Simples como um tiro de canhão | pedroservio

busca | avançada
54617 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Indígenas é tema de exposição de Dani Sandrini no SESI Itapetininga
>>> SESI A.E. Carvalho recebe As Conchambranças de Quaderna, de Suassuna, em sessões gratuitas
>>> Sesc Belenzinho recebe cantora brasiliense Janine Mathias
>>> Natália Carreira faz show de lançamento de 'Mar Calmo' no Sesc Belenzinho
>>> Miltinho Edilberto e Mariana Aydar trazem Forró, Flor & Cultura ao Sesc Belenzinho
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Ser e fenecer: poesia de Maurício Arruda Mendonça
>>> A compra do Twitter por Elon Musk
>>> Epitáfio do que não partiu
>>> Efeitos periféricos da tempestade de areia do Sara
>>> Mamãe falhei
>>> Sobre a literatura de Evando Nascimento
>>> Velha amiga, ainda tão menina em minha cabeça...
>>> G.A.L.A. no coquetel molotov de Gerald Thomas
>>> O último estudante-soldado na rota Lisboa-Cabul
Colunistas
Últimos Posts
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
>>> Rush (1984)
>>> Luiz Maurício da Silva, autor de Mercado de Opções
>>> Trader, investidor ou buy and hold?
>>> Slayer no Monsters of Rock (1998)
>>> Por que investir no Twitter (TWTR34)
>>> Como declarar ações no IR
Últimos Posts
>>> Auto estima
>>> Jazz: 10 músicas para começar
>>> THE END
>>> Somos todos venturosos
>>> Por que eu?
>>> Dizer, não é ser
>>> A Caixa de Brinquedos
>>> Nosferatu 100 anos e o infamiliar em nós*
>>> Sexta-feira santa de Jesus Cristo.
>>> Fé e dúvida
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Guía de lacónicos
>>> Mazelas do coronelismo
>>> Como ler mais livros
>>> Debate Democrata na CNN
>>> A esquerda nunca foi popular no Brasil
>>> Narcos
>>> Dez Anos que Encolheram o Mundo, de Daniel Piza
>>> A minha Flip
>>> O Casulo vai à escola
>>> Cinema Independente (5.1)
Mais Recentes
>>> Moderna Plus Física os Fundamentos da Física 3 Parte III de Ramalho; Toledo; Nicolau pela Moderna (2009)
>>> Passagem para Ravena de José Ricardo Moreira pela Formato (2004)
>>> Coaching e Liderança de Jaques Grinberg pela Literare Books (2018)
>>> Nós Mudamos o Mundo de Sidney Pike pela Manole (2006)
>>> O Segundo Chamado de Wilson Oliveira da Silva pela Videira (2016)
>>> Guide to Fitness With Journal de Parragon Books pela Parragon Books (2012)
>>> Fundação Emmanuel de Carlos A. Baccelli pela Leepp (2006)
>>> Curso Sistematizado de Direito Processual Civil de Cassio Scarpinella Bueno pela Saraiva (2013)
>>> Quando o Santo é Forte de Nathalie Hornhardt pela Terceira Via (2018)
>>> Manual de Técnicas de Dinâmica de Celso Antunes pela Vozes (1995)
>>> Receitas para Alma de Wanderley Soares de Oliveira pela Dufaux (2009)
>>> Jorge de Sena: uma Leitura da Tradição de Ana Maria Gottardi pela Arte & Ciencia (2002)
>>> Rihanna - uma Vida de Sucesso de Sarah Oliver; Rihanna pela Matrix (2012)
>>> Fallen de Lauren Kate pela Galera Record (2010)
>>> Crônicas dos Senhores de Castelo - Livro 3 de G. Brasman & G. Norris pela Verus (2014)
>>> Fogo do Céu de Bill Myers pela Vida (2002)
>>> Garota Em Tentação - It Girl - Volume 6 de Cecily Von Ziegesar pela Galera Record (2010)
>>> Obama Nomics de John R. Talbott pela Arx (2009)
>>> O Livro dos Manuais de Paulo Coelho pela Do Autor
>>> A Economia Mundial - the Economist de Rupert Pennant-rea e Clive Crook pela Vértice (1987)
>>> Engatinhando de Eny Toledo pela Scortecci (2003)
>>> A Fuga do Escorpiao de Sérgio Viotti pela Conex (2002)
>>> Condomínio Conflitos & Soluções de Donaldo Fellippe pela Julex
>>> Dinos - 6 Livros Cartonados de Vários Autores pela Ciranda Cultural (2013)
>>> Reforma do Sistema Financeiro Americano: Nova Arquitetura Internaciona de Eduardo Loyo e Outros pela Ltc (2010)
COMENTÁRIOS

