Digestivo nº 246 | Julio Daio Borges | Digestivo Cultural

busca | avançada
57697 visitas/dia
1,4 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
DIGESTIVOS

Sexta-feira, 30/9/2005
Digestivo nº 246
Julio Daio Borges

+ de 3400 Acessos
+ 5 Comentário(s)




Cinema >>> Ars longa, vita brevis
Desde algum tempo, existe um esforço concentrado, no sentido da aceitação social, por parte de Zezé di Camargo & Luciano. Desde a filha que pegou o vácuo da dupla Sandy & Júnior (quando ela ainda existia) até o filme recentemente lançado, 2 Filhos de Francisco. No meio tempo, por exemplo, reclamaram no JT que tocavam "música jovem" e que não estavam na MTV — no ano seguinte, concorriam ao MTV Awards do Brasil, o VMB. Em geral, não há nada que não consigam: a única batalha perdida foi a da pirataria (perdida para todo mundo, não apenas para eles). Sobre o filme, em específico, de repente, durante a divulgação, pareceu que buscaram o apoio de Caetano Veloso — mas este, já tão combalido, e desacreditado, antecipou, na própria entrevista de lançamento, os ataques a si, denominando-se "vampiro" e "urubu" (claro, da glória alheia). O fato é que 2 Filhos de Francisco fala por si, e não precisava nem de Caetano, nem de Bethânia. É uma história definitivamente louvável, de lutas e de vitórias, como outras poucas no Brasil. Além de plasticamente interessante, com boas atuações de Ângelo Antônio e José Dumont, é um raro "programa família", no sentido de não apelar, como quase tudo hoje, para o binômio sexo & violência. Mas os elogios param por aí — ao contrário das loas, incondicionais, de "gente de cinema" como Arnaldo Jabor. (Os polemistas sofrem tanto por serem, inescapavelmente, passionais que: ou aderem incondicionalmente ou refugam totalmente — ficando sem uma terceira opção.) O que queremos dizer é que o filme não é "cinema", no sentido de sétima arte; e que suas canções não são "grande arte", no sentido de grande música. O problema dos artistas populares (e populistas) no Brasil (e talvez no mundo) é almejar uma consagração que transcende o número — e que não tem nada a ver com vendagem ou com o clamor do povo. Nessa direção, identificamos, por exemplo, a iniciativa de Paulo Coelho, ao ingressar na ABL (o que não fará dele mais escritor); e identificamos, até, as iniciativas de outros compositores populares, que se lançam igualmente na escrita, ambicionando, inutilmente, uma carreira de "romancista", de "intelectual", de "autor". Por mais que se combata a crítica, ela é a única que pode conferir, a esses e a outros aspirantes, alguma chancela de eternidade. Por enquanto (e por um bom tempo), não adianta misturar vida e obra (a vida, por melhor que seja, não melhora a obra). [Comente esta Nota]
>>> 2 Filhos de Francisco
 



Gastronomia >>> O Conselheiro também come (cru)
Marcos Pinheiro, um vegetariano convicto, aderiu por dois anos ao raw food e, de repente, não tinha mais onde comer em São Paulo. Raw food, do equivalente em inglês para a expressão “comida crua”, corresponde a um tipo de gastronomia de vanguarda, onde, além dos ingredientes naturais, nada pode ser cozinhado acima de 42 ºC. Pinheiro fundou então, com outros sócios, o Deloonix. O apelo da “comida crua” é, por si só, de uma curiosidade instigante: afinal, em que outro lugar se pode experimentar uma lasanha com massa de abobrinha e queijo de castanha de caju? Ou um risoto de cogumelos selvagens? Ou ainda sobremesas como o creme brulée de mel com infusão de hortelã? Mesmo assim, o Deloonix, afora o ambiente agradabilíssimo na Bela Cintra (onde nenhuma planta foi tocada e a estrutura da antiga casa foi preservada), incrementa o seu cardápio com frutos do mar, como o envolto de robalo ao perfume de sálvia, a garoupa com farofa e banana da terra, e as lulas grelhadas com purê de couve-flor e maçã verde. Agora, nada supera a experiência de comer um prato em que a flor não é decorativa (mas parte da degustação); onde morder um “arranjo” depois de tê-lo segurado com a mão (e não com o garfo e a faca) é sinônimo de boa educação; e onde a torrada pode ser de linhaça e a manteiga pode ser de manga sem que isso provoque qualquer suspeita, estranhamento ou aversão. E o Deloonix quer ser, mais que um restaurante, um espaço de bem-estar, de prazer e de idéias interessantes. Hoje a ex-cozinheira particular de Marcos Pinheiro é parte da equipe do Deloonix. Ainda bem que, um dia, ele se converteu ao raw food. [Comente esta Nota]
>>> Deloonix
 



