Adorei! | Ana Cecília Almeida

busca | avançada
76535 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Centro em Concerto - Palestras
>>> Crônicas do Não Tempo – lançamento de livro sobre jovem que vê o passado ao tocar nos objetos
>>> 10º FRAPA divulga primeiras atrações
>>> Concerto cênico Realejo de vida e morte, de Jocy de Oliveira, estreia no teatro do Sesc Pompeia
>>> Seminário Trajetórias do Ambientalismo Brasileiro, parceria entre Sesc e Unifesp, no Sesc Belenzinho
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
>>> Sexo, cinema-verdade e Pasolini
>>> O canteiro de poesia de Adriano Menezes
>>> As maravilhas do modo avião
>>> A suíte melancólica de Joan Brossa
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Ser e fenecer: poesia de Maurício Arruda Mendonça
Colunistas
Últimos Posts
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
>>> Rush (1984)
>>> Luiz Maurício da Silva, autor de Mercado de Opções
Últimos Posts
>>> Melhores filme da semana em Cartaz no Cinema
>>> Casa ou Hotel: Entenda qual a melhor opção
>>> A lantejoula
>>> Armas da Primeira Guerra Mundial.
>>> Você está em um loop e não pode escapar
>>> O Apocalipse segundo Seu Tião
>>> A vida depende do ambiente, o ambiente depende de
>>> Para não dizer que eu não disse
>>> Espírito criança
>>> Poeta é aquele que cala
Blogueiros
Mais Recentes
>>> As pessoas estão revoltadas
>>> As duas facetas da eternidade
>>> Ilustres convidados
>>> PETITE FLEUR
>>> The Book of Souls
>>> O canteiro de poesia de Adriano Menezes
>>> Escrevendo um currículo
>>> Leitura vertical e leitura horizontal
>>> A mentira crítica e literária de Umberto Eco
>>> A redescoberta da(s) leitura(s)
Mais Recentes
>>> Criticidade e Leitura - Ensaios de Ezequiel Theodoro da Silva pela Mercado das Letras (1998)
>>> Ladrões nos Celeiros: Avante, Companheiros! de Nicodemos Sena pela Letra Selvagem (2018)
>>> Contos Fantásticos do Século XIX de Italo Calvino pela Companhia Das Letras (2004)
>>> Hotel de Arthur Hailey pela Nova Fronteira (1969)
>>> Um Mês Só de Domingos de John Updike pela Record (1975)
>>> O Deus da Sacanagem - a Vida e o Tempo de Carlos Zéfiro de Gonçalo Junior pela Noir (2018)
>>> Historia do Mundo Contemporaneo de Norman Lowe pela Penso (2005)
>>> 9 Meses Vistos por Dentro: um Guia Sobre Gravidez para Descobrir... de Eduard Gratacós; Carme Escales pela L&pm (2021)
>>> Poética de Se Afogar Em Conchas de Vanessa Caspon pela Patuá (2014)
>>> A Origem do Capital a Acumulação Primitiva de Karl Marx pela Fulgor
>>> 2 Vols. Noiva de Lindorf - Coleção Raridades do Conto Gótico de Letita Elisabeth Landon / / Carlos Primati - Tradu pela Sebo Clepsidra (2021)
>>> Jogos Surrealistas de Robert Irwin pela Record (1995)
>>> Estado de Sítio - Teatro Vivo de Albert Camus pela Abril Cultural
>>> Moeda: de Onde Veio para Onde Foi de John Kenneth Galbraith pela Novos Umbrais (1983)
>>> Projetos Colaborativos - 1º Ano - Ensino Fundamental de Eduardo Chaves pela Ftd (2016)
>>> Cidade de Muros - Crime, Segregação e Cidadania Em São Paulo de Teresa Pires do Rio Caldeira pela 34 (2011)
>>> Administração da produção de Nigel Slack Stuart Chambers Robert Johnston pela Atlas (2002)
>>> Amor de Perdição de Camilo Castelo Branco pela Ftd
>>> Convergente de Veronica Roth; Lucas Peterson pela Rocco (2014)
>>> Nossa Cidade - Teatro Vivo de Thornton Wilder pela Abril Cultural (1976)
>>> Número Zero de Umberto Eco pela Record (2015)
>>> A Libertação de Norberto R. Keppe pela Proton (1998)
>>> Café Espacial - 17 de Liber Paz; Luiza Nasser e Outros pela Café Espacial (2019)
>>> Rumos de um pequeno guarani de Mathias Townsend pela Elementar (2016)
>>> Alexandre e Outros Heróis de Graciliano Ramos pela Record (1981)
COMENTÁRIOS

Sexta-feira, 23/7/2004
Comentários
Leitores


Adorei!
Adorei ler sobre a viagem de vcs, está muito legal o texto, da uma vontade enorme de fazer o mesmo...

