Arquiteto de um universo | Manoel Messias Perei

busca | avançada
87759 visitas/dia
2,4 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Projeto 8x Hilda reúne obra teatral de Hilda Hilst em ciclo de leituras online
>>> Afrofuturismo: Lideranças de de Angola, Cabo Verde e Moçambique debatem ecossistemas de inovação
>>> Ibraíma Dafonte Tavares desvenda preparação e revisão de texto
>>> O legado de Roberto Burle Marx é tema de encontro online
>>> Sala MAS/Metrô Tiradentes - Qual é a sua Cruz?
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Pobre rua do Vale Formoso
>>> O que fazer com este corpo?
>>> Jogando com Cortázar
>>> Os defeitos meus
>>> Confissões pandêmicas
>>> Na translucidez à nossa frente
Colunistas
Últimos Posts
>>> Mehmari, Salmaso e Milton Nascimento
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
Últimos Posts
>>> Kate Dias vive Campesina em “Elise
>>> Editora Sinna lança “Ninha, a Bolachinha”
>>> “Elise”: Lara Oliver representa Bernardina
>>> Tonus cristal
>>> Meu avô
>>> Um instante no tempo
>>> Salvem à Família
>>> Jesus de Nazaré
>>> Um ato de amor para quem fica 2020 X 2021
>>> Os preparativos para a popular Festa de Réveillon
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Palavrões
>>> Pequena poética do miniconto
>>> Memórias de um caçador, de Ivan Turguêniev
>>> O número um
>>> Casa, poemas de Mário Alex Rosa
>>> Rumo certo
>>> Homenagem a Fred Leal, do podcast É Batata
>>> A melhor companhia para o Natal
>>> A proposta libertária
>>> Semana da Canção Brasileira
Mais Recentes
>>> A Morte da Socialite de Guaracy Pinto pela do Autor (2014)
>>> Fort of Apocalypse - Vol. 10 de Yu Kuraishi e Kazu Inabe pela Jbc (2017)
>>> Fort of Apocalypse - Vol. 1 de Yu Kuraishi e Kazu Inabe pela Jbc (2017)
>>> Fort of Apocalypse 2 de Yu Kuraishi e Kazu Inabe pela Jbc (2017)
>>> O Fazedor de Nuvens de Guaracy Pinto pela do Autor (2014)
>>> Yu Yu Hakusho - Volume - 13 de Yoshihiro Togashi pela Jbc (2014)
>>> Yu Yu Hakusho - Volume - 12 de Yoshihiro Togashi pela Jbc (2014)
>>> Yu Yu Hakusho - Volume - 11 de Yoshihiro Togashi pela Jbc (2014)
>>> Yu Yu Hakusho - Volume - 6 de Yoshihiro Togashi pela Jbc (2014)
>>> Yu Yu Hakusho - Volume - 5 de Yoshihiro Togashi pela Jbc (2014)
>>> Yu Yu Hakusho - Volume - 4 de Yoshihiro Togashi pela Jbc (2014)
>>> Yu Yu Hakusho - Volume - 8 de Yoshihiro Togashi pela Jbc (2014)
>>> Noções Básicas de Citologia, Histologia e Embriologia de L.C. Junqueira; J. Carneiro pela Nobel (1988)
>>> Fairy Tail Zero de Hiro Mashima pela Jbc (2017)
>>> Um Time Muito Especial de Jane Tutikian pela Atual (2009)
>>> Magi: O labirinto da magia - Vol. 28 de Shinobu Ohtaka pela Jbc (2017)
>>> Magi: O labirinto da magia - Vol. 15 de Shinobu Ohtaka pela Jbc (2014)
>>> Yu Yu Hakusho Especial - Vol. 14 de Yoshihiro Togashi pela Jbc (2015)
>>> Fairy Tail - Vol. 54 de Hiro Mashima pela Jbc (2016)
>>> Fairy Tail Gaiden - Vol. 1 de Kyouta Shibano e Hiro Mashina pela Jbc (2017)
>>> O Corpo Fala - A Linguagem Silenciosa da Comunicação Não-Verbal de Perre Weil; Roland Tompakow pela Vozes (2005)
>>> To Love Ru - Vol. 1 de Kentaro Yabuki e Saki Hasemi pela Jbc (2015)
>>> Orange - Vol. 6 EAN: 9788545706908 de Ichigo Takano pela Jbc (2018)
>>> Blasfêmia - do Sensorial ao Extra-sensorial de A. Furtado de Melo pela Prellus (2003)
>>> Recados da Lua : Amor e Romantismo de Helena Jobim pela Record (2001)
>>> Contos tradicionais do Brasil (Literatura Popular) de Luís da Câmara Cascudo pela Global (2004)
>>> A verdadeira história de vida e morte de Raimundo Jacó - Missa do Vaqueiro de Pedro Bandeira pela Juazeiro do Norte
>>> A Escola da Anarquia (Pedagogia/Educação Anarquista) de Josefa Martín Luengo pela Achiamé (2007)
>>> Piaget, Vygotsky, Wallon: Teorias Psicogenéticas em Discussão de Yves de la Taille/Marta Kohl de Oliveira/Heloysa Dantas pela Summus (1992)
>>> Por uma outra Globalização: Do pensamento único à consciência universal de Milton Santos pela Record (2011)
>>> Educação Libertária: Textos de um Seminário (Pedagogia/Educação Anarquista) de José Maria Carvalho Ferreira (Org.) pela Achiamé (1996)
>>> Pensamento e Linguagem (Pedagogia/Educação) de Lev Vigotski pela Martins Fontes (2005)
>>> A formação social da mente (Pedagogia/Educação) de Lev Vigotski pela Martins Fontes (2007)
>>> Cultura Insubmissa (Estudos e reportagens) de Rosemberg Cariri/Oswald Barroso pela Nação Cariri (1982)
>>> Globalização, democracia e terrorismo de Eric Hobsbawn pela Cia. das Letras (2007)
>>> A Produção Cultural para a Criança de Regina Zilberman (Org.) pela Mercado Aberto (1982)
>>> Desenvolvimento e Educação da Criança - Aplicação de Piaget na sala de aula (Pedagogia/Educação) de David Elkind pela Zahar (1978)
>>> Pedagogia do Risco - Experiências anarquistas em Educação (Pedagogia/Educação) de Sílvio Gallo pela Papirus (1995)
>>> Recordando Paulo Freire: Experiências de Educação Libertadora na Escola (Pedagogia/Educação) de Maria Oly Pey (Org.) pela Achiamé (2007)
>>> O Anarquismo Hoje - Uma reflexão sobre as alternativas libertárias de Jorge E. Silva pela Achiamé (2007)
>>> História da Língua Portuguesa – II. Século XV e Meados do Século XVI de Dulce de Faria Paiva pela Ática (1988)
>>> Discurso sobre o Filho-da-Puta (Sociologia/Antropologia) de Alberto Pimenta pela Achiamé (1997)
>>> Propaganda Ideológica e Controle do Juízo Público de Noam Chomsky pela Achiamé (2003)
>>> A Pedagogia Libertária na História da Educação Brasileira (Pedagogia/Educação) de Neiva Beron Kassick/Clovis Nicanor Kassick pela Achiamé (2004)
>>> Vygotsky, quem diria?! Em minha sala de aula (Pedagogia/Educação) de Celso Antunes pela Vozes (2002)
>>> Educação: Projetos e valores (Pedagogia/Educação) de Nilson José Machado pela Escrituras (2021)
>>> Guia Prático do Português Correto – Volume 2 Morfologia de Cláudio Moreno pela L&PM Pocket (2003)
>>> Arte e Anarquismo de Pierre Ferrua/Michel Ragon/Gaetano Manfredonia/Dominique Berthet/C. Valenti pela Imaginário (2001)
>>> A propriedade é um roubo e outros escritos anarquistas (Filosofia) de Pierre-Joseph Proudhon pela L&pm (2008)
>>> Moderna Plus. Matemática Paiva 3 de Manoel Paiva pela Moderna Plus (2010)
COMENTÁRIOS