Segunda-feira, 22/4/2002
Comentários
Leitores


Simples como um tiro de canhão
Caros Jaques e Eduardo Complicar o q é simples, é uma técnica bastante antiga quando não se encontram argumentos para defender uma tese errada. Se vc não consegue convencer com seus argumentos, confunda com complexidades. A outra técnica, também velha como a serra morena, é desqualificar o opositor, para ver se suas teses ficam também desqualificadas por extensão. O tema em questão é: colonização," manu malitari", da Cisjordânia, contra a aprovação da ONU , de toda a comunidade das nações e de parte da comunidade israelense (inclusive parte da diáspora). Ariel criou mais 34 colônias, além das q já encontrou montadas e a política da direita israelense é essa mesmo: colonizar a Cisjordania. Não dá nem para explicar, é roubo mesmo, a mão armada. Então a saída é imaginar outras intenções de quem crítica ou ve se ele está sem crédito no SPC ou algo equivalente para dizer q seus argumentos não valem. Já desafiei e acusei, e só recebo de volta insinuações. Não dá para defender em campo aberto a tese da colonização salvo com razões religiosas ou "realpolitic". Insisto, é tudo muito simples, nada de novo entre o céu e a terra. Meus bisavós fizeram o mesmo com os tupinambás, só q há 500 anos. Israel ainda está no século 19. Larga o osso sharon, acorda, o 3o milênio já surgiu. Cumpra as resoluções da ONU. Não vai dar para conseguir 1% a mais q os 78% da palestina "dados" pela ONU. A palestina será construída nos 22% restantes e se as colônias judaicas não forem desmontadas pelo exèrcito israelense o será pelo americano, por incrível , ou complexo, q possa parecer a quem não quer enxergar.Tiro de canhão é simples, complexo é tentar defende-los.

[Sobre "Nas garras do Iluminismo fácil "]

por pedroservio
22/4/2002 às
08h46 200.179.78.2
(+) pedroservio no Digestivo...
 
deve ser preenchido
Sem exageros, este é um de seus melhores textos. O comentário "genial" é sem dúvida o que melhor se encaixa. Gostei. Parabéns.

[Sobre "A garganta da reclamação"]

por Chico
22/4/2002 às
08h35 200.230.35.2
(+) Chico no Digestivo...
 
Menino...
Meu pequeno ornitorrinco, eu devia parar de falar com você! Como você esculhamba minha classe... entretanto, justamente por conhecer a classe desde dentro, entendo perfeitamente o que você quer dizer. Mas não perca a esperança! Isso é apenas a indústria do caos tentando separar você de sua eleita! Ligue imediatamente para os Rebeldes e peça para que eles a encontrem, presto!Beijão da Sue

[Sobre "a indústria do caos"]

por Assunção Medeiros
22/4/2002 às
06h30 200.184.36.211
(+) Assunção Medeiros no Digestivo...
 
Errata
Ih, isso que dá responder email de madrugada! Por favor, onde estiver escito à muito tempo, leia-se HÁ muito tempo! Obrigada! Beijos da Sue

[Sobre "Banana Republic"]

por Assunção Medeiros
22/4/2002 às
06h26 200.184.36.211
(+) Assunção Medeiros no Digestivo...
 
Não tergiversarei!
Caro ensolarado filho do sol! Porque os sofistas adoram generalizar quando falamos de coisas específicas? Será que é para fugir do assunto? Ninguém aqui que tenha apoiado que se retirasse o Chávez do poder fez apologia de golpe nenhum. O que foi dito, inclusive por mim, é que ser eleito não legitimiza a atitude de um governante coisa nenhuma. Só as atitudes em si fazem isto. E a urna não torna uma pessoa ungida por Deus para governar, ou pelo povo que seja. Fez porcaria, o mesmo povo que o colocou lá pode tirá-lo de lá. Se ele se recusa a sair como um bom menino e aponta armas para o povo, bem, é para isso que os militares existem: para proteger o povo das balas, mesmo que sejam as do governante. A guarda pretoriana acabou à muito tempo. É pela falta de proteção militar que o povo cubano sofre atrozmente na mão daquele barbudo. Faltam uns milicos valentes para tirar ele de lá no muque! Chame a mim do que quiser. Ou vai dizer que Fidel é democrata!?!?!?!

