Comentários de Milton Laene Araujo | Digestivo Cultural

busca | avançada
69289 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Festival Som na Faixa apresenta edição online com atrações da música instrumental
>>> Leituras Urbanas começa novo ciclo literário
>>> Unil oferece abordagem diferenciada da gramática a preparadores e revisores de texto
>>> Conversas no MAB com Sergio Vidal e Ana Paula Lopes
>>> Escola francesa de Design, Artes e Comunicação Visual inaugura campus em São Paulo
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Aos nossos olhos (e aos de Ernesto)
>>> Carol Sanches, poesia na ratoeira do mundo
>>> O fim dos livros físicos?
>>> A sujeira embaixo do tapete
>>> Moro no Morumbi, mas voto em Moema
>>> É breve a rosa alvorada
>>> Alameda de água e lava
>>> Entrevista: o músico-compositor Livio Tragtenberg
>>> Cabelo, cabeleira
>>> A redoma de vidro de Sylvia Plath
Colunistas
Últimos Posts
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
>>> Chico Buarque em bate-papo com o MPB4
Últimos Posts
>>> O poder da história
>>> Caraminholas
>>> ETC. E TAL
>>> Acalanto para a alma
>>> Desde que o mundo é mundo
>>> O velho suborno
>>> Normal!
>>> Os bons companheiros, 30 anos
>>> Briga de foice no escuro
>>> Alma nua
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Asia de volta ao mapa
>>> Minicursos na PUC Minas
>>> 7 de Setembro
>>> Dublinenses
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> A Lógica do Cisne Negro, de Nassim Nicholas Taleb
>>> Villa-Lobos tinha dias de tirano
>>> Abbas Kiarostami: o cineasta do nada e do tudo
>>> White Blues Boys
>>> 21º de Mozart: Pollini e Muti
Mais Recentes
>>> Livro de Uma Sogra – Obra Completa Nº 5 de Aluísio Azevedo pela Waldré (1982)
>>> O Mulato de Aluísio Azevedo pela Ática (1992)
>>> Os Lusíadas de Luís de Camões pela Abril (1979)
>>> Os Trabalhadores do Mar de Victor Hugo pela Abril (1979)
>>> Decamerão (2 volumes) de Giovanni Boccaccio pela Abril (1981)
>>> Relações entre a Igreja e o Estado de Rafael Llano Cifuentes pela José Olympio (1989)
>>> A Interpretação do Homem de Renato Kehl pela Francisco Alves (1951)
>>> Envelheça Sorrindo de Renato Kehl pela Francisco Alves (1949)
>>> O Milagre de Lourdes de Ruth Cranston pela Melhoramentos (1955)
>>> Diário de um pároco de aldeia de Georges Bernanos pela Agir (1964)
>>> A Doutrina Social da Igreja de G. C. Rutten, O. P. pela Agir (1947)
>>> Maria e o Evangelho de Jean Galot pela Aster (1961)
>>> O que sobrou do paraíso? de Jean Delumeau pela Companhia das letras (2003)
>>> Senhores de engenho, judeus em Pernambuco colonial 1542-1654 de José Alexandre Ribemboim pela 20-20 Comunicação (2002)
>>> Os magnatas do tráfico negreiro de José Gonçalves Salvador pela Pioneira, Edusp (1981)
>>> A comunidade judaico-cristã de Mateus de Anthony J. Saldarini pela Paulinas (2000)
>>> A Formação da Terra - Biblioteca Salvat de Grandes Temas de Vários Colaboradores pela Salvat (1979)
>>> As origens do Novo Testamento de C. F. D. Moule pela Paulinas (1979)
>>> Mártires do coliseu romano de Emma Leslie pela Aeebar (1984)
>>> Filosofia para entender teologia de Diogenes Allen e Eric Springsted pela Paulus, Academia cristã (2011)
>>> Nigella Bites de Nigella Lawson pela Ediouro (2019)
>>> Minidicionário da Língua Portuguesa de Francisco da Silveira Bueno pela FTD (1996)
>>> Desenho Técnico de Thomas E. French pela Globo (1958)
>>> Métodos de Ensaios nas Indústrias de Celulose e Papel de Alfred Halward e Outro pela Brusco
>>> Minha Vida na Estrada de Gloria Steinem pela Bertrand Brasil (2017)
>>> Quantitative Analysis de V. Alexeyer pela Mir
>>> Pulp Technology and Treatment For Paper de James d'A. Clark pela Miller Freeman (1978)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 47 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 46 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 43 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 41 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 40 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 39 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 38 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> Cinco Minutos e a Viuvinha de José de Alencar pela Ciranda Cultural / W. Bucb (2009)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 37 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 36 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 35 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 34 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> Fim de Fernanda Torres pela Companhia das Letras (2013)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 33 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 32 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 31 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> Cinco Minutos e a Viuvinha de José de Alencar pela Ática (2002)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 30 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 29 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> Cardiologia Baseada em Relatos de Casos de Carlos V. Serrano Jr.; Flávio Tarasoutchi; Outros pela Manole (2006)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 28 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 27 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 26 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
COMENTÁRIOS >>> Comentadores

