Muito bem lembrado | Guga Schultze

busca | avançada
48334 visitas/dia
1,6 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Residência Artística FAAP São Paulo realiza Open Studio neste sábado
>>> CONHEÇA OS VENCEDORES DO PRÊMIO IMPACTOS POSITIVOS 2022
>>> Espetáculo 'Figural', direçãod e Antonio Nóbrega | Sesc Bom Retiro
>>> Escritas de SI(DA) - o HIV/Aids na literatura brasileira
>>> Com Rincon Sapiência, Samanta Luz prepara quiche vegana no Sabor & Luz
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Home sweet... O retorno, de Dulce Maria Cardoso
>>> Menos que um, novo romance de Patrícia Melo
>>> Gal Costa (1945-2022)
>>> O segredo para não brigar por política
>>> Endereços antigos, enganos atuais
>>> Rodolfo Felipe Neder (1935-2022)
>>> A pior crônica do mundo
>>> O que lembro, tenho (Grande sertão: veredas)
>>> Neste Momento, poesia de André Dick
>>> Jô Soares (1938-2022)
Colunistas
Últimos Posts
>>> Lula de óculos ou Lula sem óculos?
>>> Uma história do Elo7
>>> Um convite a Xavier Zubiri
>>> Agnaldo Farias sobre Millôr Fernandes
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
Últimos Posts
>>> Nosotros
>>> Berço de lembranças
>>> Não sou eterno, meus atos são
>>> Meu orgulho, brava gente
>>> Sem chance
>>> Imcomparável
>>> Saudade indomável
>>> Às avessas
>>> Amigo do tempo
>>> Desapega, só um pouquinho.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Discurso de William Faulkner
>>> Road Warrior
>>> O crime da torta de morango
>>> PT saudações
>>> Oscar Wilde, dândi imortal
>>> 30 de Novembro #digestivo10anos
>>> Uma história do Jazz
>>> Quando morre uma paixão
>>> Debate Democrata na CNN
>>> Blogo, logo existo
Mais Recentes
>>> Bhagavad Gita de Krishna pela Martin Claret (2005)
>>> Cyrano de Bergerac (capa dura) de Edmond Rostand pela Nova Cultural (2002)
>>> A arte de amar de Ovídio pela L&PM Pocket (2010)
>>> A Única Coisa de Gary Keller; Jay Papasan pela Novo Século (2014)
>>> Prestígio e Personalidade de Lewis Victor pela Ediouro
>>> Maze Runner: Ordem de Extermínio de James Dashner pela V&R (2013)
>>> A Semente da Vitória de Nuno Cobra pela Senac (2002)
>>> Maze Runner: A Cura Mortal de James Dashner pela V&R (2012)
>>> Maze Runner: Prova de Fogo de James Dashner pela V&R (2011)
>>> Perto do Coração Selvagem de Clarice Lispector pela Folha de S.Paulo (2017)
>>> Maze Runner: Correr ou Morrer de James Dashner pela V&R (2010)
>>> O Livro dos 5 Anéis de Miyamoto Musashi pela Madras (2005)
>>> A Resposta do Mar de Rubens Paulo Gonçalves pela Alegro (2000)
>>> Como Planejar Sua Vida! de Dernizo Pagnoncelli pela Publit (2014)
>>> Fantasmas de Antonio Carlos Neves pela Saraiva (2006)
>>> Mal-Entendido em Moscou de Simone de Beauvoir pela Folha de S.Paulo (2017)
>>> 40 Dias de Amor - Princípios de Relacionamento de Jesus de Tom Holladay pela Vida (2017)
>>> A Caçadora de Bruxos - Magia. Traição. Sacrifício. de Virginia Boecker pela Record (2016)
>>> Noite de Érico Veríssimo pela Círculo do Livro (1986)
>>> Maldosas - Pretty Little Liars de Sara Shepard pela Rocco (2010)
>>> Exercícios de Matemática - Revisão do Ensino Fundamental - Volume 1 de Álvaro Zimmermann Aranha; Manoel Benedito Rodrigues pela Policarpo (1994)
>>> Anjos Caidos e as Origens do Mal de Elizabethe Prophet pela Nova Era (2002)
>>> Ozônio: Aliado e Inimigo de Vera Lucia Duarte de Novais pela Scipione (2006)
>>> A Ultima Carta de Amor de Jojo Moyes pela Intrínseca (2016)
>>> O Novo Mapa do Mundo de Demétrio Magnoli pela Moderna (1993)
COMENTÁRIOS

