desculpem-me por ser tão chato | marcelo

busca | avançada
76521 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Rodolpho Parigi participa de live da FAAP
>>> Para fugir de ex-companheiro brasileira dá volta ao mundo com pouco dinheiro
>>> Zé Guilherme encerra série EntreMeios com participação da cantora Vania Abreu
>>> Bricksave oferece vistos em troca de investimentos em Portugal
>>> Projeto ‘Benzedeiras, tradição milenar de cura pela fé’ é lançado em multiplataformas
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Cabelo, cabeleira
>>> A redoma de vidro de Sylvia Plath
>>> Mas se não é um coração vivo essa linha
>>> Zuza Homem de Mello (1933-2020)
>>> Eddie Van Halen (1955-2020)
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - II
>>> Vandalizar e destituir uma imagem de estátua
>>> Partilha do Enigma: poesia de Rodrigo Garcia Lopes
>>> Meu malvado favorito
>>> A pintura do caos, de Kate Manhães
Colunistas
Últimos Posts
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
>>> Chico Buarque em bate-papo com o MPB4
>>> Como elas publicavam?
>>> Van Halen no Rock 'n' Roll Hall of Fame
>>> A última performance gravada de Jimmi Hendrix
Últimos Posts
>>> Normal!
>>> Os bons companheiros, 30 anos
>>> Briga de foice no escuro
>>> Alma nua
>>> Perplexo!
>>> Orgulho da minha terra
>>> Assim ainda caminha a humanidade
>>> Três tempos
>>> Matéria subtil
>>> Poder & Tensão
Blogueiros
Mais Recentes
>>> 9/11 books
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Cidade de Deus, de Paulo Lins
>>> Humberto Alitto
>>> Orra, meu
>>> A forca de cascavel — Angústia (Fuvest)
>>> Meu tio
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> Tarde, de Paulo Henriques Britto
>>> Curitiba
Mais Recentes
>>> Ilustrado de Miguel Syjuco pela Companhia das Letras (2011)
>>> Revista Viagem e Turismo - Ano 20 – Nº 2 - Quatro Roteiros na Itália Pra Ver Antes de Morrer de Vários Autores pela Abril (2015)
>>> Guia do Executivo Porto Alegre 1998 de Vários Autores pela Gazeta Mercantil (1998)
>>> Guia Quatro Rodas Brasil 2002 de Vários Autores pela Abril (2002)
>>> Éfeso de Naci Keskin pela Keskin Colors (2012)
>>> Clube do Livro, Ser Leitor - que diferença faz? de Luzia de Maria pela Literária (2009)
>>> The Good Life Guide to Sydney de Tessa Mountstephens pela Hark! (1996)
>>> Matemática - 8º Ano - 6º Edição de Edwaldo Bianchini pela Moderna (2006)
>>> Encontro com a Begõnia de Nilza de Oliveira pela Imagem (2014)
>>> Buenos Aires de Boca a River de Joaquim da Fonseca pela Artes e Ofícios (1996)
>>> Brisa Bia, Brisa Bel de Ana Maria Machado pela Record (1999)
>>> Barcelona – Um Ano Com 365 Dias de Marcos Eizerik pela Age (2008)
>>> De Mala e Cuia – Tudo o Que Você Precisa Saber Para Morar, Estudar, Trabalhar e se Divertir na Europa de Adriana Setti pela Jaboticaba (2005)
>>> Quebra de Confiança de Quebra de Confiança Harlan Coben pela Arqueiro (2011)
