A sua vista não conta? | Lajos Attila Sarkozy

busca | avançada
68231 visitas/dia
2,5 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Experiência Quase Morte é o tema do Canal Angelini
>>> 20 anos de Bicho de Sete Cabeças: Laís Bodanzky, Rodrigo Santoro e Gullane se reúnem em bate-papo
>>> Arquivivências: literatura e pandemia
>>> Festival Mia Cara promove concurso culinário “Receitas da Nonna”
>>> Joelmir Beting – O jornalista de economia mais influente da história do Brasil
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
>>> Cem encontros ilustrados de Dirce Waltrick
>>> Poética e política no Pântano de Dolhnikoff
>>> A situação atual da poesia e seu possível futuro
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
Colunistas
Últimos Posts
>>> Hemingway by Ken Burns
>>> Cultura ou culturas brasileiras?
>>> DevOps e o método ágil, por Pedro Doria
>>> Spectreman
>>> Contardo Calligaris e Pedro Herz
>>> Keith Haring em São Paulo
>>> Kevin Rose by Jason Calacanis
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
Últimos Posts
>>> Em um tempo, sem tempo
>>> Eu, tu e eles
>>> Mãos que colhem
>>> Cia. ODU conclui apresentações de Geração#
>>> Geração#: reapresentação será neste sábado, 24
>>> Geração# terá estreia no feriado de 21 de abril
>>> Patrulheiros Campinas recebem a Geração#
>>> Curtíssimas: mostra virtual estreia sexta, 16.
>>> Estreia: Geração# terá sessões virtuais gratuitas
>>> Gota d'agua
Blogueiros
Mais Recentes
>>> 20 de Dezembro #digestivo10anos
>>> Poesia e Guerra: mundo sitiado (parte II)
>>> Notas Obsoletas sobre os Protestos
>>> Uma norma para acabar com os quadrinhos nacionais?
>>> Pode guerrear no meu território
>>> Aconselhamentos aos casais ― módulo II
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Na CDHU, o coração das trevas
>>> A Vida e o Veneno de Wilson Simonal, por Ricardo Alexandre
>>> House, 6ª Temporada
Mais Recentes
>>> A Simbólica do Mal de Paul Ricoeur pela Edicoes 70 Brasil (2013)
>>> Um dia de chuva de Eça de Queiroz pela Cosac Naify (2011)
>>> Poesia de Pier Paolo Pasolini de Pier Paolo Pasolini; Alfonso Berardinelli pela Cosac & Naify (2015)
>>> Sos Truques Do Lar de Jeanne Margareth pela Ediouro (2008)
>>> O Olho Imóvel pela Força da Harmonia de William Wordsworth pela Ateliê Editorial (2008)
>>> Treasury of Humor de Isaac Asimov pela Houghton Mifflin (1991)
>>> Narrativa de A. Gordon Pym de Edgar Allan Poe pela Cosac & Naify (2002)
>>> Harmonia de Arnold Schoenberg pela Unesp (2011)
>>> Coleção zodíaco completa 1973 de Derek e Julia Parker pela Bloch (1973)
>>> Nano: Poética de um Mundo Novo de Victoria Vesna e James Gimzewski pela F.A.A.P (2008)
>>> Mikroprocessadores e Microcomputadores de Hans Peter Blomeyer Bartenstein pela Siemens
>>> Memórias de Humberto de Campos pela José Olympio (1935)
>>> Manual del Constructor de Máquina - Tomo 2 de H. Dubbel pela Labor (1960)
>>> Manual del Constructor de Máquina - Tomo 1 de H. Dubbel pela Labor (1960)
>>> Literatura: Textos & Técnicas de João Domingues Maia pela Ática (1995)
>>> Léquipage de Joseph Kessel pela Gallimard (1969)
>>> Leonardo de Lisa Degnen pela Manole (1998)
>>> Legislação Penal Especial - Volume 2 de André de Carvalho Ramos e Outros pela Premier Máxima (2008)
>>> Interesses Difusos e Coletivos - Caderno de Apoio 3º e 4º Módulos de Escola Superior do Ministério Público de São Paulo pela Espm
>>> Instalações Domiciliares de Celso Cardão pela Arquitetura e Engenharia (1963)
>>> Inside 3d Studio Max 3: Modeling, Materials, and Rendering de Ted Boardman e Jeremy Hubbell pela New RIders
>>> Home Remedies What Works de Gale Maleskey e Brian Kaufman pela Rodale Press (1995)
>>> Financial Management - Theory and Practice de Eugene F. Brigham e Louis C. Gapenski pela The Dryden Press (1997)
>>> Exame da Ordem de Rahal e Chiarella e Dias pela Quartier Latin (2004)
>>> Educação Sexual - Perguntas e Respostas de Deborah P. Matthews pela Eko (1992)
COMENTÁRIOS

