Guerra entre irmãos | Antonio Oliveira

busca | avançada
107 mil/dia
2,4 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Conib vai discutir discurso de ódio e antissemitismo nas redes sociais em evento
>>> Evento gratuito em Mogi das Cruzes celebra o forró e o cordel no dia 8 de junho
>>> Mundo Suassuna faz duas únicas apresentações no Teatro B32
>>> Em novo romance, Carla Guerson elabora a complexidade das relações familiares e o fim da infância
>>> Herança cultural: Luciana Viganó enfatiza laços familiares através da arte
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O Big Brother e a legião de Trumans
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
>>> Sim, Thomas Bernhard
Colunistas
Últimos Posts
>>> Comfortably Numb por Jéssica di Falchi
>>> Scott Galloway e as Previsões para 2024
>>> O novo GPT-4o
>>> Scott Galloway sobre o futuro dos jovens (2024)
>>> Fernando Ulrich e O Economista Sincero (2024)
>>> The Piper's Call de David Gilmour (2024)
>>> Glenn Greenwald sobre a censura no Brasil de hoje
>>> Fernando Schüler sobre o crime de opinião
>>> Folha:'Censura promovida por Moraes tem de acabar'
>>> Pondé sobre o crime de opinião no Brasil de hoje
Últimos Posts
>>> A insanidade tem regras
>>> Uma coisa não é a outra
>>> AUSÊNCIA
>>> Mestres do ar, a esperança nos céus da II Guerra
>>> O Mal necessário
>>> Guerra. Estupidez e desvario.
>>> Calourada
>>> Apagão
>>> Napoleão, de Ridley de Scott: nem todo poder basta
>>> Sem noção
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Jornal da Cultura - 17/11/2014
>>> Páginas e mais páginas da vida
>>> No final do telejornal tinha um poeta...
>>> No final do telejornal tinha um poeta...
>>> Máfia do Dendê
>>> CaKo Machini
>>> Alberto Dines sobre a Copa
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Os X-men e o fim da infância
>>> Tanto riso, tanta alegria...
Mais Recentes
>>> O Jogo De Não Jogar de Julieta de Godoy Ladeira pela Atual (1994)
>>> O Terror Do 6º B E Outras Histórias de Reyes Yolanda pela Ftd (2014)
>>> Os Bichos Que Tive - memórias Zoológicas de Orthof pela Salamandra - Moderna (2009)
>>> Como Treinar O Seu Dragão de Cressida Cowell pela Intrinseca (2010)
>>> Um Detetive Muito Louco - Coleção Girassol de Nilton Tornero pela Moderna (1995)
>>> Os Grandes Negócios Da Bruxa Onilda - Coleção Novas Histórias Da Bruxa Onilda de Enric Larreula pela Scipione (2011)
>>> Estranhos Hóspedes Da Bruxa Onilda - Coleção Novas Histórias Da Bruxa Onilda de Enric Larreula pela Scipione (2010)
>>> Quem Perde Ganha de Ana Maria Machado pela Global (2008)
>>> Aninha E João de Paula Yne - Lucia Miners pela Atica (1991)
>>> Estatística - Teoria E Exercícios De Aplicação de Ladir Souza Freitas pela Fisicalbook (2010)
>>> Manual de Instalações Elétricas de Ademaro Cotrim pela Mc Graw Hill (1985)
>>> Cade Maricota - Coleçao Ciranda Dos Bichos de May Shuravel pela Salamandra (2006)
>>> Frank Einstein e o Eletrodedo de Jon Scieszka - Brian Biggs pela Intrinseca (2015)
>>> O Jardim Secreto - Coleção Aventuras Grandiosas de Frances Hodgson Burnett pela Rideel (2004)
>>> Bruxa Onilda Vai a Nova Iorque de Enric Larreula pela Scipione (paradidaticos) (2006)
>>> Máquina Fantabulastica - Coleção Diálogo Jr de Simone Saueressig -Mauro Souza ilustrador pela Scipione (paradidaticos) (2016)
>>> Tudo o Que Voce Precisa Saber Sobre as Infrações de Ronaldo Jose Benedet - Ricardo Alves da Silva pela Letras Juridicas (2009)
>>> Descubra a Itália de Abigail Blase pela Globo Livros (2014)
>>> As Aventuras Do Bonequinho Do Banheiro de Ziraldo pela Melhoramentos (2000)
>>> A Fenda do Tempo - Coleção Barco a Vapor de Dionisio Jacob - Ilustrações Fernando Vilela pela Sm (2017)
>>> Ligadas e Antenadas de Inês Stanisiere pela Galera Record (2009)
>>> Batuqueiros Da Paulicéia - Enredo Do Samba De São Paulo - autografado de Osvaldinho Da Cuica - Andre Domingues pela Barcarolla (2009)
>>> O Livro Perigoso Para Garotos - Edicao De Bolso Com Luva de Hal Iggulden - Conn Iggulden pela Galera Record (2013)
>>> Hipnose Não Existe? Monstros e Varinhas de Condão de Steven Heller pela Madras (2012)
>>> Assassinato na Floresta de Paulo Rangel pela Ftd (1991)
COMENTÁRIOS