>>> Viajando pela Europa e Pelo Mundo de José Cretella Júnior pela T. A. Queiroz (1985)
>>> Silêncio na Floresta de Harlan Coben pela Benvirá (2009)
>>> A Nova História Cultural de Lynn Hunt pela Martins Fontes (1992)
>>> O Livro dos Espíritos de Allan Kardec pela Círculo do Livro (1993)
>>> Não Conte a Ninguém de Harlan Coben pela Arqueiro (2009)
>>> Cyrano de Bergerac de Edmond Rostand pela Nova Cultural (2003)
>>> O Livro dos Incensos de Steven R. Smith pela Roca (1994)
>>> Confie Em Mim de Harlan Coben pela Arqueiro (2009)
>>> Romeu e Julieta - Macbeth - Otelo, O Mouro de Veneza de William Shakespeare pela Nova Cultural (2003)
>>> Consciência Cósmica de Rosabis Camaysar pela Lorenz (1994)
>>> Alta Tensão de Harlan Coben pela Arqueiro (2011)
>>> Os Sentidos do Trabalho - Ensaio sobre a afirmação e a negação do trabalho de Ricardo Antunes pela Boitempo (2000)
>>> Luta Armada no Brasil do Anos 60 e 70 de Jaime Sautchuk pela Anita Garibaldi (1995)
>>> Jogada Mortal de Harlan Coben pela Arqueiro (2011)
>>> Quando Ela Se Foi de Harlan Coben pela Arqueiro (2011)
>>> Descartes The Project of Pure Enquiry de Bernard Williams pela Routledge (2005)
>>> Desaparecido para Sempre de Harlan Coben pela Arqueiro (2010)
>>> Seis Anos Depois de Harlan Coben pela Arqueiro (2014)
>>> Estatuto da Criança e do Adolescente de Vários Autores pela Pmpa (2003)
>>> O Inocente de Harlan Coben pela Arqueiro (2013)
>>> A Dama das Camélias de Alexandre Dumas Filho pela Nova Cultural (2003)
>>> Equilíbrio Total Através da Parapsicologia de Miguel Lucas pela Almed (1981)
>>> Casa de Bonecas de Henrik Ibsen pela Nova Cultural (2003)
>>> O Poder da Oração para Mulheres de Jackie M. Johnson pela Povket ouro (2013)
>>> Jesus como Terapeuta - O Poder Curador das Palavras de Anselm Grün pela Vozes (2013)
>>> Manual do Astrônomo Amador de Jean Nicolini pela Papirus (1991)
>>> As Três Irmãs de Anton Tchekov pela Nova Cultural (2002)
>>> Constituição da República Federativa do Brasil de Alexandre de Moraes (Org.) pela Atlas (2001)
>>> Constituição da República Federativa do Brasil de Vários Autores pela Saraiva (2000)
>>> O Livro Secreto do Banheiro Feminino de Jo Barrett pela Essência/Planeta (2008)
>>> Código de Hamurabi – Código de Manu – Lei das XII Tábuas de Jair Lot Vieira (Superv.) pela Edipro (2002)
>>> Manual de Prática Forense Civil de Edson Cosac Bortolai pela Revista dos Tribunais (2003)
>>> Vade Mecum Método Cívil 2016 de Vários Autores pela Método (2016)
>>> Nossa próxima atração. O interprograma do Canal 3 de Mário Fanucchi pela Edusp (1996)
>>> Evaristo de Moraes Filho – 100 Anos de Vida Contribuição à Sociologia e ao Direito do Trabalho de Eliana Gonçalves da Fonte Pessanha e Outros (Orgs.) pela Ministério do Trabalho (2016)
>>> O tempo e a alma de Jacob Needleman pela Ediouro (1999)
COMENTÁRIOS

