Digestivo nº 459 | Julio Daio Borges | Digestivo Cultural

busca | avançada
30533 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Show com grupo Tambora faz um mergulho na obra de compositoras de diversos países da América Latina
>>> Pianista revelação, Juliana D'agostini mostra seu talento no Natal Musical do VillaLobos
>>> Ana Marson lança livro de crônicas em São Paulo
>>> Música, dança e boa conversa na "Semana Preta" do Centro de Referência da Dança
>>> Vila Cultural Cora Coralina recebe exposição 'Tempos Líquidos'
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A poesia afiada de Thais Guimarães
>>> Manchester à beira-mar, um filme para se guardar
>>> Noel Rosa
>>> Sabemos pensar o diferente?
>>> Notas de leitura sobre Inácio, de Lúcio Cardoso
>>> O jornalismo cultural na era das mídias sociais
>>> Crítica/Cinema: entrevista com José Geraldo Couto
>>> O Wunderteam
>>> Fake news, passado e futuro
>>> Luz sob ossos e sucata: a poesia de Tarso de Melo
Colunistas
Últimos Posts
>>> Jeff Bezos é o mais rico
>>> Stayin' Alive 2017
>>> Mehmari e os 75 anos de Gil
>>> Cornell e o Alice Mudgarden
>>> Leve um Livro e Sarau Leve
>>> Pulga na praça
>>> No Metrópolis, da TV Cultura
>>> Fórum de revisores de textos
>>> Temporada 3 Leve um Livro
>>> Suplemento Literário 50 anos
Últimos Posts
>>> Rios inversos
>>> Você pertence a um não lugar
>>> Olho d'água
>>> A música da corrida
>>> Retalhos da vida
>>> Limbo
>>> Transmutações invisíveis
>>> Quem te leu, quem te lê
>>> Bom dia e paz
>>> O que sei do tempo II
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O jornalismo cultural na era das mídias sociais
>>> Ária da Rainha da Noite
>>> Let us protect you in the labyrinth
>>> Um coral de 10 mil vozes
>>> A alma boa de Setsuan e a bondade
>>> Steve Jobs sobre o mundo
>>> O Presidente Negro, de Monteiro Lobato
>>> Sobre o gênio que é Harold Pinter
>>> Gente que corre
>>> Caso Richthofen: uma história de amor
Mais Recentes
>>> Pensamento Complexo: suas aplicações à liderança, à aprendizagem e ao desenvolvimento sustentável
>>> Dictionnaire D'Analyse du Discours (1ª ed.)
>>> Defenda seus direitos
>>> O momento da sua virada
>>> Uma Viagem Aos Reinos
>>> Trilha para os Jovens
>>> Titan - O mundo de aventuras fantásticas
>>> Sonhos Lúcidos
>>> Raiva. Seu Bem, Seu Mal
>>> O Shadowdale Vale Das Sombras
>>> O perdedor
>>> O livro secreto da maçonaria
>>> O livro da quituteira
>>> O caso Schreber
>>> O Caminho do mago
>>> Lobisomem O - Apocalipse - Rpg
>>> Livro do Mestre - Advanced Dungeons e Dragons
>>> Gurps. Modulo Básico
>>> Francisco de Assis e Francisco de Roma: Uma Nova Primavera na Igreja
>>> Forgotten Realms 3 Guia De Campanha Para Undermontain
>>> Cinema: O Divã e a Tela
>>> Até os Felizes Sofrem
>>> Assessoria de Imprensa
>>> As Virtudes da Casa
>>> Além do bem e do mal
>>> Aleister Crowley - A Biografia de um Mago
>>> A realização espontânea do desejo
>>> Belo Desastre
>>> Nao deixe para depois o que voce pode fazer agora
>>> Ecos Dos Mortos
>>> O pai sessenta minutos
>>> A Noite dos Quatro Furacões
>>> Caixa de Pássaros
>>> Qualidade em Serviços
>>> O Quarto Poder - Uma Outra História - 1ª Edição
>>> Sem Vestígios - Revelações de um Agente Secreto da Ditadura
>>> O Arroz de Palma - Edição Comemorativa
>>> Cisnes Selvagens - Três Filhas da China
>>> Sobre o Céu e a Terra - As Ideias do Papa Francisco
>>> Sobre Heróis e Tumbas - 2002
>>> O Homem de Beijing - 1ª Edição
>>> Compêndio de Análise Institucional e Outras Correntes - Teoria e Prática
>>> As Cartas Ácidas da Campanha de Lula de 1998 - 1ª Edição
>>> A Igreja Universal e Seus Demônios - Um Estudo Etnográfico
>>> Eugene H peterson ( o caminho de Jesus e os atalhos da igreja)
>>> Cadernos do nosso tempo Cinema Brasileiro
>>> Ciência Contemplativa
>>> O Absurdo e a Graça
>>> Farra no Formigueiro
>>> Picasso - Coleção Crianças Famosas
DIGESTIVOS

