Esse tal de blog | Gabriela Simionato Klein

busca | avançada
60226 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Livro beneficente ensina concurseiros a superar desafios e conquistar sonhos
>>> Cia Triptal celebra a obra de Jorge Andrade no centenário do autor
>>> Sesc Santana apresenta SCinestesia com a Companhia de Danças de Diadema
>>> “É Hora de Arte” realiza oficinas gratuitas de circo, grafite, teatro e dança
>>> MOSTRA DO MAB FAAP GANHA NOVAS OBRAS A PARTIR DE JUNHO
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> As maravilhas do modo avião
>>> A suíte melancólica de Joan Brossa
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Ser e fenecer: poesia de Maurício Arruda Mendonça
>>> A compra do Twitter por Elon Musk
>>> Epitáfio do que não partiu
>>> Efeitos periféricos da tempestade de areia do Sara
>>> Mamãe falhei
>>> Sobre a literatura de Evando Nascimento
>>> Velha amiga, ainda tão menina em minha cabeça...
Colunistas
Últimos Posts
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
>>> Rush (1984)
>>> Luiz Maurício da Silva, autor de Mercado de Opções
>>> Trader, investidor ou buy and hold?
>>> Slayer no Monsters of Rock (1998)
>>> Por que investir no Twitter (TWTR34)
Últimos Posts
>>> Parei de fumar
>>> Asas de Ícaro
>>> Auto estima
>>> Jazz: 10 músicas para começar
>>> THE END
>>> Somos todos venturosos
>>> Por que eu?
>>> Dizer, não é ser
>>> A Caixa de Brinquedos
>>> Nosferatu 100 anos e o infamiliar em nós*
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Mínimas
>>> Ascese, uma instalação do artista Eduardo Faria
>>> Parangolé: anti-obra de Hélio Oiticica
>>> Tom Wolfe
>>> Queen na pandemia
>>> A história do Olist
>>> Kubrick, o iluminado
>>> Mr. Sandman
>>> Unchained by Sophie Burrell
>>> Reflexões na fila
Mais Recentes
>>> Gestão para um Mundo Melhor de Elcio Anibal de Lucca pela Elsevier (2008)
>>> Vincent Van Gogh de Vincent Van Gogh pela Atica (2006)
>>> Florência Diante de Deus de Eliezer Moreira pela Patuá (2015)
>>> O Outro Lado da Meia-noite de Sidney Sheldon pela Companhia das Letras
>>> Club Penguin - um Dia de Puffle de Disney pela Melhoramentos (2010)
>>> Guia da Mochila Sudeste de Maria do Carmo Vaz de Mello pela Dimensão (2002)
>>> Deus - Seu Maior Aliado nos Momentos de Dor de Joni Eareckson Tada pela Thomas Nelson Brasil (2011)
>>> Seus Pontos Fracos - Técnicas arrojadas mas simples para cuidar dos desajustes do seu comportamento psicológico de Dr. Wayne W. Dyer pela Record (1993)
>>> Samuel Klein e Casas Bahia: uma Trajetória de Sucesso de Elias Awad pela Novo Seculo (2005)
>>> Nosso Filhos Não Morrem de Gloria Fernandes pela Mythos Books (2013)
>>> Biologia para um Planeta Sustentável, Parte II de Armênio Uzunian pela Harbra (2016)
>>> Diário de uma Paixão de Nicholas Sparks; Renata Marques de Oliveira pela Novo Conceito (2010)
>>> Germinal de émile Zola pela Companhia das Letras (2000)
>>> O Jogo do Poder no Brasil de Miguel Arraes pela Lingua Geral (2010)
>>> Como Enlouquecer um Homem na Cama de Tina Robbins pela Universo dos Livros (2012)
>>> Politica Ambigua de Moacir Palmeira pela Relume Dumara (2010)
>>> Suíte Dama da Noite de Manoela Sawitzki pela Record (2009)
>>> Tipler Física 1 de Paul A. Tipler pela Guanabara Dois
>>> Pensão Tellier - A Herança bola sebo de Guy de Maupassant pela Ediouro
>>> Deus Namor na Reflexao Crista e nos Anseios do Homem Moderno de Destron Rosse Cola Castellano Cervera Araujo pela Cidade Nova (2008)
>>> Doidas e Santas de Martha Medeiros pela L&pm Editores (2008)
>>> Novas Histórias Que Ninguém Contou: Novos Conselhos Que Ninguém Deu de Melcíades José de Brito pela Dpl
>>> o Golpe de agosto de Mikhall Gorbachev pela Beste Seller (1991)
>>> Madalena - a Conversão do Mundo - Triologia de J. Herculano Pires pela Edicel (1994)
>>> Das Coisas Que Eu Disse Enquanto Você Dormia de Ana Moraes pela Patuá (2015)
ENSAIOS

