Prepúcio | mauro

busca | avançada
54198 visitas/dia
2,2 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Conto HAYEK, de Maurício Limeira, é selecionado em coletânea da Editora Persona
>>> Os Três Mosqueteiros - Um por Todos e Todos por Um
>>> Sesc 24 de Maio recebe o projeto Parlavratório - Conversas sobre escrita na arte
>>> Cia Caravana Tapioca faz 10 anos e comemora com programação gratuita
>>> Eugênio Lima dirige Cia O GRITO em novas intervenções urbanas
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
>>> Uma história do Mosaic
>>> Uma história da Chilli Beans
>>> Depeche Mode no Kazagastão
>>> Uma história da Sambatech
>>> Uma história da Petz
>>> A história de Chieko Aoki
>>> Uma história do Fogo de Chão
>>> BDRs, um guia
>>> Iggor Cavalera por André Barcinski
Últimos Posts
>>> Os inocentes do crepúsculo
>>> Inação
>>> Fuga em concerto
>>> Unindo retalhos
>>> Gente sem direção
>>> Além do ontem
>>> Indistinto
>>> Mais fácil? Talvez
>>> Riacho da cacimba
>>> Mimético
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Poesia BR em Paris
>>> Animismo
>>> E Éramos Todos Thunderbirds
>>> Lares & Lugares
>>> Arco da Crise
>>> 24 Horas: os medos e a fragilidade da América
>>> Elesbão: escravo, enforcado, esquartejado
>>> Precisa-se de empregada feia. Bem feia.
>>> I won’t dance, don’t ask me
>>> Sultão & Bonifácio, parte I
Mais Recentes
>>> Cabo Anselmo - Minha Verdade de José Anselmo dos Santos pela Matrix (2015)
>>> Pablo Escobar Em Flagrante - O que meu Pai nunca me contou de Juan Pablo Escobar pela Planeta (2017)
>>> Oiobomé - A epopeia de uma nação de Nei Lopes pela Agir (2010)
>>> Simplicidade e Plenitude de Sarah Ban Breathnach pela Ediouro (2000)
>>> A Expedição da Esperança. de Neltair Pithan e Silva pela Nativa (2002)
>>> Futuro Espiritual da Terra ( Espiritismo ) de Samuel Gomes pela Dufax (2016)
>>> D. Leopoldina - a História Não Contada de Paulo Rezzutti pela Leya (2017)
>>> Maíra de Darcy Ribeiro pela Círculo do Livro (1977)
>>> O Poder da Autorresponsabilidade - A ferramenta comprovada que gera alta performance e resultados em pouco tempo de Paulo Vieira pela Gente (2018)
>>> A Face Oculta da Medicina de Paulo Cesar Fructuoso pela Lar de Frei Luiz (2013)
>>> Morte a Vossa Excelência - Entenda a verdadeira história do juiz que desafiou e abalou a máfia de Alexander Stille pela Citadel (2020)
>>> Curso de Filosofia de Régis Jolivet pela Agir (1965)
>>> O Menino do Pijama Listrado de John Boyne pela Seguinte (2007)
>>> Tiro no coração - A história de um assassino de Mikal Gilmore pela Companhia das letras (1996)
>>> Os Olhos Dourados do Ódio de José Carlos Oliveira pela José Alvaro
>>> Os quarenta dias de Musa Dagh de Franz Werfel pela Paz e Terra (1995)
>>> É isto um homem? de Primo Levi pela Rocco (1998)
>>> O Romance da Atlântida de Taylor Caldwell e Jess Stearn pela Record (1975)
>>> Dentro e fora da Broadway - O teatro moderno norte-americano de Jean Gould pela Bloch (1968)
>>> O melhor de Carmen da Silva - A arte de ser mulher de Laura Taves Civita (Org.) & Julia Tavares pela Rosa dos tempos (1994)
>>> Introdução à Filosofia de Julián Marias pela Livraria Duas Cidades (1966)
>>> Shalimar, o equilibrista de Salman Rushdie pela Companhia das letras (2005)
>>> Canhões de agosto de Barbara W. Tuchman pela Objetiva (1994)
>>> Vínculos do fogo de Alberto Dines pela Companhia das letras (1992)
>>> Massa e poder de Elias Canetti pela Melhoramentos (1983)
COMENTÁRIOS