Domingo, 8/4/2012
Comentários
Milton Laene Araujo


O filme, Meia Noite em Pari...
O filme, Meia Noite em Paris, acredito ser um dos melhores filmes eu vi em minha vida. Ele me fez pensar em minha falta de conhecimento geral sobre obras de arte, livros, autores, e a vida nos anos 20, pos guerra, sem televisao e sem armas de destruicao em massa, etc. Me fez ter vontade de ler mais sobre isso. Otimo Texto Julio Daio.

[Sobre "Meia Noite em Paris, de Woody Allen"]

por Milton Laene Araujo
http://miltonlaenearaujo.blogspot.com
8/4/2012 às
17h46 99.109.15.68
 
Mino Carta poderia observar...
Mino Carta poderia observar estes pontos. Nesta Copa as cidades vao estar preparadas para receber o mundo. Porem, e importante deixar claro que todos os paises virao visitar. E importante que o povao Brasileiro neste dia, tire o tempo pra ficar em casa e ver os jogos pela TV. Claro que muitos Brasileiros vao participar e ver ao vivo, mas devem entender que estamos recebendo visitas, e que e imperativo que elas tenham seu proprio espaco. Se assim fizerem, nao havera problemas com policiamento, pois o povao nao estara nas ruas, como se fosse um dia de feira. Se for dado feriado a cidade que vai apresentar o jogo, havera espaco para os turistas. Um bom anfitriao como o Brasil, nao deve se preocupar com isso. Ja sobre o time, e bom que outros tenham a oportunidade de obter o trofeu. Imagine se Franca ou Italia ganha o trofeu aqui - No futuro os Italianos e Franceses virao visitar o Brasil com mais frequencia, como turistas, passando pelas cidades aonde eles ganharam, e assim por diante.

[Sobre "Mino Carta sobre a Copa 2014"]

por Milton Laene Araujo
http://miltonlaenearaujo.blogspot.com
8/4/2012 às
15h36 99.109.15.68
 
Paz e felicidade: não existe
Obama está sendo o presidente Carter no seu segundo termo que nunca existiu. Infelizmente, não haverá mudancas. Sempre haverá guerras - e a palavra paz é sinonimo de felicidade, pois ambas não existem na prática.

[Sobre "Discurso de Obama no Nobel"]

por Milton Laene Araujo
http://www.ibt-eft.com
24/12/2009 às
15h29 72.151.231.138
 
Estamos nos adaptando
O jornal vai se mudar para a internet, mas não vai acabar por completo. Haverá uma grande redução de empresas, mas algumas sobreviverão para sempre. Basta ter jornais para cada bairro, com notícias (em vez de opiniões). Acho que levará mais uns 20 anos até que no Brasil todos tenham acesso a internet. Veja que tem áreas que só agora estão recebendo energia elétrica. Estamos em fase de adaptação.

