A dança que passa por Curitiba | Emanuella Kalil

busca | avançada
51839 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Livro beneficente ensina concurseiros a superar desafios e conquistar sonhos
>>> Cia Triptal celebra a obra de Jorge Andrade no centenário do autor
>>> Sesc Santana apresenta SCinestesia com a Companhia de Danças de Diadema
>>> “É Hora de Arte” realiza oficinas gratuitas de circo, grafite, teatro e dança
>>> MOSTRA DO MAB FAAP GANHA NOVAS OBRAS A PARTIR DE JUNHO
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> As maravilhas do modo avião
>>> A suíte melancólica de Joan Brossa
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Ser e fenecer: poesia de Maurício Arruda Mendonça
>>> A compra do Twitter por Elon Musk
>>> Epitáfio do que não partiu
>>> Efeitos periféricos da tempestade de areia do Sara
>>> Mamãe falhei
>>> Sobre a literatura de Evando Nascimento
>>> Velha amiga, ainda tão menina em minha cabeça...
Colunistas
Últimos Posts
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
>>> Rush (1984)
>>> Luiz Maurício da Silva, autor de Mercado de Opções
>>> Trader, investidor ou buy and hold?
>>> Slayer no Monsters of Rock (1998)
>>> Por que investir no Twitter (TWTR34)
Últimos Posts
>>> Parei de fumar
>>> Asas de Ícaro
>>> Auto estima
>>> Jazz: 10 músicas para começar
>>> THE END
>>> Somos todos venturosos
>>> Por que eu?
>>> Dizer, não é ser
>>> A Caixa de Brinquedos
>>> Nosferatu 100 anos e o infamiliar em nós*
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Queen na pandemia
>>> A história do Olist
>>> Kubrick, o iluminado
>>> Mr. Sandman
>>> Unchained by Sophie Burrell
>>> Reflexões na fila
>>> Papo com Alessandro Martins
>>> Epitáfio do que não partiu
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> O Conselheiro também come (e bebe)
Mais Recentes
>>> Oreficeria Moderna Tecnica-pratica de L Vitiello pela Hoepli (1963)
>>> A pretexto do combate e globalizaçao Renasce a luta de classes de Gregorio vivanco lopes pela Cruz de cristo (2002)
>>> Um Mergulho no Inferno das Drogas de Maria Célia Ribeiro Cesar pela Do Autor (2001)
>>> Um copo de cerveja de Affonso heliodoro pela brasilia (2001)
>>> Felicidade Roubada de Augusto Cury pela Benvira (2014)
>>> Actores, redes y desafíos : juventudes e infancias en América Latina de Alberto Hernandez Hernandez Amalia E. Campos Delgado pela Clacso (2015)
>>> Instituições Direito Público e Privado de Nelson Goday pela Nelpa
>>> Tom Jones de Henri Fielding pela Abril Cultural (1971)
>>> Stories of Mystery and Suspense (sem Cd) de Edgar Allan Poe pela Hub (2000)
>>> As Relações Perigosas - Biblioteca Folhas de Choderlos de Lacros pela Ediouro (1998)
>>> Contos do Rio - Filosofia do rio em sete dimensões de Saturnino Braga pela Record (1999)
>>> O Fator Decisivo da Lombalgia Prática e Teoria de Sadakazu Nakata pela Andemo (1982)
>>> Paddy Clarke Ha Ha Ha de Roddy Doyle; Lidia Cavalcante Luther pela Estação Liberdade (2002)
>>> Testa de Ferro de Carlos Bohn pela Livro Que Constroem (2010)
>>> A Imperfeição no Evangelho de Ricardo Peter pela Paulus (2000)
>>> Pcc a Facção de Fatima Souza pela Record (2007)
>>> Tom Jones de Henry Fielding pela Abril Cultural
>>> Diretrizes e Praticas da Gestaão Financeiras de Roberto Bohlen Selene pela Ibpex (2010)
>>> Essencialismo - a Disciplinada Busca por Menos de Greg Mckeown pela Sextante (2014)
>>> Deusa do Mar - Série Goodess de P. C Cast pela Novo Século (2011)
>>> Viver Melhor Em Família de Elizabeth Monteiro pela Mescla (2016)
>>> Discover the World Wide Web With Your Sportster de John December pela Sams Net (1995)
>>> A Vida Secreta Grandes Autores de Robert Schnakenberg pela Ediouro (2008)
>>> Assumindo A sua Personalidade de Leo Buscaglia pela Record (1978)
>>> Educação Superior - Expansão e Reformas Educativas - Sebo Tradicao de Deise Mancebo pela Uen (2012)
ENSAIOS

