Meus melhores livros de 2009 | Rafael Rodrigues | Digestivo Cultural

busca | avançada
35192 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS >>> Especial Melhores de 2009

Sexta-feira, 22/1/2010
Meus melhores livros de 2009
Rafael Rodrigues

+ de 13400 Acessos
+ 2 Comentário(s)

2009 foi um ano tão bom literariamente falando que, no meio de tantos livros bons, fui obrigado a deixar algumas leituras pela metade. Explico o aparente paradoxo: tenho o costume de ler vários livros ao mesmo tempo, ou de, no mínimo, folhear vários enquanto leio um. Isso faz com que eu comece a ler um determinado romance hoje, mas daqui a dois dias esteja dando preferência a um livro de contos que andara folheando. E aí aquele romance, por melhor que seja, acaba ficando para depois (quando é esse "depois", só Deus sabe).

Nessa brincadeira, eu deixei pelo caminho livros como O livro dos insultos, de H.L. Mencken; Vida de escritor, de Gay Talese; Balzac, de Johannes Willms; Frenesi polissilábico, de Nick Hornby; Suíte Dama da Noite, de Manoela Sawitzki; A boca da verdade, de Mario Sabino; Terras baixas, de Joseph O'Neill e outros tantos. Estava gostando de todos os citados, mas eles acabaram tendo seus lugares roubados por outros títulos que me conquistaram de maneira irreversível e fulminante. É sobre esses livros que dedicarei algumas linhas nesta coluna.

Leite derramado, de Chico Buarque (Companhia das Letras, 2009, 200 págs.) ― Eis um livro que me deixou muito surpreso ― e de queixo caído. Fui ler Leite derramado com todas as reservas do mundo, porque anos atrás havia lido Budapeste e detestado. E, antes mesmo de começar a ler o Leite derramado, eu já pensava em como falar mal do romance sem irritar muito aqueles que lessem minha resenha dele. Afinal, Chico Buarque é quase uma unanimidade. Tanto que é provável que, além de mim, apenas umas cinco pessoas considerem Budapeste um livro, no máximo, razoável. Felizmente, não precisei falar mal do blue eyes brasileiro: Leite derramado é uma beleza de livro. Não chega a ser uma obra-prima, como muita gente chegou a considerar, mas é realmente um romance muito bom, daqueles de tirar o chapéu.

Cine Privê, de Antonio Carlos Viana (Companhia das Letras, 2009, 128 págs.) ― Seguramente um dos melhores escritores em atividade no Brasil, o sergipano Antonio Carlos Viana conseguiu o que, para muitos, é impossível: nasceu no nordeste, formou-se em Letras, foi estudar mundo afora (morou no Rio de Janeiro, em Porto Alegre e na França, onde fez o doutorado em Literatura Comparada na Universidade de Nice), escreveu seus livros e os teve publicados pela Companhia das Letras. O mais recente, lançado em maio de 2009, conserva as características e a qualidade dos dois anteriores: O meio do mundo e outros contos e Aberto está o inferno. As histórias, aparentemente regionais, são justamente o contrário: elas são universais, porque falam de conflitos que qualquer ser humano já enfrentou ou pode vir a enfrentar. Cine Privê é um livro de contos até um pouco difícil de ser definido. Porque há nele um quê de engajamento, mas o autor não se diz engajado; há um tanto de otimismo em algumas histórias, mas Viana se diz um pessimista irremediável; e há humor em algumas, quando na verdade essas histórias são, no fundo, tristes. Ao lado de Ronaldo Correia de Brito, Menalton Braff e Mayrant Gallo, Antonio Carlos Viana é, sem dúvida alguma, um dos melhores contistas vivos do Brasil.

