Caderno de caligrafia | Paula Mastroberti

busca | avançada
84380 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Novo livro de Nélio Silzantov, semifinalista do Jabuti de 2023, aborda geração nos anos 90
>>> PinForPeace realiza visita à Exposição “A Tragédia do Holocausto”
>>> ESTREIA ESPETÁCULO INFANTIL INSPIRADO NA TRAGÉDIA DE 31 DE JANEIRO DE 2022
>>> Documentário 'O Sal da Lagoa' estreia no Prime Box Brazil
>>> Mundo Suassuna viaja pelo sertão encantado do grande escritor brasileiro
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O Big Brother e a legião de Trumans
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
>>> Sim, Thomas Bernhard
Colunistas
Últimos Posts
>>> Glenn Greenwald sobre a censura no Brasil de hoje
>>> Fernando Schüler sobre o crime de opinião
>>> Folha:'Censura promovida por Moraes tem de acabar'
>>> Pondé sobre o crime de opinião no Brasil de hoje
>>> Uma nova forma de Macarthismo?
>>> Metallica homenageando Elton John
>>> Fernando Schüler sobre a liberdade de expressão
>>> Confissões de uma jovem leitora
>>> Ray Kurzweil sobre a singularidade (2024)
>>> O robô da Figure e da OpenAI
Últimos Posts
>>> Salve Jorge
>>> AUSÊNCIA
>>> Mestres do ar, a esperança nos céus da II Guerra
>>> O Mal necessário
>>> Guerra. Estupidez e desvario.
>>> Calourada
>>> Apagão
>>> Napoleão, de Ridley de Scott: nem todo poder basta
>>> Sem noção
>>> Ícaro e Satã
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Pense nos brasileiros
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 2. O Catolotolo
>>> Dá-lhe, Villa!
>>> Controlando o acesso à Web
>>> O escritor está nu
>>> Lamartine Babo e futebol, uma simbiose
>>> Quem é Daniel Lopes
>>> Arte é intriga
>>> Primavera e Jukebox
>>> 20 anos de Trapo
Mais Recentes
>>> Livro Literatura Estrangeira A Concubina de Morris West pela Circulo do Livro (2024)
>>> A Neta Da Maharani de Maha Akhtar pela Primavera Editorial (2009)
>>> José Saramago - Rota De Vida de Joaquim Vieira pela Livros Horizonte (2018)
>>> Livro Ensino de Idiomas Memoirs of a Geisha de Arthur Golden pela Pearson (2008)
>>> The Wordsworth Collection Of Classic Short Stories de Rosemary Gray pela Wordsworth Editions Ltd (1996)
>>> Uma Vida com Propósitos: Você Não Esta Aqui Por Acaso de Rick Warren pela Vida (2003)
>>> O Assassinato E Outras Histórias de Anton Tchekhov pela Cosac & Naify (2002)
>>> Os Portões Do Inferno de Andre Gordirro pela Fabrica 231 (2015)
>>> Coleção 2 Livros Prática das Pequenas Construções de Alberto de Campos Borges pela Edgard Blucher (1978)
>>> Livro Literatura Brasileira Eu Não Sei Ter de Marcelo Candido pela Virgiliae (2011)
>>> A Ultima Casa Da Rua Needless de Catriona Ward pela Fisicalbook (2024)
>>> Escravos E Rebeldes Nos Tribunais Do Império: Uma História Social Da Lei De 10 De Junho De 1835 de Ricardo Figueiredo Pirola pela Ministério Da Justiça, Arquivo Nacional, (2015)
>>> A caminho de Wigan de George Orwell pela Nova Fronteira (1986)
>>> Livro Esoterismo Despertar um Guia para a Espiritualidade sem Religião de Sam Harris pela Companhia das Letras (2015)
>>> Engenhocas Da Moral de Manoela Pedroza pela Ministério Da Justiça, Arquivo Nacional (2011)
>>> Contabilidade Rural de José Carlos Marion pela Atlas (2007)
>>> Descubra o Maior Poder do Mundo de Tiago Brunet pela Vida (2018)
>>> Livro Administração A Organização Humana de Rensis Likert pela Atlas (1975)
>>> Dando um jeito no jeitinho (2 vol) de Karla Cristina de Araújo Faria pela Gaylussac
>>> Livro Psicologia Sonhos Lúcidos Uma Iniciação ao Mundo dos Feiticeiros. de Florinda Donner pela Nova era /record (1993)
>>> O convento de Sto. Antonio do Rio de Janeiro - Sua história, memórias, tradições com 43 estampas de Frei Basilio Rower pela Vozes (1954)
>>> Dois estudos de processo de Napoleão Nunes Maia Filho pela Ufc (2002)
>>> A Biologia Da Crença de Bruce H. Lipton pela Butterfly (2007)
>>> Coleção Como Reconhecer a Arte 5 Livros Gótica + Rococó + Mesopotâmica + Chinesa de Maria Cristina Gozzoli; Flavio Conti; Sabatino Moscati pela Martins Fontes (1987)
>>> Stress e Qualidade de Vida no Trabalho de Ana Maria Rosi pela Atlas
ENSAIOS