Segunda-feira, 29/12/2008
A dança que passa por Curitiba
Emanuella Kalil

+ de 5000 Acessos

2008 foi o ano da vinda de grupos já populares na cidade, como a Companhia Antonio Márquez e a Escola do Bolshoi no Brasil. E de bailarinos de vigor técnico, como os do Russian State Ballet, do American Ballet e da Parsons Dance Company. Vieram ainda as inéditas Diavolo Dance Theater e a São Paulo Cia. de Dança.

Mas alguém ouviu falar de artistas como o belga Win Vandekeybus, o norueguês Hooman Sharifi e a companhia francesa Maguy Marin? Ou mesmo dos brasileiros do Grupo de Rua de Niterói, dirigido por Bruno Beltrão, e da Cena 11 Cia. de Dança? Todos se apresentaram em turnês pelo Brasil, mas em terras paranaenses não houve notícia alguma. Algo parecido aconteceu com a companhia da alemã Pina Bausch, em 2006, que se apresentou em São Paulo e desceu direto para Porto Alegre.

Segundo a produtora curitibana Verinha Walflor, a vinda de espetáculos mais populares, como os balés russos, em vez de arte mais experimental, como a de Sharifi, se dá graças à exigência do público curitibano. "Quando vejo grandes companhias circulando pelo Brasil, como os balés, tento puxar para Curitiba, porque balé tem um público muito específico, mas ainda assim é mais atraente que dança moderna ou contemporânea", diz ela.

Verinha, no entanto, reconhece que seria bom trazer novos nomes para que o curitibano possa ter outras referências estéticas. "Se tivesse 30 anos certamente arriscaria, mas hoje preciso saber exatamente onde estou pisando. Ser produtor é uma profissão difícil, você pode perder muito dinheiro". Sobre os artistas nacionais ela diz que sempre tenta trazer o Grupo Corpo, mas que ultimamente os espetáculos não têm enchido, o que dificulta um próximo convite.

Bom e barato
Quem acompanhou os espetáculos dos balés russos ou da Parsons, sabe que um ingresso custa no mínimo R$ 50,00. Sobre esse aspecto Verinha diz que os preços salgados são compatíveis com as despesas que os produtores têm com hotéis, passagens, ECAD, publicidade e cachê dos artistas. Ela observa também que não trabalha com lei de incentivo à cultura, e que a atual lei da meia-entrada acaba encarecendo os preços. "Cerca de 70% do público paga meia. Enquanto essa lei não for revista é impossível baixar os ingressos", diz ela.

Entretanto, há boas opções de espetáculos a um custo baixo, como os apresentados pela Caixa Cultural, a R$ 10,00. Entre os trabalhos apresentados, todos selecionados por edital público, destacam-se Trapiche, da paulistana Cia. Oito Nova Dança, e Saudades em Terras d'água, do grupo Dos à Deux de Teatro Gestual.

A dança que é feita em Curitiba
A Fundação Cultural de Curitiba, FCC, é uma das instituições que incentiva a pesquisa, a produção e a difusão da dança feita por artistas locais. Foram apresentados na Casa Hoffmann ― Centro de Estudos do Movimento, e no Teatro Cleon Jacques 17 trabalhos. Todos selecionados por meio de editais públicos (Pesquisa de Linguagem, Produção e Difusão, e Pesquisa em Dança Contemporânea).

A PIP Cia. de Dança foi contemplada em dois deles, com os projetos LAB Simbioptico ― que reúne vídeo, dança, performance e instalação ― e o tecnolaboraterritorio, que, entre outras ações, previu em dezembro a realização da Oficina Miniclipes de Dança aberta à comunidade.

