Anarquia, ô ô! | Luiz Augusto Lima

busca | avançada
48754 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Atom Pink Floyd faz show dia 1º e público usa óculos 3D no Teatro Alfa
>>> Musical Guerra de Papel reestreia dia 9 no Complexo Funarte
>>> Daniela Galanti autografa livro em São Paulo
>>> Death Note - O Musical reestreia no Teatro Miguel Falabella
>>> De Kombi na Praça - Pateo do Collegio
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Jô Soares (1938-2022)
>>> Casos de vestidos
>>> Elvis, o genial filme de Baz Luhrmann
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
>>> Sexo, cinema-verdade e Pasolini
>>> O canteiro de poesia de Adriano Menezes
>>> As maravilhas do modo avião
Colunistas
Últimos Posts
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
Últimos Posts
>>> Toilet Paper, Papel Sanitário
>>> Direitos e Deveres, a torto e a direita
>>> Os chinelos do Dr. Basílio
>>> Ecléticos e eficazes
>>> Sarapatel de Coruja
>>> Descartável
>>> Sorria
>>> O amor, sempre amor
>>> The Boys: entre o kitsch, a violência e o sexo
>>> Dura lex, só Gumex
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Caro Francis, documentário de Nelson Hoineff
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Quando a incapacidade é valorizada
>>> Do amanhecer ao adormecer: leitura, ato de amor
>>> Entrevista com Franklin Costa
>>> Curriculum vitae
>>> Nirvana pra todos os gostos
>>> Caí na besteira de ler Nietzsche
>>> Dentes usados, dentes guardados
>>> Procissão
Mais Recentes
>>> Patrimônio Práticas e Reflexões 4 de Varios pela Iphan / Copedoc (2010)
>>> Literatura Comentada Lima Barreto de Antônio Arnoni Prado pela Nova Cultura (1988)
>>> Bolos Artísticos: Suplemento da Primeira e Segunda Séries de Dolores Botafogo pela Científica (1957)
>>> Descole e Decole: Hora de Virar o Jogo Interior e Expressar A... de Mônica Lan pela Juizforana (2013)
>>> Jujutsu Kaisen - Nº 0 ao Nº 5 de Gege Akutami pela Panini Comics Planet Manga (2020)
>>> Eu não consigo emagrecer de Dr. Pierre Dukan pela BestSeller (2014)
>>> Caminhos e Escolhas de Abilio Diniz pela Campus (2004)
>>> Expressionismo uma Revoluçao Alemã na Arte de Dietmar Elger pela Taschen (1998)
>>> Dom Quixote de la Mancha de Cervantes pela Abril Cultural (1978)
>>> O diário de Lúcia Helena de Álvaro Cardoso Gomes pela FTD (1992)
>>> Romanceiro Gitano e Outros Poemas de Federico Garcia Lorca pela Nova Fronteira (1985)
>>> Capacitação Tecnológica da População de Ângelo Azevedo Queiroz (org.) pela Câmara dos Deputados (2007)
>>> Meditações Diárias para Casais de Dennis e Barbara Rainey pela United Press (1998)
>>> As Origens da Primeira Guerra - As Grandes Guerras Mundiais Nº 1 de Vários Autores pela Folha de S. Paulo (2014)
>>> Guia de Roteiros do Rio Antigo de Berenice Seara pela O Globo (2004)
>>> O golpe de 64 e a ditadura militar de Júlio José Chiavenato pela Moderna (1995)
>>> Férias na provence você pode! (Inclui receitas) de Ana Toscano pela Thesaurus (2011)
>>> Livro - Saúde é prevenção de Gilberto Ururahy pela Rocco (2022)
>>> A Viagem Marítima da Família Real: A Transferência da Corte Portuguesa para o Brasil de Kenneth Light pela Zahar (2008)
>>> A Guerra de Trincheiras - As Grandes Guerras Mundiais Nº 2 de Vários Autores pela Folha de S. Paulo (2014)
>>> Às portas da revolução - Escritos de Lenin de 1917 de Slavoj Zizek pela Boitempo (2005)
>>> O ato e o fato- O som e a fúria das crônicas contra o golpe de 1964 de Carlos Heitos Cony pela Objetiva (2004)
>>> Vaya País de Werner Herzog pela Aguilar (2006)
>>> Vitória a Qualquer Preço - As Grandes Guerras Mundiais Nº 3 de Vários Autores pela Folha de S. Paulo (2014)
>>> Pais e mães- Culpados ou inocentes? de Aldo Naouri pela Campus (2005)
COMENTÁRIOS

Segunda-feira, 14/1/2008
Comentários
Leitores


Anarquia, ô ô!
Caro Diogo, muito bom o seu texto. Como chargista, é mesmo fundamental manter um olhar crítico e uma certa desesperança em relação à classe política. Assumir um preconceito e destilar sua ira contra tal classe também me parece atitude saudável. Fico, porém, com uma dúvida. E não vai aí nenhuma ironia. Tal preconceito é válido também para os políticos do tal primeiro mundo? Se sim, qual a melhor forma de organizar uma socidade? Seria a não-organização, a anarquia romântica na qual muitos acreditaram no início do século passado? Abraços

[Sobre "Preconceitos"]

por Luiz Augusto Lima
14/1/2008 às
23h05 200.244.157.240
(+) Luiz Augusto Lima no Digestivo...
 
