Sarkozy e o privilégio de ser francês | Celso A. Uequed Pitol | Digestivo Cultural

busca | avançada
51146 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Evoluir celebra o mês das crianças com contação de história
>>> Editora H1 chega com proposta de modelo híbrido de apresentação de conteúdo
>>> CONCERTO OSESP MASP TEM NOVA APRESENTAÇÃO GRATUITA DIA 20 DE OUTUBRO
>>> 14ª Visões Urbanas tem Urbaninhas com quatro espetáculos para crianças
>>> Visões Urbanas permanece online em sua 14ª edição
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> Michael Dell on Play Nice But Win
>>> A história de José Galló
>>> Discoteca Básica por Ricardo Alexandre
>>> Marc Andreessen em 1995
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
>>> Uma história do Mosaic
>>> Uma história da Chilli Beans
>>> Depeche Mode no Kazagastão
>>> Uma história da Sambatech
>>> Uma história da Petz
Últimos Posts
>>> Mundo Brasil
>>> Anônimos
>>> Eu tu eles
>>> Brasileira muda paisagens de Veneza com exposição
>>> Os inocentes do crepúsculo
>>> Inação
>>> Fuga em concerto
>>> Unindo retalhos
>>> Gente sem direção
>>> Além do ontem
Blogueiros
Mais Recentes
>>> José Moutinho
>>> Palavra na Tela – Crítica
>>> Paternidade
>>> Soul Bossa Nova
>>> Walking Dead - O caminho dos mortos na cultura pop
>>> Anomailas, por Gauguin
>>> Público, massa e multidão
>>> Saints and Sinners
>>> Teledramaturgia ao vivo
>>> Os narradores de Eliane Caffé
Mais Recentes
>>> Contos Sombrios de Gabriel Maia pela Linhas Tortas (2019)
>>> Essentials of Marketing de McCarthy e Perreault pela Sixth Edition
>>> Java como Programar de Deitel pela Prentice Hall (2005)
>>> Leis do Amor de Francisco Candido Xavier pela Feb (1965)
>>> Seara dos Médiuns de Francisco Candido Xavier pela Feb (1985)
>>> Se Eu Não Te Amasse Tanto Assim de Valter Turini pela O Clarim (2009)
>>> Os Segredos do Casarão de Elizabeth Artmann pela Petit (1999)
>>> A Segunda Chance... de Alfredo Pardini pela O Clarim (2009)
>>> O Segredo das Bem Aventuranças de José Lázaro Boberg pela Eme (2009)
>>> Sementes e Contos de Lauro Pereira pela Procriart (1985)
>>> Segue-Me!... de Francisco Cândido Xavier pela O Clarim (1978)
>>> Direito Civil Brasileiro - Direito Família vol. 6 de Carlos Roberto Gonçalves pela Saraiva (2013)
>>> A Caçada Ao Lobo de Wall Street de Jordan Belfort pela Planeta (2014)
>>> Direito Civil Brasileiro - Direito das Coisas vol 5 de Carlos Roberto Gonçalves pela Saraiva (2007)
>>> Diário do Chaves de Roberto Gomez Bolanos pela Suma (2006)
>>> O Aliciador - Ele está sempre um passo à Frente de Donato Carrisi pela Record (2019)
>>> Isaac Newton e Sua Maçã de Kjartan Poskitt pela Cia. das Letras (2021)
>>> A riqueza da vida simples - Como escolhas mais inteligentes podem antecipar a conquista de seus sonhos de Gustavo Cerbasi pela Sextante (2019)
>>> Fênix: A Ilha - Livro 1 de John Diox pela Novo Conceito (2014)
>>> Direito do Trabalho 23 ª ed. de Sérgio Pinto Martins pela Atlas (2007)
>>> O Sexo das Antas de Kelli Pedroso pela Pergamus (2011)
>>> Direito Administrativo 20ª Ed. de Maria Sylvia Zanella Di Pietro pela Atlas (2007)
>>> Cavalo de Tróia 1 - Jerusalém de J. J. Benitez pela Planeta (2010)
>>> O Desafio da Hiperinflação - em busca da moeda real de Francisco Lopes pela Campus (1989)
>>> Saneamento Ambiental na Baixada Cidadania e Gestao Democrática de Jorge Florêncio e outros pela Fase (1995)
COLUNAS

Terça-feira, 14/6/2016
Sarkozy e o privilégio de ser francês
Celso A. Uequed Pitol

+ de 3400 Acessos

O ex-presidente da França, Nicolas Sarkozy, é um admirador confesso de Charles de Gaulle. Em seus discursos, costuma incorporar muito da antiga retórica conservadora, nacionalista e unitária do velho general – com o cuidado, é claro, de jamais resvalar para a xenofobia básica da Frente Nacional. Sarkozy não é disso.

