O retalho, de Philippe Lançon | Wellington Machado | Digestivo Cultural

busca | avançada
51146 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Evoluir celebra o mês das crianças com contação de história
>>> Editora H1 chega com proposta de modelo híbrido de apresentação de conteúdo
>>> CONCERTO OSESP MASP TEM NOVA APRESENTAÇÃO GRATUITA DIA 20 DE OUTUBRO
>>> 14ª Visões Urbanas tem Urbaninhas com quatro espetáculos para crianças
>>> Visões Urbanas permanece online em sua 14ª edição
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> Michael Dell on Play Nice But Win
>>> A história de José Galló
>>> Discoteca Básica por Ricardo Alexandre
>>> Marc Andreessen em 1995
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
>>> Uma história do Mosaic
>>> Uma história da Chilli Beans
>>> Depeche Mode no Kazagastão
>>> Uma história da Sambatech
>>> Uma história da Petz
Últimos Posts
>>> Mundo Brasil
>>> Anônimos
>>> Eu tu eles
>>> Brasileira muda paisagens de Veneza com exposição
>>> Os inocentes do crepúsculo
>>> Inação
>>> Fuga em concerto
>>> Unindo retalhos
>>> Gente sem direção
>>> Além do ontem
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O samba de Donga na Festa da Penha
>>> José Moutinho
>>> Palavra na Tela – Crítica
>>> Paternidade
>>> Soul Bossa Nova
>>> Walking Dead - O caminho dos mortos na cultura pop
>>> Anomailas, por Gauguin
>>> Público, massa e multidão
>>> Saints and Sinners
>>> Teledramaturgia ao vivo
Mais Recentes
>>> Fantasma Edição Histórica Nº22 de Lee Falk e Wilson McCoy pela Saber (1996)
>>> Fantasma Especial Nº31 de Lee Falk e Wilson McCoy pela Globo (1989)
>>> O segredo de Helena de Lucinda Riley pela Arqueiro (2018)
>>> Fantasma Nº20 de Lee Falk e Ray Moore pela Saber (1995)
>>> Fantasma Nº29 de Lee Falk e Wilson McCoy pela Globo (1991)
>>> A casa das orquídeas de Lucinda Riley pela Novo conceito (2012)
>>> Espiritismo Para Jovens: A história de Jesus e o livro dos espíritos para iniciantes da doutrina espírita de Eliseu Rigonatti pela Pensamento (2018)
>>> A Mente Educada de Kieran Egan pela Bertrand Brasil (2002)
>>> O Médico Quântico: Orientações De Um Físico Para A Saúde E A Cura de Dr. Amit Goswami pela Cultrix (2017)
>>> Olá, Consciência! Uma Viagem Pela Filosofia de Mendo Henriques; Nazaré Barros pela É Realizações (2015)
>>> Os botões de Napoleão: As 17 moléculas que mudaram a história de Penny Le Couteur; Jay Burreson pela Zahar (2006)
>>> O livro da sociologia de Diversos pela Globo (2016)
>>> Rápido e devagar de Daniel Kahneman pela Objetiva (2012)
>>> Alice no país do Quantum: A física quântica ao alcance de todos de Robert Gilmore pela Zahar (1998)
>>> O poder do subconsciente de Dr. Joseph Murphy pela Bestseller (2019)
>>> O Tao da Física: Uma Análise Dos Paralelos Entre A Física Moderna E Misticismo Oriental de Fritjof Capra pela Cultrix (2011)
>>> Ciência e Mito de Wolfgang Smith pela Vide Editorial (2014)
>>> Mãos de luz: Um guia para a cura através do campo de energia humano de Barbara Ann Brennan pela Pensamento (2018)
>>> História da pedagogia de Franco Cambi pela Unesp (2002)
>>> Dogma e ritual da alta magia de Eliphas Levi pela Madras (2018)
>>> Bruxas Celtas de Lady Mirian Black pela Icone (2014)
>>> O Caibalion: Edição Definitiva e Comentada de William Walker Atkinson pela Pensamento (2018)
>>> Resignificando: programação neurolingüística e a transformação do significado de Richard Bandler; John Grinder pela Summus (1986)
>>> Fantasma Edição Histórica Nº19 de Lee Falk e Wilson McCoy pela Saber (1995)
>>> O Enigma Quântico - Desvendando a Chave Oculta de Wolfgand Smith pela Vide Editorial (2011)
COLUNAS

Quarta-feira, 6/5/2020
O retalho, de Philippe Lançon
Wellington Machado

+ de 7300 Acessos

O escritor Paul Auster gosta de utilizar o acaso como fator determinante dos enredos de seus livros e filmes. Ele geralmente trabalha com hipóteses. Por exemplo: se um personagem tivesse se atrasado pra sair de casa num determinado dia, não teria sido atingido por uma marquise. Ou: se ele tivesse virado à esquerda – em vez de seguir em frente -, ou parado para verificar as horas, não teria sido morto em um acidente qualquer etc.

