatural - O Livro Dos Monstros, Espíritos, Demônios e Ghouls de Alex Irvine pela Gryphus (2011)
>>> O Espiritismo - a Sciencia Condemna de Dr. Jacob Huddleston Slater pela Autor
>>> Tratado de La Naturaleza Humana - V. 3 e último de David Hume pela Calpe (1923)
>>> Assassins Creed, Vol. 4 - Revelações de Oliver Bowden pela Galera Record (2013)
>>> A Revelação de Baháullah - Vols. 1 e 2 - Bagdá 1853 - 1863 de Adib Taherzadeh pela Bahai do Brasil (2002)
>>> Assassins Creed, Vol. 02 - Irmandade de Oliver Bowden pela Galera Record (2012)
>>> Em Busca da Satisfação dos Interesses da Vítima Penal de Alline Pedra Jorge pela Lumenjuris (2005)
>>> Acontece por Acaso de Pedro Luis Schlindwein pela Autores Paranaenses (2019)
>>> The Dictionary of Dreams and Their Meanings de Richard Craze pela Hermes House (2005)
>>> As Chaves do Reino, Vol. 04 - O Furioso Quinta-Feira de Garth Nix pela Fundamento (2010)
>>> As Chaves do Reino, Vol. 03 - Quarta-feira Submersa de Garth Nix pela Fundamento (2009)
>>> As Chaves do Reino, Vol. 2 - O Horrível Terça-Feira de Garth Nix pela Fundamento (2009)
>>> As Chaves do Reino, Vol. 01 - Sr. Segunda-Feira de Garth Nix pela Fundamento (2008)
>>> Hipnose - Descubra o poder da sua mente de Pyong Lee pela Outro Planeta (2018)
>>> A Chave para Rondo de Emily Rodda pela Fundamento (2010)
>>> As Crônicas das Irmãs Bruxas, Vol. 01 - Enfeitiçadas de Jessica Spotswood pela Arqueiro (2014)
>>> Trilogia Fronteiras do Universo, Vol. 01 - A Bússola de Ouro de Philip Pullman pela Objetiva (1995)
>>> Trilogia Fronteiras do Universo, Vol. 02 - A Faca Sutil de Philip Pullman pela Objetiva (1997)
>>> Assassins Creed, Vol. 05 - Renegado de Oliver Bowden pela Galera Record (2012)
>>> Os Heróis do Olimpo, Vol. 05 - O Sangue do Olimpo de Rick Riordan pela Intrínseca (2014)
>>> Sonho Febril de George R. R. Martin pela Leya (2019)
>>> Juízo Final: Odisseia dos Deuses de Horst Schadeck pela Chiado (2018)
>>> The Mystery of the Missing Antimatter de Helen R. Quinn pela Princeton University Press (2007)
>>> São José da Terra Firme de Gilberto Gerlach e Osni Machado pela Cultura Turismo São José (2004)
>>> Geometry - the Easy Way de Lawrence S. Leff pela Barrons (1997)
>>> A Solução Anabólica para Fisiculturistas de Dr. Mauro Di Pasquale pela Phorte (2006)
>>> Fallen, Vol. 3.5 - Apaixonados, Histórias de amor de Fallen de Lauren Kate pela Galera Record (2012)
>>> The Black Atlantic de Paul Gilroy pela Verso (1993)
>>> Fallen, Vol 03 - Paixão de Lauren Kate pela Galera Record (2016)
>>> Nos Céus de Paris - O romance da Vida de Santos Dumont de Alcy Cheuiche pela LPM Pocket (2001)
>>> Perda de uma Chance e Responsabilidade Civil dos Profissionais de Lisiane Lazzari Pietroski pela Conceito (2013)
>>> Acampamento Shadow Falls, Vol. 1 - Nascida à Meia-Noite de C.C. Hunter pela Jangada (2011)
>>> Comentários à Lei 11. 419/06 e as Práticas Processuais por Meio de Alexandre Atheniense pela Juruá (2010)
>>> Fallen, Vol. 04 - Êxtase de Lauren Kate pela Galera Record (2012)
>>> Administrando para Obter Resultados de Peter Drucker pela Thomson Pioneira (1998)
>>> Fallen, Vol. 01 de Lauren Kate pela Galera Record (2010)
>>> Clínica e Política: Subjetividade e Violão dos Direitos Humanos de Cristina Rauter / Eduardo Passos pela : Ifb Te Corá (2002)
COLUNAS

Segunda-feira, 29/2/2016
O que você vai ser quando crescer?
Fabio Gomes

+ de 1900 Acessos

Minha infância já ficou no passado (completo 45 anos em agosto), mas creio que ainda hoje não há quem consiga escapar de ouvir essa pergunta, ao menos uma vez, antes de chegar à maioridade - O que é que você vai ser quando crescer?. E a pergunta é disparada, seja por familiares, seja pelas "visitas", desde nossa tenra idade, não importando que não tenhamos ainda a menor condição de avaliar as diversas profissões existentes para poder dar uma resposta consciente - pra não falar que, em função do veloz avanço tecnológico, cada vez mais novas profissões surgem o tempo todo.

