Digestivo nº 197 | Julio Daio Borges | Digestivo Cultural

busca | avançada
29120 visitas/dia
870 mil/mês
Mais Recentes
>>> ABCDança 2017 segue com programação gratuita até o dia 28 de maio
>>> Crianças travessas também podem gostar de ler
>>> Banda Silibrina, de Gabriel Nóbrega, lança o álbum O Raio com temporada de shows no Jazz nos Fundos
>>> Dom Quixote chega a USP Leste
>>> Documentário
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Dilapidare
>>> A imaginação do escritor
>>> Inquietações de Ana Lira
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 1. À Beira do Abismo
>>> Minha finada TV analógica
>>> Aquarius, quebrando as expectativas
>>> Amy Winehouse: uma pintura
>>> Casa Arrumada
>>> Revolusséries
>>> Mais espetáculo que arte
Colunistas
Últimos Posts
>>> No Metrópolis, da TV Cultura
>>> Fórum de revisores de textos
>>> Temporada 3 Leve um Livro
>>> Suplemento Literário 50 anos
>>> Ajudando um amigo
>>> Ebook gratuito
>>> Poesia para jovens
>>> Nirvana pra todos os gostos
>>> Diego Reeberg, do Catarse
>>> Ed Catmull por Jason Calacanis
Últimos Posts
>>> Greve geral
>>> Hoje Ella Fitzgerald faz 100 anos
>>> Vermelho (série: Sonetos)
>>> Os vãos nunca em vão
>>> O VERBO ALQUÍMICO
>>> Procissão
>>> Questionamento
>>> As 13 Razões Pra se Escolher a Vida!
>>> Black Mirror, nós e os outros
>>> Quadro negro
Blogueiros
Mais Recentes
>>> As redes sociais e a política
>>> 2007 e os meus CDs ― Versão Internacional 1
>>> Bill Gates e o Internet Explorer
>>> A fotografia cínica de Maurícius Farina
>>> A era e o poder do Twitter
>>> Os bons companheiros
>>> Diego Reeberg, do Catarse
>>> Da vitrola ao microchip
>>> Confissões de um crítico em tempos de internet
>>> Rumos, rumores e rumeiros
Mais Recentes
>>> Fim de Milênio: Os Perigos e Desafios da pós- Modernidade na Igreja
>>> Anatomia Dos Animais Domésticos - Textos e Atlas Colorido
>>> Rousseff
>>> A Arte da Guerra
>>> Ansiedade
>>> Qual é a tua obra?
>>> Revolucione sua qualidade de Vida
>>> A Cabana
>>> O que realmente importa?
>>> Os Segredos da Mente Milionária
>>> Corações descontrolados
>>> Volta ao Lar- Como resgatar e defender sua Criança interior
>>> Iniciação no laboratório de Química
>>> Arte na Educação Escolar
>>> Gestão do Conhecimento
>>> Curso de Física Básica 2-Fluidos, Oscilações e Ondas Calor
>>> Estudo de História - Ensino Médio - Vol. Único
>>> Bio volume único- Teste de Vestibulares e Enem
>>> Atualidades em Ergonomia-Logística, Movimentação de Materiais, Engenharia Industrial, Escritórios
>>> Bio volume único
>>> Marketing de A a Z-80: Conceitos que todo profissional precisa saber
>>> Diálogos sobre educação (Audio-livro)-E se Platão voltasse?
>>> Manual de Matemática-Conceitos básicos para nivelamento
>>> Aplicações de Vygotsky à educação matemática
>>> Educação Especial -Práticas de aprendizagem, convivência e inclusão
>>> PORTUGUÊS: CONTEXTO, INTERLOCUÇÃO E SENTIDO - Vol. 3
>>> Antropologia e Educação: Um saber de fronteira
>>> O prazer da leitura-Como a adaptação de clássicos ajuda a formar leitores
>>> Música(s) e seu Ensino
>>> A Condicão Humana
>>> Bioquímica Básica-Introdução à Bioquímica dos hormônios, sangue, sistema urinário, processos digestivos e absorptivo e micronutrientes
>>> História Concisa da Literatura Brasileira
>>> Gestão do Conhecimento no Brasil-Casos, experiências e práticas de empresas privadas/organizadora
>>> Contabilidade básica-Fundamentos essenciais
>>> Administração da Produção
>>> Moléculas em exposição-O fantástico mundo das substâncias e dos materiais que fazem parte do nosso dia-a-dia
>>> Exemplos de Álgebra Linear sobre Corpos-Volume 1 - Corpos Finitos
>>> Competência Social-Mais que etiqueta, uma questão de atitude
>>> Álgebra Linear
>>> Cultura, Linguagem e Subjetividade no Ensinar e Aprender
>>> Gravitação e Cosmologia-Uma introdução
>>> Desenvolvimento Moral na idade evolutiva-Um guia a Piaget e Kohlberg.
>>> História e raízes do princípio de conservação de energia
>>> O Mito da Doença Mental- Fundamentos de uma teoria da Conduta Pessoal
>>> Uma História de Natal - 5ª ed.
>>> Apresento-lhe a Baronesa
>>> O Desenvolvimento adulto de C.G.Jung
>>> Não mais eu, mas Cristo- Livro de Jó
>>> O Ápice da Visão e a Realidade do Corpo de Cristo
>>> Ensaios sobre a Psicologia de C. G. Jung
DIGESTIVOS