[Sobre "De uma volta ao Brasil"]

por Ana Cecília Almeida
23/7/2004 às
16h51 200.168.76.202
(+) Ana Cecília Almeida no Digestivo...
 
um pais sem identidade
Acho que o problema brasileiro não é valorizar o que vem de fora mas sim que essa valorização se resume a uma idolatria sem nexo ou consequência. Os norte-americanos, desde a fundação dos EUA, perceberam que não poderiam construir uma civilização sem uma estrutura cultural adequada. E então investiram pesado em bibliotecas e Universidades mesmo quando o país ainda era pobre. Nesses lugares se estudava ciência, filosofia e cultura do mundo todo e com base nesse alicerce eles foram construindo suas próprias idéias e "identidade cultural". O contraste com o que aconteceu no Brasil desde a independência é gritante. Resultado: um pais sem identidade contorcendo-se em agonia eternamente em berço esplêndido. Haja praia para esquecer!

[Sobre "Deitado eternamente em divã esplêndido – Parte 1"]

por Daniel Malaguti
23/7/2004 às
14h42 200.152.34.150
(+) Daniel Malaguti no Digestivo...
 
Intimação
Sabia que vcs tinham curtido muito, mas acho que foi além do que eu imaginei! Vc está intimado a ir na próxima viagem p/ o Peru! Espero que incentive o seu amigo a escrever tb, afinal muita coisa está faltando...

[Sobre "De uma volta ao Brasil"]

por Vera Lúcia Alves
23/7/2004 às
08h39 200.144.11.84
(+) Vera Lúcia Alves no Digestivo...
 
se não me faltasse cash...
Bela viagem, um sonho trivial de todo espírito jovial (sic) que anseia por aventuras excitantes aproveitáveis e incomuns. O lirismo é nítido, os olhos captam imagens que se transformam em sentimentos, análises que se transformam em sabedoria. Uma passagem que transforma o anteior púber em experiente vivente da vida. Digo fazendo coro com muitos: "ah se não me faltasse cash..."

[Sobre "De uma volta ao Brasil"]

por Kid Durepox
23/7/2004 à
01h46 200.141.38.72
(+) Kid Durepox no Digestivo...
 
Disfarce
É o único depoimento do personagem de importância pontual durante março de 1964. Cabo Anselmo serviu para reforçar o rancor do segmento conservador, remetido ao “Encouraçado Potenkim”, dentre outros episódios que culminaram no golpe. É inverossímil honestamente inserir-se num projeto igualitário, e posteriormente, justificar-se como iludido pelas lideranças contrapostas. O medo de ser “justiçado” e a traição desvelaram o caráter do recruta, artífice do desaparecimento de jovens sonhadores. Não via o “arrependido da ilha”, que a relação de forças era brutalmente favorável ao regime. Hoje, a indenização seria a oportunidade derradeira? Ou cabe como acerto de contas viver os últimos momentos na clandestinidade, confinado ao seu disfarce, e amargurado pela lembrança dos que covardemente tombaram.

[Sobre "A Ditadura e seus personagens (I)"]

por Fábio
22/7/2004 às
21h28 200.226.158.94
(+) Fábio no Digestivo...
 
Viagem
Muito legal sua viagem.

[Sobre "De uma volta ao Brasil"]

por Víktor
22/7/2004 às
18h02 170.66.1.123
(+) Víktor no Digestivo...
 
Kasparov
Além dos prodígios Paul Morphy, Raúl Capablanca e Bobby Fischer, outro ídolo que cultuei foi Alexandre Alekhine. Alekhine foi uma máquina de precisão. Depois da derrota para o Deep Blue, a aura de Kasparov exauriu-se. Mas a verdade é que ele foi um dos grandes, um dos maiores. Quando era ainda um Grande Mestre molecão com cara de mau, fazia os seus experientes adversários perderem os olhares no vazio insondável das 64 casas, queimando os neurônios desesperadamente para encontrar alguma jogada salvadora. Kasparov parecia invencível.

[Sobre "Quando éramos reis, bispos, cavalos..."]

por Roberto Valderramos
22/7/2004 às
16h48 200.184.161.120
(+) Roberto Valderramos no Digestivo...
 
