A sombra de Borges | Rogério Prado

busca | avançada
71184 visitas/dia
2,6 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Primeiro Roteiro
>>> Festival Cine Inclusão abre inscrições de curtas-metragens com o tema terceira idade
>>> Musical Guerra de Papel estreia dia 3 de setembro no Teatro Viradalata
>>> Monólogo Te Falo com Amor e Ira de Branca Messina ganha nova temporada
>>> Performer e dançarina Morgana Apuama apresenta a obra 'Risko'
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Poesia como Flânerie, Trilogia de Jovino Machado
>>> O mundo é pequeno demais para nós dois
>>> Ao pai do meu amigo
>>> Paulo Mendes da Rocha (1929-2021)
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
>>> Cosmogonia de uma pintura: Claudio Garcia
>>> Silêncio e grito
Colunistas
Últimos Posts
>>> Deep Purple em Nova York (1973)
>>> Blue Origin's First Human Flight
>>> As últimas do impeachment
>>> Uma Prévia de Get Back
>>> A São Paulo do 'Não Pode'
>>> Humberto Werneck por Pedro Herz
>>> Raquel Cozer por Pedro Herz
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
>>> Sergio Abranches sobre Bolsonaro e a CPI
Últimos Posts
>>> O cheiro da terra
>>> Vivendo o meu viver
>>> Secundário, derradeiro
>>> Caminhemos
>>> GIRASSÓIS
>>> Biombos
>>> Renda Extra - Invenção de Vigaristas ou Resultado
>>> Triste, cruel e real
>>> Urgências
>>> Ao meu neto 1 ano: Samuel "Seu Nome é Deus"
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A internet e o amor virtual
>>> O Conselheiro também come (e bebe)
>>> Outra Praia, de Swami Jr.
>>> Minha formatura
>>> Sultão & Bonifácio, parte II
>>> O enigma de Lindonéia
>>> Paisagens Originais & Detalhes De Um Pôr do Sol
>>> Modernismo e Modernidade
>>> A extraordinária Nina
>>> Pensamentos & Pedidos
Mais Recentes
>>> Dark City Jogo de Gustavo Barreto pela Funbox (2021)
>>> Naruto Guia Oficial de Personagens o Livro Secreto da Formação de Masashi Kishimoto pela Panini (2021)
>>> O Pistoleiro a Torre Negra Vol I de Stephen King pela Objetiva (2004)
>>> Gabriela Cravo e Canela de Jorge Amado pela Martins (1970)
>>> Abc de Castro Alves de Jorge Amado pela Martins (1970)
>>> O Que as Mulheres Querem ? de Paco Underhill pela Campus (2010)
>>> Dona Flor e Seus Dois Maridos de Jorge Amado pela Martins (1970)
>>> Historia da criação do ensino superior no Acre de Áulio Gélio Alves de Souza pela Thesaurus (2006)
>>> O Mundo Fantástico dos Bonecos de Claudia Zarvos Consultoria e Design pela Sesc (2010)
>>> Médico de homens e de almas - a história de São Lucas de Taylor Caldwell pela Record (2018)
>>> Corpo Fala: A Linguagem Silenciosa Da Comunicação Não Verbal de Vozes pela Vozes (2021)
>>> Correio Fraterno de Feb pela Feb (2021)
>>> Um Longo Caminho para Casa de Danielle Steel pela Record Altaya (2001)
>>> Corrida Da Vida de Leader pela Leader (2021)
>>> Fora de Ordem de Woody Allen pela Agir (2007)
>>> A Ilusão de Scorpio de Robert Ludlum pela Rocco (1995)
>>> Cortázar de Dsop pela Dsop (2021)
>>> Cotidianos Educacionais de Autografia pela Autografia (2021)
>>> Falou e Disse de Francisco Cândido Xavier - Augusto Cezar Neto pela Geem (1978)
>>> Crepúsculo de Intrínseca pela Intrínseca (2021)
>>> Crepúsculo - Serie Branca de Intrínseca pela Intrínseca (2021)
>>> Criando Adolescentes de Fundamento pela Fundamento (2021)
>>> Garoto Linha Dura de Stanislaw Ponte Preta pela Círculo do Livro
>>> Criando Aulas Multimídia Com Visual Class de Giz pela Giz (2021)
>>> Criando moda de Ciranda Cultural pela Ciranda Cultural (2021)
COMENTÁRIOS