Quarta-feira, 26/5/2010
Comentários
Leitores


A sua vista não conta?
Antes de mais nada, eu sou bem velho, portanto não sou da geração de hoje. Devo lhes dizer que esta discussão sobre o que é melhor, o que vai sobreviver, o jornal de papel ou o livro e o jornal do computador estaria mal colocada. A grande questão é a antiga forma de distribuição dos jornais em papel, e ela já está mudando. Quem de nós não recebeu nos cruzamentos da vida jornais do tipo "Metro" e outros que o seguem, com artigos bem escritos, atuais e dinâmicos? Depois os leitores da telinha que me desculpem por este sacrilêgio, mas e a sua vista não conta? Estes usuários contumazes recebem a luz de frente e hoje em dia tem mais jovens necessitando usar os malditos óculos do que antes. O estrago causado por esta maquininha só vai aparecer com o tempo e com a idade e como fará falta de uma boa visão. Bem, não existe "sandwich grátis", como já diziam os nossos "irmãos" do norte, pois tudo tem o seu preço. Esta é a minha opinião sobre o assunto.

[Sobre "iPad, Kindle, salvação e histeria"]

por Lajos Attila Sarkozy
26/5/2010 às
11h06 189.62.147.153
(+) Lajos Attila Sarkozy no Digestivo...
 
Jornal é jornal, site é site!
Você abordou um ponto muito importante sobre a adaptação dos jornais para a internet: forçar que um se pareça com outro. Jornal é jornal, site é site! Adaptar jornal impresso para se parecer com site é totalmente errado: não atrai novos assinantes - quem gosta de site navega na internet - e pode afastar os antigos - para ler um arremedo de site é melhor largar a versão impressa e navegar na rede. E fazer site parecer com a versão impressa é outro erro: a tela do computador é sempre muito menor que a página do jornal impresso - as letras e fotos ficam mínimas, sem o impacto da versão impressa, a navegação é difícil e a virada das páginas é horrível. O modelo bom de jornal na internet é o da Folha, que apresenta os textos limpos, com indicação dos artigos anteriores e posteriores, bem como o índice geral das matérias. Falta só um pouco das fotos e gráficos da versão impressa. Quem não gosta assim, a versão "Folha On Line", "Estadão" e "O Globo" são muito boas.

[Sobre "iPad, Kindle, salvação e histeria"]

por José Frid
http://blogdofrid.blogspot.com
26/5/2010 às
10h13 201.27.99.254
(+) José Frid no Digestivo...
 
Tecnologia e desenvolvimento
iPad é um dos aparelhos tecnológicos que são usados por quase todas as pessoas em todo o mundo. A tecnologia está tomando conta do mundo, mas esta mudança é para garantir o nosso desenvolvimento.

[Sobre "iPad, Kindle, salvação e histeria"]

por Maí­ra Barbosa
http://twitter.com/mairabarbosa43
26/5/2010 às
09h46 189.76.215.202
(+) Maí­ra Barbosa no Digestivo...
 
A conversa, o diálogo
Concordo em número, gênero e grau. A conversa, o diálogo, serve para qualquer relação humana. Qualquer. E é imprescidível para o bom andamento das coisas.

[Sobre "Simplicidade ou você quer dormir brigado?"]

por Hellen
25/5/2010 às
18h10 200.204.142.161
(+) Hellen no Digestivo...
 
Debate sobre o cristianismo
Creio que é muito válido o debate. E cada um que tire suas conclusões. Uma ótima sugestão de leitura. Abraços.

[Sobre "Para que o Cristianismo?"]

por Janethe Fontes
http://palavreando.zip.net/
25/5/2010 às
18h09 189.20.47.146
(+) Janethe Fontes no Digestivo...
 
Difícil ser humano!
O ser humano é muito estranho. Da bondade extrema à crueldade sem precedentes. Ainda tento viver minha vida sendo um pouco heroína do meu microcosmos. Não jogo papel no chão, por exemplo. Mas xingo no trânsito... Difícil ser humano!

[Sobre "Simplesmente tive sorte"]

por Hellen
25/5/2010 às
18h03 200.204.142.161
(+) Hellen no Digestivo...
 