[Sobre "Verdades e mentiras sobre o fim dos jornais"]

por Milton Laene Araujo
http://www.ibt-eft.com
18/7/2009 às
16h21 74.229.32.206
 
Digestivo: gostoso e nutritivo
Mais uma vez encontrei aqui algo bom pra ler. Na verdade, encontro sempre que entro nesta site. O problema está em achar tempo pra ler as coisas gostosas daqui. Coisas que não perderam o sabor, como as bolachas mencionadas por Elisa. E falando em biscoitos e tal, está sendo descoberto que a farinha de trigo, essa que a gente gosta e come em quase tudo, não tem o valor nutritivo que herdou. Além de não ter valor alimentício alto, usamos uma quantidade grande de enzimas pra podermos digerir. Hoje os cientistas do ramo estudam os produtos de uma forma mais Deoxyribonucleic acid, e aprendemos os valores que cada alimento tem para a nossa saúde. Claro, neste meio tempo aparecem doenças que nunca existiram antes. Acho que as bolachas que gostamos somente poderão ser feitas em casa. As indústrias, por fazerem pra uma grande população, estão sendo escrutinadas em tudo. Assim, quando se decide que o açúcar faz mal, ele desaparece ou é substituído - e assim vamos levando. Adorei o seu texto.

[Sobre "Da indústria do sabor e do desgosto"]

por Milton Laene Araujo
http://www.ibt-eft.com
3/10/2008 às
18h26 74.229.32.206
 
Investir e Investimentos
Gostei da entrevista, Julio, e, como sempre, voce supera as expectativas.

[Sobre "Gustavo Cerbasi"]

por Milton Laene Araujo
http://www.ibt-eft.com
28/4/2008 às
17h09 74.229.32.206
 
Escrever versus Fazer
Magnífica a sua descrição. Parabéns! Quando observamos a frase dita por Ernesto Sabato ("a literatura não é um passatempo nem uma evasão, mas uma maneira - talvez a mais completa e profunda - de examinar a condição humana"), ele está totalmente certo; e cabe lembrar que a contribuição da mulher, e também das minorias, para a literatura já pode ser observada. Escrever sobre uma coisa é mais fácil do que aplicá-la, e a aplicação de um princípio literário é particularmente difícil quando o corpo da literatura está constante e rapidamente engrandecendo.

[Sobre "Onde os fracos têm vez"]

por Milton Laene Araujo
http://www.ibt-eft.com
10/4/2008 às
12h14 189.61.206.230
 
É ler e passar pra frente
Sim, é difícil se desfazer de livros. Mas assim que você toma uma atitude de doar, você acaba nunca mais mantendo livros em casa, e isso é a melhor coisa do mundo. Livro é bom pra ler e passar pra frente. Se for livro de mesa de café da sala, aí pode ficar lá por algum tempo, mas romances, livros de escola, isso tudo deve ser passado pra frente rapidamente. Eu não tenho nenhum livro que li. Somente tenho os que não pude ler. Defendo a idéia de que devemos passar pra frente os livros que temos. Logo tudo estará na net, e os menos provilegiados merecem os livros agora. Doem. Façam como a autora!

[Sobre "Confissões de uma doadora de órgãos"]

por Milton Laene Araujo
http://www.ibt-eft.com
27/3/2008 às
23h58 74.229.32.206
 
A pluraridade religiosa
Ha muito tempo nao lia algo tão bom. Gostei da sua forma de se expressar. Tenho conhecido ateus que se reúnem, e formam grupos tais quais os grupos religiosos. Lá eles discutem a não existência de um ser superior, porém só em discutir eles estão criando algo que não acreditam que exista. Acho todas as religiões importantes e necessárias na educação de um povo mais civilizado. É até fácil decidir que não acreditamos em nada, e achar que se Deus existisse não deixaria morrermos de fome, porém o homem domina a Terra, e cria leis todos os dias para poder ter uma Terra onde todos tenham limites naquilo que podem fazer. Estamos num processo de adaptação da nossa existência, e precisamos aceitar todas as religiões. Um dia, tudo será unificado, mas ainda estamos longe deste dia. Cada um deve seguir sua própria religião.

