Comentários de Marcelo Miranda | Digestivo Cultural

busca | avançada
63898 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Documentário inédito sobre Luis Fernando Verissimo estreia em 2 de maio nos cinemas
>>> 3ª Bienal Black abre dia 27 de Abril no Espaço Cultural Correios em Niterói (RJ)
>>> XV Festival de Cinema da Fronteira divulga programação
>>> Yassir Chediak no Sesc Carmo
>>> O CIEE lança a página Minha história com o CIEE
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O Big Brother e a legião de Trumans
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
>>> Sim, Thomas Bernhard
Colunistas
Últimos Posts
>>> Glenn Greenwald sobre a censura no Brasil de hoje
>>> Fernando Schüler sobre o crime de opinião
>>> Folha:'Censura promovida por Moraes tem de acabar'
>>> Pondé sobre o crime de opinião no Brasil de hoje
>>> Uma nova forma de Macarthismo?
>>> Metallica homenageando Elton John
>>> Fernando Schüler sobre a liberdade de expressão
>>> Confissões de uma jovem leitora
>>> Ray Kurzweil sobre a singularidade (2024)
>>> O robô da Figure e da OpenAI
Últimos Posts
>>> AUSÊNCIA
>>> Mestres do ar, a esperança nos céus da II Guerra
>>> O Mal necessário
>>> Guerra. Estupidez e desvario.
>>> Calourada
>>> Apagão
>>> Napoleão, de Ridley de Scott: nem todo poder basta
>>> Sem noção
>>> Ícaro e Satã
>>> Ser ou parecer
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O Conselheiro também come (e bebe)
>>> Diploma ou não diploma... não é esta a questão
>>> Minha casa, sua casa
>>> Linger by IMY2
>>> A hora certa para ser mãe
>>> Cenas de abril
>>> Por que 1984 não foi como 1984
>>> A dicotomia do pop erudito português
>>> Coisas nossas
>>> Caso Richthofen: uma história de amor
Mais Recentes
>>> 1000 Lugares Para Conhecer Antes De Morrer de Patricia Schultz pela Sextante (2006)
>>> De Onde Vêm As Palavras; Frases E Curiosidades Da Língua Portuguesa de Deonísio Da Silva pela Mandarim, São Paulo (1997)
>>> Philosophia de João Braz - Ironias, zangas e desdens de um sujeito que tem visto mundo 1892-1895 de Silva Pinto pela Antonio maria pereira (1895)
>>> Livro Conexões. Superinteressante de De Freud ao Android e outras pela Abril (2016)
>>> Reminiscencias de Viagens de um Medico de Henrique Guedes de Mello pela Jornal do Commercio (1934)
>>> O Mysterio da Estrada de Cintra de Ramalho ortigão e Eça de Queiroz pela Domingos dos Santos (1878)
>>> Password English Dictionary For Speakers Of Portuguese de Martins Fontes pela Luso Brazilian Books (2001)
>>> Copywriting. Palavras Que Vendem Milhões de Gustavo Ferreira pela Dvs (2018)
>>> Gramática Prática Da Língua Inglesa: O Inglês Descomplicado de Nelson Torres pela Saraiva (2000)
>>> Arte De Amar Ars Amatoria Texto Bilingue Ovidio de Ovidio pela Fisicalbook (1992)
>>> O grande comandante de João Alcides do Nascimento pela Ministerio da cultura (2004)
>>> Casa-Grande & Senzala - 2º tomo - formação da família brasileira sob o regime da economia patriarcal de Gilberto Freire pela Cepe (1970)
>>> Ninaua de Juarez Nogueira pela Gulliver (2016)
>>> Espelho de Portuguezes de Alberto Pimentel pela Antonio Maria pereira (1901)
>>> Jardim Secreto, O - Colecao Reencontro Infantil de Frances Hodgson Burnett pela Scipione (paradidaticos) (2012)
>>> Direito Desportivo Debate e Crítica de Wladimir Camargos (org.) pela Ufg (2015)
>>> A Revolução Burguesa no Brasil de Florestan Fernandes pela Zahar (1976)
>>> Aléxandros: Os Confins Do Mundo de Valerio Massimo Manfredi pela Rocco (2000)
>>> Moisés I: O Vidente Do Sinai: Volume 1 de Josefa Rosalia Luque Alvarez pela Pensamento (1996)
>>> Noções de História da Educação. de Afranio Peixoto pela Bpb (1933)
>>> Homo Deus de Yuval Noah Harari pela Companhia Das Letras (2016)
>>> O Deus Selvagem de A. Alvarez pela Companhia Das Letras (1999)
>>> A Viúva de Fiona Barton pela Intrinseca (2017)
>>> Qualidade Na Pratica Mediúnica de Manoel Philomeno De Miranda pela Fisicalbook (2000)
>>> A Origem Trágica Da Lei de Wilson Madeira Filho pela Autografia
COMENTÁRIOS >>> Comentadores