Sexta-feira, 30/8/2002
Comentários
Leitores


A sombra de Borges
Parabéns, Alexandre! Você nos deixou na saudade na última semana, rapaz! Mas a coluna de hoje valeu por duas semanas. O tópico mais sintético foi paradoxalmente o mais abrangente: Borges sufocou uma geração. Além de concordar com o Gian (sobre o realismo fantástico) queria acrescentar que não foi só na Argentina que Borges projetou sua imensa sombra. Todo escritor latino americano tem que fazer uma reverência a Borges antes de pensar em colocar a primeira letra no papel. Não li Borges tanto quanto deveria e por isso posso estar falando bobagem. Mas o que li (e reli) foi suficiente para me causar a seguinte inquietação: Borges existiu? Funes é bem mais palpável que Borges! Borges não seria um personagem que escapou de um livro de Borges? Borges me parece tão imenso que chego a supor que para enxergá-lo é preciso estar no espaço sideral. Até chegar lá continuarei na dúvida: Borges existiu?

[Sobre "Onze pontos sobre literatura"]

por Rogério Prado
30/8/2002 às
19h15 200.217.219.4
(+) Rogério Prado no Digestivo...
 
Mais um escol na lista
Obrigada pela dica. Vou tentar colocá-lo na minha lista de leituras. Conforme for, podemos até trocar idéias sobre o conteúdo.

[Sobre "Língua de fora"]

por Adriana
30/8/2002 às
17h59 200.191.110.68
(+) Adriana no Digestivo...
 
Borges e os desinteressantes
Alexandre, como sempre você está de parabéns pelo seu texto. Concordo especialmente com dois pontos: 1 - depois de Borges, todo escritor argentino parece idiota (Eu acrescentaria: depois de Borges, todo realismo fantástico parece idiotice); 2 a literatura brasileira é feita sobre o desinteressante. Machado de Assis escreve apenas sobre o desinteressante. Mas há boas excessões. Euclides da Cunha escreveu sobre um assunto muito interessante em Sertões. Outra honrosa excessão é Monteiro Lobato. Quem já leu Urupês sabe o que é um livro escrito sobre coisas interessantes. Lobato tirava sarro do desinteressantismo da literatura brasileira (que ele chamava de contos psicológicos) usando para isso uma cozinheira que ele considerava uma crítica literária melhor do que qualquer crítico de jornais.

[Sobre "Onze pontos sobre literatura"]

por Gian Danton
30/8/2002 às
13h45 200.242.96.2
(+) Gian Danton no Digestivo...
 
Exclusivo e de Escol
Sugiro fortemente q leias A Fisofia da Cultura de Luiz Sérgio Coelho de Sampaio (ed àgora da Ilha). O livro é extremamente exclusivo, difícil mesmo, mas o Leonardo Boff faz um brlo elogio para ele. Eu tenho tentado penetrar aquela floresta lógica, com dificuldade mas com prazer. É UM LIVRO EXCLUSIVO. É UM LIVRO DE ESCOL.

[Sobre "Língua de fora"]

por pedrosevio
30/8/2002 à
00h52 200.191.176.139
(+) pedrosevio no Digestivo...
 
espero resposta
Paulo, o que te faz pensar que Monaliza é comum e Pollock é enigmático? Cara, vc consegue dormir depois do trabalho? Sinto informar vc, mas ambos, Da Vinci e Pollock, fundiram tua cuca amigo. Seus olhos são pelo menos bonitos Paulo?