[Sobre "Autobiografia teológica"]

por Milton Laene Araujo
http://www.ibt-eft.com
19/3/2008 às
22h17 74.229.32.206
 
Sobre chicletes...
Eu acho que mascar chicletes é uma das coisas mais sexys em uma pessoa. Na verdade, não conheco ninguem que não masque, e quando converso com alguém que está mascando, acho bonito ver os dentes brancos e brilhantes, enquanto aquela goma de mascar vai de um lado pro outro dentro da boca. Ao mesmo tempo, imagino que o chiclete ajuda a limpar a gengiva e massageá-la de uma forma sadia e tambem nutritiva, pois evita a criação de bactérias. Quando eu era pequeno uma professora mencionou na classe que os atores de TV mascavam chicletes enquanto atuavam, e eu nao acreditei. Hoje sei que as pessoas que se acostumaram a mascar chicletes, aprenderam a cantar, falar e até atuar com a goma na boca sem que ninguém perceba. Ja aqueles que fazem bolas não são profissionais. Aí está a diferenca, eu acho!

[Sobre "Chicletes"]

por Milton Laene Araujo
http://www.ibt-eft.com
7/10/2007 às
15h50 74.229.32.206
 
Ignorância é uma virtude
Quando nos consideramos ignorantes, abrimos a porta para o conhecimento. Ser ignorante é uma virtude, pois não fomos informados de alguma coisa e aceitamos o fato como novo. Já aqueles que não se abrem para o conhecimento, ou recusam aprender aquilo que pode ser aprendido, chamamos de estúpidos. Ser ignorante é bom somente quando a gente se considera a si próprio. Já quando apontamos alguém como ignorante, estamos tentando medir o conhecimento de alguém baseado na nossa ignorância. O grande inimigo da ignorância são os ouvidos. Devemos estar atentos pra ouvir aos outros e realmente escutar o que eles nos dizem, e não praticar a resposta enquanto se ouve. As pessoas que se apresentam como donas da verdade praticam a ignorância e nem sabem. Resumindo, ser ignorante significa não ter sido informado. Praticar a ignorância significa ter uma opinião formada sobre algo que ainda está se desenvolvendo, e ser estúpido significa nao querer aprender, e se achar sábio no assunto.

[Sobre "Notas de um ignorante"]

por Milton Laene Araujo
http://www.ibt-eft.com
7/10/2007 às
15h40 74.229.32.206
 
Congratulations, Ana Elisa
Ana Elisa Ribeiro, que texto gostoso de se ler, menina. Que forma gostosa voce tem de repartir conhecimentos, e ao mesmo tempo nos colocar a pensar no que se sucedeu. Nao tenho nada a acrescentar ao seu texto, e por isso estou escrevendo. Para poder parabeniza'-la pela sua coluna.

[Sobre "Ler em voz alta"]

por Milton Laene Araujo
8/7/2007 à
00h13 70.149.13.133
 
Adorei o seu texto, Veronica
Voce sabe expressar o que vivemos em nossa imaginacao. Em relacao 'a leitura, eu acho que os melhores livros sao aqueles que acordam nosso espirito em busca ao crescimento. Isso e' sentido atraves da leitura, e assim as portas se abrem. Porem, cada um tem a sua hora, ou seja, cada um vai encontrar o blog ou livro que mais lhe agrada naquela fase da vida. Eu adoro este web site, e acho que estacionarei por aqui! Hugs, Milton