Domingo, 5/11/2006
Comentários
Marcelo Miranda

Sou seu fã, você sabe
Xará amigo, novamente você transmite com palavras simples um imenso e forte manancial de sentimentos. Esta sua capacidade de expor por letras as sensações do corpo humano é uma raridade dos grandes que escrevem. Sou seu fã, você sabe. E se a nota 5 se referia a mim (desculpa a pretensão, caso não seja), a resposta é sim. Eu me importo de você se perder, porque ficaríamos sem as suas habilidades de quem tem muito a dizer e sentir. Abração e força!

[Sobre "Recomeço"]

por Marcelo Miranda
5/11/2006 às
12h23 200.198.90.66
 
Polêmicas que não acabam mais
Julio, acho que eu nunca tinha pensado nessa coisa de as polêmicas se seguirem com os textos dessa forma tão simples quanto você pensou. Muito boa a visão, parabéns. E realmente, a quantidade de comentários de Michael Jackson não é mole - considerando os que são puramente de fãs, que talvez nem tenham lido o texto (rsrsrsrs). Abraços!

[Sobre "Textos mortos vivos"]

por Marcelo Miranda
24/6/2006 às
02h59 201.78.158.115
 
Para o Diego (parte 2)
(Continuando...) Não que eu queira me mostrar, mas simplesmente pq são recados inofensivos, que não fazem ninguém saber mais ou menos de mim ao lê-los. Saber que saí ontem ou que minha namorada gosta de mim? Ora, isso é público e notório no meu círculo de convivência, :-) Mas, como dito, é particular. Meu objetivo com o texto era defender uma posição e ir contra alguns tabus criados em torno do Orkut. Defenderei sempre a permanência dos scraps, quando bem utilizados e na sua real função. Sei de gente que teve problemas com isso, mas qualquer ferramenta mal utilizada pode ser transtorno. Aí a culpa não é da ferramenta, mas de quem não sabe utilizá-la. Valeu mesmo pelas considerações, elas apenas enriquecem o debate. Forte abraço!

[Sobre "Tabus do Orkut"]

por Marcelo Miranda
15/2/2006 às
22h30 201.19.141.240
 
Para o Diego (parte 1)
Diego, muito bom o seu retorno, e concordo com muita coisa que vc falou. Confesso que nem pensei muito no lance do Orkut estar servindo a empresas de RH e mesmo à polícia, é um dado que eu deveria ter abordado no texto. Agora, acho que enviar ou não um email não tem relação com os scraps, teoricamente. Eu frisei no artigo que o scrapbook facilita a vida justamente por não se precisar de todos os emails, servindo como mural de RECADOS, e não necessariamente de MENSAGENS. E no fim, eu defendo o uso responsável e correto dos scraps como forma de harmonizar as relações do Orkut sem que se obrigue as pessoas a "cancelarem" os scraps ou mesmo sair do site. Realmente é uma decisão pessoal, mas eu discordo de que o scrapbook seja algum livro aberto. Depende da relação que vc mesmo cria com ele - se vc dá liberdade, as pessoas escrevem. Eu, por exemplo, gosto de trocar scraps saudáveis com os amigos, e são coisas que não tenho motivos pra que não fiquem expostas.

[Sobre "Tabus do Orkut"]

por Marcelo Miranda
15/2/2006 às
22h29 201.19.141.240
 
a espera
É, Julio, acho que mais sacrificante que um feedback negativo é a espera pelo feedback. Eu, como novo colunista no Digestivo, sinto isso demais, aquela ansiedade de saber se as pessoas estão lendo e o questionamento sobre por que lêem o que se achou que não chamaria atenção e parecem ignorar o que a gente esperava dar um estouro.. Mas é a vida, e seguimos nela! Acho que faz parte. Abraços, bela coluna.