Quarta-feira, 3/6/2009
Comentários
Leitores


Arquiteto de um universo
A leitura do universo encontra-se nas linhas da própria natureza. Gosto das obras desenhadas por esse arquiteto, que deve sonhar com a liberdade e coloca tudo no cimento. Oscar Niemeyer, com seus 101 anos, está com tudo.

[Sobre "Niemeyer na Piauí"]

por Manoel Messias Perei
3/6/2009 às
18h51 189.19.2.200
(+) Manoel Messias Perei no Digestivo...
 
Ana E me faz acreditar
Por causa de entrevistas como esta é que continuo a acreditar e a ler o Digestivo.

[Sobre "Ana Elisa Ribeiro"]

por MarcFlav
3/6/2009 às
15h38 189.83.172.209
(+) MarcFlav no Digestivo...
 
Steve Ballmer: um bom exemplo
Olá, Julio, muito boa a resenha. Me reforçou a vontade de ler esse livro, se não me engano se chama "Talent is Overrated" em inglês. Discordo que o Steve Ballmer seja um mau exemplo. Ele é um dos líderes mais resilientes e que tem trazido resultados para a MS (mesmo eu não sendo fã dela). Uma de suas melhores performances pode ser vista na entrevista que ele deu ao famoso "maczeiro" Guy Kawasaki, guru para empreendedores. Abs, Miguel

[Sobre "Desafiando o Talento, de Geoff Colvin"]

por Miguel Cavalcanti
http://blog.miguelcavalcanti.com
3/6/2009 às
14h32 189.35.37.34
(+) Miguel Cavalcanti no Digestivo...
 