Sexta-feira, 5/4/2002
Comentários
Leitores

Guerra entre irmãos
Apesar da vasta pesquisa e dos dados citados, num aparente conhecimento de causa, o artigo reflete apenas uma opinião e não esclarece. Pelo contrário, é uma simplificação ingênua, que reflete a mitificação da cultura judaica e a animosidade do autor contra os árabes. Ambas culturas são ricas e produziram grandes expoentes e contribuições valiosas para a humanidade. A questão na região da Palestina é muito mais complexa do que o Rafael Azevedo supõe. Primeiramente, porque toda a questão está relacionada com a visão de mundo semita (vide dicionário; o grupo semita inclui árabes, assírios, fenícios, judeus entre outros originários da região do Crescente) e tem uma vertente preponderantemente cultural e não apenas religiosa. Num segundo plano, sim, está a religião. Os semitas, desde muito antes da época bíblica se dividiam – e ainda se dividem - em clãs e tribos. Como é notório, não há maiores inimigos entre si que clãs ou tribos rivais em territórios adjacentes. A questão não é propriamente religiosa, porque não se discute a divindade de Jeová ou de Allah, ou de nuances epistemológicas entre Torah e Corão, ou sobre as profundas diferenças entre os rituais do judaísmo e do islamismo. A questão, repito, é tribal e remonta a milênios. A questão de demarcação de territórios – que toda cultura preza em algum grau, terras hereditárias, feudos, Estado-Nação, latfúndios – serve apenas para quantificar poder de uma tribo ou grupo e demarcar uma propriedade para fins produtivos (na velha receita Terra-Capital-Trabalho). Se um palestino ou israelita viver de um lado ou outro de da fronteira naquela região pouco afetará a sua vida, pois o seu cotidiano seria quase o mesmo que o de seu rival – obviamente seria uma vida mais tranquila se apagassem de sua mente a questão de pertencer a uma tribo e tudo que isso implica. Voltando ao que eu me referi acima, os semitas bíblicos e as sociedades semitas atuais vêem o mundo em grupos, tribos, etc... Até o judeus modernos se dividem e muitas vezes evitam casamento entre membros de uma tribo ou outra – sefarditas, neftalis, efrains, benjamins etc.. Portanto, colocar a questão entre judeus e muçulmanos apenas é errar o alvo. Na realidade, são todos irmãos brigando entre si. É realmente tudo farinha do mesmo saco, como um comentarista acima apontou. A história recente está regada de conflitos da mesma natureza, como servios e croatas, tutsis e hutus, e até clãs norte-americanos, como os Hatfields e os McCoys, que se matavam entre si na virada do século passado. Por fim, gostaria de notar que, com relação às atrocidades que vemos na Palestina, de parte a parte, não há justificativa sob qualquer ângulo que se analise. É uma guerra entre irmãos e, como dizem, "não se deve meter as mãos". Nas matanças, nenhum dos dois lados está certo, nenhum dos dois lados é levado por lógica ou por sentimentos nobres. Não há mocinhos.

[Sobre "Intolerâncias e inconsequências"]

por Antonio Oliveira
5/4/2002 às
17h07 200.236.109.20
(+) Antonio Oliveira no Digestivo...
 
parapedro
Pedro, qualquer país tem direito a revidar ataques. Se os palestinos explodem bombas todos os dias em Israel, Israel tem todo direito de revidar. E Arafat, junto com outros líderes árabes, alimenta uma intolerável rede de terrorismo que precisa ser cortada pela raíz. Em escolas palestinas (tem filmado) crianças de cinco anos aprendem a usar metralhadora e jogar granada, gritando "Morte a Israel!". Nenhum judeu aprende em escola semelhante coisa. Israel é um estado secular, tolerante e democrático. O mesmo, infelizmente, não pode ser dito da maioria dos árabes que ocupam 99% do oriente médio e ainda querem expulsar os judeus de lá.

[Sobre "Intolerâncias e inconsequências"]

por François Maltie
5/4/2002 às
15h16 200.183.94.214
(+) François Maltie no Digestivo...
 