[Sobre "Feedback"]

por Marcelo Miranda
26/9/2005 às
23h45 201.19.59.171
 
...e, daí, se acaba?
Excelente coluna, Daniela. Texto gostoso de ler, franco, sublime e duro em seu conteúdo, além de extremamente racional. Sinto verdadeira paixão nas suas palavras. Paixão em viver, paixão em curtir o que de melhor a existência nos dá – e daí se o amor acaba? Acho que o segredo é aproveitar enquanto ele existe, levá-lo às últimas (e sempre saudáveis) consequencias. Particularmente, vivo uma relação já há quase seis anos, e estou muito bem. Quem sabe dou sorte, não é mesmo? Um beijo pra você e sucesso em seus "empreendimentos" sentimentais! :-)

[Sobre "Todos os amores acabam"]

por Marcelo Miranda
3/8/2005 à
01h00 201.19.169.177
 
Dureza, xará...
Sou absolutamente solidário a você. No meu caso, eu me consideraria um crítico de cinema frustrado - não diria derrotado, acho que estou no ramo há pouco tempo. Ainda mantenho esperanças de um dia conseguir dar uma guinada, repercutir meu trabalho, gerar discussões. Escrever aqui no Digestivo, como tenho feito, é um grande passo pra isso - e acredito que para você também, que não está derrotado. Uma pessoa que escreve tão bem, se expressa de maneira tão sincera, franca e emotiva não pode se considerar um derrotado. Os caminhos continuam. Abraço!

[Sobre "Nós, os escritores derrotados"]

por Marcelo Miranda
19/5/2005 às
13h22 200.216.198.67
 
merenda não!
Bela crônica, Julio, mais uma vez. Meu nome também já foi motivo de chacota, por conta do Miranda - quantos engraçadinhos já ficaram me zombando e chamando de Marcelo MERENDA. "Tem merenda hoje? Vc é merenda de quem?". Grrrr... Mas engraçado é minha mãe contando que não gosta do meu nome completo. Sou Marcelo Miranda da Silva (sim, igual ao presidente e tantos milhões de anônimos), mas limei o "Silva" do trabalho e da vida - exceto em documentos. A mãe fala que ODEIA não o Silva, mas a preposição "da". Ela diz que não entende por que raios foi colocar "Da Silva", como se eu fosse propriedade de algum Silva perdido por aí. Apenas respondo: "Mãe, se vc não entende porque me deu esse nome, não sou eu que vou entender". Coisas da vida. Abraço!

[Sobre "É Julio mesmo, sem acento"]

por Marcelo Miranda
31/3/2005 à
01h20 192.168.133.52
 
mercado nefasto do jornalismo
Parabéns pelo belo artigo, Márcio. Identifiquei-me de imediato ao ler a primeira parte, parecia eu mesmo escrevendo - recentemente passei por um terrível trauma na empresa de jornalismo em que trabalho. Não perdi o emprego, mas as perspectivas não são as melhores. E comecei a caçar alguma coisa fora dali, mas ando sentindo que, novamente, estou me acomodando. E isso é desesperador. Espero que consiga se ajeitar nesse mercado nefasto do jornalismo. Espero que eu também consiga me acertar. Espero que todos nós, malucos que caímos nessa profissão, consigamos nos acertar. Forte abraço!

[Sobre "Confissões de um jornalista que virou suco"]

por Marcelo Miranda
15/10/2004 à
00h08 200.243.66.15
 
importância de Glauber
Parabéns pela excepcional reportagem, Lucas. Independente de se gostar ou não do cinema que Glauber fazia, sua importância cultural para o Brasil vai muito além de gostos cinematográficos. Ele foi, e ainda é, um ícone da luta engajada por uma cultura independente e um poço de ambiguidades, ainda hoje não desvendado. Particularmente gosto muito da fase inicial dos filmes de Glauber, e creio que ele deixou a megalomania falar mais alto no fim da vida. E reconheço, sempre e acima de tudo, o artista Glauber. Textos como o seu nos ajudam a entender isso. Abraços!

[Sobre "Quem tem medo de Glauber Rocha?"]

por Marcelo Miranda
23/7/2004 às
22h17 200.216.198.67
 
Julio Daio Borges
Editor

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Memorias de Uma Infamia
Lydia Cacho
Bertrand Brasil
(2012)



Perolas Literarias
Antonio Fernandes Rodrigues
Petit
(1991)



Biologia 1 - Biologia das células
José Msriano Amabis e Gilberto Rodrigues Martho
Moderna - Didaticos
(2009)



Seu Signo Zodiacal e Ascendente
Eliane Lobato
Ediouro
(2023)



O Mito do Governo Gratis
Paulo Rabello de Castro
Janeiro
(2014)



Encontro
Richard Paul Evans
Lua De Papel
(2012)



Sources of English Legal History-private Law to 1750
J. H. Baker
Butterworths
(1986)



Geração Alpha Geografia 7 Ed 2019 - Bncc.
Fernando Dos Santos Sampaiomarlon Clovis Medeiros
Sm
(2019)



John Kennedy por ele mesmo
John Kennedy
Martin Claret
(1992)



A força da esperança
Telma Sobolh
Sociedade beneficente Israelita brasileira Albert Einstein
(2015)





busca | avançada
63898 visitas/dia
2,0 milhão/mês