Literatura >>> A verdade cristalina e as bolas de cristal
Richard Dawkins é aquele sujeito apocalíptico que apareceu em algumas revistas combatendo, como ninguém, a religião. Pelo menos, foi assim que o divulgaram para o lançamento, no Brasil, de O Capelão do Diabo (Cia. das Letras). Richard Dawkins é igualmente autor de O Gene Egoísta (1976), livro fundador, dentre outras, da teoria de “meme” (a informação que tem vida própria e que se propaga independentemente da nossa vontade – como o tal gene). Dawkins é, na verdade, um dos mais reputados zoologistas vivos: inglês, descendente direto de Darwin (na linha de pensamento), disputando a primazia com o já falecido norte-americano Stephen Jay Gould, também na divulgação científica (que o fez conhecido por suas posições polêmicas). Dawkins, para simplificar, acha que a religião é um “vírus”, no sentido de que pode infectar a mente de uma criança para sempre, limitando o alcance de suas idéias – pois, segundo ele, uma mente religiosa seria naturalmente resistente a determinados conceitos. Dawkins, no fundo, está cansado de ter passado a vida “debatendo” com criacionistas (aqueles que acreditam em Adão&Eva, por exemplo) e, antes da defesa, parte para o ataque: em qualquer discussão ética sobre, por exemplo, clonagem ou células-tronco, acha que os religiosos nem devem ser convocados – porque representam, quase sempre, a voz do atraso e porque, principalmente, não entendem nada de ciência. Para ele, a ciência já é tão complicada – bela, milagrosa, misteriosa... –, pra quê religião? Escreveu uma carta para a filha, onde justifica ter tentado mantê-la longe da influência perniciosa... da religião. (Não queria que seu tenro cérebro fosse infectado.) Tinha razão? Não tinha razão? Fora o fanatismo (anti-religioso), o livro parece longo demais e um pouco desconjuntado, para servir de introdução ao pensamento do autor (embora seja de ensaios). Biólogos de alcance interdisciplinar, como ele, Steven Pinker e António Damásio, são hoje a vanguarda das idéias com algum potencial “filosófico” – digamos assim –, mas carecem ainda de sistematização ou continuarão apenas instigantes (e só). [Comente esta Nota]
>>> O Capelão do Diabo - Richard Dawkins - 464 págs. - Cia. das Letras
 
>>> O CONSELHEIRO AINDA PUBLICA NA GV-EXECUTIVO

Confira, nas bancas, a nova edição da revista GV-executivo, com chamada de capa para artigo inédito de Julio Daio Borges.

>>> E OS CONSELHEIROS SÃO, NOVAMENTE, ESTUDADOS...

Mais um estudo sobre o Digestivo Cultural como modelo de revista eletrônica: desta vez, de autoria de Fabiano de Sousa Caruso, aluno do curso de Biblioteconomia da Universidade Federal de Santa Catarina.