Olho por olho, de Lucas Figueiredo (Record, 2009, 210 págs.) ― Um dos livros mais importantes publicados em 2009 ― se não o mais, escrito por um autor brasileiro ― é de não-ficção. Olho por olho, do jornalista mineiro Lucas Figueiredo, conta a história de dois livros: Brasil: Nunca Mais e Orvil, ambos organizados e escritos por pessoas que direta ou indiretamente participaram da ditadura no Brasil. A forma como foi arquitetada a operação que viabilizou a escrita e posterior publicação de Brasil: Nunca Mais, obra elaborada por pessoas contrárias ao regime ditatorial, é coisa de cinema. Já os bastidores de Orvil, que foi organizado pelos militares, são nebulosos e ainda cercados de segredos. Olho por olho revela tudo o que, até sua publicação, foi possível. E, de quebra, ainda traz um panorama geral de como foram os "anos de chumbo" no Brasil. Um livro que deveria ser leitura obrigatória nas escolas e universidades deste país.

Indignação, de Philip Roth (Companhia das Letras, 2009, 176 págs.) ― Como escrevi um longo texto sobre esta obra-prima de Philip Roth aqui mesmo no Digestivo, não farei maiores comentários sobre o livro nesta coluna. Apenas gostaria de deixar registrado que Indignação reverbera em minha mente até hoje, sendo que faz mais de três meses que o li. Daqui a algum tempo uma releitura se fará necessária. Recomendo este livro veementemente, a qualquer pessoa.

Se eu fechar os olhos agora, de Edney Silvestre (Record, 2009, 304 págs.) ― Eis outro romance que me surpreendeu bastante. Foi com muita ansiedade que li Se eu fechar os olhos agora, estreia na ficção do já consagrado jornalista Edney Silvestre. Ansiedade provocada pelo próprio livro, diga-se, que é uma obra é ambiciosa: nela, Edney mistura gêneros aparentemente impossíveis de caminharem juntos, o romance de formação e a história policial. Mas, por incrível que possa parecer, além de o autor conseguir realizar a obra ― o que em si já seria difícil ―, ele o faz de maneira digna dos maiores e melhores elogios. Se eu fechar os olhos agora é uma obra de inegável e invejável qualidade, beleza e força. Mais um livro que está ecoando em minha mente.

Vidas Novas, de Ingo Schulze (Cosac Naify, 2009, 752 págs.) ― Há muito o que falar sobre Vidas Novas, romanção ― em ambos os sentidos ― do escritor alemão Ingo Schulze. Mas como a proposta aqui é de dedicar apenas um parágrafo sobre cada livro, e como já escrevi bastante sobre ele em outros lugares, não me alongarei. Digo apenas que, em mais de 700 páginas, Ingo Schulze alia História (o antes, durante e depois da queda do Muro de Berlim) e ficção de uma forma que poucos autores conseguiram/conseguem fazer. Sua estrutura é composta 95%, ou algo perto disso, por cartas enviadas pelo personagem principal, Enrico Türmer, a três destinatários ― um amigo (com quem aparentemente teve uma relação homossexual), sua irmã (com quem aparentemente teve uma relação incestuosa) e uma amiga (que mais tarde viria a ser sua noiva). O livro tem uma importância imensurável e não é exagero algum dizer que já é um clássico, além de ser uma obra-prima. Àqueles que fogem de livros volumosos, uma provocação: vocês não sabem o que estão perdendo.

Já no final de 2009 foram publicados dois livros que certamente serão mencionados na coluna que trará as melhores obras de 2010: Moça com chapéu de palha (Língua Geral, 2009, 216 págs.), romance, de Menalton Braff; e Três Tristes Tigres (José Olympio, 2009, 518 págs.), também romance, do escritor cubano Guillermo Cabrera Infante. O primeiro eu comecei a ler faz poucos dias, e estou adorando. Como dito linhas acima, Menalton Braff é um dos escritores mais talentosos em atividade no Brasil. Merece ser mais lido e mais comentado do que é. Seu livro de contos A coleira no pescoço, de 2006, é uma das obras mais importantes dos últimos anos. O segundo eu acabei de ler recentemente e é uma obra-prima. Três Tristes Tigres é uma obra de gênio. Livraço. Um daqueles livros que você fica se perguntando "como é que eu não li isso antes?". Felizmente, os livros estão todos aí, e nunca é tarde para preencher as lacunas literárias.