Segunda-feira, 5/3/2007
Esse tal de blog
Gabriela Simionato Klein

+ de 6600 Acessos
+ 3 Comentário(s)


Esta não é a primeira vez que paro para escrever e organizar pensamentos e emoções sobre blogs. Já discorri sobre esta paixão e ainda sinto necessidade de explorar o tema, visto a quantidade de idéias levantadas a cada passeio pela Net. Blog não é coisa recente, mas o uso intensivo da Internet, garantido pelo acesso à banda larga é, e com isto o uso massivo da ferramenta e as experiências e mutações pelo qual o mundo dos blogs passa (a exemplo do mundo real no qual ele se inspira) dá o que falar. É tema de várias dissertações de mestrado e de teses de doutorado. Perfeito sinalizador do espírito de nosso tempo. É também vício de muita gente.

Este tal de bom blog existe?
Talvez o atrativo exista pela liberdade e facilidade de manejo que a ferramenta oferece, abrindo espaço a todos para a conquista de muito mais que 15 minutos de fama. E como é novo o suficiente para não ter estabelecido um conjunto de regras de uso, parece instigar nas pessoas o desejo de um roteiro ou guia de conduta para a blogosfera. O que as pessoas esquecem é que este mundo novo não tem manual, a graça dele é a ausência de regras, o território livre a ser explorado.

Toda esta situação em que as pessoas não sabem onde está o chão me faz lembrar dos primeiros sites noticiosos e as tentativas e erros dos jornalistas, com prática geralmente na mídia impressa (embora alguns egressos de TV e Rádio), “fazendo” os primeiros sites na base do “achômetro”. O conceito de furo jornalístico foi o primeiro a ser revisto, devido à propagação da notícia na velocidade de um clique. A regra era sair mais cedo da entrevista coletiva e nem pensar muito a notícia, pois o que importava era sair minutos antes da concorrência e firmar o nome da nova mídia. Notas curtas satisfaziam esta necessidade.

Atualmente é possível ver que o jornalismo, apesar de atrasado no quesito internet, já tem várias faces na Rede, das “últimas notícias” a ensaios, passando por tutoriais, vídeos, podcasts. A existência do Digestivo é prova desta evolução, assim como mídias especializadas similares, que analisam temas específicos de uma posição bem pessoal, embasada muitas vezes numa experiência em relação aos temas que o jornalismo comum não possui. O mesmo aconteceu com os blogs, mas de uma maneira mais rápida, como convém a uma mídia independente, cuja apresentação fica sob controle de seu dono e que se espalha como vírus. Vale tudo. Dos textos profundos, que exigem tempo para ser saboreados e até releituras, como os do blog do Fabrício Carpinejar, ao jogo rápido das notas simplesmente informativas. O blog pode ser também uma grande brincadeira, como o diário de infância de uma escritora agora resgatado dia a dia em Diário da Odalisca. Se a idéia é ser sonoro, por quê não? E se o dono quiser se expressar por quadrinhos? Sim, pode, assim como postar receitas. Aliás, deste tipo de blog temático tem aos montes e não os recomendo em momentos de fome.

E todo o blog, oferecendo o que for, terá seus leitores, afinal diversas são as preferências humanas e o blog tem esta finalidade também, presentear a singularidade. É claro que se a preocupação é ser popular ou ganhar dinheiro com anúncios, a estratégia será outra, mais ligada aos temas da vez do que a uma necessidade específica de expressão. Mas até em relação a isto há limites, como fala o “problogger” Cardoso em seu Contraditorium, que ainda dá no mesmo espaço dicas de como ter um blog básico, tipo diário mesmo.