Sobre Brasília
Legal seu texto, deve ter ajudado a furar a bolha de egocentrismo do paulistano médio. Nada de mais falar da capital federal. Todo mundo fala. Mesmo quem não conhece. E só de passagem, como você. As cidades satélites são desorganizadas, como a maioria do resto país. Crescem desordenadamente e nos fazem lembrar da triste realidade. Agora sobre Brasília (entenda-se Plano Piloto) ser mal planejada, não posso concordar. Tudo aqui funciona e nada deixa a desejar em relação à cultura e à pujança dos grandes centros. "Desenhada para empacar no tempo". No mínimo porque é patrimônio tombado, reconhecido como obra de um povo bravo que ousou erguer no vasto cerrado a sua capital e exprimir com orgulho sua própria capacidade inventiva. Não posso concordar que seja fruto de modismo, como você diz ser. Afinal, há muito tempo fala-se mal de Brasília. Ninguém deseja acompanhar moda nenhuma, de lugar algum. Temos a nossa, autêntica, do cerrado, com identidade e sotaque do planalto ainda a ser moldado, com contribuições dos cariocas, dos nordestinos, dos goianos, dos mineiros, de brasileiros e até de estrangeiros. Quanto a estar "perdida geograficamente", não consegui aceitar. O centro do país, onde coisas relevantes acontecem, e onde muito de sua vida se decide, é aqui. Da próxima vez que vir, que não seja de passagem. Fique e evite equívocos. Conheça a alma da jovem cidade que encanta e seduz cada vez mais o povo de seu Brasil.

[Sobre "De uma volta ao Brasil"]

por Eliardo Magalhães
22/7/2004 às
16h41 200.193.235.151
(+) Eliardo Magalhães no Digestivo...
 
Parabens, tá animal
Fala garoto, faz um puta tempo mas tua memória está boa, hein? Parabens pelo texto, trouxe boas lembranças sem contar as risadas... Obs.: só uma coisa, eu não vi coisa nenhuma (sabe do que estou falando)... E não está comprido, sou a prova de que está faltando muita coisa aí (algumas ainda bem)...

[Sobre "De uma volta ao Brasil"]

por Luís Alves de Lima
22/7/2004 às
14h42 200.150.247.30
(+) Luís Alves de Lima no Digestivo...
 
Brasil-sil-sil
Luis, gostei muito do artigo... realmente esse complexo de inferioridade do brasileiro existe. So discordo quando vc fala do frio como caracteristica civilizadora. Não acho que seja esta a questão. Não acho nada civilizado ter que retirar montanhas de neve da porta para poder sair de casa. Como sabes, sou um dos fervorosos admiradores de temperaturas mais amenas aqui no Rio de Janeiro, por simplesmente achar ser mais agradável. Como não vivo na praia, ao contrário do que parece acontecer com todos os demais cariocas, prefiro um clima em que possa usar algo além do que chinelo, short e camiseta de leiteiro (como diz minha mãe). Fico satisfeito quando faz uns 18 C :)

[Sobre "Deitado eternamente em divã esplêndido – Parte 1"]

por Luis Arthur F. Pinto
22/7/2004 às
11h24 200.160.175.241
(+) Luis Arthur F. Pinto no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Odorico na Cabeça
Dias Gomes
Civilização Brasileira
(1983)



Srila Prabhupada Lilamrta - Em Todas as Cidades e Aldeias
Satsvarupa Dasa Goswami
Fundação Bhaktivedanta
(1987)



A Utilizacao Pratica e Facil do Pendulo
Tom Graves
Objetiva
(1989)



Bandeirantes e Pioneiros - Paralelo entre duas culturas
Vianna Moog
Civilização Brasileira
(1966)



Nada a Perder
Edir Macedo
Unipro
(2013)



Espumas Flutuantes
Castro Alves
Expressão e Cultura
(2001)



O Improvável Presidente do Brasil - Confira!
Fernando Henrique Cardoso
Civilização Brasileira
(2013)



Subsídios para Implementação do Guia Curricular de Matemática - Álgebr
Secretaria de Estado da Educação
Secretaria de Estado da Educa
(1978)



Os Herdeiros de Hammerffell
Marion Zimmer Bradley
Imago
(1992)



Voces de América Latina
Ciro Bianchi Ross
Editorial Arte y Literatura
(1988)





busca | avançada
76535 visitas/dia
1,8 milhão/mês