Ateísmo não é religião
Em resposta ao Roberto: Os argumentos dos chamados ateus "atuantes" não seguem as regras do proselitismo religioso. Não são a pregação de um credo, mas a negação de credos que interferem nas vidas de todos. Nenhum ateu é contra as pessoas que consideram o aborto um pecado; o problema é que as agremiações religiosas querem impor suas leis morais como leis para toda a sociedade. E invertem, através de argumentos falaciosos, a verdade dos fatos. Legalizar o aborto não obrigará ninguém a abortar. Apenas dará uma perspectiva para quem desejar fazê-lo com segurança. Liberar o casamento gay não obrigará ninguém a casar com pessoas do mesmo sexo. Faça quem quiser. O ateísmo não possui templos, não tem uma doutrina e não cobra dízimo; logo, não é religião. Agora, por não ser religião, não quer dizer que devemos nos calar e assistir ao crescimento das religiões, até o ponto em que comecem a nos queimar em suas fogueiras.

[Sobre "Deus, um delírio, de Richard Dawkins"]

por Amâncio Siqueira
http://amanciosiqueira.wordpress.com
25/5/2010 às
14h42 200.196.168.40
(+) Amâncio Siqueira no Digestivo...
 
Pelo futuro de nossas crianças
Texto muito bom e importante! Vou assistir ao filme. Se não me engano, o peixinho Nemo também tinha uma deficiência física. Sou fã da Pixar. Os desenhos andam fazendo um bom trabalho pelo futuro de nossas crianças. Parabéns, Daniel!

[Sobre "Como treinar um ser humano"]

por Carla Ceres
http://twitter.com/carlaceres
25/5/2010 às
11h27 187.39.145.109
(+) Carla Ceres no Digestivo...
 
Como água para chocolate
Faltou "Como água para chocolate", sem dúvida um dos melhores livros latinos-americanos ,de Laura Esquivel... Meu livro separador de aguas!!!

[Sobre "Dez obras da literatura latino-americana"]

por greicy kelly
25/5/2010 às
09h20 201.47.255.19
(+) greicy kelly no Digestivo...
 
Uma questão de 'não gosto'
Sinceramente discordo. Não porque seja fã da moça (embora seja), mas porque, dentre tudo que o autor citou, vejo do exato contrário. Britney é formatada pela mídia. Gaga tem atributos muito contrários ao que (ao menos) era aceitável. Muitas pessoas ainda a acham estranha. A única coisa que eu realmente concordaria, quanto a ela, é que a embalagem é contrária ao conteúdo, ou seja, na música ela inova muito pouco; apenas, salvo raras exceções, produz mais canções palatáveis. Pelo jeito o autor também se incomoda com o pretenso feminismo de Gaga. Inexistente. Quanto a isso ela não é uma ameaça ao poder masculino, corrobora-o até, no clipe, se valendo de beijos entre mulheres para atrair atenção. Tônica comum, concordo. No mesmo clipe, há forte referência ao pop art, que como o feminismo também anda fora de moda. Em "Bad Romance" e no mesmo "Telephone", há o retorno dos coros. Mas música não parece ser área de dominio do autor. Pena, é disso que falamos. Parece apenas uma questão de "não gosto".

[Sobre "Lady Gaga, uma aula do pastiche"]

por Ju
24/5/2010 às
15h03 201.7.143.3
(+) Ju no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Flash Fora do Ar - Autografado
Amaury Júnior
Elevação
(1999)



Dinossauros. Posteres Gigantes 50 Adevisos
Christiane Gunzi
Gaudí
(2012)



É Preciso Pouco para Ser Feliz!
Giuliano Milan
Novo Seculo
(2010)



Forma Literária e Processo Social: a Representação das Lutas Soci
Revista Terceira Margem Nº 12 (jan-jun 2005)
Univ Federal do Rio de Janeiro
(2005)



Contratos Estudos Sobre a Moderna Teoria Geral
Wellington Pacheco Barros
Do Advogado
(2004)



Anais do I Fórum de D Internacional Perspectivas do D Internacional
Varios
Edgraf
(1998)



Por que elas são (in)fiéis: histórias verdadeiras de mulheres e seus conflitos com a fidelidade
Leneide Duarte-Plon
Ediouro
(2018)



Exploradores do Espaço
Robert Silverberg
Simbolo
(1977)



Memorial de Maria Moura
Rachel de Queiroz
Folha de S. Paulo
(2008)



A Vida e o Sagrado - 6º Ano
Coleção a Vida e o Sagrado
Pax
(2012)





busca | avançada
68231 visitas/dia
2,5 milhões/mês