Segunda-feira, 15/1/2007
Comentários
Leitores


Muito bem lembrado
Li o "Rumo à Estação Finlândia" já faz alguns anos. Talvez uma das melhores abordagens da revolução soviética porque Edmund Wilson, pese sua simpatia pela causa, não permite que sua objetividade seja ameaçada, de forma que seu enfoque não perde o foco e é neutro na medida do possível. Wilson valoriza a questão humana por trás da questão puramente política. É irônico que a gente aprenda coisas sobre a revolução russa, e aprenda bastante, com livros escritos por norte-americanos, como John Reed e Edmund Wilson. Sendo que o último é bem melhor. Muito bem lembrado.

[Sobre "Digestivo nº 311"]

por Guga Schultze
http://gugasic.blogspot.com
15/1/2007 às
21h42 201.80.34.33
(+) Guga Schultze no Digestivo...
 
O mais feio dos prédios
Concordo com o Marcelo Coelho, mas acho que o prédio mais feio de São Paulo é o medonho monolito negro do Tribunal Regional do Trabalho, na rua da Consolação, perto do cemitério. Um edifício horroroso, totalmente desproporcional e que agride todo seu entorno.

[Sobre "Os prédios mais feios de SP"]

por Paulo M. Klein
15/1/2007 às
20h08 200.158.170.83
(+) Paulo M. Klein no Digestivo...
 
Chega de feiúra!
Cruzes!! Uma das vantagens de morar no Rio é que aqui um listão desses não seria possível. O desafio é apontar as 10 construções mais bonitas da cidade. Ou os 10 points naturais mais deslumbrantes!

[Sobre "Os prédios mais feios de SP"]

por Joel Macedo
15/1/2007 às
18h16 200.222.27.249
(+) Joel Macedo no Digestivo...
 
Azeitonas no Brasil
Boa tarde; é muito bom saber que temos mais entusiastas na questao comercial do cultivo de azeitonas no Brasil, principalmente para a produçao de azeite. Sou de Maria da Fé, no Sul de Minas, onde existem plantações e anos de pesquisa em olivicultura; lá temos oliveiras plantadas e, no proximo ano, já teremos uma boa safra. Comercializamos mudas de olivas vindas da Espanha, que produzem com 3 anos e exigem menos tempo de frio para frutificarem. Agradecemos sua citação e o entusiasmo para com o nosso azeite brasileiro, qualquer informação estamos a disposição. Obrigado! Hugo Gonçalves OlivaBrasil

[Sobre "O ouro líquido do Mediterrâneo"]

por Hugo Gonçalves
http://azeitedobrasil.com.br
15/1/2007 às
15h56 201.65.105.26
(+) Hugo Gonçalves no Digestivo...
 
tensão de estar com o outro
O "amor líquido" ainda é marcado por uma estrutura de pensamento moderna, como tão bem o próprio sociólogo soube apresentar em seus outros livros. Sem dúvida, o estudo de Bauman traz elementos imçortantes para pensarmos os vínculos afetivos na contemporaneidade, entretanto, me pergunto se a liquidez caracterizada principalemnte pela fluidez dos laços e nos comportamentos não é índice de experiências ainda não decodificadas pelo pensamento, que é apoiado em estruturas mentais modernas.I sto é, a liquidez pode ser vista como fragilidade, se temos a solidez como referente, mas pode ser tomada como uma outra forma talvez mais despojada, leve sem frivolidades, em que já não cabe como sustentação a solidez de instituições sociais geradas no passado para o enfrentamento do presente. A persistência não tem de ser insistir em relações em que já não há qualquer tipo de ternura, respeito, para além do desejo. Acho que ganhamos, além da ansiedade, a consciência da tensão de estar com o outro.

[Sobre "A fragilidade dos laços humanos"]

por Angeli Rose
15/1/2007 às
14h23 201.19.168.34
(+) Angeli Rose no Digestivo...
 