Segunda-feira, 2/4/2007
Caderno de caligrafia
Paula Mastroberti
+ de 53100 Acessos
+ 3 Comentário(s)

Nas séries iniciais do colégio onde minha filha estuda, as crianças exercitam a caligrafia em pautas específicas, com intuito de tornar a letra mais legível e bonita. Ocorre que, numa dessas reuniões típicas de início de ano letivo, um pai toma a palavra e pergunta: "Por que eles têm que fazer isso ainda? Tudo o que a gente lê está em letra de forma. Até escrever a gente pouco escreve à mão. Por que utilizar a letra cursiva, se só se usa a letra de forma?"

A pergunta agitou o ambiente. Uma educadora responde, usando o jargão pedagógico de costume: "elimina o garrancho... introduz o hábito da escrita... auxilia a desenvolver a coordenação motora fina..." Etc., etc.

Penso eu: é verdade. Geralmente, quem desenha bem tem letra bonita (notem que eu disse bonita, e não legível). E a caligrafia desenvolve, sim, a coordenação motora fina, ou seja, disciplina a mão (o que nos pode ser útil em tantas outras circunstâncias ao sabor da fantasia). Por outro lado, também tem razão o pai provocador, ou não tem?

Você aí, amigo das letras, leitor ou escrevedor: escreve como? Aonde? Confesso: só me tornei escritora por causa do computador. Sou péssima datilógrafa (uso apenas os dois dedos indicadores) e, toda vez que iniciava um texto à caneta em folhas pautadas, perdia a paciência e a concentração, e saía desenhando as personagens. Além disso, como boa filha dos anos sessenta, sou avessa à ditadura das pautas e linhas e saio escrevendo em todas as direções, em arabescos muito pouco inteligíveis (mas o efeito fica bonito, porque sou boa desenhista). Sei de inúmeros profissionais da escrita que preferem o lápis ao teclado, ou mesmo a velha máquina de escrever; mas conheço muito pouca gente que não passe seus recados via e-mail ou não seja obrigado a preencher formulários em anexos extensão ".doc" apenas teclando, assim como sei que não há monge hoje em dia com paciência pra quebrar o pulso desenhando caprichosamente letra por letra da Poética de Aristóteles.

Por outro lado, que é bacana escrever à mão, lá isso é. Fazer estrelinhas nos pingos dos "is", que garota nunca fez? Coraçõezinhos no lugar dos "os"... As letras falam da personalidade de quem escreve. As assinaturas confessam coisas que só um bom grafologista imagina. Originais escritos à mão ou com anotações feitas pelo punho do autor são leiloados por fortunas, sem falar dos livros autografados. Eu gosto de registrar ocorrências particulares e pensamentos íntimos à mão, porque a grafia traduz minha emoção. Talvez tenhamos aqui um bom motivo para considerarmos a caligrafia uma habilidade que vale a pena desenvolver.