Sexta-feira, 15/11/2002
Comentários
Leitores


desculpem-me por ser tão chato
Ah, desculpem-me por ser tão chato. Mas, esqueci um pequeno detalhe. O Alexandre nunca poderia ser um trostkista da corrente de Frida Kahlo (ela mesmo abandonou o "e" de Frieda), porque a grande artista mexicana voltou ao PCM em 1948.

[Sobre "Filhos de Francis"]

por marcelo
15/11/2002 às
13h26 200.168.30.136
(+) marcelo no Digestivo...
 
Comentando o mundo e só
Alexandre, Apesar de não achar muito correto postar comentários inter-colunistas, vou abrir uma exceção. Principalmente porque tenho uma resposta para sua dúvida. Em primeiro lugar não acredito que vários dos "escritores e intelectuais" que pululam pela Internet possam ser considerados de direita. São mais "polemistas fáceis", que vivem da quantidade de comentários (agressivos ou bajuladores) que seus "ensaios" provocam. É mais um caso psicológico que político. É claro que eu também estou me reservando o direito de generalizar descabidamente, isso não pode ser somente um direito seu. Segundo, eu passei um pouco do ponto. Estou nos meus 30 e poucos. Mas como ainda me lembro dos meus 20 e poucos (é evidente que essa questão geracional não tem a mínima importância, mas como você a trata como essencial, vamos estudá-la), posso dizer que a abundância de "bons escritores de direita", acontece por uma verdadeira e total incompetência da própria direita. Vejamos, quando eu tinha 10 e poucos anos, estava participando ativamente da redemocratização deste país, quando tinha 20 e poucos anos construía em bairros e comunidades o Partido dos Trabalhadores, além de ajudar na retomada de sindicatos dos pelegos impostos pela ditadura. Mais no fim dos meus 20 e poucos anos, estava construindo um dos principais partidos de extrema-esquerda do mundo, o PSTU, escrevendo no seu jornal e dirigindo sua Secretaria Internacional. Por outro lado, a direita, em toda a América Latina,foi sempre incapaz de construir qualquer movimento ou partido minimamente coerente, que tivesse coragem de apresentar suas propostas à sociedade de cara aberta, criando uma base social perene. Quando a direita aparece, precisa se travestir de populista ou partir para a violência pura e simples. Por isso, para a juventude "de direita" , só restam os blogs. Ficar comentando o mundo, sem qualquer repercussão concreta, é a isto que está condenada a juventude "de direita". Quanto ao Paulo Francis, eu gostava de ler sua coluna bem no começo quando ele estava na Folha (será que essa geração de 20 e poucos sabia que ele já havia sido de esquerda e morreu debaixo de um retrato do Trotsky), mas depois que eu aprendi inglês e descobri a New Yorker, preferi ler os comentários no original.

[Sobre "Filhos de Francis"]

por marcelo
15/11/2002 às
12h51 200.168.30.136
(+) marcelo no Digestivo...
 
Vidiotas
Querida Cleusa: obrigado pelos parabéns. Também creio que seria saudável para os nossos pintores estudarem esses dois mestres, mas nossos artistas acreditam que a pintura já era; preferem novos meios, novas tecnologias, porque o novo passou a ser a obsessão de toda a sociedade. Infelizmente, os nossos contemporâneos já não são pintores, mas instaladores, vidioastas, alguns vidiotas. Parabéns pelo alto grau de suas leituras. AB

[Sobre "Matisse e Picasso, lado a lado"]

por AlbertoBeuttenmüller
15/11/2002 às
09h37 200.158.28.18
(+) AlbertoBeuttenmüller no Digestivo...
 