Quarta-feira, 20/10/2004
Digestivo nº 197
Julio Daio Borges

+ de 5400 Acessos
+ 3 Comentário(s)




Televisão >>> Feliz aniversário, envelheço na cidade
Está em cartaz, há mais de um mês, no Cinesesc, uma das mais belas obras de François Truffaut, Os Incompreendidos (Les quatrecents coups, 1959). Estréia do impiedoso crítico da Cahiers du Cinéma, Os Incompreendidos projetou Truffaut mundialmente, como cineasta, e garantiu-lhe vaga no panteão da Sétima Arte, calando a boca de seus desafetos e detratores. É uma obra-prima da criação humana, perceptível a olho nu, sem a necessidade de que se evoque todo o instrumental da nouvelle vague. Assim como nos chamados romances de formação, François Truffaut retrata a si mesmo, e é sempre instigante ouvir um grande autor falar sobre seu passado, de maneira honesta. Chama a atenção, 42 anos depois, a atuação de Jean-Pierre Léaud, uma estrela de brilho raro, afinal, é preciso garimpar muito até que se encontre um jovem que saiba interpretar a juventude, em 100 anos de cinema. A história é a do adolescente mal amado pelos pais, incompreendido pelos mestres, que se atira na vida urbana, e na delinqüência infantil, como se tudo não passasse de uma grande brincadeira. Acaba repreendido, aprisionado e levado para o reformatório (uma escola militar). É pungente a lealdade de seu melhor amigo (quase uma criança), a insensibilidade da mãe e do padrasto (ela, bonita e cruel; ele, bronco e pusilânime), a crueza dos cenários (a escola de paredes lascadas, a casa em forma de cubículo, a aridez das paisagens), o sofrimento da personagem principal (violentada pela realidade dos adultos, que só enxerga homens feitos, nunca imperfeitos ou "por fazer"). Qual não seria a dor de Truffaut, ao realizar um filme assim: autobriográfico. Certamente uma dor funda, que, ainda hoje, atinge o espectador e, em igual proporção, o encanta. [Comente esta Nota]
>>> VMB 2004
 



Internet >>> Diarius ininterruptus
Está em cartaz, há mais de um mês, no Cinesesc, uma das mais belas obras de François Truffaut, Os Incompreendidos (Les quatrecents coups, 1959). Estréia do impiedoso crítico da Cahiers du Cinéma, Os Incompreendidos projetou Truffaut mundialmente, como cineasta, e garantiu-lhe vaga no panteão da Sétima Arte, calando a boca de seus desafetos e detratores. É uma obra-prima da criação humana, perceptível a olho nu, sem a necessidade de que se evoque todo o instrumental da nouvelle vague. Assim como nos chamados romances de formação, François Truffaut retrata a si mesmo, e é sempre instigante ouvir um grande autor falar sobre seu passado, de maneira honesta. Chama a atenção, 42 anos depois, a atuação de Jean-Pierre Léaud, uma estrela de brilho raro, afinal, é preciso garimpar muito até que se encontre um jovem que saiba interpretar a juventude, em 100 anos de cinema. A história é a do adolescente mal amado pelos pais, incompreendido pelos mestres, que se atira na vida urbana, e na delinqüência infantil, como se tudo não passasse de uma grande brincadeira. Acaba repreendido, aprisionado e levado para o reformatório (uma escola militar). É pungente a lealdade de seu melhor amigo (quase uma criança), a insensibilidade da mãe e do padrasto (ela, bonita e cruel; ele, bronco e pusilânime), a crueza dos cenários (a escola de paredes lascadas, a casa em forma de cubículo, a aridez das paisagens), o sofrimento da personagem principal (violentada pela realidade dos adultos, que só enxerga homens feitos, nunca imperfeitos ou "por fazer"). Qual não seria a dor de Truffaut, ao realizar um filme assim: autobriográfico. Certamente uma dor funda, que, ainda hoje, atinge o espectador e, em igual proporção, o encanta. [Comente esta Nota]
>>> O meu Pipi - Pipi - 212 págs. - Ediouro
 