Inútil, para mim
Realmente não vejo utilidade neste aplicativo. Isso é apenas mais uma coisa para nós humanos perdermos nosso tempo na internet...

[Sobre "Xexéo: Twitter é uma besteira"]

por Danillo Gómez
http://danillocara.blogspot.com
3/6/2009 às
12h17 189.71.97.254
(+) Danillo Gómez no Digestivo...
 
Mais uma que o pai não deixou
Oi, Ana! Meu pai também não deixou eu furar a orelha com o mesmo argumento pejorativo "coisa de índio". Até se antecipou à moda e falava pra mim e para minha irmã "quando vocês crescerem, podem até furar o nariz". Dizia isso pra chocar, pois era algo inexistente - eis que surge o piercing... Enfim, diferente de você, não tive interesse em furar a orelha, até o momento. Agora, beirando meus 28 anos e com uma filha de 7 meses à tiracolo, o interesse apareceu. Como quero furar a orelhinha dela, e normalmente sou solidária às suas dores (faço assim com as vacinas, também tomo uma picadinha para lembrar de como dói), procurei um acupunturista e vou furar antes. Dependendo do "grau de dor", furo a dela também. Se mais pra frente ela decidir por não usar brincos, é só esperar o buraquinho fechar. Simples assim.

[Sobre "Eu não uso brincos"]

por Aline
http://amorinhadamamae.blogspot.com/
3/6/2009 às
11h45 201.26.104.191
(+) Aline no Digestivo...
 
Alguns retoques na tua fala
Yuri: como vai? Gostaria de fazer algumas ressalvas ao teu depoimento neste texto sobre a Hilda Hilst. Quem não a conheceu, pensa, pelo que você diz, que ela nunca conseguiu publicar nada, e só às portas da morte conseguiu editar "o livro", como você diz. Ora, como amiga dela e até autora de "um livro" sobre ela ainda inédito, onde você, aliás, é um dos meus entrevistados, conto que graças a batalha do José Luis Mora Fuentes, ela conseguiu, no fim da vida, mas ainda lúcida para curtir o lance, ver reeditada toda a sua obra pela Globo. Reeditada, já que todos seus livros haviam sido editados e estavam já - alguns, pelo menos - sendo traduzidos para vários idiomas... Interessante que você conviveu com ela, não exatamente nesta época, mas deve saber disso. Abração.

[Sobre "Impressão sob demanda"]

por Ana L.Vasconcelos
http://www.saldaterraluzdomundo.net
3/6/2009 às
11h43 201.53.195.109
(+) Ana L.Vasconcelos no Digestivo...
 
O Catarro nunca mostra a cara
O Sergio se acha e só ama o próprio umbigo ou da sua restrita panelinha. Xinga a todos que não concordam com sua opinião mas nunca mostra a cara. Talvez ele seja apenas um avatar...

[Sobre "Fui xingado pelo Catarro Verde"]

por Zé Maria
3/6/2009 às
11h20 200.234.208.37
(+) Zé Maria no Digestivo...
 
O antigo amigo negro...
Uma história bastante "engraçada" foi a da minha irmã. Ela é relativamente branca e um dia apresentou à famí­lia o namorado, o antigo amigo negro. Eu, a minha mãe, algumas tias e a minha avó (por experiência própria, já que ela é loira e se casou com um mulato no iní­cio dos anos 50) fomos os únicos que pensaram na situação racionalmente. Nós o ví­amos como uma pessoa, um esportista (ele era nadador na época), um rapaz inteligente e esforçado e não como uma cor ou raça. O mais engraçado da história foram meus parentes de outra cidade (do lado do meu avô mulato) que poderiam ser considerados pardos que fizeram uma corrente de oração para a minha irmã terminar o namoro (a adorável hipocrisia evangélica). Era engraçado o drama que alguns parentes faziam, falando que iria precisar alisar o cabelo das crianças (como se as mulheres da nossa famí­lia já não espichassem os próprios cabelos) que nascessem do relacionamento, que eles eram muito diferentes (mas engraçado é que na época em que eles eram amigos e ele a ajudava nas provas niguém falava um "a"). Não sei se foi a vida ou a corrente de oração, mas em um ano e meio o namoro acabou. Veio a choradeira, o "volta, não volta". O motivo do fim do namoro é que ele se mostrou grosso, estúpido e machista. Não queria que ela trabalhasse e era muito ciumento. No fim foi uma boa revisão de valores para a minha famí­lia e principalmente para a minha irmã, que se sentiu marginalizada pela primeira vez na vida, os parentes racistas continuam racistas (a mulherada continua fazendo escova progressiva). [Cabo Frio - RJ]

[Sobre "Promoção Elogio da Madrasta"]

por Carlos Eduardo
3/6/2009 às
11h17 200.220.202.2
(+) Carlos Eduardo no Digestivo...
 