Considero que mesmo a época em que somos socialmente forçados a, enfim, definir o que deve ser a nossa "profissão para a vida toda" (?) é um pouco prematura, já que tal decisão está implícita na escolha do curso universitário, algo que acontece ao fim do Ensino Médio, ou seja por volta dos 17 ou 18 anos - sem falar que atualmente a expectativa de vida média do brasileiro já atinge os 75 anos (para as mulheres, 78 anos). Este índice vem crescendo gradativamente ao longo das últimas décadas; para dar um exemplo familiar, em 1973 meu avô e minha avó maternos faleceram, ambos aos 59 anos, e na época esta idade era considerada avançada. Some-se este aumento da expectativa de vida com as sucessivas modificações nas regras para aposentadoria que vêm acontecendo há 20 anos e temos aí um período de aproximadamente 45/50 anos de atividade profissional. Em 40 ou 50 anos tudo pode acontecer, basta pensar em como era o mundo em 1966 ou 1976. Ou, pra não ir tão longe, lembrar como era em 1996, quando no Brasil celulares eram um luxo (além de serem objetos parecidos com tijolos que possuíam uma antena) e a internet era pouco mais que uma lenda. Mesmo telefones fixos, que hoje já são considerados obsoletos, em 96 eram tido à conta de "bens", sendo necessária sua inclusão na declaração do Imposto de Renda!!!

Bom, voltando à minha infância. Quando alguém me perguntava o que eu queria ser quando crescesse, quase sempre a resposta era "Escritor". Na verdade nem esperei crescer, com 14 anos já publicava meu primeiro livro de contos, Zás-Trás-Puf, ao qual se seguiram mais dois livros em papel e posteriormente seis em formato digital (pdf). Cursar Jornalismo era uma decorrência mais ou menos lógica disto, já que não existia à época curso superior para formação de escritores (e estes ainda hoje são em número reduzidíssimo). Praticamente tudo o que eu fiz profissionalmente na vida decorreu da decisão de fazer este curso, no qual entrei em 1990, ainda com 18 anos. No mesmo ano, comecei a trabalhar em rádio e, no ano seguinte, em jornal - como repórter, mas já vinha publicando crônicas em jornal desde os 13 anos (sim!). No jornal, além de fazer reportagens e assinar uma crônica semanal, também me tornei fotógrafo. Já no primeiro dia de trabalho, o editor me perguntou: "Sabe fotografar?", e eu respondi que não.

A bem da verdade, eu já fizera uma que outra foto na vida, mas sempre como algo esporádico, jamais pensara que um dia poderia viver disso. Eis aqui a primeira foto que fiz, em 1980, um clássico registro de família, onde aparecem em nosso apartamento em Bento Gonçalves-RS meu então padrasto, o artista plástico Anastácio Orlikowski (à época com 56 anos) e minha mãe, Glaci Oliveira (com 33).

De volta a 1991: ante minha resposta de que eu não sabia fotografar, o editor me colocou na mão uma câmera do jornal, dizendo: "Então vai pra rua e aprende". Para cada matéria feita, fosse reportagem ou entrevista, o esperado era que eu fizesse ao menos uma ou duas fotos em condições de serem publicadas no jornal. Minha passagem por lá foi breve (durou pouco mais de três meses), mas teve o mérito de me tornar dali pra frente um apaixonado pela fotografia. Cheguei a, anos depois, obter um alvará como fotógrafo autônomo junto à Prefeitura de Bento Gonçalves, com o que me habilitei a contribuir via carnê com a Previdência Social. Nem sempre esta foi minha atividade profissional principal, mas nunca mais parei de fotografar. Ainda em "Bento", como os habitantes carinhosamente chamam a cidade, fotografei inúmeros desfiles de escolha de rainha de escolas. Ao mudar para Porto Alegre, em 1994, comecei retratando os prédios históricos da parte central e depois praticamente me especializei no registro de parques urbanos e áreas de proteção ambiental - ou seja, as linhas de trabalho que, só agora em 2016, vim a denominar, respectivamente, de Belezas Culturais e Belezas Naturais.

Como sempre priorizei as fotos com luz natural, demorei para investir em equipamentos que possibilitassem boas fotos noturnas, indispensáveis para o registro de shows (o que de certa forma eu precisaria ter feito a partir de 2002, quando entrou no ar meu primeiro site, o Brasileirinho, com notícias e reportagens sobre MPB). A transição de foto analógica para foto digital contribuiu um pouco pra essa demora - na época em que lancei o Brasileirinho, já era difícil achar em Porto Alegre quem revelasse fotos de filme em preto-e-branco, por exemplo (o p-e-b ainda hoje é exigência de alguns concursos na área), e os equipamentos digitais ainda eram bastante caros. Mas como sou da filosofia de que devemos avançar da forma que nos é possível, já fiz muita foto também de celular ou de tablet (esses equipamentos geralmente servem para registrar algo curioso que vejo na rua, e que formam a terceira linha do meu trabalho, a Coisas do Mundo, cujo nome é inspirado pelo samba de Paulinho da Viola "Coisas do Mundo, Minha Nega"). E já usei sim tablet para trabalhos de mais fôlego, como meus primeiros registros do Marabaixo, durante o Cortejo da Murta em 2013, em Macapá.