No filme Cortina de Fumaça (1995), escrito e dirigido por Auster, um escritor, ao folhear um álbum de fotografias feitas pelo dono de uma tabacaria, vê sua falecida esposa atravessando a rua exatamente no dia em que fora atingida por uma bala, num tiroteio numa das avenidas principais do Brooklyn. O escritor diz: se ela tivesse se demorado um pouco mais na fila do banco, não teria sido atingida pela bala.

Por obra de um desses acasos, o jornalista francês Philippe Lançon poderia ter tido sorte melhor. No dia 7 de janeiro de 2015, por volta das onze horas da manhã, ele se deparou entre duas possibilidades: ir ao jornal Libération, do qual era colunista cultural, escrever uma coluna sobre uma peça de Shakespeare que assistira no dia anterior; ou participar de uma reunião de pauta do semanário satírico Charlie Hebdo, para o qual escrevia um texto semanal. Escolheu a segunda opção.

Ao chegar no semanário, a reunião já havia começado. Philippe sentou-se ao lado de um amigo desenhista e discutia com ele sobre uma possível ilustração para um artigo que ele pretendia escrever sobre um livro de jazz. Um pacote de biscoitos rodava pela mesa quando dois terroristas invadiram a sala atirando em tudo e em todos, sob os gritos de “Alá, Alá!”.

Philippe Lançon foi atingido violentamente no queixo por uma bala de fuzil. Ele se ajoelhou diante das rajadas de balas e tombou no chão, em meio aos corpos que caíam ao seu lado. Ainda sem entender o que ocorria, ficou quieto, fingindo-se de morto. Só conseguiu ver as duas pernas de um dos terroristas saindo da sala. Ficou ali com o queixo dilacerado (sobrara apenas um bife pendurado), entre os corpos dos amigos e as poças de sangue até a chegada dos socorristas.

O livro O retalho, de Philippe Lançon, narra com riqueza de detalhes o atentado terrorista em Paris e o extenso período de reconstrução e recuperação da mandíbula do autor. Não se trata simplesmente de um livro de memórias, mas também de um livro-reportagem sobre terrorismo e o sistema de saúde francês. O autor narra sua recuperação de forma crua e isenta, sem apelos melodramáticos ou de autosuperação.

Foram 282 dias de internação em que Philippe passou por dois hospitais, por onze cirurgias e longas seções de fisioterapia. Ao ler o livro podemos notar a eficiência do sistema de saúde francês. A reconstrução do queixo de Lançon foi feita numa cirurgia plástica que consistiu em tirar parte do osso da perna (perônio) e implantá-la no rosto. Além de vários pedaços de tecidos moles que foram tirados da perna.

A narrativa de todo esse período de hospitalização é permeada de memórias da convivência de Lançon com seus pais e com o irmão. Para amenizar sua situação decrépita, Philippe lançou mão de personagens da literatura, artes plásticas e peças musicais. Kafka, Beethoven e Proust eram companhias diárias. Não raro, os momentos pré-operatórios eram preenchidos com sonatas de Beethoven, prelúdios de Chopin ou Debussy ou leituras de trechos de Em busca do tempo perdido ou A montanha mágica. Philippe Lançon fez várias amizades com enfermeiras e, principalmente, com sua cirurgiã plástica, com quem dividia seu drama e suas dúvidas existenciais. Tudo por obra do acaso.


Wellington Machado
Belo Horizonte, 6/5/2020


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Um antigo romance de inverno de Elisa Andrade Buzzo
02. Alma indígena minha de Elisa Andrade Buzzo
03. Notas confessionais de um angustiado (II) de Cassionei Niches Petry
04. Momento ideal & conciliação de Ana Elisa Ribeiro
05. Meio Sol Amarelo de Guilherme Carvalhal


Mais Wellington Machado
Mais Acessadas de Wellington Machado
01. O poeta, a pedra e o caminho - 5/8/2015
02. A ilusão da alma, de Eduardo Giannetti - 31/8/2010
03. Enquanto agonizo, de William Faulkner - 18/1/2010
04. As pedras de Estevão Azevedo - 10/10/2018
05. Meu cinema em 2010 ― 1/2 - 28/12/2010


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Na Rua do Sabão
Manuel Bandeira
Global
(2014)



Aventuras e Receitas de Lígia Azevedo
Lígia Azevedo
Best Seller
(2011)



Criatividade Progresso e Potencial
Calvin W. Taylor
Ibrasa
(1976)



Saúde Integral Com Medicina Ayurvédica - 1ª Edição
Dr. Frank John Ninivaggi
Pensamento
(2015)



Os Guerreiros do Tempo
Giselda Laporta Nicolelis
Moderna
(1995)



Zul - o Avesso e o Direito do Ser Humano
Anna Sharp
Rai
(2010)



Exportação: Aspectos Práticos e Operacionais
José Augusto de Castro
Aduaneiras
(1998)



Loucura do Livre Mercado
Peter A. Ubel
Civilização Brasileira
(2014)



Conspiração Contra o Álcool
Jaime Rotstein
José Olympio
(1985)



O Caminho da Rosa-cruz nos Dias Atuais
Pentagrama
Pentagrama
(2016)





busca | avançada
51146 visitas/dia
1,8 milhão/mês