Há uma antiga discussão sobre forma e conteúdo que se refere não só às artes visuais, mas também à literatura. Enquanto alguns pensadores ignoram a dependência do texto literário do seu suporte (os sinais gráficos que permitem acesso a sua leitura), outros (como alguns poetas, grafiteiros, pichadores e designers gráficos) entendem que a forma gráfica pode ser tão importante quanto a criação literária em si mesma. Como se fala muito pouco de poesia em nossas terras – digestivas ou não –, vou deixar essa discussão pra lá (por enquanto).

Mas não custa nada, de vez em quando, parar para refletir sobre de que maneira o jeito e as técnicas de escrita e impressão podem interferir no processo criativo de quem escreve e no processo cognitivo de quem lê.

De qualquer modo – sim, canetas e lápis: infelizmente, mesmo contra o meu compulsivo desejo de colecioná-los, sou obrigada a declarar que vocês estão ameaçados de extinção. Tenho até uma mesa eletrônica para desenho; posso simular giz, grafite ou nanquim, a meu gosto, sem que se perceba a diferença. O engraçado é que adoro produzir textos manuscritos a partir dela...

Nota do Editor
Paula Mastroberti é artista plástica e assina o artesite que leva seu nome.


Paula Mastroberti
Porto Alegre, 2/4/2007
Mais Paula Mastroberti
Mais Acessados de Paula Mastroberti
01. Caderno de caligrafia - 2/4/2007
02. O valor da arte contemporânea - 6/3/2006
03. Vontade de fazer arte - 12/6/2006
04. Arte eletrônica? Se liga! - 14/4/2008
05. Arte para quem? - 7/11/2005


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
1/5/2007
01h53min
Grande questão. Eu gosto de escrever à mão, ou seja, com caneta, ou com lapiseira. Aliás, coisa fantástica a lapiseira. Apontar lápis era muito chato! E os exercícios de caligrafia ainda são necessários. Quem sabe um dia o caos não toma conta da civilização, e todos os computadores, discos rígidos, fibras óticas, se tornam sucata e teremos que escrever novamente em tijolinhos de argila?
[Leia outros Comentários de Jose Alfredo]
8/8/2007
11h06min
Embora seja realmente muito chato para uns o exercício da caligrafia, acho o ato muito importante. Com o avanço da tecnologia, estamos ficando robotizados. Com o uso do computador, estamos abreviando palavras, para não perder tempo, e voltando à fase do "uga-uga". Estamos vendo médicos que escrevem receitas, que mal se entende seus garranchos, que podem confundir nomes de remédios, que podem levar à morte seus pacientes, e isso é só um exemplo. O ato de se fazer entender pela grafia é belo e edificante. Existem pessoas tímidas, que através da grafia nos podem deleitar com a beleza de seus pensamentos e sentimentos.
[Leia outros Comentários de Jane Rosa da Fonseca]
4/10/2008
20h36min
Gostei muito do texto, principalmente porque estava à procura de exercícios de caligrafia para a minha filha. Portanto, a minha opinião é de que o saber não ocupa lugar e desenvolve a mente.
[Leia outros Comentários de José Carlos]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




De alma para alma
Huberto Rohden
Martin Claret
(2007)



Guia de Personagens Dos Reinos de Ferro - Vol. 1
Joe Martin e Matt Wilson
Jambô
(2006)



Roi At Work
Jack J. Phillips; Patricia Pulliam Phillips
Natl Book Network
(2005)



Manual do Turista Brasileiro -
Lúcio Martins Rodrigues e Bebel Enge
Aleph
(2000)



Livro Administração Estágio Supervisionado e Trabalho de Conclusão de Curso
Manolita Correa Lima; Silvio Olivo
Senac
(2007)



Imagens De Satélite Para Estudos Ambientais
Teresa Gallotti Florenzano
Oficina De Textos
(2002)



Livro Filosofia O Vermelho e o Negro Parte 2 Coleção Mestres Pensadores
Stendhal
Escala



História do Direito
Vicente Bagnoli e Outros
Campus
(2009)



História da Riqueza do Homem
Leo Huberman
Ltc
(1986)



Amor Maior
Michell Paciletti - Espírito Llino
Correio Fraterno
(2018)





busca | avançada
84380 visitas/dia
2,0 milhão/mês