Cuidado com a ideologia !
Grande Alexandre: Seu texto coloca alguns pingos nos is, como recuperar a influência de Francis numa nova geração de intelectuais. Contudo, há um aspecto que discordo completamente: ao falar que esta geração é "de direita", você cai no erro terrível da ideologia - aliás, o mesmo erro da esquerda petista. A nova geração de intelectuais - influenciada ou não por Francis ou Olavo de Carvalho - não pode ser rotulada em hipótese nenhuma. Eles são, isto sim, indivíduos, que tentam pensar por conta própria numa nação que esqueceu o que é isso. Eu, pessoalmente, não sou "da direita" porque, na verdade, nunca exisitiu uma "direita". O único movimento ideológico que exisitiu foi o "da esquerda" - que inventou "o da direita" para domesticar os imbecis que pululam por aí. Assim, quando sou classificado como "da direita", você simplesmente não captou a verdadeira dedicação do meu trabalho e dos meus escritos. Não sou nem "da direita", nem "da esquerda", nem "do centro" - estou acima delas. Qualquer ideologia deforma a nossa percepção da realidade e é nosso dever, como a nova geração de intelectuais que ainda resisite à ascensão da lulidade, restaurar a experiência de uma abertura da alma às coisas que realmente importam, como a salvação da alma e a eternidade. No final da vida, Francis pensava a mesma coisa, mesmo sendo um cético dos diabos. E, por aqui, Olavo de Carvalho tenta fazer o mesmo - mesmo com meio mundo achando que ele é uma variação do mccarthismo (não é porque McCarthy era um tremendo incompetente). Perdemos a noção dos assuntos que importam - e é nosso dever recuperá-los para que essa droga chamada Brasil tenha algum futuro. Abraços, Martim. P.S. Escrevi sobre este perigo de cair na vala da ideologia no meu ensaio "A Geração Corrompida", publicado no jornal "O Indivíduo" (www.oindividuo.com).

[Sobre "Filhos de Francis"]

por Martim Vasques
15/11/2002 às
08h20 200.211.125.28
(+) Martim Vasques no Digestivo...
 
Compreensão
Veja só: a mulher lavar cuecas é um fato, seja esposa ou empregada doméstica. Não é justo, não parece moderno, mas é fato. Supor o que ocorre na minha casa é agressão gratuita. Não faltam fontes de informação para o que afirmo. Responda um comentário de cada vez.

[Sobre "Ideologia retrô"]

por Fabio Polonio
15/11/2002 às
03h39 32.101.186.133
(+) Fabio Polonio no Digestivo...
 
olá vejam que legal...
http://twybook.cjb.net/

[Sobre "Anos Incríveis"]

por beautifulsunshine
15/11/2002 às
03h45 200.225.194.49
(+) beautifulsunshine no Digestivo...
 
A aldeia global
Assim como McLuhan, parece que o Sr. Danton é mesmo desprovido de uma estrutura de pensamento político atento a um mundo que ele tenta codificar. Incrível mesmo é que nos dias de hoje ainda encontramos quem se atenha a analisar essa malcheirosa montanha de detrito subfilosófico e subteórico que resultaram em conclusões equivocadas. A "aldeia global" é um dos conceitos mais irrelevantes concebidos porque falho na dimensão social, vesgo na economia e reacionário politicamente. Nunca foi considerado pelos jornalistas de alguma seriedade ou pelos polemistas e pensadores de algum peso (procurem ver o que Dwight McDonald disse de McLuhan). Na sua confusa e descomprometida visão de mundo, o Sr. Danton padece do equívoco básico de McLuhan: não ter ideologia alguma nem ter um sistema confiável pelo qual possa analisar as transformações. Na falta de um pensamento político consistente, basta as idéias de Edgar Morin para explicar o mundo. Que pena...Talvez isso explique por que tanta curiosidade em identificar o "muito, muito mais" do generoso alerta de Pablo. Aproveitando a referência ao advento da imprensa móvel, bom observar um slide francês da década de 70 que mostrava Gutemberg no ato de dirigir uma vigorosa banana ao professor de literaruta inglesa tranformado em pseudocodificador e pensador da chamada era eletrônica. A melhor resposta que poderia ter sido dada. Aos dois.

[Sobre "Megalópoles de informação"]

por Giba San
15/11/2002 à
01h42 200.213.138.254
(+) Giba San no Digestivo...
 
Matisse e Picasso
Parabéns para Alberto Beuttenmüller pelo texto sobre Matisse e Picasso. Li o livro e continuo relendo pois nele temos bastante do processo de pintura dos dois grandes artistas.Que bom se nossos pintores "contemporâneos lessem seu artigo.

[Sobre "Matisse e Picasso, lado a lado"]

por Cleusa Arantes
15/11/2002 à
00h49 200.202.0.110
(+) Cleusa Arantes no Digestivo...
 