>>> EVENTOS QUE O DIGESTIVO RECOMENDA



>>> Noites de Autógrafos
* O Brasil e a Economia Internacional - Paulo Nogueira Batista Jr.
(Seg., 3/10, 18h30, CN)
* A Humanidade e suas fronteiras - Eduardo Felipe P. Matias
(Ter., 4/10, 18h30, CN)
* Direito das Telecomunicações - Eduardo Augusto de Oliveira Ramires
(Ter., 4/10, 18h30., CN)
* ICMS no Comércio Eletrônico - Guilherme Cezaroti
(Qua., 5/10, 18h30, CN)
* Habite-se - Fernando Moreira Salles
(Qui., 6/10, 19h00, CN)

>>> Shows
* Concerto - Quarteto Tau
(Seg., 3/10, 20hs., VL)
* New Orleans - Traditional Jazz Band
(Sex., 7/10, 20hs., VL)

* Livraria Cultura Shopping Villa-Lobos (VL): Av. Nações Unidas, nº 4777
** Livraria Cultura Conjunto Nacional (CN): Av. Paulista, nº 2073
*** a Livraria Cultura é parceira do Digestivo Cultural

 
Julio Daio Borges
Editor

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
24/9/2005
00h46min
Julio: sem medo de ser feliz, vou continuar morando aqui no Digestivo. Espero que por muitos anos. FELIZ ANIVERSARIO! Um beijo. Neide
[Leia outros Comentários de Neide Pessoa]
24/9/2005
14h49min
Parabéns pelos cinco anos do DC. Que continue sempre com essa força. Felicidades.
[Leia outros Comentários de Pepê Mattos]
26/9/2005
08h48min
Ou talvez, estes autores estejam mais preocupados com a divulgação, do que com a sistematização das idéias – e até certo ponto, contra sistemas de fechados de pensamento como a religião e a ideologia.
[Leia outros Comentários de Fabiano Caruso]
27/9/2005
14h14min
Amigos do Digestivo Cultural, parabéns para todos!!! A semente foi lançada e agora só precisamos regar todos os dias com assuntos interessantes e novidades do mundo da cultura. Sabemos que não é fácil atuar culturalmente nesse País mas fale a pena tentar. Abraços, Clovis Ribeiro
[Leia outros Comentários de Clovis Ribeiro]
14/10/2005
16h49min
Queria parabenizar o Digestivo pelo 5º aninho e aproveitar para louvar o comentário quanto ao "filme" 2 Filhos de Francisco. Foi o mais justo que li afinal, a não ser por um Reinaldo Azevedo aqui ou ali, a imprensa (eu disse imprensa!) aceitou a pecha de "preconceituosa", "direitista" ou "ressentida" quando faz apenas o livre exercício da crítica (com a qual sequer é preciso concordar). Parabéns ao Digestivo!
[Leia outros Comentários de André Lima]

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




NAÇÕES EM JOGO: ESPORTE E PROPAGANDA POLÍTICA EM VARGAS E PERON
MAURÍCIO DRUMOND
APICURI
(2008)
R$ 10,00



A CAMINHO DO SUL
ODETTE DE BARROS MOTT
BRASILIENSE
R$ 8,00



LIVING SUPPLY CHAINS
JOHN GATTORNA
PRENTICE HALL BRASIL
(2009)
R$ 35,00



PROFESSORES PARA QUÊ?
GEORGES GUSDORF
MORAES
(1978)
R$ 30,00



LIBERDADE NA ESCOLA
A. S. NEILL
IBRASA
(1967)
R$ 6,70



TRATADO DE ALIMENTAÇÃO, NUTRIÇÃO & DIETOTERAPIA
SANDRA M. CHEMIN DA SILVA E JOANA DARC PEREIRA
ROCA
(2007)
R$ 140,00



WAGNER ON MUSIC AND DRAMA: A SELECTION FROM RICHARD WAGNERS PROS
ALBERT GOLDMAN; EVERT SPRINCHORN
VICTOR GOLLANCZ (LONDRES)
(1970)
R$ 88,28



RESSURREIÇÃO
MACHADO DE ASSIS
CIL
R$ 25,00



O DISCÍPULO
PAULO BOURGET
IRMÃOS PONGETTI
(1944)
R$ 60,00



INVENTARIO DE REPTILES EN DOS ZONAS SEMIARIDAS DEL NOROESTE DE LA
ACTA CIENTIFICA VENEZOLANA Nº 4 - VOL 52
ASOCIACIO VENEZOLANA
(2001)
R$ 19,28





busca | avançada
57697 visitas/dia
1,4 milhão/mês