[Sobre "Publique, mas não seja estúpido"]

por Milton Laene Araujo
3/7/2007 às
19h56 65.11.202.208
 
por uma faculdade de sexo
Bem elaborado e nada cansativo o seu texto Marcelo. Me parece que o mundo inteiro esta vivendo uma fase sexual que esta' levando o milenio inteiro. Estao ate' abusando deste tema em tudo, e a mensagem para os adolescentes e' mais distorcida do que o cerebro pode decifrar... Eles se engajam em relacoes indiscriminadas antes de saberem as consequencias. Sim, e' necessario uma faculdade de sexologia, mas com uma literatura mais ligada 'a realidade de que nao existe vida sexual plena com um so' parceiro. A mulher vai acabar com esta fase quando ela se liberar de casamentos e compromissos deixados pelos antecedentes. Infelizmente os casamentos nao duram mais devido 'as expectativas serem de uma vida sexual plena, mas a realidade e' que ela acaba um dia para os dois. Sabendo isso de antemao, os parceiros entao nao criariam expectativas de que deveria durar para sempre. Outras medidas seriam tomadas, e uma verdade absoluta perduraria na vida de todos. Todos cresceriam, mas nao ao redor do sexo.

[Sobre "Erotismo, sensualidade e literatura"]

por Milton Laene Araujo
http://www.ibt-eft.com
22/6/2007 às
18h14 72.153.154.30
 
Ser gay é barra, eu sei bem
O segredo dos gays esta na sinceridade usada com os amigos em geral. Depois de ter sofrido discriminacao por todos os lados, os gays aprenderam a ser mais gente, e assim acabam atraindo todo mundo. Nao digo somente as mulheres, mas os familiares em geral. O problema esta' em ser aceito uma vez. Depois disso, tudo fica mais facil. Nao queria que o mundo experimentasse a sinceridade somente depois de ser discriminado e nao aceito, mas esta e' a realidade da vida. Nem mesmo a cinematografia tem aceitado os gays como gente, pois esconderam os gays dos filmes a vida toda. Este tipo de discriminacao criou uma camada da populacao mais sensivel, mais honesta e mais pura em relacao a muitas coisas, e com isso as amizades sao mais cultivadas em torno da verdade, e nao em torno da rivalidade. Digo isso porque sou gay, e apesar de nao ser decorador nem cabelereiro, sei dar meus honestos palpites em tudo. Nao sou flamboyant, apenas sexualmente sou diferente do resto, e isso me fez mudar num todo.

[Sobre "O rival"]

por Milton Laene Araujo
http://www.ibt-eft.com
14/6/2007 às
10h13 72.153.29.131
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




ESAÚ E JACÓ
MACHADO DE ASSIS
ÁTICA
(2003)
R$ 10,00
+ frete grátis



PEDAGOGIA DA AUTONOMIA: SABERES NECESSÁRIOS A PRÁTICA EDUCATIVA
PAULO FREIRE
PAZ E TERRA
(2016)
R$ 29,95



CORPOS QUE IMPORTAM: OS LIMITES DISCURSIVOS DO "SEXO"
JUDITH BUTLER
N-1 EDIÇÕES
(2019)
R$ 90,00



SUSTENTABILIDADE DO DESENVOLVIMENTO : FUNDAMENTOS... - 2ª EDIÇÃO
ENOQUE GOMES CAVALCANTE
PRODEMA/UFPE
(1998)
R$ 17,00



O ESCRAVISMO NO BRASIL
MÁRIO MAESTRI
ATUAL
(2015)
R$ 44,00



CISNE
ELEONOR HERTZOG
MUNDO UNO
(2014)
R$ 20,00



VIAGENS ESPACIAIS - A CONQUISTA DO CÉU
COLEÇÃO DE OLHO NO MUNDO - RECR
ABRIL
(2000)
R$ 5,00



VICENTE DO REGO MONTEIRO - COLEÇÃO GRANDES PINTORES BRASILEIROS - 15
GÊNESE ANDRADE
FOLHA DE S. PAULO
(2013)
R$ 18,70



SUPER INTERESSANTE SACRIFICIO HUMANO Nº 150
VÁRIOS AUTORES
ABRIL
(2000)
R$ 5,99



AMOR PAIXÃO AMIZADE: RELAÇÕES AFETIVAS NA ADOLESCÊNCIA
MARIA HELENA PIRES MARTINS
MODERNA
(2011)
R$ 16,00





busca | avançada
69289 visitas/dia
2,0 milhão/mês