Terra Papagalli | Rafael Azevedo | Digestivo Cultural

busca | avançada
29791 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
Colunistas
Últimos Posts
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
>>> Não Aguento Mais a Empiricus
>>> Nubank na Hotmart
>>> O recente choque do petróleo
>>> Armínio comenta Paulo Guedes
>>> Jesus não era cristão
>>> Analisando o Amazon Prime
>>> Amazon Prime no Brasil
>>> Censura na Bienal do Rio 2019
>>> Tocalivros
Últimos Posts
>>> O céu sem o azul
>>> Ofendículos
>>> Grito primal V
>>> Grito primal IV
>>> Inequações de um travesseiro
>>> Caroço
>>> Serial Killer
>>> O jardim e as flores
>>> Agradecer antes, para pedir depois
>>> Esse é o meu vovô
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Meu Telefunken
>>> Uma Receita de Bolo de Mel
>>> O apanhador no campo de centeio
>>> Curriculum vitae
>>> O Salão e a Selva
>>> Ed Catmull por Jason Calacanis
>>> Por que a Geração Y vai mal no ENEM?
>>> Por que a Geração Y vai mal no ENEM?
>>> A massa e os especialistas juntos no mesmo patamar
>>> Entrevista com Jacques Fux, escritor e acadêmico
Mais Recentes
>>> O apelo do amor de Danielle Stell pela Record (1983)
>>> Agora e sempre de Danielle Stell pela Record (1985)
>>> O Princípio Constitucional da Igualdade e o Direito do Consumidor de Adriana Carvalho Pinto Vieira pela Mandamentos/ Belo Horizonte (2002)
>>> Histórias Anunciadas de Djalma França pela Decálogo/ belo Horizonte (2003)
>>> Constituição da República Federativa do Brasil de Senado Federal pela Senado Federal (2006)
>>> Eterna Sabedoria de Ergos pela Fraternidade Branca Universal do Arcanjo Mickael (1974)
>>> Leasing Agrário e Arrendamento Rural como Opção de Compra de Lucas Abreu Barroso pela Del Rey/ Belo Horizonte (2001)
>>> Contratos Internacionais de Seguros de Antonio Marcio da Cunha Guimarães pela Revista dos Tribunais (2002)
>>> Amor de Perdição / Eurico, o Presbítero de Camilo Castelo Branco / Alexandre Herculano pela Círculo do livro (1978)
>>> Carajás de Paulo Pinheiro pela Casa Publicadora Brasileira (2007)
>>> Menopausa de Diversos pela Nova Cultural (2003)
>>> Guia de Dietas de Diversos pela Nova Cultural (2001)
>>> Seguros: Uma Questão Atual de Coordenado pela EPM/ IBDS pela Max Limonard (2001)
>>> O Significado dos Sonhos de Diversos pela Nova Cultural (2002)
>>> A Dieta do Tipo Sanguíneo - A B O AB de Peter J. D'Adamo pela Campus (2005)
>>> Cem Noites - Tapuias de Ofélia e Narbal Fontes pela Ática (1982)
>>> Direito do Trabalho ao Alcance de Todos de José Alberto Couto Maciel pela Ltr (1980)