Sexta-feira, 26/3/2010
Digestivo nº 459
Julio Daio Borges

+ de 2000 Acessos




Imprensa >>> Como os jornais vão sobreviver na era da internet?, por Hal Varian
Passou quase em brancas nuvens, o livro de Alice Sampaio, “Amor na Internet”. Se fosse lançado na época da “febre” (ou da “bolha”), há três ou quatro anos atrás, teria se transformado em best-seller; mas não se transformou. Afinal, quem andou por chats, lá pelo fim dos anos 90, deve ter inevitavelmente cruzado com essa jornalista que caçava histórias de vida para o seu romance. Nesse aspecto, o volume cumpre sua promessa: a pesquisa de Alice Sampaio foi extensiva e ela compilou mais de 15 casos de amor (todos extrapolaram a Web para desembocar na realidade). Há desde adolescentes, em sua compulsão pelo “ficar” (potencializado pela rapidez e pela praticidade), até cinqüentões avessos à tecnologia que, sábios, fazem da internet um meio, não uma mensagem. Para enriquecer esse universo, e sua posterior análise, a autora convidou psicólogos, psiquiatras e psicanalistas para ajudá-la a entender os comportamentos e os tipos de relacionamento que a nova ferramenta proporciona. Em geral, os pontos de vista são bastante “conservadores”, no sentido de não aceitarem ou não compreenderem que os sites de encontro, as salas de bate-papo e os e-mails falham – e falham amplamente – como armas para combater a solidão e o desamor. Não confundir, porém, com uma abordagem fria e distante do problema. Alice Sampaio, por exemplo, mergulha em experiências pessoais e, ao final do trabalho, abre ela mesma o coração para dizer que o príncipe... – bem, o príncipe... – ganhou asas e voou. O que motiva a leitura das mais de trezentas páginas, contudo, talvez seja aquela índole voyeurista, a mesma que vasculha as novelas e os reality shows, atrás de quentes emoções (há várias no livro). Embora não seja “aquele tratado antropológico”, aborda essa realidade que, para muitos, é mais real do que a outra, a original: a realidade do internauta. [3 Comentário(s)]
>>> Newspaper economics: online and offline (áudio | slides)
 



Literatura >>> A Reinvenção da Leitura, na Época Negócios
Passou quase em brancas nuvens, o livro de Alice Sampaio, “Amor na Internet”. Se fosse lançado na época da “febre” (ou da “bolha”), há três ou quatro anos atrás, teria se transformado em best-seller; mas não se transformou. Afinal, quem andou por chats, lá pelo fim dos anos 90, deve ter inevitavelmente cruzado com essa jornalista que caçava histórias de vida para o seu romance. Nesse aspecto, o volume cumpre sua promessa: a pesquisa de Alice Sampaio foi extensiva e ela compilou mais de 15 casos de amor (todos extrapolaram a Web para desembocar na realidade). Há desde adolescentes, em sua compulsão pelo “ficar” (potencializado pela rapidez e pela praticidade), até cinqüentões avessos à tecnologia que, sábios, fazem da internet um meio, não uma mensagem. Para enriquecer esse universo, e sua posterior análise, a autora convidou psicólogos, psiquiatras e psicanalistas para ajudá-la a entender os comportamentos e os tipos de relacionamento que a nova ferramenta proporciona. Em geral, os pontos de vista são bastante “conservadores”, no sentido de não aceitarem ou não compreenderem que os sites de encontro, as salas de bate-papo e os e-mails falham – e falham amplamente – como armas para combater a solidão e o desamor. Não confundir, porém, com uma abordagem fria e distante do problema. Alice Sampaio, por exemplo, mergulha em experiências pessoais e, ao final do trabalho, abre ela mesma o coração para dizer que o príncipe... – bem, o príncipe... – ganhou asas e voou. O que motiva a leitura das mais de trezentas páginas, contudo, talvez seja aquela índole voyeurista, a mesma que vasculha as novelas e os reality shows, atrás de quentes emoções (há várias no livro). Embora não seja “aquele tratado antropológico”, aborda essa realidade que, para muitos, é mais real do que a outra, a original: a realidade do internauta. [1 Comentário(s)]
>>> Época Negócios
 