Nada de novo debaixo do sol.
Caro Rafael Após uma fácil crítica aos nazistas, que é o mesmo q louvar a beleza da Ellen Roche (chover no molhado), vc inverte o sinal e começa a louvar Israel, principalmente seus gênios. Palmas... meu maior ídolo ainda se chama Isaac. Quando estive em Londres não descansei enquanto não achei seu túmulo para rezar por ele. Vc, eu e todo ser mínimamente escolarizado estudou sua teoria e sua famosa tese q começa com:... "tudo se passa como se a matéria atraisse a matéria na razão direta das massas etc etc etc". Já meu segundo ídolo é da família Einstein (menor q o Isaac na minha opinião). Falar mal dos palestinos e bem dos judeus é tão fácil como o oposto. Agora, se vc der uma olhadinha na política da palestina nos anos anteriores a 1947 vai ver quem eram os terroristas (com esse nome mesmo!). Quem explodia, matava e lutava para ter direito ao seu pedaço de terra. Fosse essa a época e o nosso sem terra estaria abraçado a um judeu, lutando contra os ingleses que comandavam a "força" então. Não tome partido errado cara. O q o Ariel está fazendo só da licença a pessoas pouco informadas se irritarem, justamente, contra o povo judaico. Eu também ouvi um colega comentar q ele tinha vontade de levantar uma bandeira e ir para a embaixada de Israel com os dizeres:"Adolfo tinha razão". A lógica da ocupação militar é essa mesmo. Não dá para tapar o sol com a peneira, até o Bush já disse basta. Israel está tão errado q oficiais mais conscientes já preferem irem em "cana" a ultrapassar a linha verde e entrar na Palestina. Cumpra-se as resoluções 242 e 338 da ONU. O resto é blá blá blá e bum bum bum desde q Caim matou Abel. Pedro

[Sobre "Intolerâncias e inconsequências"]

por pedroservio
5/4/2002 às
14h47 200.191.181.220
(+) pedroservio no Digestivo...
 
Filme Nac. x leis secretas
Caro Alexandre, Não concordo inteiramente contigo, embora entenda as tuas preocupacões. Falando em literatura, nas tais leis secretas. A propósito, acabei de ver um filme nacional (prefiro não comentar o Oscar). Suzana Amaral, a diretora, dá uma tapa (vamos usar assim, no feminino) num desses itens secretos dessa lei. "Uma vida em segredo" é um primor. Sou um amador de cinema, não sou crítico. Todavia, acho injusto com essa diretora se eu não contar isso aos outros. Não há nada de violência urbana. Algo despretencioso, simples, bem humorado, trágico, humano (há algumas coisas que quase chegaram a me incomadar, entretanto... Não, chegou uma hora que me entreguei. Eu me rendo! Eu me rendo, senhora Suzana Amaral! ) é belo! Belo! Belo! E é mais que necessário e oportuno esse seu texto. Paro por qui, se não vou acabar com o espaço. Aí este negócio fica longo e ninguém lê nada. Internet não dá pra ser extenso. Tem que ser breve. Embora tivesse muito mais pra dizer. É isso aí. Cacá Mendes

[Sobre "Furo! Furo! Furo!"]

por Cacá Mendes
5/4/2002 às
15h02 200.207.161.251
(+) Cacá Mendes no Digestivo...
 
Há adultos secos e molhados...
Ah, Otavio, mas você há de concordar comigo que chato mesmo é o Adulto de Profissão- o Sujeito Que Faz Questão de Ser Muito Adulto- o sujeito do tipo Não Tenho Tempo para Essas Bobagens, Rapaz! E você tem razão- esse tipo de gente sofre é de adolescência. Um abraço- Alexandre

[Sobre "O Exército de Pedro"]

por Alexandre
5/4/2002 às
14h40 200.207.125.254
(+) Alexandre no Digestivo...
 
TENDENCIOSO
Primeiro quero dizer que sou simpatico a Israel e a causa de um Estado judeu na palestina.Mas quero fazer recordar que o estado israelita costuma abusar de sua forca humilhando cotidianamente palestinos em sua propria terra demolindo casas e assassinando seletivamente pessoas nas ruas mesmo tratando-se de terroristas, os ataques vitimam inocentes o que é sim um ato criminoso.A RECENTE ONDA DE VIOLENCIA EXPLODIU POR CULPA DE ARIEL SHARO HA 18 MESES.Apoio a invasao militar desde que seja rapida voltada para eliminar as celulas terroristas.Eu achei seu texto tendencioso, os arabes nao sao nossos inimigos nao sao inimigos da civilizacao, a maioria é gente pacata e trabalhadora evite criar estereotipos.Se a maioria dos paises arabes nao é hoje livre e democratica tal realidade foi construidade com ajuda do ocidente que apoiou SADDAN Reza Palevi a familia Saud.A pobreza de certos paises islamicos arabes deve ser vista com pesar e nao com desdem.Eu julgo que será fundamental contar com ajuda e a inspiracao da cultura arabe para recontruir cultura ocidental destroçada por seculos de marxismo materialimo capitalismo desagregador e destruidor do principio cristao de comunidade.PRECISAMOS RETORNAR AS FONTES PROFUNDAS DA NOSSA CIVIZACAO E ISSO INCLUI A HERANCA SEMITA(ARABE E HEBRAICA).