Tente e dará certo!
Sim! Conhecemo-nos na academia, foi paixão à primeira vista o que senti. Apenas nos olhávamos... Uma semana depois ele levou um papelzinho na academia, fingiu que este estava caí­do no chão, e se aproximou de mim, perguntando se era meu, e eu respondi que não. Logo no outro dia, fingi que não conseguia colocar um peso no aparelho de roldana, e chamei ele pra me ajudar. No dia seguinte, sexta-feira, convidei-o para sair, e ele disse que iria, mas não foi... Então, na segunda-feira, tentou me agarrar à força, isto é, tentou me beijar, mas eu virei o rosto e não deixei, só pra fazer um charminho (na verdade, eu não sabia como estava meu hálito, então, achei melhor não facilitar... hehehe). Saí­mos juntos várias vezes, sem que acontecesse nada, nem um aperto de mão sequer! Certo dia, na academia, depois de um mês, mais ou menos, que estávamos saindo juntos, eu beijei ele. Ficamos uma semana, até ele me contar que tinha um filho, pequeno... Eu achei ótimo, pois seria uma experiência singular para mim. Depois de mostrar-me fotos do filho, eu só queria conhecê-lo, ansiosa. Mas, então, a casa caiu: ele voltou pra namorada, mãe do filho dele... E queria continuar comigo, mas eu não quis. Só que eu não aguentei, e acabei ficando com ele, de novo. Era um amor proibido, porque eu estava desmanchando uma famí­lia, constituí­da antes mesmo de eu conhecê-lo... Um horror! Mas eu já estava envolvida, gostava dele, do filho dele (que eu ainda não conhecia)... Tempos depois, ele terminou o namoro, e continuamos ficando. Levou o filho dele no meu apartamento, o que ocorreu durante meses, todos os finais de semana, até o dia em que ele me pediu em namoro. Mas, antes disso, a ex dele ligava dia e noite pra ele, fazia ameaças, incomodava, aprontava pra ele, mentia, mandava mensagens ofensivas, fazia chantagem psicológica... Mas ele continuou comigo, sem ela saber... Os pais dele insistiam pra me conhecer, porque diziam que eu o mudei completamente, pra melhor e, inclusive, estavam apavorados de como o filho dele podia gostar e confiar tanto em mim! Hoje, ela já sabe que estamos namorando, mas não sabe que eu frequento a casa dele, tampouco que o filho deles me ama. Temos planos de casamento e mais filhos... Tente e dará certo! O que era proibido agora já não é mais, por força do nosso amor, que nos uniu, de corpo e alma, talvez pra sempre. [Santa Maria - RS]

[Sobre "Promoção Elogio da Madrasta"]

por Keula Machado
3/6/2009 às
11h14 201.7.130.13
(+) Keula Machado no Digestivo...
 
Véus, palavras não ditas...
Nada como o mais proibido dos amores com sua inevitável transgressão, silêncios, olhares que se cobrem de véus, palavras não ditas... É a mais doce das alcovas na mais perfeita das fantasias... [São José do Rio Pardo - SP]

[Sobre "Promoção Elogio da Madrasta"]

por Izilda Araujo
3/6/2009 às
11h11 200.196.224.242
(+) Izilda Araujo no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Fundamentos de Informática - Software e Hardware - 2. a Edição Revista
Marcus Garcia de Almeida
Brasport
(2002)
R$ 15,00



Biologia celular e molecular
Luiz C. Junqueira, José Carneiro
Guanabara, Gen
(2005)
R$ 90,00



Distimia - do mau humor ao mal do humor - diagnóstico e tratamento
Táki Athanássios Cordás e outros
Aertes médicas
(1997)
R$ 8,00



A terra é azul
Lucília Junqueira de Almeida Prado
Brasiliense
(1980)
R$ 20,00



Mãos de Vento e Olhos de Dentro
Lô Galasso; Aida Cassiano
Scipione
(2002)
R$ 20,00



Conexões de Sócrates a Sócrates e Outras 114 Ligações Inusitadas
Vários Autores
Abril
(2016)
R$ 20,00



A Doce Canção de Caetana
Nélida Piñon
Record
(1997)
R$ 36,00



Química 1° Volume Curso Colegial
Firmino Bonato
F T D
(1971)
R$ 18,00



Sistemas integrados de gestão ERP
Cícero Caiçara Junior
Ibpex
(2011)
R$ 12,00



Tristão e Isolda
Francisco Alves
Francisco Alves
(1990)
R$ 12,66





busca | avançada
87759 visitas/dia
2,4 milhões/mês