O retalho, de Philippe Lançon | Wellington Machado | Digestivo Cultural

busca | avançada
62960 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Turnê Babi Jaques e Lasserre (PE)
>>> Samantha Dalsoglio e Dan Rosseto protagonizam comédia Relação a Dois dirigida por Hudson Glauber
>>> Companhia de Danças de Diadema apresenta Antropo100 - De Cascudo a Eros no Teatro Clara Nunes com i
>>> Tem flamenco e árabe entre os espetáculos do Mo Li Hua de graça e online
>>> Toquinho e Carla Candiotto apresentam Os Direitos da Criança
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rodolfo Felipe Neder (1935-2022)
>>> A pior crônica do mundo
>>> O que lembro, tenho (Grande sertão: veredas)
>>> Neste Momento, poesia de André Dick
>>> Jô Soares (1938-2022)
>>> Casos de vestidos
>>> Elvis, o genial filme de Baz Luhrmann
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
Colunistas
Últimos Posts
>>> Agnaldo Farias sobre Millôr Fernandes
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
Últimos Posts
>>> Universos paralelos
>>> Deseduquei
>>> Cuidado com a mentira!
>>> E agora? Vai ter pesquisa novamente?
>>> Cabelos brancos
>>> Liberdade
>>> Idênticos
>>> Bizarro ou sem noção
>>> Sete Belo
>>> Baby, a chuva deve cair. Blade Runner, 40 anos
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Víkingur Ólafsson toca Rameau
>>> E-lovelados
>>> Quanto custa rechear seu Currículo Lattes
>>> Vamos pensar: duas coisas sobre home office
>>> Real tédio
>>> Revolução dos sexos
>>> Entrevista com o poeta Augusto de Campos
>>> Querem proibir as palavras
>>> Analisando o Amazon Prime
>>> Os dinossauros resistem, poesia de André L Pinto
Mais Recentes
>>> Hebe - A Biografia de Artur Xexéo pela Best Seller (2017)
>>> Livro - Sundiata: uma Lenda Africana - o Rei do Mali de Will Eisner pela Cia Das Letras (2002)
>>> História do Brasil de Armando Souto Maior pela Companhia Nacional (1976)
>>> Livro - A Formação Social da Mente de L. S. Vigotski pela Martins Fontes (2009)
>>> Obras Completas: Psicanálise - Box com Volume I, II, III e IV de Sándor Ferenczi pela Martins Fontes (2011)
>>> Madame Mao - A Mulher que Mandou em 800 Milhões de Homens de Roxane Witke pela Nova Fronteira (1977)
>>> Livro - O Despertar de Zé Fogueira de Rainer Petter pela Gráfica (2015)
>>> Livro - Estrelas Tortas de Walcyr Carrasco pela Moderna (2018)
>>> Livro - Curvas Perigosas de Maitena pela Planeta (2006)
>>> Inteligência Artificial Utilizando a Linguagem C de Herbert Schildt pela MacGraw-Hill (1989)
>>> 1000 Lugares Para Conhecer Antes de Morrer de Patricia Shultz pela Sextante (2006)
>>> Mercadores de Arte de Daniel Wildenstein pela Planeta (2004)
>>> Livro - Sherlock Holmes Short Stories - Level 2 de Arthur Conan Doyle pela Oxford Bookworms (1989)
>>> Livro - A Filosofia na Sala de Aula de Matthew Lipman pela Nova Alexandria (1997)
>>> Literatura de Cordel - Antologia - 2vols. de Manuel Florentino D. José Pacheco José Soares José Costa L. pela Global
>>> Mário de Andrade - Exílio no Rio de Moacir Werneck de Castro pela Rocco (1989)
>>> Livro - Logistics and Supply Chain Management de Martin Christopher pela Prentice Hall (2010)
>>> Livro - Histórias a Quatro Patas de Alexandre de Castro Gomes pela Ftd (2010)
>>> Careta de Cazumba de Maria Mazzillo; Daniel Bitter; Gustavo Pacheco pela Caburé (2005)
>>> A Guerra Dos Tronos HQ - Volume I de George R. R. Martin pela Leya (2012)
>>> Palavras de Estrangeiro de Elie Wiesel pela Francisco Alves (1984)
>>> A Rainha do Castelo de Ar de Stieg Larsson pela Companhia das Letras (2009)
>>> Asteca de Gary Jennings pela Record (1980)
>>> Livro - Bom Dia Camaradas - Grande revelação da Literatura Angolana de Ondjaki; Kiko Farkas; Maquina Estudio pela Agir Sinergia (2006)
>>> O Caminho do Mago de Deepak Chopra pela Rocco (1998)
COLUNAS

Quarta-feira, 6/5/2020
O retalho, de Philippe Lançon
Wellington Machado

+ de 14600 Acessos

O escritor Paul Auster gosta de utilizar o acaso como fator determinante dos enredos de seus livros e filmes. Ele geralmente trabalha com hipóteses. Por exemplo: se um personagem tivesse se atrasado pra sair de casa num determinado dia, não teria sido atingido por uma marquise. Ou: se ele tivesse virado à esquerda – em vez de seguir em frente -, ou parado para verificar as horas, não teria sido morto em um acidente qualquer etc.