Bravo!
L.A.O. quer sair e voltar, só pra gastar mais energia, ficar cansado e agüentar de tudo, aqui.

[Sobre "Máximas"]

por Amanda
http://www.ocior.blogspot.com
14/1/2008 às
22h54 201.78.143.108
(+) Amanda no Digestivo...
 
Arregacem as mangas! parte2
Alguém precisa dar o bom exemplo, e este deve ser propagado. Se um político exerceu bem sua função (simplista e ingênuo é aquele que acredita que todos, 100% são desprezíveis e incapazes), este deve ser exaltado. Mesmo correndo o risco de ter que criticá-lo no futuro próximo. A boa conduta e o bom trabalho tem que ser o exemplo, e para que isto aconteca precisamos exaltá-lo. Sempre fui muito reticente com as facções políticas que na oposição apenas criticam e não propõem alternativas, independente de partidos e crenças. Fiscalizar e criticar deve ser um exercicio diário de todos nós, mas devemos, também, "arregaçar as mangas", propondo alternativas e cobrando punição ao mal e exaltando o bom. Temos que deixar de ser uma pátria de bundões que só fazem criticar e crer que está tudo perdido. Temos que arregaçar as mangas!

[Sobre "Preconceitos"]

por Saulo Ferraz
14/1/2008 às
15h49 199.67.140.84
(+) Saulo Ferraz no Digestivo...
 
Arregacemos as mangas! parte1
Entrando na seara política, os problemas deste País, na minha singela opinião, se resumem a dois principais pontos: falta de educação e excesso de impunidade. Assim como Maquiavel e Hobbes, considero o homem fundamentalmente mau. E através da politíca, que é a representação da sociedade através de alguns indivíduos, dadas as "oportunidades" que se apresentam, estes estão mais propensos a exercer a maldade. E assim no mundo inteiro. Qual a diferença, então? Em outros países, além da fiscalização e das críticas, existe uma sociedade e instrumentos que punem aqueles que fogem ao bom comportamento social. Isto comeca com uma conscientização de toda a população e que só acontece quando você tem um povo mais educado, coisa que nos falta em muito. Para que isto aconteca, é necessária uma mobilização de todos os entes sociais nesta direção, mas de muita vontade política tambem. Aí que me encontro ao Renato. Criticar e fiscalizar é muito importante, mas o que vem depois?

[Sobre "Preconceitos"]

por Saulo Ferraz
14/1/2008 às
15h47 199.67.140.84
(+) Saulo Ferraz no Digestivo...
 
Sociedade é assim!
Seguindo na mesmice dos comentários anteriores, quero parabenizá-lo, Diogo, pela qualidade do seu texto que se une ao seu desenho. Sobre seu comentário com relação à classe jurídica, você bem disse que é restrito a alguns "grotões do Poder Judiciário e outros tantos advogados criminalistas que mancham toda a classe". Entendo que o preconceito deveria ser concentrado no que tange ao pagamento dos honorários com dinheiro sujo. Como dito, todos têm direito a defesa e assim é que se vive em uma sociedade civilizada. Sendo assim, a presença de um advogado criminalista defendendo um "potencial criminoso" ("potencial" porque antes que se prove o contrário todos são inocentes) é justa e necessária durante todo o rito processual. Esta é uma profissão como outras tantas inserida em uma sociedade civilizada como tantas outras no mundo, exceto alguns regimes autoritários.

[Sobre "Preconceitos"]

por Saulo Ferraz
14/1/2008 às
15h43 199.67.140.84
(+) Saulo Ferraz no Digestivo...
 
Reveillon bom, ano bom?
Aaaai Pilar, engraçado demais! Réveillon bom, ano bom? Será que existe essa relação? Embora o fato de você ter perdido o celular pulando as 7 ondinhas seja preocupante... Ouvi dizer que fatos ocorridos no exato momento da simpatia se repetem durante todo o ano! Principalmente no mês 07. Então, cuidado. É melhor arrumar uma corrente bem forte e grossa para o seu chaveiro... e quem sabe uma daquelas pochetes de viajante - que ficam coladas na pele, sabe? - para quando sair de casa com documentos e dinheiro... Ah, e também não se esqueça daquela bolsinha de enfiar no cinto pra colocar o celular né?, cuidado nunca é demais. Adoro zoar com gente supersticiosa hehe Se tudo correr dentro do previsto pode deixar pra me xingar ao vivo daqui a uns dias! BJ

[Sobre "Réveillon com Digestores"]

por Claudia Serretti
http://[email protected]
14/1/2008 às
14h59 201.80.147.185
(+) Claudia Serretti no Digestivo...
 