Será que eu "iscrivinho" bem?
Alê, meu querido... Eu ABOMINO Paulo Francis, entre outros (também tenho minha listinha), mas há uma frase dele que merece ser citada: "Quem não lê não pensa e quem não pensa será para sempre um servo". Quanto aos blogs, nunca me preocupei em ser ou não da esquerda, da direita, de trás ou da frente, mas acredito que todos os blogs têm um certo fascínio... Eles nos fazem rir ou chorar (às vezes chorar de tanto rir), porque é lá onde as pessoas refletem suas idéias e até sua personalidade. Aliás, estou curiosa para saber que tipo de textos você irá postar no seu! Ou já desistiu da idéia? Como prometi, até faço o layout e cuido da parte de design para você. Mas os textos... Ah, os textos! Será que as pessoas irão te julgar como "burro"?! Eu duvido, mas lembre-se que na vida tudo é relativo... Grande beijo.

[Sobre "Filhos de Francis"]

por *Roberta*
15/11/2002 à
00h50 200.158.25.69
(+) *Roberta* no Digestivo...
 
você acerta no alvo
Eu realmente cheguei um pouco tarde nesta discussão , mas pude percebe que quem acabou aparecendo foi vc né julio , ficou famos hein ?? Parabens , deve ser este o artigo mais comentado , quanto ao Seda , tanto faz !!!Pq pra bom entendedor meia palavra basta e errar é bem normal , mas você generalizou os blogs tão virulentamente como foi criticado. Concordo , tem muita merda na net , mas isso naum é só com os blogs naum , assim como tem muito livro ruim , novela ruim , nada é perfeito , deixe os blogueiros serem felizes , se vc naum gosta naum lê ... falouuuuuuuu!. Mas você acerta no alvo já no primeiro parágrafo: os blogueiros estão te respondendo com virulência. Em vez disso deviam parar, refletir, analisar o que estão fazendo. Pare vcs também !!!!

[Sobre "A internet e os blogs"]

por Jenny
14/11/2002 às
21h28 200.242.96.2
(+) Jenny no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O BRANCO E A ROSA
SCHERING DO BRASIL
LIMAY
(2003)
R$ 5,00



O ABC DA EMPRESA DE SERVIÇOS
ROSALVO LIMA
FUTURA
(2006)
R$ 18,00



A VERDADE QUE EU DESCONHECIA
STELLA FERNANDES RIBEIRINHA
NOTRYA
(1993)
R$ 24,28



A FILOSOFIA ATRAVES DOS TEXTOS
ALEXANDRE CABALLERO
CULTRIX
(1980)
R$ 9,90



GIBRAN KHALIL FILÓSOFO DOS PROFETAS, PROFETA DOS FILÓSOFOS
ASSAD ZAIDAN
ESCRITURAS
(2008)
R$ 26,51



O HOMEM E A SOCIEDADE-UMA INTRODUÇÃO À SOCIOLOGIA
M B L DELLA TORRE
CIA. NACIONAL
(1971)
R$ 8,00



O BICHO HOMEM - UM ESTUDO BEM HUMORADO SOBRE O ANIMAL MAIS COMPLEXO...
CRISTINA MOUTELLA & GLICIA VAN LINDEN
OBJETIVA
(1997)
R$ 6,90



AS POLÍTICAS DE EDUCAÇÃO BÁSICA NA ESPANHA DEMOCRÁTICA - COL. ORELLANA
ANTONIO IBAÑEZ RUIZ
CONSEJA DE EDUCACION EN BRASIL
(2007)
R$ 9,87



UMBANDA: UMA RELIGIAO SEM FRONTEIRAS - 1ª EDIÇÃO
FLAVIO PENTEADO
NOVA SENDA
(2015)
R$ 30,96



KISS - GUISE TO SELLING
KEN LLOYD
DORLING KINDERSLEY BOOK
(2001)
R$ 100,00





busca | avançada
76521 visitas/dia
2,1 milhões/mês