[Sobre "Intolerâncias e inconsequências"]

por wer
5/4/2002 às
14h12 200.128.28.67
(+) wer no Digestivo...
 
Venha, Narizinho, venha..
Mas, Sue, o que seria do Sítio do Picapau Amarelo sem a Narizinho? Sem a Emília, a Dona Benta e a Tia Nastácia já seria ruim o suficiente, mas sem a Narizinho seria impossível. O Pedrinho ficaria matando passarinhos com o bodoque, e o Visconde de Sabugosa ficaria lendo num canto. Presença feminina é necessária (desde que não seja a Cuca). Venha, venha. Eu e o Rafael vamos tratar você como uma deusa! Beijos- Alexandre

[Sobre "O Exército de Pedro"]

por Alexandre
5/4/2002 às
14h34 200.207.125.254
(+) Alexandre no Digestivo...
 
Intolerâncias e Intolerâncias
Caramba! A forma pela qual vc "pulou no gogó" do cara do bar que expressou sua opinião sobre judeus e americanos, classificando até os amigos dele de pulhas, foi uma rica demonstração de que o extremismo pode estar presente nas mentes mais intelectualizadas. Seu artigo é muito elucidativo (supondo que as fontes históricas são isentas) mas, sua reação às bobagens regadas à chope que circulam nos botequins da vida foi desproporcional. Vc se refere aos países árabes como muitos referem-se aos países africanos, outros tantos aos paises sulamericanos, outros aos judeus. São formas veladas de preconceito ao lidarmos com diferenças histórico-culturais-religiosas-raciais. Preconceito que é "injetado em nossas mentes" com muita competência pela mídia. Todos sabemos que a mídia não produz de forma expontânea. É paga e defende interesses de quem paga.

[Sobre "Intolerâncias e inconsequências"]

por helio araujo de souz
5/4/2002 às
10h32 200.165.228.157
(+) helio araujo de souz no Digestivo...
 
Simplesmente Fantástico!
Caro Rafael, gostaria do seu telefone para lhe parabenizar viva-voz pelo excelente e esclarecedor artigo. Simplesmente fantástico! Aproveito a oportunidade para solicitar sua autorização para publicar seu artigo, na integra e com os devidos creditos, no meu site, o PLETZ.com Gustavo Erlichman PLETZ.com

[Sobre "Intolerâncias e inconsequências"]

por Gustavo Erlichman
5/4/2002 às
10h58 200.190.103.197
(+) Gustavo Erlichman no Digestivo...
 
Que Mario?
Eita nós! Agora é o Mario AV em quem eu esbarro aqui no meio do Digestivo Cultural. Isso aqui está começando a ficar bem frequentado. Onde é que eu larguei minha gravata, mesmo?

[Sobre "Primeiro de Abril"]

por Rafael Lima
5/4/2002 às
10h42 200.179.78.2
(+) Rafael Lima no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Alimentação Um Segredo Da Saúde
Celso Batello
Ground
(1991)



One-punch Man - Catálogo De Heróis
One; Yusuke Murata
Panini
(2015)



A Garota do Lago + Em Águas Sombrias
Charlie Donlea; Paula Hawkins
Faro Editorial; Record
(2018)



Formação Do Estado Nacional: As Capitais E Os Simbolos Do Poder Político
Demetrio Magnoli; Elaine Senise Barbosa
Scipione
(1996)



Livro Literatura Estrangeira Um Porto Seguro Nos Momentos Mais Difíceis, O Amor é o Único Refúgio
Nicholas Sparks
Novo Conceito
(2012)



Tudo o Que Você Queria Saber Sobre Propaganda e Ninguém Teve Paciência
Julio Ribeiro & Outros
Atlas
(1985)



Pomba Enamorada Ou Uma História De Amor E Outros Contos Escolhidos
Lygia Fagundes Telles
L&pm
(2013)



Psicomotricidade Relacional
Lisângela Gonçalves Branco Gusi
InterSaberes
(2019)



Malavita (lacrado)
Tonino Benacquista
Record
(2013)



O Credo da Violência
Boston Teran
Record
(2015)





busca | avançada
107 mil/dia
2,4 milhões/mês