Uma leitura irresistível
Esse livro é fantástico, assim que li o seu título e vi a sua capa ele me fascinou... quando comecei a ler fui incapaz de abandonar a leitura. Li "A Sombra do Vento" em algumas horas. O engraçado é que fiz exatamente como Daniel quando começa a ler "A Sombra do Vento". Realmente Zafón está de parabéns. Uma leitura gostosa que qualquer pessoa não se cansaria até os que não apreciam muito a leitura. Um livro instigante que te leva a ver os fatos da vida de um outro ângulo. Uma frase que me tocou foi... " [...] um livro é um espelho que só podemos encontrar nele o que já temos dentro"

[Sobre "A Sombra do Vento, de Carlos Ruiz Zafón"]

por Larissa
14/1/2008 às
13h22 189.47.56.149
(+) Larissa no Digestivo...
 
Fisiologismo+alpinismo social
Caro Renato, já discutimos muito sobre isso e é óbvio que temos posições contrárias a respeito. O problema é que a política da maneira que é feita hoje virou um grande balcão de negócios. É tudo na base da barganha, da compra e venda, do fisiologismo e do tráfico de influência. Aí você diz que política é assim mesmo. Eu tenho o direito, ou melhor, como cartunista, tenho o dever, de ir contra essa maneira de fazer política. E nela, você bem sabe, todos os políticos e partidos que conhecemos estão inseridos. Tomemos o exemplo recente do Renan Calheiros. De repente a CPMF virou uma moeda de troca para a sua cassação. Política é assim mesmo, concordo com você. Cada um pensando no seus próprios interesses, nunca no interesse maior, que é o do Brasil. Há muito tempo a idéia de que a política pressupõe trabalhar pelo país foi subvertida e virou o ícone máximo do alpinismo social. Rafael, há algum tempo deixei de ter nojo e indignação da política. Hoje sinto apenas desprezo.

[Sobre "Preconceitos"]

por Diogo Salles
http://www.diogosalles.com.br
14/1/2008 às
11h43 189.33.31.25
(+) Diogo Salles no Digestivo...
 
Belo álbum de fotografias
Ana, belo álbum de fotografias. E uma declaração de amor e amizade dos que colhem se espalham pelaí entre amigos e amores. Muito bonito. Abraços, Carlos.

[Sobre "Máximas"]

por Carlos E. F. Oliveir
14/1/2008 às
04h29 201.65.37.4
(+) Carlos E. F. Oliveir no Digestivo...
 
Conceito em construção
Muitos comportamentos, alguns até socialmente tolerados, já foram vítimas de preconceitos, mas isto contra os políticos acho sinceramente uma injustiça. Vejamos, eles têm caráter representativo, logo representam alguns, foram eleitos em eleições nas quais qualquer um pode se eleger e todos devem obrigatoriamente votar. Sim, eles estão escolhidos por uma maioria, talvez de forma questionável em eleições nem sempre lícitas, mas foram eleitos. Eleitos por nós. Médicos, juízes e até músicos em suas entidades de classe jogam o jogo do corporativismo para se desviar das sanções pela quebra do decoro, isto é imoral mas não é privilégio nenhum, foi inventado pela nobreza em defesa dos seus direitos. Então que faço com minha ingenuidade, quando numa sociedade fundada pela exploração das suas camadas mais pobres, dentro de um modelo cumulativo, especulativo que não permite nenhum ciclo consistente para desenvolver o país. O meu preconceito é com ingenuos e simplistas, incluindo o Renato também.

[Sobre "Preconceitos"]

por Carlos E. F. Oliveir
14/1/2008 às
04h19 201.65.37.4
(+) Carlos E. F. Oliveir no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Livro - O Gerente Comunicador
José Eustaquio Oliveira de Souza
Aberje
(2010)



O Universo de Jorge Amado
Lilia Moritz Schwarcz
Companhia das Letras
(2009)



Pandora Hearts 3
Jun Mochizuki
Panini Comics



O Amor e o Sexo - a História do Kama Sutra
James Mc Connachie
Record
(2012)



O Modernismo - Coleção Stylus/ST.01
Affonso Ávila (Organizador)
Perspectiva
(2013)



Contos da Lua e da Beleza Perdida
Sunny
Paulinas



As duas vidas de Audrey Rose
Franks de Fellita
Círculo do Livro
(1980)



A Câmara de Inverno
Anne Michaels
Companhia das Letras
(2010)



Você é o que você compartilha
Gil Giardelli (Autor)
Gente
(2012)



Livro - Os Incríveis Seres Fantásticos
Samir Meserani
Ftd
(1993)





busca | avançada
48754 visitas/dia
2,0 milhão/mês