Sábios conselhos aos mais jovens | Vicente Tardin | Digestivo Cultural

busca | avançada
50039 visitas/dia
1,2 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Segunda-feira, 13/5/2002
Sábios conselhos aos mais jovens
Vicente Tardin

+ de 1700 Acessos

Que dicas os mais experientes dariam para os que estão chegando agora na internet? A pergunta foi feita a muitos profissionais, de variados perfis, e algumas respostas podem ser úteis a todo mundo.

De todas as listas de discussão que acompanho, gosto mais da Radinho de Pilha, organizada pelo René de Paula Jr. Tem um pessoal mais ligado a agências e produtoras que sabe muito e lá aparecem também muitos dos nossos amigos aqui do Webinsider, como o Michel, o Fernand, o Oggh, o Fábio Fernandes, Cavallini, Leonardo e Kujawski. Os assuntos variam bastante e sempre há uma surpresa, além de observações femininas, com a visão que às vezes falta nesse mundo um pouco nerd e masculino.

Tudo isso para dizer que o René de vez em quando lança um questão para animar o debate e render idéias interessantes. No dia 1º de abril ele colocou uma pergunta no ar: Se cada um de nós pudesse dar dicas para iniciantes no nosso métier, quais seriam? As respostas mereceram uma compilação. O conjunto completo pode ser visto no site Usina.com. A seguir, um resumo algumas opiniões, a seqüência completa você pode ver lá...

Rene de Paula Jr
1. Antes de pôr a mão na massa, mapeie, esquematize, desenhe.
2. Nada é mais importante do que funcionalidade.
3. Se o usuário não entender, a culpa é de quem fez.

Ricardo Cavallini
1. Não acredite em tudo o que você lê em listas ou sites que dão dicas.

Gustavo Cerochi
1. Concentre-se no negócio e procure saber como a web pode ajudar, se puder.
2. Saiba pelo menos o mínimo de sistemas, infra-estrutura. Sem isso nada na web é verdade.
3. Faça a coisa simples.

Marcelo Godoy
1. Aprenda html básico (válido para atendimentos).
2. Leia revistas de tecnologia de publicidade e de economia, tenha insights sozinho, tente sentir para onde estamos indo.
3. Seja realista. Procure somente se envolver com projetos de fácil entendimento e que visem lucro para seu cliente ou para você. Não esqueça: tempo é dinheiro e alguém no final, vai ter que pagar a conta.

Natalia Yudenitsch
1. Antes de criar serviços e produtos mirabolantes, responda honestamente: - o que facilitaria a vida do seu consumidor-alvo a tal ponto que ele pagaria de bom grado para ter sempre?
2. Na hora de desenvolver um site/projeto/business internético pergunte obsessivamente: para que vamos colocar essas features exatamente? Qual o objetivo desse e daquele detalhe? Por que temos que fazer desse jeito?
3. Teste tudo várias vezes, mas com pessoas da vida real. E nunca acredite que você é um "usuário (arght, a palavrinha de novo) típico";

Oggh
1. Não execute, pense.
2. Não ache, estude.
3. Carpe diem.

Marcelo Siqueira
1. Você está fazendo hoje a web de amanhã.
2. Pense como seu trabalho será em relação ao futuro.
3. O usuário é leigo mas não é idiota.
4. Dados demoram a ser transmitidos pela web.

TheSoulSurfer at Thunder
1. Se você tiver que optar entre duas idéias, sempre fique com a mais simples.
2. Explique a sua idéia para uma criança, se ela entender, provavelmente seu cliente também vai.
3. Comunicação não é o que você fala, mas o que o outro entende.

Leonardo Oliveira
1. Evite modelos consagrados.
2. Foco primeiro no 'para que fazer', não no 'como fazer'.
3. Útil e simples (necessariamente nesta ordem)

Michel Lent Schwartzman
1. Não saberia botar três regrinhas douradas que já não tenham sido ditas, mas tem uma citação de uma resposta de pesquisas sobre uso da internet, que para mim diz tudo. Quando perguntado se navegava na internet, o pesquisado respondeu: "Navegar na internet? Naaa. Navego não. Só uso a internet pra ir ao banco, e-mails e ler as notícias". O que está errado não é a internet, mas a imagem que fizemos dela. Mea culpa. Mea culpa geral. Agora é questão de desconstruir e fazer tudo de novo. Certo.

Jota
1. Business Plan.
2. Foco no usuário (Arquitetura de Info, Design, Usabilidade, etc.).
3. I want my money back...

Anita Schlosser
1. A partir do objetivo claro do projeto, pegue referências com o cliente que te contratou.
2. Nada facilita mais o andamento do trabalho do que a parceria do cliente; Se ele se sentir parte importante do projeto de arquitetura/navegação e design do site, isso não desmerece em nada o seu trabalho, só facilita. Aliás, ele deve conhecer melhor o cliente dele, que é para quem você está criando, do que você.
3. Não use um projeto comprado como base de teste de alguma nova tecnologia, por mais sensacional que ela seja. Hoje as tecnologias são mais simples do que ontem? Existem mais pessoas com Flash instalado e com browsers mais avançados, mas não deixe de ter aqueles dois dias de crash test antes da entrega. Performance é metade do segredo.
4. Caso o seu projeto não seja promocional, crie pensando que aquilo deverá ser adaptável a ampliações de conteúdo e alterações de prioridades. O comportamento dos internautas surpreende, clientes lançam produtos e isso altera a estrutura dos bons projetos.
4. Não se esqueça de "detalhes" como: onde o projeto vai ser hospedado? Como e quando vai ser promovido? Como os acessos serão medidos? Sempre, sempre, combine antes!