>>> Manon Lescaut de Abade Prévost pela Ediouro (1980)
>>> A Reta e a Curva: Reflexões Sobre o Nosso Tempo de Riccardo Campa (com) O. Niemeyer (...) pela Max Limonard (1986)
>>> Introdução às Dificuldades de Aprendizagem de Vítor da Fonseca pela Artes Médicas (1995)
>>> Dos Crimes Contra a Propriedade Intelectual: Violação... de Eduardo S. Pimenta/ Autografado pela Revista dos Tribunais (1994)
>>> O Cortiço de Aluísio Azevedo pela Ática (1988)
>>> A Voz do Mestre de Kahlil Gibran pela Círculo do livro (1973)
>>> O Jovem e seus Assuntos de David Wilkerson pela Betânia (1979)
>>> Emília no País da Gramática de Monteiro Lobato pela Brasiliense (1978)
>>> The Art Direction Handbook for Film de Michael Rizzo pela Focal Press (2005)
>>> A Escrava Isaura de Bernardo Guimarães pela Melhoramentos (1963)
>>> O Grande Conflito de Ellen G. White pela Casa Publicadora Brasileira (1983)
>>> Filosofia do Espírito de Jerome A. Shaffer pela Zahar (1980)
>>> Muito Além das Estrelas de Álvaro Cardoso Gomes pela Moderna (1997)
>>> A Grande Esperança de Ellen G. White pela Casa Publicadora Brasileira (2011)
>>> É Fácil Jogar Xadrez de Cássio de Luna Freire pela Ediouro (1972)
>>> O Espião que saiu do Frio de John Le Carré pela Abril cultural (1980)
>>> A Primeira Reportagem de Sylvio Pereira pela Ática (1988)
>>> Distúrbios Psicossomáticos da Criança de Haim Grunspun pela Atheneu
>>> Aprenda Xadrez com Garry Kasparov de G. Kasparov pela Ediouro (2003)
>>> Poemas para Viver de P. C. Vasconcelos Jr. pela Salesiana Dom Bosco (1982)
>>> A Casa dos Bronzes de Ellery Queen pela Círculo do livro (1976)
>>> Warcraft Roleplaying Game de Christopher Aylott e outros pela Blizzard / Arthaus / wizards (2004)
>>> A Dama do Lago de Raymond Chandler pela Abril cultural (1984)
>>> ABC do Vôo Seguro de Manoel J. C. de Albquerque Filho pela O Popular (1981)
>>> A Relíquia de Eça de Queirós pela Klick (1999)
>>> Manual Completo de Aberturas de Xadrez de Fred Reinfeld pela Ibrasa (1991)
>>> Para Sempre - Os Imortais - volume 1 de Alyson Noel pela Intrínseca (2009)
>>> A Máscara de Dimítrios de Eric Ambler pela Abril cultural (1984)
>>> Rômulo e Júlia - Os Caras-Pintadas de Rogério Andrade Barbosa pela Ftd (1993)
>>> O Nariz do Vladimir de José Arrabal pela Ftd (1989)
>>> Perigosa e Fascinante de Merline Lovelace pela Nova Cultural (2002)
>>> Brincar de Viver de Maggie Shayne pela Nova Cultural (2001)
>>> O Grande Conquistador de Rita Sofia Mohler pela Escala (1978)
COLUNAS >>> Especial Carnaval

