Ideologia: o ópio de todos | Julio Daio Borges

busca | avançada
49127 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Projeto que une cultura e conscientização ambiental traz teatro gratuito a Minas Gerais
>>> Show da Percha com Circo do Asfalto
>>> Evento Super Hacka Kids reúne filmes, games, jogos de mesa e muita diversão para a família
>>> SESC BELENZINHO RECEBE RÁDIO DIÁSPORA
>>> Música de Feitiçaria
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Jô Soares (1938-2022)
>>> Casos de vestidos
>>> Elvis, o genial filme de Baz Luhrmann
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
>>> Sexo, cinema-verdade e Pasolini
>>> O canteiro de poesia de Adriano Menezes
>>> As maravilhas do modo avião
Colunistas
Últimos Posts
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
Últimos Posts
>>> Direitos e Deveres, a torto e a direita
>>> Os chinelos do Dr. Basílio
>>> Ecléticos e eficazes
>>> Sarapatel de Coruja
>>> Descartável
>>> Sorria
>>> O amor, sempre amor
>>> The Boys: entre o kitsch, a violência e o sexo
>>> Dura lex, só Gumex
>>> Ponto de fuga
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Microcontos ou micropoemas?
>>> Microcontos ou micropoemas?
>>> Microcontos ou micropoemas?
>>> A deliciosa estética gay de Pierre et Gilles
>>> Live sobre mulheres na edição
>>> Shikasta, frontão em alto relevo *VÍDEO*
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> Censura na Bienal do Rio 2019
>>> Aina: dos álbuns conceituais até a ópera-rock
>>> Aina: dos álbuns conceituais até a ópera-rock
Mais Recentes
>>> O Símbolo Perdido (ed. economica) de Dan Brown pela Sextante (2010)
>>> [email protected] de Bernardo Sorj pela Jorge Zahar (2003)
>>> Pedagogia da Autonomia de Paulo Freire pela Paz e Terra (1996)
>>> Seja Líder de Si Mesmo de Augusto Cury pela Sextante (2004)
>>> Você é Insubstituivel de Augusto Cury pela Sextante (2002)
>>> Livro de poesia concreta A Náusea de Breno Pitol pela Pragma Livros (2022)
>>> Livro de poesias Uma saudade profunda de Felix da Fonseca pela Fross (2022)
>>> Macunaíma de Mário de Andrade pela Livraria Garnier (2001)
>>> Livro Mito capoeira - Coleção de símbolos de Erika Barroso Carvalho pela Fross (2022)
>>> O homem da chuva de Susie Moloney pela Rocco (2002)
>>> Henderson o rei da chuva de Saul Bellow pela Nova Fronteira (1978)
>>> A luz sa noite de Edna O' Brien pela Record (2009)
>>> Guia do Candidato Inteligente de Igor Teixeira de Oliveira pela Fross (2022)
>>> Sombras Vol. 1 de Jessica Verday pela Rocco (2011)
>>> Livro A Coroação do Exilado - Um conto sobre a virtude de Arthur Carneiro pela Fross (2022)
>>> Ícone de Frederick Forsyrh pela Record (1997)
>>> Ícone de Frederick Forsyrh pela Record (1997)
>>> Livro de contos africanos A canoa dos sonhos de Alerto Bia pela Pragma Livros (2022)
>>> O enigma do parque de Jody Shields pela Best Seller (2001)
>>> Contra qualquer tipo de desamor, tome amor-próprio de Edvan Santos pela Fross (2022)
>>> Loções de uma rainha do batom/como encotrar e desenvolver a ideia que pode mudar sua vida de Poppy King pela Fontanar (2009)
>>> Livro Nem Tudo São Flores de Celia Silveira pela Fross (2022)
>>> Livro de poesia Páginas ao vento de Alcir Tonoli pela Fross (2022)
>>> Viva mais /equilibre sua bioenergia de Geraldo Medeiros Jr. e Else Benevides Medeiros pela Elevação (2008)
>>> Viva mais /equilibre sua bioenergia de Geraldo Medeiros Jr. e Else Benevides Medeiros pela Elevação (2008)
COMENTÁRIOS