Foi o que se viu em um discurso recente, dado em Paris. “A França”, disse ele, “é um país cristão na cultura”. Diante das implicações problemáticas desta frase para os milhões de muçulmanos franceses, emendou: “É um país aberto, acolhedor, tolerante. Um país que deve respeitar aqueles que querem viver nele”. Ah, bom.

Sarkozy toma outros cuidados. Não quer definir o nacionalismo francês de forma essencialista, estanque: “A França é um corpo, um espírito, uma alma”, diz ele. Qualquer um pode incorporar este espírito francês; basta querer. Afinal, é um país “aberto, acolhedor, tolerante”. Os franceses, entende Sarkozy, são diferentes por isso, e por muito mais. Tomemos cuidado para não confundir as coisas

Sarkozy é cuidadoso, mas não é bobo. Defende a França acolhedora e aberta, mas exige contrapartida: exige respeito. E lamenta porque não o vê na prática: “Em uma sociedade multicultural, todos têm o direito de cultivar a sua diferença. Todos, exceto a maioria: todos salvo o povo francês”.

É uma situação complicada. Sarkozy e muitos de seus apoiadores entendem que há gente por aí a abusar do acolhimento e da abertura dos franceses, dando excessiva ênfase às suas diferenças em relação ao todo nacional. A República francesa, que o De Gaulle, inspirador de Sarkozy, ajudou a construir, não pode tolerar quem não quer tolerar os elementos que fazem dela um “país cristão na cultura”. Há um limite. Sarkozy sabe disso, e seus eleitores sabem disso. E, por isso, ele alerta para uma “tirania das minorias que fazem cada dia mais recuar a República”.

O termo “minorias” tem significado muito amplo. Pode envolver desde as minorias étnicas – são as primeiras que lembramos, ao ler seu discurso – até as tribos urbanas, as comunidades religiosas e de orientação sexual. Pouco importa: são aqueles que, de uma forma ou de outra, ameaçam a grande comunidade francesa, o povo francês, a República; são aqueles que impedem a França de continuar a ser um país “país cristão na cultura”.

A conclusão é clara: ser francês não é para qualquer um. É preciso cumprir certos requisitos. Quais? Não sabemos, e Sarkozy não nos informa. Mas ele e seu público parecem saber quais são. Por isso, concluiu sua fala, sob aplausos, lembrando a todos os presentes: “Eu sou francês, vocês são franceses, nós somos franceses. Isto é um privilégio!”. E Sarkozy parece disposto a lutar para que continue a ser um privilégio. Até onde irá?



Celso A. Uequed Pitol
Canoas, 14/6/2016


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Uma livrada na cara de Guilherme Carvalhal
02. Esboços de uma biografia precoce não autorizada de Cassionei Niches Petry
03. O direito autoral vai sobreviver à internet? de Marta Barcellos
04. Danillo Villa, quadros de uma exposição de Jardel Dias Cavalcanti
05. Mazelas do coronelismo de Diogo Salles


Mais Celso A. Uequed Pitol
Mais Acessadas de Celso A. Uequed Pitol em 2016
01. 'As vantagens do pessimismo', de Roger Scruton - 12/4/2016
02. 80 anos de Alfredo Zitarrosa - 10/5/2016
03. 'A Imaginação Liberal', de Lionel Trilling - 8/3/2016
04. Sarkozy e o privilégio de ser francês - 14/6/2016
05. A coerência de Mauricio Macri - 12/1/2016


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A Defesa do Alcazar De Toledo - Historia
Angel Palomino
Biblioteca do exercito
(2006)



As Damas do Vento
Bernard Giraudeau
Record
(2008)



A Beleza da Ação Indireta
John Kay
Best Seller
(2011)



Diários de Jack Kerouac
Kerouac, Jack
L& Pm
(2006)



O Mundo em que Eu Vivo
Zíbia M. Gasparetto
Os Caminheiros



Handbook de Relações Interorganizacionais da Oxford
Steve Cropper, Mark Ebers, Chris Huxham
Bookman
(2014)



Positivo:idéias Que Mudaram o Mundo - Geografia Ens. Médio 2ª Série
Vários
Positivo
(2007)



Os Amantes de Minha M?e
Christopher Hope
Record
(2009)



Superdicas para um Trabalho de Conclusão de Curso
Rachel Polito
Saraiva
(2010)



Memórias de um Sargento de Milícias
Manuel Antonio de Almeida
Abril





busca | avançada
51146 visitas/dia
1,8 milhão/mês