Sexta-feira, 22/2/2002
Terra Papagalli
Rafael Azevedo

+ de 5400 Acessos


Foliões
Acabou o Carnaval. Aos poucos, tudo parece voltar ao normal; a Quarta-feira de Cinzas marca o Ano-Novo Brasileiro. Difícil acreditar que durante quatro ou cinco dias tudo pára no país, e mais difícil ainda tentar explicar isso para um estrangeiro. Na Espanha carnaval é festa infantil.


Berço esplêndido
Em se falando de feriados, somos campões mundiais absolutos, somos hors concours. Ninguém folga tanto quanto nós brazucas. Férias de um mês, ou mais, todo ano, feriados a dar com pau, todo mês um ou dois. Até feriados religiosos temos, ainda. Duvido que capitalismo algum dia dê certo num país assim.


No man's land
Vivemos um momento perigosíssimo no país, e mais especificamente em Sampaulo - a falência total e completa da autoridade e domínio da lei. Acabou. A bandidagem tomou conta, pura e simplesmente; dita os nossos hábitos, impõe os toques de recolher, e faz a cabeça da moçada da periferia, que a cada dia aperta mais o cerco na cidade. A polícia é ineficiente em sua totalidade, e corrupta em sua enorme maioria, despreparada, mal-treinada e mal-armada. As autoridades penitenciárias são tão sujas que aqueles que eles encarceram, quando não mais, e as cadeias e FEBEMs da vida estão caindo aos pedaços e dominadas por facções que continuam com a mesma vida de crimes que levavam fora. Os advogados, juízes, promotores et alii também têm em suas filas grande número de mal-intencionados, coagidos por dinheiro ou canalhice intrínseca mesmo a agirem em benefício do lado errado; e os poucos que se salvam estão presos a um código penal atrasado, uma constituição grotesca, e um sistema jurídico moroso e inepto, mal-feito de nascença e corrompido pelo mau uso.

Somente nos últimos meses sequestraram a filha do apresentador de TV mais famoso do país, e o mantiveram como refém. Levaram também o publicitário mais famoso. Dois prefeitos de grandes cidades do Estado foram assassinados, um deles após ter sido mantido em cativeiro por 24 horas. Sem contar os milhares de anônimos que vivenciam isso todos os dias, todas as horas. Nessa semana, um moleque de 16 anos, trocando tiros com a polícia (!), invadiu com o carro roubado que dirigia os jardins do Palácio do Governo. Se isso ainda não é motivo para que se tome alguma medida drástica, exército nas ruas, ou algo do tipo, eu já não sei mais nada.


Os hómi
Observando ainda os boletins policias, fornecidos às pencas pelos meios de comunicação brasileiros, que descobriram a rentabilidade do ramo folhetinesco em programas como Cidade Alerta, percebe-se que na absoluta maioria das vezes, a polícia deixa escapar alguém da "quadrilha", nas diversas ocorrências e perseguições. Dificilmente, para não dizer quase nunca, ele prendem todos. Das duas uma: ou é incompetência máxima, ou tá chovendo cascalho na mão deles.


Wasteland
Ainda que em São Paulo, supostamente a maior cidade da América Latrina, a sensação que se tem é de se estar no submundo cultural. Não há uma peça minimamente decente em cartaz, um concertozinho sequer. Dizem que a vida cultural de Buenos Aires, em tempos de cacerolazo, é mais completa. Ouço que a OSESP, de John Neschling, está gravando um disco... que façam bom proveito.


Paneleiros
Enquanto isso, se abrimos um dos cadernos culturais dos dois maiores jornais da cidade, a impressão é a oposta. Parece que vivemos em uma das capitais do mundo, numa Roma mulata, como diria o Darcy. Abundam, literalmente, eventos de segunda, vernissages de desconhecidos, balés gays, exposições de esculturas pós-modernas, peças de teatro cheias de gente gritando e tirando a roupa. Parece que só o lixo da cultura mundial desembarca por nossas praias, desde que Pero Vaz cá aportou. E o mais engraçado é que os responsáveis por todo esse detrito são amigos, muitas vezes pessoais, de quem o comenta (e elogia). Isso é mau-caratismo puro.


Tutti buona gente
A ausência da autoridade, que mencionei acima, não se reflete somente na criminalidade - embora essa seja sua faceta mais incômoda. Ela está presente mais que nunca no início de todo ano, nessa época de chuvas torrenciais (quem mandou viverem nestes tristes tropiques?). A cidade alaga, ponto. Não há o que se fazer, a não ser largar o carro na rua, mudar os móveis de lugar. Isso seria inaceitável em qualquer outro lugar, motivo de revolta popular. Mas ainda não tivemos nossa revolução francesa. Nada parece mudar, ao sul do Equador; aqui provavelmente a massa ignara votará nos mesmos políticos que vêm assombrando o país há dez, quinze, vinte anos atrás. Uma ou outra carinha diferente aparece de vez em quando, e logo demonstra ser farinha do mesmo saco. Novas pessoas, novas idéias, gente dotada de um mínimo de inteligência e boa vontade? Inexiste. Aqui a política é ainda mais suja e mal-vista que no resto do mundo; é, como a atividade policial, exercida por quem não tem talento para mais nada.