Nesta época, minha ênfase era no registro de shows realizados na capital do Amapá, para onde vim no começo de 2014, após passar alguns meses aqui em meados do ano anterior. Desde maio de 2014, porém, os registros de shows ficaram um pouco de lado, devido ao começo do projeto As Tias do Marabaixo, com o qual eu de algum modo juntei as duas profissões que já exercia - jornalismo e fotografia - e me lancei numa terceira, o cinema. O primeiro produto do projeto foi uma exposição itinerante de fotos, que desde 2014 já circulou pelo Amapá, Tocantins e Bahia. Depois, no começo do ano passado, foi a vez de lançar cinco curtas-metragens, o que me habilitou a obter o registro de cineasta; os curtas foram exibidos nos três estados mencionados, e também em Rondônia - um deles, Tia Biló, hoje faz parte do acervo itinerante do festival FestCineAmazônia.

O terceiro produto do projeto é o livro As Tias do Marabaixo - Cultura Tradicional do Amapá em Fotografias. A obra entrou em pré-venda em dezembro de 2015, porém a campanha não conseguiu arrecadar nem perto do valor de R$ 15 mil reais necessário para a impressão dos 2 mil exemplares que planejo. Mas como diz o ditado, há males que vêm para o bem: ocorreu-me então que era um belíssima oportunidade de obter o valor necessário através do meu próprio trabalho como fotógrafo, comemorando assim da melhor forma o meu jubileu de prata na profissão. Nasceu assim a campanha #VamosSonharJuntos.

A campanha consiste na concessão de desconto na contratação de meus serviços profissionais nas áreas de fotografia e cinema - pacotes de ensaios fotográficos, contratação da Oficina de Cinema Independente e análise de portfólio para modelos e atores/atrizes. Conheça o projeto detalhamente neste artigo publicado no meu blog Cinema Independente na Estrada. O 'sonhar juntos' tem inspiração na canção "Prelúdio", de Raul Seixas; minha proposta é lhes proporcionar um ensaio fotográfico com um preço que vocês sempre sonharam, e vocês, por seu turno, me ajudam a realizar o sonho de publicar este livro, que será um marco dos meus 25 anos como fotógrafo. Algo que eu jamais poderia supor que viria a fazer quando, ainda pequeno em Bento Gonçalves, as visitas me perguntavam o que eu queria ser quando crescesse :)


Fabio Gomes
Macapá, 29/2/2016


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Antonia, de Morena Nascimento de Elisa Andrade Buzzo
02. Saudosismo de Rennata Airoldi


Mais Fabio Gomes
Mais Acessadas de Fabio Gomes em 2016
01. Etapas em combustão - 18/4/2016
02. Eu blogo, tu blogas? - 4/7/2016
03. Caiu na rede, virou social - 8/8/2016
04. Você sabe quem escreveu seu show preferido? - 21/3/2016
05. Em 2016, pare de dizer que você tem problemas - 11/1/2016


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A FOME- CRISE OU ESCÂNDALO
MELHEM ADAS
MODERNA
(1992)
R$ 39,90
+ frete grátis



HISTÓRIA E NATUREZA DAS LIGAS CAMPONESAS
JOÃO PEDRO STEDILE (ORG)
EXPRESSÃO POPULAR
(2002)
R$ 80,00



SALÃO DE HUMOR DA ANISTIA - AUTOGRAFADO
CHICO CARUZO E OUTROS
SENADO FEDERAL
(2009)
R$ 150,00



PÉROLA E POLI
WENDY HARMER
FUNDAMENTO
(2013)
R$ 31,80



MANDADO SE SEGURANÇA E CONTROLE JURISDICIONAL 3ª EDIÇÃO
FRANCISCO ANTONIO DE OLIVEIRA
REVISTA DOS TRIBUNAIS
(2001)
R$ 40,00



INTRODUÇÃO À TEORIA DO EMPREGO
JOAN ROBINSON
FORENSE
(1990)
R$ 50,00



GO GIRL SAUDADES DO BASQUETE
THALIA KALKIPSAKIS
FUNDAMENTO
(2006)
R$ 4,50



MANUAL DE QUIMIOTERAPIA ANTINEOPLÁSICA
SELMA MONTOSA DA FONSECA E OUTROS
REICHMANN & AFFONSO
(2000)
R$ 9,28



CASTRO ALVES E SUA ÉPOCA
HEITOR FERREIRA LIMA
SARAIVA
R$ 6,00



COMO CONQUISTAR UM ÓTIMO EMPREGO
THOMAS A. CASE
MAKRON BOOKS
(1997)
R$ 4,00





busca | avançada
38549 visitas/dia
1,3 milhão/mês