Internet >>> Crowdsourcing, o livro de Jeff Howe
Passou quase em brancas nuvens, o livro de Alice Sampaio, “Amor na Internet”. Se fosse lançado na época da “febre” (ou da “bolha”), há três ou quatro anos atrás, teria se transformado em best-seller; mas não se transformou. Afinal, quem andou por chats, lá pelo fim dos anos 90, deve ter inevitavelmente cruzado com essa jornalista que caçava histórias de vida para o seu romance. Nesse aspecto, o volume cumpre sua promessa: a pesquisa de Alice Sampaio foi extensiva e ela compilou mais de 15 casos de amor (todos extrapolaram a Web para desembocar na realidade). Há desde adolescentes, em sua compulsão pelo “ficar” (potencializado pela rapidez e pela praticidade), até cinqüentões avessos à tecnologia que, sábios, fazem da internet um meio, não uma mensagem. Para enriquecer esse universo, e sua posterior análise, a autora convidou psicólogos, psiquiatras e psicanalistas para ajudá-la a entender os comportamentos e os tipos de relacionamento que a nova ferramenta proporciona. Em geral, os pontos de vista são bastante “conservadores”, no sentido de não aceitarem ou não compreenderem que os sites de encontro, as salas de bate-papo e os e-mails falham – e falham amplamente – como armas para combater a solidão e o desamor. Não confundir, porém, com uma abordagem fria e distante do problema. Alice Sampaio, por exemplo, mergulha em experiências pessoais e, ao final do trabalho, abre ela mesma o coração para dizer que o príncipe... – bem, o príncipe... – ganhou asas e voou. O que motiva a leitura das mais de trezentas páginas, contudo, talvez seja aquela índole voyeurista, a mesma que vasculha as novelas e os reality shows, atrás de quentes emoções (há várias no livro). Embora não seja “aquele tratado antropológico”, aborda essa realidade que, para muitos, é mais real do que a outra, a original: a realidade do internauta. [Comente esta Nota]
>>> Crowdsourcing
 

 
Julio Daio Borges
Editor

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




PONTO DE RUPTURA E TRANSFORMAÇÃO
GEORGE LAND E BETH JARMAN
CULTRIX
(1995)
R$ 7,00



CAIM
JOSÉ SARAMAGO
COMPANHIA DAS LETRAS
(2009)
R$ 15,00



501 DESASTRES MAIS DEVASTADORES DE TODOS OS TEMPOS
DIVERSOS
LAFONTE
(2012)
R$ 35,00



RETE 1!
MEZZADRI E BALBONI
GUERRA
(2016)
R$ 38,70



JACINTO BENAVENTE (TEATRO ESPANHOL)
JACINTO BENAVENTE
DELTA
(1965)
R$ 7,00



SHUNKO
JORGE W. ABALOS
CLUBE DO LIVRO
(1969)
R$ 3,00



OS FIOS DA FORTUNA
ANITA AMIRREZVANI
NOVA FRONTEIRA
(2007)
R$ 8,00



MIRANDOLINA - CARLO GOLDONI (TEATRO ITALIANO)
CARLO GOLDONI
BRASILIENSE
(1965)
R$ 20,00



MUSSET Y EL AMOR (EM ESPANHOL) TEATRO FRANCÊS
MAURICE DONNAY
EDICION ZAG ZAG
(2016)
R$ 20,00



200 RECEITAS DE CUPCAKES DELICADOS CULINÁRIA DE TODAS AS CORES
JOANNA FARROW
PUBLIFOLHA
(2012)
R$ 13,00





busca | avançada
30533 visitas/dia
1,1 milhão/mês