Música >>> The more you ignore me, the closer I get
Está em cartaz, há mais de um mês, no Cinesesc, uma das mais belas obras de François Truffaut, Os Incompreendidos (Les quatrecents coups, 1959). Estréia do impiedoso crítico da Cahiers du Cinéma, Os Incompreendidos projetou Truffaut mundialmente, como cineasta, e garantiu-lhe vaga no panteão da Sétima Arte, calando a boca de seus desafetos e detratores. É uma obra-prima da criação humana, perceptível a olho nu, sem a necessidade de que se evoque todo o instrumental da nouvelle vague. Assim como nos chamados romances de formação, François Truffaut retrata a si mesmo, e é sempre instigante ouvir um grande autor falar sobre seu passado, de maneira honesta. Chama a atenção, 42 anos depois, a atuação de Jean-Pierre Léaud, uma estrela de brilho raro, afinal, é preciso garimpar muito até que se encontre um jovem que saiba interpretar a juventude, em 100 anos de cinema. A história é a do adolescente mal amado pelos pais, incompreendido pelos mestres, que se atira na vida urbana, e na delinqüência infantil, como se tudo não passasse de uma grande brincadeira. Acaba repreendido, aprisionado e levado para o reformatório (uma escola militar). É pungente a lealdade de seu melhor amigo (quase uma criança), a insensibilidade da mãe e do padrasto (ela, bonita e cruel; ele, bronco e pusilânime), a crueza dos cenários (a escola de paredes lascadas, a casa em forma de cubículo, a aridez das paisagens), o sofrimento da personagem principal (violentada pela realidade dos adultos, que só enxerga homens feitos, nunca imperfeitos ou "por fazer"). Qual não seria a dor de Truffaut, ao realizar um filme assim: autobriográfico. Certamente uma dor funda, que, ainda hoje, atinge o espectador e, em igual proporção, o encanta. [Comente esta Nota]
>>> Morrissey
 
>>> O CONSELHEIRO TAMBÉM PUBLICA N'O GLOBO

clique aqui e leia

A convite de Manya Millen (via Pedro Maciel), editora do caderno "Prosa&Verso" do jornal O Globo, o Editor do Digestivo Cultural destilou sua verve sobre os famigerados... blogs! Foi no sábado, dia 9 de outubro, sob o título "Dos diários íntimos aos blogs" (confira na internet).

>>> ENQUANTO ISSO, NA FOLHA DE S. PAULO...

clique aqui e leia

O Digestivo Cultural foi indicado como referência em matéria de "literatura nacional" na internet. Junto com outros sites, para a Folha, o Digestivo "é um prato cheio para fãs ou vestibulandos que precisam estudar (...) as obras obrigatórias das listas dos exames". Foi na quarta-feira, dia 14, sob o título "Mundo digital acolhe literatura do Brasil".

>>> EVENTOS QUE O DIGESTIVO RECOMENDA



>>> Cafés Filosóficos
* Os árabes antes de Maomé - Alberto Mussa
(Ter., 19/10, 19h30, CN)
* Monogamia e fidelidade - Flávio Gikovate
(Qui., 21/10, 19h30, CN)

>>> Noites de Autógrafos
* A ignorância custa um mundo: O valor da educação no desenvolvimento do Brasil - Gustavo Ioschpe
(Seg., 18/10, 18h30, CN)
* O Sapo e o Príncipe - Paulo Markun
(Ter., 19/10, 18h30, VL)
* Dez conversas: Diálogos com poetas contemporâneos - Fabrício Marques (Qua., 20/10, 18h30, CN)
* Poemas Espararadrápicos - Doutores da Alegria
(Sáb., 23/10, 16hrs., VL)

>>> Shows
* Musica das Nações - Antonio Vaz Lemes (pianista)
(Seg., 18/10, 20hrs., VL)
* Hello, Dolly! - Traditional Jazz Band
(Sex., 22/10, 20hrs., VL)
* Espaço Aberto - Cássia Machado
(Dom., 24/10, 18hrs., VL)