O edital de Pesquisa em Dança Contemporânea disponibilizou bolsas, no valor de R$ 2,4 mil e R$ 7 mil e cursos para artistas. A curadoria de workshops é da coordenadora da Pós-Graduação em Dança da UFBA, Fabiana Britto. Em 2008 trouxe nomes como, Paola Jacques (BA), Margô Assis (MG), Dora Leão (SP), Marta Soares (SP) e Alejandro Ahmed (SC). Os dois últimos, entretanto, não puderam retornar no segundo semestre devido a um corte de verba da FCC.

Corpos estáveis
Outro local lembrado ao se falar de dança na cidade é o Teatro Guaíra, que abriga o Balé Teatro Guaíra e a G2 Cia. de Dança. O BTG apresentou em 2008 sete espetáculos. Com exceção dos inéditos Romeu e Julieta e o projeto Ateliê Coreográfico, os outros cinco programas já foram apresentados. Alguns à exaustão, como é o caso de O Segundo Sopro (aquele que chove em cena), criado em 1999, mas que ainda hoje é reprisado.

Com a G2 ― que segundo definição do site do CCTG "atua dentro de uma filosofia de pesquisa e dedica-se à montagem de espetáculos que contemplam as atividades do 'intérprete criador'" ― não é muito diferente. Dois dos espetáculos apresentados esse ano, O Tombo (2002) e Solilóquio (2004), já contabilizam no mínimo dez temporadas cada.

No espetáculo de criação coletiva dos bailarinos, Tudo porque chorei, concebido este ano, houve uma situação curiosa. Embora a direção incentive a criação dos bailarinos, os bailarinos Peter Abudi e Inês Drumond tiveram uma cena de sua coreografia cortada, por ser considerada violenta demais. A cena, intitulada posteriormente como "Coisas Frágeis", desenvolve-se com Peter manipulando as tranças de Inês, usando para isso técnicas de improvisação de contato.

O mais incoerente disso tudo é que a cena foi apresentada antes da estréia do espetáculo por mais de dez dias no Projeto Vitrine. Nessa ocasião os bailarinos dançavam em frente às janelas de vidro, dos foyers dos teatros. Eram, então, compartilhados com todos que passavam ao redor do teatro, no meio da tarde, os processos criativos do grupo.

Saiba mais sobre dança
Para os interessados em estudar mais sobre dança, a Faculdade de Artes do Paraná inaugurou em outubro deste ano o Núcleo de Estudos em Dança "Lugar", com perfil mais teórico. Coordenado pelo professor Giancarlo Martins, toda semana o grupo se reúne para discutir textos relacionados à teoria da dança e debater sobre questões diversas. O professor foi responsável também pela curadoria do DeBate Papo ― Etapa Dança, ciclo de palestras realizado pelo Sesc Água Verde. Em 2009 o projeto deve continuar. Mais informações via e-mail.

Nota do Editor
Texto gentilmente cedido pela autora. Originalmente publicado no Jornal do Estado, em 17 de dezembro de 2008.


Emanuella Kalil
Curitiba, 29/12/2008

Mais Emanuella Kalil
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A Conquista Divina
A. W. Tozer
Mundo Cristão
(1987)



Metrópole e Globalização - Conhecendo a Cidade de São Paulo
Maria Adélia Aparecida de Souza e Outros
Cedesp
(1999)



Um Pequeno Segredo
Linda Goodnight
Nova Cultural
(2003)



Shout! the True Story of the Beatles
Philip Norman
Pan
(2004)



O Nascimento da Imprensa Brasileira
Isabel Lustosa
Jorge Zahar
(2003)



Política Fiscal e Desenvolvimento no Brasil
Márcio Percival Alves Pinto e Geraldo Biasoto Jr
Unicamp
(2006)



As Origens da Globalização da Economia
Jacques Adda
Manole
(2004)



Histoire de Lart - L Art Moderne
Élie Faure
Libraire Plon
(1948)



Disciplina: Limite na Medida Certa 34ª Edição.
Içami Tiba
Gente
(1996)



Vida Com Esperança
Mark Finley; Peter Landlees
Do Autor
(2014)





busca | avançada
51839 visitas/dia
1,8 milhão/mês