Papo de 2007
Tudo isto parece mesmo ser uma demanda do nosso tempo. Numa época em que as pessoas fazem um milhão de coisas ao mesmo tempo, que a aceleração é tamanha que sequer acompanhamos todas as novidades (e sim, deixamos para trás milhares de questões mal-resolvidas), que a pluralidade de idéias é tão grande quanto a necessidade de massificação da economia, não é à toa que as ferramentas de comunicação do momento sejam instigadoras, rápidas, maleáveis, libertárias, libertinas. Isto é claro, dependendo de quem as empunha.

Conheço jornalista especializada em termos áridos, aproveitando o viés da gastronomia para falar da vida. Criativo e gostoso de ler, além de bem informativo se você vive pelas bandas que ela visita. Outra, também especializada em tecnologia e negócios, fala de cultura em seu blog, mas não como uma jornalista e sim de seu ponto de vista particular, como a pessoa que é, coincidentemente uma jornalista. É, via blog vejo a vida mais verdadeira, tenho acesso à informação filtrada por uma história de vida, sem falsa pretensão de imparcialidade.

Eu particularmente adoro isto, assim como a possibilidade de conexões que o texto na internet apresenta. Esta forma de publicar acarreta uma mudança na forma de pensar, que passa a existir menos numa relação de causa e efeito, num eixo único, e opera dentro das multidimensões do pensamento sistêmico. Escrevo e linko, conecto, incluo, amplio. Convido para o meu mundo, ao mesmo tempo em que deixo o leitor alterar o meu. O criador produz e joga na Rede, perdendo o controle da criatura, deixando que ela se torne algo maior que as suas limitações pessoais. Um pensamento relacionado a outro, que por sua vez se liga a outro e se transforma em surpreendentes significados através dos comentários, da participação expressa do leitor. E este pode estar aqui na esquina ou até em outro país, vivendo todos na verdadeira aldeia global, tão necessária para este mundo de hoje. Afinal, estamos todos linkados, não estamos?

Nota do Editor
Gabriela Simionato Klein é jornalista, radicada nos Estados Unidos, e também escreve no blog Debaixo da Minha Pele.


Gabriela Simionato Klein
Racine, 5/3/2007

Mais Gabriela Simionato Klein
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
5/3/2007
09h33min
Dear Gabi, muito esclarecedor e profundo o seu texto. Finalmente, alguém que fala sobre blogs sem um fundo de preconceito. Gostei e obrigada por citar meu modesto universo virtual. Um grande beijo,
[Leia outros Comentários de Françoise Terzian]
5/3/2007
10h44min
Gabriela, obrigado pela referencia ao Blog d'As Minhas Receitas, assim como a tua visita e comentário. Os meus parabéns pelo vosso! Vou passar por cá mais vezes! Bjks da Matilde e Cª!
[Leia outros Comentários de Miguel]
20/3/2007
18h25min
Gabriela, parabéns pelo conteúdo do texto. Equilibrado. Tenho ouvido algumas pessoas dizendo que o blog tem um determinado tipo. Um jeitão. E gostei de ouvir que existem muitas maneiras de se escrever, assim como existem muitas maneiras de se comunicar além daquela tradicional. E aqueles que têm algo a dizer, agora o fazem da maneira mais prática, rápida e eficiente possível. Sem depender da opinião de ninguém. Faz alguma coisa como escrever recados dentro de uma garrafa. Se alguém encontrar, se houver tempo, tudo pode acontecer, até um salvamento. Mas que a hipótese é remota, lá isso é.
[Leia outros Comentários de Djabal]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Ciência & Realidade 7ª Série
David Juvenal et Al
Atual
(1992)



Nova idade 50 anos é o máximo
Gilda Chataignier e Léa Maria Aarão Reis
Rocco
(1997)



A Cabeça de Steve Jobs
Leander Kahney
Agir
(2008)



Perfumes de Paris
Sayonara Salvioli
Primavera
(2016)



English - o Curso de Inglês da Abril - Livro 5
Editora Abril Colecoes
Abril Colecoes
(2011)



Introdução à Literatura Fantástica - 4ª Edição - 2ª Reimpressão
Tzvetan Todorov
Perspectiva
(2014)



Mentiras de Verão
Bernhard Schlink
Record
(2015)



Farewell
Carlos Drummond de Andrade
Record
(1997)



Recado Cósmico
Jan Val Ellan
Do Conhecimento
(1999)



Grico: Guia de Restaurantes Italianos Comunitá Rjsp
Pietro Petraglia
Comunitá
(2013)





busca | avançada
60226 visitas/dia
1,8 milhão/mês