[Sobre "Banana Republic"]

por Assunção Medeiros
22/4/2002 às
06h16 200.184.36.211
(+) Assunção Medeiros no Digestivo...
 
golpismo e tergiversação
Mas puxa, como as pessoas têm dificuldade em assumir que apóiam um golpe de estado contra alguém eleito pelo voto! Os argumentos a favor do golpe vão desde aqueles do calibre de dizer que Hitler também foi eleito pelo voto até aqueles que argumentam que Chávez também tentou dar um golpe. É verdade, e por isso mesmo ele mereceu o repúdio que hoje merecem Carmona e os que conspiraram, inclusive provavelmente o governo norte-americano. A questão é que a situação hoje é a de ele estar contra os golpistas. Daqui a pouco vão argumentar com Caim e Abel, Tiradentes, Esaú e Jacó, para justificar a tentativa de golpe na Venezuela...

[Sobre "Banana Republic"]

por Helion
22/4/2002 às
03h01 200.191.178.133
(+) Helion no Digestivo...
 
Eu também
Good Heavens, ia dizer justamente isso que o Juliano disse: a indústria do caos, o velhinho da Barão de Limeira (aguardem o musical) e a Inquisição Cultural. Mas uma queda suspeita de energia fez com que eu chegasse atrasado, e o Juliano roubou o comentário da minha boca. Bom, Fabio, parabéns- e principalmente pelas menos de vinte linhas com o título de "eu também", que são uma obra-prima. Um abraço, Alexandre

[Sobre "a indústria do caos"]

por Alexandre Soares
22/4/2002 à
01h16 200.207.125.254
(+) Alexandre Soares no Digestivo...
 
Corretíssimo
Sérgio Augusto está certíssimo em suas afirmações, que quebram a barreira de um assunto por muitos considerado uma lenda. O "jornalismo cultural" atual, em sua maioria, não é feito por jornalistas... vi e revi inúmeras provas de jornais que colocam em suas páginas as matérias de filmes,livros, espetáculos e músicas, e em todos esses casos as matérias são idênticas aos releases enviados pela assessoria de imprensa do noticiado. Sejam filmes de grandes estúdios americanos ou espetáculos esquerdistas, comparei vários releases e matérias de diversos jornais... e adivinhem o que notei? No máximo o jornal troca alguns parágrafos de ordem ou tira outros... nos melhorzinhos pode-se ver que acrescentaram um ou dois comentários e olhe lá.... É o tal do "furo" jornalístico: o jornal tem que estar atualizado. Se ainda não assistiram o filme, pelo menos colocam o release enviado pelo assessor de imprensa do estúdio.

[Sobre "O frenesi do furo"]

por Juliano Maesano
22/4/2002 à
01h01 200.158.22.16
(+) Juliano Maesano no Digestivo...
 
Uma obra de arte !
Fabio, essa indústria do caos está entre suas melhores constatações ou considerações, junto do velhinho da Folha e da inquisição cultural. Abraços !

[Sobre "a indústria do caos"]

por Juliano Maesano
22/4/2002 à
00h49 200.158.22.16
(+) Juliano Maesano no Digestivo...
 
página do montaner
Caro Person. Muito obrigado por nos passar o link da página do grande Carlos Alberto Montaner. Pra quem não conhece a página, aviso que faltou uma letrinha no endereço, que é www.firmaspress.com. Um abraço, Fabio.

[Sobre "Banana Republic"]

por Fabio
22/4/2002 à
00h13 200.183.94.214
(+) Fabio no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Devarim #38
Vários autores
Narrativa Um
(2019)



Fenomenologia e Teoria Literária
Maria da Glória Bordini
Edusp
(1990)



Obras Completas de Monteiro Lobato Literatura do Minarete
Monteiro Lobato
Brasiliense
(1959)



Der Ruf des Blauen Flusses
Nicole Alexander
Blanvalet Taschenbuch Verlag
(2014)



Psicologia Moderna
Antônio Xavier Teles
Ática
(1995)



Beloved Homes!a Drop in Book of Nine Much Loved Homes
Lena Allblom
Ikea Family
(2007)



Os Contratos Mercantis à Luz do Código Civil
J. A. Peneval Santos
Malheiros
(2006)



Pai Goriot (Coleção Elefante)
Honoré de Balzac
Ediouro
(1972)



O Filósofo Peregrino
Marcos Bulcão
Record
(2014)



Princesinha Sofia (capa Dura)
Catherine Hapka
Abril
(2017)





busca | avançada
54617 visitas/dia
1,8 milhão/mês