Quinta-feira, 26/4/2007
Comentários
Leitores


Prepúcio
Sim, o original não é tão ruim. The Last Jew é milhorzinho, menos pretensioso e tal, creio eu. O que me derrubou da cadeira, n"O Phísico", foi o cara ser circuncisado (circuncidado?) por um cavalo. Damn, nunca pensei que eqüinos tivessem uma quedinha por prepúcios. Agora sempre que passo perto de um (cavalo, não prepúcio; sempre evito passar perto de prepúcios), faço que nem jogador na barreira. É por isso que digo - sempre há conselhos práticos, mesmo nos mais fantasiosos romances. ;o)

[Sobre "O físico que era médico"]

por mauro
http://www.apostos.com/diacronico
26/4/2007 às
11h03 200.161.73.158
(+) mauro no Digestivo...
 
Sonho sonhado!
O Vandré é aquele que contribuiu muito para formação de toda uma geração de jovens (tenho 53 anos) que ainda continua sonhando por um Brasil melhor!

[Sobre "Geraldo Vandré, 70 anos"]

por Reinaldo Barroso
http://www.reinaldobarroso.adm.br
25/4/2007 às
21h25 201.9.100.51
(+) Reinaldo Barroso no Digestivo...
 
Internet: o novo deus.
Gostei muito do seu texto pela clareza de suas idéias. Os problemas gerados pelos hábitos perniciosos adquiridos pelo uso inadequado dos recursos informáticos geraram e gerarão ainda muitos problemas. No geral, as informações contidas na Rede Internacional de Computadores devem ser utilizadas com parcimônia, ou seja, pede-se ao pesquisador que seja ativo frente ao conjunto de informações coligidas e não um crente. Basta-nos o "efeito TV", em que a maioria assume uma atitude passiva, outorgando ao veículo a posição de onisciente e infalível, coisa digna de um deus. Parabéns. S. Quimas

[Sobre "Os enciclopedistas franceses rolam nos túmulos"]

por S. Quimas
http://quimas.lightanddreams.com
25/4/2007 às
17h42 201.57.114.132
(+) S. Quimas no Digestivo...
 
Melhor impossível
Não sei se alguém, até eu que o li quinze vezes, poderia descrevê-lo melhor, a não ser a Jane.

[Sobre "Orgulho e preconceito, de Jane Austen"]

por Raisa Leon
25/4/2007 às
15h42 200.249.188.17
(+) Raisa Leon no Digestivo...
 
almanaque é bem mais gostoso
Guga, embora a Wikipédia seja um fenômeno fantástico, recorro muito pouco a ela. À maneira antiga, gosto de folhear dicionários, enciclopédias, livros que tratam de diversos assuntos. O cheiro é muito bom. Cheiro de papel, cheiro de mistério, cheiro de livro. Sei que a Wikipédia aborda qualquer coisa, qualquer palavra, qualquer tema. Mas ainda não me rendi ao seu encanto. O seu texto faz jus à importância desse instrumento, acessível aos mais diversos usuários. Mas, um almanaque é muito mais gostoso, ainda que arcaico. Já que temos tanta fontes de informação, as mais diversas, vamos dar uma vida mais longa a eles, aos livros, às enciclopédias. Está cedo matá-los. Até quando durarão os livros no formato que conhecemos? E a delícia de segurá-los, fazer um carinho, colocá-los junto à cama ou deixá-los perdidos em uma estante, para mais tarde reencontrá-los, como um velho amigo ou um antigo amor? Isso, tenho certeza, a Wikipédia jamais nos trará. Bjs. Dri

[Sobre "Wiki, wiki, hurra!"]

por Adriana
25/4/2007 às
15h04 201.58.126.215
(+) Adriana no Digestivo...
 