Semana de 1922
Oitenta anos da semana de 22. "Semana de Arte Moderna". Hmmm... alguém aí sabe me dizer o que essas pessoas, os Andrade, Anita Malfatti, e o resto da cambada, trouxeram de valor para a arte mundial? Algo que se aprofunde, ainda que levemente, mais do que simplesmente o "novo pelo novo" - que em boa parte dos casos equivale ao mais puro charlatanismo - e que mereça com que essa tal semana tenha alguma relevância? Eu não faço idéia. Há algo de bom em Di Cavalcanti, e Portinari não é de todo ruim; mas Mário de Andrade não passou de músico frustrado e escritor incompetente - seu Macunaíma é ilegível - e Oswald não passava de um fanfarrão com pretensões de gênio. Anita nos assusta com seu hediondo Abaporu, que, graças a Deus, foi comprado por um argentino e já deve estar bem longe do Brasil.

Além disso, uma herança direta desse "movimento" foram charlatanices pós-modernas como o concreti(ni)smo, os irmões (sic) Campos... coisas que por si só tornariam obrigatória a execração pública dessa semana por toda história do Brasil, por todo mundo que tenha um mínimo de interesse em arte. Quantas gerações de pessoas que poderiam ter algum interesse por cultura e arte não tiveram esses mesmos interesses aniquilados quando ouviram algum poemeto do Haroldo com trilha sonora do Arnaldo Antunes, ou leram aquele célebre do Augusto em forma de chuva?


Rafael Azevedo
São Paulo, 22/2/2002


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Mais outro cais de Elisa Andrade Buzzo
02. Na hora do batismo de Marta Barcellos
03. A melhor Flip de Marta Barcellos
04. Wanda Louca Liberal de Marta Barcellos
05. Antes que seque de Guilherme Pontes Coelho


Mais Rafael Azevedo
Mais Acessadas de Rafael Azevedo em 2002
01. Banana Republic - 19/4/2002
02. Terra Papagalli - 22/2/2002
03. Depois do ensaio - 1/3/2002
04. O injustificável - 12/4/2002
05. Vidas Paralelas - 22/3/2002


Mais Especial Carnaval
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




BIOLOGIA- VOLUME ÚNICO - 4° EDIÇÃO
ARMÊNIO UZUNIAN ERNESTO BIRNER
HARBRA
(2013)
R$ 54,90



CONHEÇA SEUS DIREITOS
READERS DIGEST
READERS DIGEST LIVROS
(2000)
R$ 14,90



CURSO DE DIREITO INTERNACIONAL
HAROLDO T. VALLADÃO E OUTROS
FGV (RJ)
(1977)
R$ 19,82



TENDA DOS MILAGRES
JORGE AMADO
MARTINS
(1969)
R$ 30,00



ANTITRUST - NORMATIVA ITALIANA E COMUNITARIA: IL FENOMENO DELLE C
ADRIANO PROPERSI E MARIA RITA ASTORINA
PIROLA
(1991)
R$ 22,28



VIRANDO A PRÓPIRA MESA 4ª
RICARDO SEMLER
BEST SELLER
(1988)
R$ 10,15
+ frete grátis



O RAPTO DA COROA
ELENICE MACHADO DE ALMEIDA
MODERNA
(1985)
R$ 8,00



O TEXTO NO NÍVEL DA MICROESTRUTURA: COESÃO
LORENA BRANDLI ZAMBON
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 202,00



ARTEMIS FOWL - UMA AVENTURA NO ÁRTICO
EOIN COLFER
RECORD
(2002)
R$ 5,00



DEUS MAIOR
ÉLOI LECLERC
PAULUS
(1998)
R$ 19,28





busca | avançada
29791 visitas/dia
1,1 milhão/mês