[Sobre "Comum como uma tela perfeita"]

por Tony Camargo
29/8/2002 às
21h00 200.193.185.69
(+) Tony Camargo no Digestivo...
 
Minha torcida
Meu amigo, Alexandre, Você anda mesmo muito impertinente nos seus assuntos. Cuidado. Espero que você não seja pego, como um franguito, pelo pescoço, pelos pseudos e os amigos deles. Não mudando muito o assunto. Blogando por aí (é assim mesmo que se fala?) li alguma coisa sobre você neste blog: "zul.blogspot.com". Você anda bem na fita, rapaz! Parabens! Cacá Mendes

[Sobre "Falsos intelectuais"]

por Cacá
29/8/2002 às
17h13 200.207.161.251
(+) Cacá no Digestivo...
 
Fama e decadência instantâneas
Hoje em dia, com os noticiários on line e todos os jornais diários - até 1970 os jornais não circulavam num dia do fim de semana, dando tempo do leitor descansar - fica dificil esperar que um artista atinga a maturidade. As exigências são para que a fama seja hoje, agora, nesse instante. Nenhuma espera é tolerada. Tempo para amadurecer, consolidar, melhorar? Nem pensar. Gente, nessa velocidade, não há quem suporte. A decadência é instantânea também.

[Sobre "Digestivo nº 96"]

por Sandra Chaves
29/8/2002 às
11h02 200.255.169.20
(+) Sandra Chaves no Digestivo...
 
Somos dois
Eu também, Rafael. Essa é a tragédia. Mas acredito que quer dizer "algo que tem muitos significados", ou "algo que tem vários níveis de interpretação". Ou algo assim. A vida é curta demais para ir averiguar.

[Sobre "Falsos intelectuais"]

por Alexandre
28/8/2002 às
19h07 200.207.125.11
(+) Alexandre no Digestivo...
 
As musas morreram...
Hoje não existem mais musas ou divas porque qualquer uma que aparece já se vende à televisão, ou pior, às revistas masculinas. Com a imprensa sensacionalista de hoje, não há espaço para se criar um mito em cima de uma mulher. Elas crescem sonhando em ser modelos, atrizes e ganhar dinheiro fácil. Não se cria um mito sem antes perpetuar uma reputação e um mínimo de talento e respeito. Falta tudo isso para podermos voltar aos tempos das musas...

[Sobre "Digestivo nº 96"]

por Lucas
28/8/2002 às
14h35 200.206.218.8
(+) Lucas no Digestivo...
 
Polissêmico
Continuo sem saber o significado da palavra

[Sobre "Falsos intelectuais"]

por Rafael
28/8/2002 às
09h46 200.163.203.166
(+) Rafael no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Homem do Chapeu Vermelho
Hervé Guibert
Jose Olympio
(1992)



Mediunidade e Caminho
Carlos A. Baccelli
Ide
(2008)



Peripheral Vascular Disease
Alvaro Alonso / David D. Mcmanus
Jones and Bartlett



A History of Education in American Culture
R Freeman Butts/lawrence a Cremin
Henry Holt and Company
(1954)



Os Humanos - 1ªedição
Matt Haig
Jangada
(2016)



Para Ter um Bom Dia Hoje e Amanhã
Israel Belo de Azevedo
Hagnos
(2010)



Kalusha
Bruno Cattoni
7 Letras
(2002)



Pontes Brasileiras Viadutos e Passarelas Notaveis
Augusto Carlos de Vasconcelos
Pini
(1993)



Hp 12 C Owners Handbook and Problem Solving Guide
Hewlett Packard
Hp
(1982)



O curioso caso de Benjamin Button
Francis Scott Fitzgerald
Folha de S. Paulo
(2016)





busca | avançada
71184 visitas/dia
2,6 milhões/mês