também vivi em uma goiabeira
Que goiaba gostosa acabei de saborear. Me deu água na boca... e desencabdeou minha lembrança de tempos que não voltam mais; eu também vivi em uma goiabeira, a melhor casa de minha infância, tão longe de mim, distante... De coração agradeço ao autor e ao Julio. Posso trazer meu pé de jambo aqui para o quintal?... rss Aqui, realmente com água na boca, Neide Pessoa

[Sobre "De cima da goiabeira"]

por Neide Pessoa
http:// www.claranunesvozdeouro.blogspot.com
25/4/2007 às
10h36 201.62.138.69
(+) Neide Pessoa no Digestivo...
 
dos melhores verbetes da Wiki
Oi, Guga. Eu já ia te falar sobre o verbete da Wikipedia sobre o Francis, que penso ter sido um dos melhores verbetes da Wikipedia que já li. Abraços do Lúcio Jr.

[Sobre "Wiki, wiki, hurra!"]

por Lúcio Jr
25/4/2007 às
08h41 200.97.92.133
(+) Lúcio Jr no Digestivo...
 
O tradutor não errou, não
Foi fidedigno. A terminologia é registrada nos bons dicionários como alternativa de sinonímia para medico. Aliás memsmo não se dando ao trabalho da busca vernacular seria o caso de se indagar sobre os radicais para Physician/Physicist no idíoma inglês. Cylene Gama

[Sobre "O físico que era médico"]

por Cylene Dantas d Gama
http://www.serrano.neves.nom.br
25/4/2007 às
07h15 200.207.138.166
(+) Cylene Dantas d Gama no Digestivo...
 
Esse autor é fantástico
Mais uma vez você fez uma análise precisa de um livro e de um autor como Dalton Trevisan. Se por um lado ele parece querer nos chocar com os estupros e abusos sexuais, por outro, ele nos premia com o encanto de seus textos. Esse autor é fantástico. Sua obra densa, forte, instigante. Acho que o título é bem sugestivo, embora algumas feministas devam estar se contorcendo pela ira, pelo machismo subjacente presente na obra. Você fez referência à obra de Dalton Trevisan como paradigma da literatura marginal e cita-o também como mestre, que deve estar em todas as prateleiras. Mas ainda acho que não é devidamente reconhecido, que continua um pouco marginalizado. Parabéns pelo seu texto. Precioso e preciso. Abraço. Adriana

[Sobre "Trevisan além da humanidade pervertida e violenta"]

por Adriana
24/4/2007 às
20h01 201.58.140.55
(+) Adriana no Digestivo...
 
Livros: um conforto
Oi Ana: só agora descobri o Digestivo Cultural. Estou encantada com ele e com seus textos. Perfeitos. Este, então,tudo o que eu escreveria sobre livros. "Um conforto".

[Sobre "Os livros que eu ganhei"]

por Anna
24/4/2007 às
17h23 200.194.250.34
(+) Anna no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Os Reis Magos
Nani
Desiderata
(2006)



Eugênia Grandet
Honoré de Balzac
Abril Cultural
(1981)



O Coração de Meu João
Hericka Medeiros
Pandorga
(2014)



O Sol Se Põe na Tinturaria Yamada - 1ª Edição
Cláudio Fragata
Pulo do Gato
(2017)



Urso Benjamim Pede Desculpas
Claire Freedman
Hagnos
(2008)



É Proibido Calar! Precisamos Falar De Ética E Cidadania
MODIFICAR
MODIFICAR



Concreto Armado - Eu Te Amo - Vai para a Obra - 1ª Edição
Manoel Henrique Campos Botelho
Edgard Blucher
(2016)



Otaku os Filhos do Virtual
Étienne Barral
Senac
(2000)



Assim Falava Zaratustra - um Livro para Todos e para Ninguém/6ª Edição
Friedrich Nietzsche
Vozes
(2011)



Gagueiras Infantis
Claudia Regina Furquim de Andrade
Prófono
(1999)





busca | avançada
54198 visitas/dia
2,2 milhões/mês