Alfredo Reikdal
1. É importante não olhar para o próprio umbigo, atividade típica dos publicitários.
2. Não acreditar que a web é o futuro, pois estamos hoje construindo o futuro.
3. Desvincular a web de um terminal de computador.

Alexandre - AlexJ
1. Escute quem já está no mercado há mais tempo. E aprenda com as experiências dos outros, principalmente se em áreas relacionadas e não diretamente em web (publicidade, comunicação, cinema, etc.).
2. Busque referências, leia, estude. Vá ao cinema, veja fotos em papel.
3. Internet não é emulador de mundo. A web é só o meio, as relações humanas, a troca de informações, os sentimentos, a vida, são tão reais aqui quanto 'lá fora'. (essa eu descaradamente roubei do blog da Ale Picoli, redatora da Salles).

Luana Azeredo
2. Pense na internet como uma forma de se relacionar com os usuários e público alvo da marca em questão.
3. Ouça o usuário, atenda o usuário, dê respaldos no mundo offline.

Adriano Saran
1. Entenda muito do negócio do cliente para poder direcionar o lado criativo.
2. Faça sempre um benchmarking da concorrência, avaliando as brechas deixadas por eles e proponha visualmente algo superior, envolvendo design e usabilidade.

Miguel Genovese
1. Uma boa idéia vale mais do que mil tecnologias.
2. Uma boa idéia sem planejamento não vale nada.
3. Uma boa idéia sem divulgação é entregar o ouro para os bandidos.

Ricardo Castelo
1. Para que serve mesmo isso? Mantenha o foco, o objetivo. Não se preocupe se vai ser um site, um CD-ROM ou uma aplicação WAP, pense na funcionalidade. Se vai ser em Java, C++ ou em TXT, isso é para depois. Se o digital estiver mais confuso do que como é feito anteriormente no papel, refaça!
2. Inove, mas com bom senso. A "coisa digital" não está formatada, tem muito campo para "alucinar", mas não precisa usar todas as tecnologias e plug-ins do momento. O usuário só tolera se o conteúdo for sensacional. Só use a tecnologia da moda se for mesmo necessário.
3. Conteste e teste. Nem sempre o cliente tem razão. Mesmo que ele insista, pense primeiro em quem vai usar o que você está desenvolvendo. Afinal, ele te contrata para isso, né não?
4. E outra: não vale testar internamente o que você faz. Você não é "parâmetro de usuário" para nada que cria.

Mr. White
1, Na internet boas idéias, com certeza, valem menos que o salário que você ganha.

Luiz Telles (luigi)
1. Descubra o seu talento, a sua historia, a sua competência. Isso vai fazer você desenvolver um design, um trabalho que tenha a sua cara.
2. Descubra a melhor maneira de se alimentar de informação. O melhor canal. E se alimente constantemente. Tudo muda muito rápido nesse mercado.
3. Tenha um diário de imagens. Um caderno onde você possa colocar as coisas que importam para você. Isso vai compor o seu repertório, que, junto com a sua história, vai te dar personalidade na hora de executar seus projetos.

Nota do Editor
Vicente Tardin é editor do Webinsider, onde este texto foi originalmente publicado.


Vicente Tardin
Rio de Janeiro, 13/5/2002


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Notas confessionais de um angustiado (IV) de Cassionei Niches Petry
02. A coerência de Mauricio Macri de Celso A. Uequed Pitol
03. Apresentação: Ficção e Sociedade de Heloisa Pait
04. Leblon de Marta Barcellos
05. É o Fim Do Caminho. de Marilia Mota Silva


Mais Vicente Tardin
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




FÁMILIA EDUCAÇÃO E SOCIEDADE
FRANK MUSGROVE
RÉS
R$ 27,91



A LINGUAGEM CORPORAL DA CRIANÇA
SAMY MOLCHO
GENTE
(2007)
R$ 18,00



MANTENHA-SE EM FORMA COM IOGA
LYN MARSHALL
CULTRIX
(1980)
R$ 7,90



DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS PARA GERENTES DE PROJETOS
MÁRCIO RODRIGUES ZENKER
ELSEVIER
(2014)
R$ 55,00



112 INVOCAÇÕES DA VIRGEM MARIA NO BRASIL
NILZA BOTELHO MEGALE
VOZES
(1986)
R$ 100,00



SUAVE É A NOITE - COLEÇÃO IMORTAIS DA LITERATURA UNIVERSAL
FITZGERLD
NOVA CULTURAL
(1995)
R$ 15,00



PUNIBILIDADE NO SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL
FAUSTO MARTIN DE SANCTIS
MILLENIUM
(2003)
R$ 60,00



DEP – DIPLOMACIA ESTRATÉGIA POLÍTICA - NÚMERO 9
CARLOS HENRIQUE CARDIM
MRE / FUNAG
(2009)
R$ 14,00



OS DOIS APOSTOLOS
JOÃO PERNETTA
PLACIDO E SILVA
(1928)
R$ 100,00



AMOR, FELICIDADE & CIA
IÇAMI TIBA
GENTE
(1998)
R$ 4,00





busca | avançada
50039 visitas/dia
1,2 milhão/mês