No filme Cortina de Fumaça (1995), escrito e dirigido por Auster, um escritor, ao folhear um álbum de fotografias feitas pelo dono de uma tabacaria, vê sua falecida esposa atravessando a rua exatamente no dia em que fora atingida por uma bala, num tiroteio numa das avenidas principais do Brooklyn. O escritor diz: se ela tivesse se demorado um pouco mais na fila do banco, não teria sido atingida pela bala.

Por obra de um desses acasos, o jornalista francês Philippe Lançon poderia ter tido sorte melhor. No dia 7 de janeiro de 2015, por volta das onze horas da manhã, ele se deparou entre duas possibilidades: ir ao jornal Libération, do qual era colunista cultural, escrever uma coluna sobre uma peça de Shakespeare que assistira no dia anterior; ou participar de uma reunião de pauta do semanário satírico Charlie Hebdo, para o qual escrevia um texto semanal. Escolheu a segunda opção.

Ao chegar no semanário, a reunião já havia começado. Philippe sentou-se ao lado de um amigo desenhista e discutia com ele sobre uma possível ilustração para um artigo que ele pretendia escrever sobre um livro de jazz. Um pacote de biscoitos rodava pela mesa quando dois terroristas invadiram a sala atirando em tudo e em todos, sob os gritos de “Alá, Alá!”.

Philippe Lançon foi atingido violentamente no queixo por uma bala de fuzil. Ele se ajoelhou diante das rajadas de balas e tombou no chão, em meio aos corpos que caíam ao seu lado. Ainda sem entender o que ocorria, ficou quieto, fingindo-se de morto. Só conseguiu ver as duas pernas de um dos terroristas saindo da sala. Ficou ali com o queixo dilacerado (sobrara apenas um bife pendurado), entre os corpos dos amigos e as poças de sangue até a chegada dos socorristas.

O livro O retalho, de Philippe Lançon, narra com riqueza de detalhes o atentado terrorista em Paris e o extenso período de reconstrução e recuperação da mandíbula do autor. Não se trata simplesmente de um livro de memórias, mas também de um livro-reportagem sobre terrorismo e o sistema de saúde francês. O autor narra sua recuperação de forma crua e isenta, sem apelos melodramáticos ou de autosuperação.

Foram 282 dias de internação em que Philippe passou por dois hospitais, por onze cirurgias e longas seções de fisioterapia. Ao ler o livro podemos notar a eficiência do sistema de saúde francês. A reconstrução do queixo de Lançon foi feita numa cirurgia plástica que consistiu em tirar parte do osso da perna (perônio) e implantá-la no rosto. Além de vários pedaços de tecidos moles que foram tirados da perna.

A narrativa de todo esse período de hospitalização é permeada de memórias da convivência de Lançon com seus pais e com o irmão. Para amenizar sua situação decrépita, Philippe lançou mão de personagens da literatura, artes plásticas e peças musicais. Kafka, Beethoven e Proust eram companhias diárias. Não raro, os momentos pré-operatórios eram preenchidos com sonatas de Beethoven, prelúdios de Chopin ou Debussy ou leituras de trechos de Em busca do tempo perdido ou A montanha mágica. Philippe Lançon fez várias amizades com enfermeiras e, principalmente, com sua cirurgiã plástica, com quem dividia seu drama e suas dúvidas existenciais. Tudo por obra do acaso.


Wellington Machado
Belo Horizonte, 6/5/2020


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Pra que mentir? Vadico, Noel e o samba de Renato Alessandro dos Santos
02. Por que HQ não é literatura? de Cassionei Niches Petry
03. A melhor Flip de Marta Barcellos
04. A escrita boxeur de Marcelo Mirisola de Jardel Dias Cavalcanti
05. Para que serve a poesia? de Ana Elisa Ribeiro


Mais Wellington Machado
Mais Acessadas de Wellington Machado
01. O poeta, a pedra e o caminho - 5/8/2015
02. A ilusão da alma, de Eduardo Giannetti - 31/8/2010
03. O retalho, de Philippe Lançon - 6/5/2020
04. Enquanto agonizo, de William Faulkner - 18/1/2010
05. As pedras de Estevão Azevedo - 10/10/2018


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Sagarana
Joao Guimaraes Rosa
Nova Fronteira
(2001)



Irmão Imaginário
Lorris Murail, Jean-noël Rochut
Scipione
(1995)



Zac Power - Ilha do Veneno / 1ª Ed
H. I. Larry
Fundamento
(2009)



Livro - Migalhas de Machado de Assis - de Bolso
Machado de Assis; Miguel Matos
Migalhas
(2008)



Os melhores poemas de amor da sabedoria religiosa de todos os tempos
org. José Jorge de Carvalho
ediouro
(2001)



Longa Jornada Noite Adentro
Eugene Oneill
Abril
(1982)



Onde Tudo Acontece
Giovanna Bartucci
civilização brasileira
(2013)



Livro - O Gigolô das Palavras
Luis Fernando Verissimo e Outros
L&pm Editores
(1993)



Livro - Beyonders - a World Without Heroes
Brandon Mull
Aladdin
(2011)



Pluralismo Religioso - as Religiões no Mundo Atual
Wagner Lopes Sanchez
Paulinas
(2005)





busca | avançada
62960 visitas/dia
2,0 milhão/mês