Quinta-feira, 14/11/2002
Comentários
Leitores


Ideologia: o ópio de todos
Estimado Alexandre, como sei que este texto vai ser bastante lido, - se me dá licença - venho reparar algumas injustiças aqui cometidas. Em primeiro lugar, acho apressado generalizar toda a "inteligência", na nossa geração, como "de direita" - e, por conseqüência (o que é mais grave), toda a "burrice", mais uma vez na nossa geração, como "de esquerda". Para ficar no rol dos ex-Colunistas (já que falou no Fabio Danesi Rossi e no Rafael Azevedo), cito a Daniela Sandler e o Rafael Lima. Ambos "de esquerda" e ambos "inteligentes". E, em se tratando dos nossos atuais colegas (Colunistas), talvez você não saiba mas o Marcelo Barbão, o Lucas Rodrigues Pires e o Rodrigo Gurgel podem ser classificados como "de esquerda" (embora o último não seja exatamente da nossa geração) e também podem ser classificados como "inteligentes". Lembre-se sempre de uma frase do próprio Paulo Francis (que eu citei recentemente): "Todo intelectual deve ser livre e imprevisível". Se for "de direita" ou "de esquerda", restritiva e teimosamente, está perdido. (Sobre os blogs, você sabe o que eu penso: não são tudo isso.) Leve meu abraço e minha admiração, sempre, Julio. [P.S. - Longe de mim querer ter razão, mas eu achava que isso precisava ser dito.]

[Sobre "Filhos de Francis"]

por Julio Daio Borges
14/11/2002 às
10h50 200.182.232.74
(+) Julio Daio Borges no Digestivo...
 
Atualidade
Não se trata de estereótipo. Nossa sociedade é mesmo machista e as tarefas domésticas ainda são responsabilidade exclusivamente das mulheres, mesmo que elas "trabalhem fora". E como somos uma sociedade contraditória, posso dizer que esse é o espelho da atualidade ou modernidade, como queira.

[Sobre "Ideologia retrô"]

por Fabio Polonio
14/11/2002 às
10h51 200.157.130.84
(+) Fabio Polonio no Digestivo...
 
Percorra o caminho...
Caro Eduardo, tirando os fatos que até ontem p'ro mundo, Buenos Aires era a capital do Brasil, e que os poucos ícones da Argentina serem Maradona e seu pó, Evita e seu Papai, Astor e seu tango, Gardel e seu passado, Fito Paez e seu canto "afinadíssimo", e as Ilhas Malvinas serem disputa com a Inglaterra (chique isso, muito europeu), a Argentina nunca foi notícia maior que rodapé para o mundo. Acho que a gente tem de se sentir bem onde estamos e procurar enxergar o "belo" que está a nossa volta. Eu sugiro que vc vá morar na Argentina, aqui seria melhor do que já é p'ra se viver, afinal pra criticar algo... nada melhor que um argentino, vá e se naturalize. Por falar em democracia, a Argentina não é dos melhores e mais bonitos exemplos, e por favor não queira transformar nosso país na Argetina, a gente não precisa. Vá para a Argentina, e venha fazer turismo no Brasil, pelo que vejo, vc conhece bem pouco aqui, quem sabe vc não muda de idéia.

[Sobre "Uma verdade incômoda"]

por Rossi Filho
14/11/2002 às
09h46 200.171.34.78
(+) Rossi Filho no Digestivo...
 
Inteligente e leve!!!!!
Rodrigo: Seu texto é claro, leve, delicioso de ler. A leitura corre agradavelmente. E começar a resenha citando o Edmund Wilson sexagenário, para confirmar o EW de Hecate County, foi muito inteligente. Parabéns. Quando será que nossas editoras terão coragem para publicar mais EW? Por favor, escreva mais! Fernanda

[Sobre "Convite às memórias de um condado infernal"]

por Fernanda
14/11/2002 às
08h51 200.207.122.59
(+) Fernanda no Digestivo...
 
Um assunto relativo... Ou não?
Alexandre, Alexandre... Tisc, tisc... Já te falei que me tornei uma fã sua e, cá entre nós, esse texto realmente está fabuloso! Quanto às críticas (e até revoltas, me corrija se estiver errada), eu mesma já me acostumei com isso, pelo fato de que minhas idéias estão sempre na contra-mão! E acho isso interessante, porque considero o estilo uma das maiores virtudes do ser humano. Realmente, ser um "coitado" é mesmo muito relativo. Porém, enxergando por esse ângulo (o mesmo que você, quero dizer) há pessoas que nunca deixarão de ser coitadas, independendo de sua classe social e até mesmo nível cultural. Parabéns, novamente!

[Sobre "Lula Já É Um Coitado"]

por *Roberta*
13/11/2002 às
23h16 200.158.25.103
(+) *Roberta* no Digestivo...
 
Um homem incomum
Prezado Rogério: Grato por suas palavras. As narrativas de EW não são, é claro, geniais; não representam um momento excepcional da literatura. Mas ocupam, na obra do autor, um espaço muito importante, pois revelam mais uma partícula, dentre tantas outras, desse homem incomum, cuja inteligência conheceu poucos limites. E, no contexto da produção editorial brasileira, tornam-se ainda mais valiosas, face ao restrito número de traduções que temos de EW. Um abraço!

[Sobre "Convite às memórias de um condado infernal"]

por Rodrigo Gurgel
13/11/2002 às
22h04 200.211.147.166
(+) Rodrigo Gurgel no Digestivo...
 