Rafael Rodrigues
Feira de Santana, 22/1/2010


Quem leu este, também leu esse(s):
01. A resistência é vermelha de Vera Moreira


Mais Rafael Rodrigues
Mais Acessadas de Rafael Rodrigues em 2010
01. Meus melhores livros de 2009 - 22/1/2010
02. O altar das montanhas de Minas - 21/5/2010
03. O grande jogo de Billy Phelan - 2/4/2010
04. O petista relutante - 29/10/2010
05. Sobre o preço dos livros 1/2 - 20/8/2010


Mais Especial Melhores de 2009
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
23/1/2010
12h27min
Achei boa a menção de Menalton Braff neste artigo dos melhores de 2009. Braff é um ótimo escritor de quem pouca gente fala, mas isso é irrelevante - quase todo mundo que escreve decentemente no país está na mesma situação. Conheci-o pelo "À sombra do cipreste", excelente livro de contos. Gostei também de conhecer você, Rafael, de quem já tinha lido "Os descaminhos da crítica literária brasileira" no Suplemento Literário de Minas. Voltarei mais vezes a este site.
[Leia outros Comentários de chico lopes]
25/1/2010
15h16min
A minha média anual de leitura está apenas em 10 livros. "Só Deus sabe sobre minha opinião". Gosto de ler o Prêmio Jabuti de cada ano, é uma de minhas referências. Também gosto de ler "novos autores", e estes tenho que "caçar", não nas grandes editoras ou críticas, pois não estarão nestas listagens (quem sabe, depois)... "Quando é esse depois...?", penso que nem Deus sabe, pois, sem ler, como Ele saberia? E, se soubesse, no que interferiria? Por isto é com bom grado que percebo que, de sua lista, alguns dos meus lidos estão citados. O meu próprio livro, tenho até vergonha de citar, que é trilíngue e ninguém (quero dizer, dos entendidos), ninguém deve ter lido. Afinal, se alguém lesse, quem sabe "alguém" editaria e retiraria o peso de meus ombros (em ter que "pagar, vender" e reeditar "on demand"...). Pelo menos, que seja a dica para pequenos como eu, que, de asas cortadas, não podem alçar voos em grandes alturas (se o fizessem, de igual modo teriam suas "asas" quebradas)! Assim continuaremos!
[Leia outros Comentários de Celito Medeiros]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O OITAVO DIA DA SEMANA
NELSON DE OLIVEIRA
TRAVESSA DOS EDITORES
(2005)
R$ 22,70



O PROBLEMA DA REALIDADE OBJETIVA -2ª EDIÇÃO
DJACIR MENEZES
EDIÇÕES TEMPO BRASILEIRO
(1971)
R$ 10,00



NUNCA DESISTA DE SEUS SONHOS
AUGUSTO CURY
SEXTANTE
(2004)
R$ 9,90



CONECTE HISTÓRIA 1
SARAIVA
SARAIVA
(2011)
R$ 15,00



HISTÓRIAS BÍBLICAS EM QUEBRA-CABEÇAS
SBB
SBB
(2010)
R$ 13,90
+ frete grátis



ACTA LITERÁRIA
VÁRIOS AUTORES
ACADEMIA FORTALEZENSE DE LETRA
(2005)
R$ 18,00



O MUNDO E BARBARO
LUIS FERNANDO VERISSIMO
OBJETIVA
(2008)
R$ 7,19



POESIA
ÁLBUM DE AMOR VOL. 15 COL UNIVERSITARIA POESIA
UNIVERSITÁRIA
(1997)
R$ 31,88



PSICOLOGIA
ADOLESCENTES, PRAGMÁTICAS DA ABORDAGEM PSICOTERAPÊUTICA
QUARTETO
(1999)
R$ 35,77



A MULHER DAS MARAVILHAS
ALBERTO BEVILACQUA
MARCO ZERO
(1980)
R$ 7,90





busca | avançada
35192 visitas/dia
1,3 milhão/mês