Devo tudo a Dirty Dancing
Assisti este filme quando tinha 15 anos. Não consegui esquecê-lo. A história de amor desse casal me embriagou de tal forma que passei a acreditar no amor! Para mim, ele era apenas um sentimento abstrato, mas quando vi o filme percebi que era muito mais que isso, e sim, que podemos ter o poder de torná-lo concreto.

[Sobre "Dirty Dancing - Ritmo Quente"]

por tayanna
14/1/2007 às
23h39 201.32.57.108
(+) tayanna no Digestivo...
 
É uma ingenuidade mesmo...
Crítica aos 2 comentários acima... Sempre achei estranha essa leitura de Schwarz como sociológica. Curioso mesmo. O mesmo vale para o gigante J. Gledson. Eles explicam tudo pela forma literária, mostram tudo dentro do texto, potencializa o entendimento da forma literária, que deixa de ser uma mera questão de gosto ou acaso. Bosi, apesar de tudo, faz a mesma coisa, coloca a questão sociológica da mesma forma, mas ninguém fala nada. Outras leituras são completamente ingênuas ou descoladas do texto, biográficas, estruturalistas, psicanalíticas etc. - projetando esquemas prévios sobre a obra - mas ninguém fala absolutamente nada. É uma ingenuidade mesmo, algo de leitor inexperiente.

[Sobre "O Sociólogo Machado de Assis"]

por Claudio
14/1/2007 às
15h48 201.1.96.145
(+) Claudio no Digestivo...
 
Maravilhoso Quintana
Com suas cores, sabores e perfumes poéticos, Mario Quintana é o maior poeta da literatura brasileira. Me emociono todas as vezes que leio e releio sua obra. Simplesmente ele é maravilhoso!!!!

[Sobre "O centenário de Mario Quintana, o poeta passarinho"]

por iracema queiroz
13/1/2007 às
22h01 201.34.221.46
(+) iracema queiroz no Digestivo...
 
Preces e nada mais
Guilherme, Paulo Vanzolini escreveu pelo menos uma meia dúzia de músicas que me acompanham desde que eu era criança. Depois, comecei a ouvir sobre o zoólogo (é isso, não?) que ele é. Um dos maiores, senão o maior, dizem... Acho que toda e qualquer homenagem é válida, obrigatória na verdade. (Lembremos do que cantou Nelson Cavaquinho: "Depois que eu me chamar saudade/ Não preciso de vaidade/ Quero preces e nada mais"). Tá em tempo ainda... Maroldi

[Sobre "O cientista boêmio"]

por Marcelo Maroldi
12/1/2007 às
22h26 200.100.53.175
(+) Marcelo Maroldi no Digestivo...
 
Lost na Globo
A crítica dessa série depedente do que é realmente interessante para os que assistem. Quando começei assitir à primeira temporada na Globo, fiquei empolgado, mas quando completei uma semana não aguentei tanto mistério - e confesso que assistir na emissora acima não é um bom negócio... Acreditem! Assistir ao DVD é mais interessante do que ficar acompanhando por ela.

[Sobre "Lost"]

por Ruy Machado
12/1/2007 às
17h50 200.252.214.2
(+) Ruy Machado no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Roland Barthes por Roland Barthes
Roland Barthes
estação liberdade
(2003)



Bumba-meu-boi
Fernando Vilela e Stela Barbieri
Wmf Martins Fontes
(2014)



Os Músicos de Bremen
Wilhelm Karl Grimm
Martins Fontes - Selo Martins
(2000)



A força da vida
James Van Praagh
sextante
(2001)



Em busca da Fraternidade
Mario leal Bacelar
Mandarino



Sucupira - Ame-a Ou Deixe-a
Dias Gomes
Civilização Brasileira
(1983)



A Linguagem Falada Culta na Cidade de São Paulo V. 1:elocuçoes Formais
Ataliba Teixeira de Castilho, Dino Preti-org
Taq
(1986)



Viagem Mística Como Alcançar a Elevação Espiritual
Sylvia Browne
prumo
(2009)



Triple - Pocketbook
Ken Follett
Signet Book
(1980)



Deus é justo
Grigore Valeriu
idéia e ação
(2009)





busca | avançada
48334 visitas/dia
1,6 milhão/mês