Mais uma!
Julio Já passou fome na vida? Já dormiu ouvindo tiros na parede de seu barraco de 2 cômodos? Já perdeu 4 horas por dia para se deslocar ao trabalho em pé num ônibus? Já foi mandado embora de algum emprego e teve vontade de chorar? Já foi despejado por não poder pagar aluguel? Nem eu, agora me responda, o que faz um indivíduo que sofre destes probleminhas sociais acordar todo dia e nunca meter uma bala em seu próprio ouvido? Vou dar um palpite: Esperança! Antes que você me bombardeie com seu discurso muito bem articulado e argumentado, citando celebridades literárias, para justificar seu ponto de vista, devo lhe afirmar que concordo com seu ponto de vista. Concordo também que a mídia manipula esta esperança do povo para entretê-los esvaziando seu conteúdo político. E justifico meu voto no Lula, sem patrulhamento algum, nunca votei no Collor, nunca votei no FHC, já votei no Brizola, acreditem, e sabe porque? Porque eu acreditava nas escolas que ele construia, lógico que hoje, mais maduro, não cometo este erro, mas entendo que as pessoas estão amadurecendo, assim como eu. E convenhamos, não podemos menosprezar a força do exercício e erro, não devemos criticar alguém que se esforça e tenta acertar. Leva tempo? Sim, leva , mas 30 anos se passaram e todos ficaram calados na Ditadura, desde 89 (Collor), se passaram apenas 13 anos, pouco tempo. "Não concordo com uma palavra que Tu disseste mas lutarei até a morte pelo direito de dizê-la"(Voltaire)

[Sobre "Lula: sem condições nenhuma*"]

por Eduardo Vianna
13/11/2002 às
20h38 200.207.205.22
(+) Eduardo Vianna no Digestivo...
 
www.garotamarota.kit.net
O blog também pode ser uma descoberta. A descoberta da escrita, de repente vc se pega conseguindo se expressar até melhor do que em palavras. Uma terapia? Não, sou mais como, um conhecimento de si mesmo. Abraço

[Sobre "A internet e os blogs"]

por Quel
13/11/2002 às
19h31 200.207.190.119
(+) Quel no Digestivo...
 
daumier no MASP é demais!
Jardel, depois de ler seu texto sobre florbela espanca decidi ler todos os outros que escreveu. são realmente muito bem escritos, muito emocionantes, inteligentes. Daumier, nem se fala. excelente, adorei mesmo. parabéns e espero ler mais e mais...

[Sobre "Um Daumier no MASP"]

por claudia
13/11/2002 às
15h02 198.81.8.3
(+) claudia no Digestivo...
 
Parabéns
Olá, Rodrigo Na minha opinião, se o livro fosse só o conto "A princesa dos cabelos dourados" já veleria a pena. É um dos textos mais bem construídos que já li. Leveza e lirismo num clima de puro erotismo. Em todas as cenas o ambiente muda de cor ao sabor das viagens espirituais do narrador. Tudo muito bem construído, principalmente a posição do narrador num ponto eqüidistante entre Imogen e Anna. Imogen, o modelo ideal e inatingível de mulher, uma musa inefável, tem sua humanidade penosamente revelada através de um problema de saúde. Enquanto isso um mundo de contingências hostis vai se interpondo entre o narrador e Anna. A perspectiva romântica se estilhaça e o narrador sucumbe ao mordorrento cotidiano do condado de Hecate. Dos demais contos, só não consegui ler o Milholland, pois as referências literárias em profusão estavam muito além da minha humilde bagagem de conhecimentos. Saudações e parabéns pela resenha.

[Sobre "Convite às memórias de um condado infernal"]

por Rogério Prado
13/11/2002 às
14h04 200.217.219.4
(+) Rogério Prado no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Contos Bret Hart
Bret Hart
Cultrix
(1986)



State of the World
Lester R. Brown
Norton
(1996)



Zodíaco
Robert Graysmith
Novo Conceito
(2011)



Audio Culture: Readings in Modern Music
Christoph Cox; Daniel Warner
Continuum Publishing
(2006)



Frei Bolinha, Companheiro de São Francisco-uma Historia de Boa Vontade
Sergio Lapastina
Mercuryo
(2003)



Jogos Dirigidos para Grupos Recreação e Aulas de Educação Fisica
Silvino José Fritzen
Vozes
(1994)



Quem Sou Eu?
Therezinha Rocha
Do Brasil
(1967)



Almas Em Desfile
Francisco Cândido Xavier; Waldo Vieira
Ed. Feb
(1960)



10 Lições sobre Luhmann
Artur Stamford da Silva
Vozes
(2016)



Universo de Deus - uma Visão Espiritual da Humanidade / 1ª Ed
Déa Berttran
Lachâte
(2007)





busca | avançada
49127 visitas/dia
2,0 milhão/mês