* Livraria Cultura Shopping Villa-Lobos (VL): Av. Nações Unidas, nº 4777
** Livraria Cultura Conjunto Nacional (CN): Av. Paulista, nº 2073
*** a Livraria Cultura é parceira do Digestivo Cultural

 
Julio Daio Borges
Editor

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
23/10/2004
17h21min
Uma vez assisti a palestra do autor Nelson de Oliveira, e ele fazia essa mesma afirmativa de que, talvez, o futuro da literatura estivesse na WEB...
[Leia outros Comentários de Carolinne]
25/10/2004
10h23min
Francamente, se vmb fosse realmente palco da música brasileira, nao seria esse show cançoes comerciais, limitando a extensa lista de talentosos artistas que existem Brasil a fora. Para variar, são aqueles mesmos Globo-alizados. E assim entopem a maioria dos meios de comunicaçao com toda essa "musica", ainda tem alguns que vendem "atitude", seria comico se nao fosse tragico, pois toda essa problematica que acaba por guiar as idéias que estarao em pauta, e continuar influenciando a sociedade de acordo com interesses economicos egoístas. Mas enfim, o mundo é muito antigo, e como as coisas vao indo nao parecem mudar. os governantes abrem mao da educaçao (sinonimo de um Futuro) para promover e preservar nossa dependencia (foi de portugal - inglaterra- e agora eua). A sociedade civil, que poderia ser atuante numa engrenagem consciente, nao de conflitos ingenuose ignorantes, na experença de mudança, mas crescendo no campo intelectual e construindo uma naçao brasileira. ver uma das mais fortes expressoes da nossa cultura imersa nisso tudo é como estar lendo -america é dos americanos (q sao eles lá de cima e nós os cucarachas).
[Leia outros Comentários de beatriz]
14/6/2006
22h37min
Penso que o VMB decepcionou como a MTV: emissora que, em seu inicio, trazia uma proposta de uma TV diferete, moderna e com uma linguagem jovem, caiu na mesmice das outras, entrou de vez no mercado e não passa de mais uma de emissora que vende de tudo. O VMB foi para o mesmo caminho, a ideia inicial era bem interessante, e simples: uma premiação da musica brasileira no qual o telespectador tinha voz de decisão. Mas o que vemos hoje é uma clara venda de artistas, o jabá rola solto! Vence quem as gravadores querem. O que resta de interessante nas apresentações é a performace do convidado "mestre de cerimionias", o ultimo deles, selton melo.
[Leia outros Comentários de Mário Lucas]

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




OS CAROLINOS - CRÔNICAS DE CARLOS XII - PRÊMIO NOBEL DE LITERATURA DE 1916
VERNER VON HEIDENSTAM
OPERA MUNDI
(1973)
R$ 25,90



O COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR: COMPRANDO, POSSUINDO E SENDO
MICHEL R SOLOMON
BOOKMAN
(2008)
R$ 59,00



AUTO DA BARCA DO INFERNO
GIL VICENTE
LPM POCKET
(2005)
R$ 6,90



CHUMASH COM COMENTÁRIOS DE RASHI( VOL 1 'BERESHIT'- 'NO PRINCÍPIO'.
MOISÉS, AUTOR DO PENTATEUCO, OU TORAH, A BÍBLIA HEBRAICA COM COMENTÁRIOS DO RABBI SHLOMO BEN ITZHAK
TREIJGER
(1993)
R$ 90,00
+ frete grátis



HELLENICA, VOLUME I-V
XENOFONTE
WILLIAN HEINEMANN LTD LONDON
(1930)
R$ 89,00



MAR MORTO OBRAS ILUSTRADAS DE JORGE AMADO
JORGE AMADO
LIVRARIA MARTINS
(1970)
R$ 3,00



O TEATRO MODERNO EM PERNAMBUCO
JOEL PONTES
BURITI
(1966)
R$ 20,00



O PLANO PERFEITO
SIDNEY SHELDON
RECORD
(1997)
R$ 17,00



JUNG E ASTRLOGIA
ARTHUR DIONE
NOVA FRONTEIRA
(1990)
R$ 30,00



IRMÃOS E ASSASSINOS
GEORGES SIMENON
LIVROS DO BRASIL
(1970)
R$ 5,90





busca | avançada
29120 visitas/dia
870 mil/mês