Dez Anos que Encolheram o Mundo, de Daniel Piza | Digestivo Cultural

busca | avançada
31000 visitas/dia
957 mil/mês
Mais Recentes
>>> Arte Em Tempo Real !
>>> ALICE BAR REALIZA FEIJOADA EM HOMENAGEM AO DIA NACIONAL DO SAMBA
>>> Ballet Acadêmico da Bahia apresenta: Cadê Noel? - uma fábula do natal.
>>> CONCURSO QUER RELEVAR NOVOS TALENTOS PELO BRASIL
>>> DE BRONZE, MAS COM GOSTINHO DE OURO OLÍMPICO
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Omissão
>>> Preparar Para o Impacto
>>> Fazendo a coisa certa
>>> Malcolm, jornalismo em quadrinhos
>>> Lembrança de Plínio Zalewski
>>> Que tal fingir-se de céu?
>>> As crianças do coração do Brasil
>>> Três filmes sobre juventude no novo século
>>> Poesia e Guerra: mundo sitiado (parte II)
>>> Notas confessionais de um angustiado (V)
Colunistas
Últimos Posts
>>> Ebook gratuito
>>> Poesia para jovens
>>> Nirvana pra todos os gostos
>>> Diego Reeberg, do Catarse
>>> Ed Catmull por Jason Calacanis
>>> Lançamento e workshop em BH
>>> Reid Hoffman por Tim Ferriss
>>> Software Programs the World
>>> Daphne Koller do Coursera
>>> The Sharing Economy
Últimos Posts
>>> Carta aberta ao povo brasileiro
>>> Que bela lição a Colômbia está dando ao mundo
>>> No rastro de Augusto dos Anjos (série: sonetos)
>>> Taxi Driver 40 anos - um retrovisor do presente.
>>> Rio, ontem e hoje
>>> Arrogância
>>> Febre dos metais
>>> Fogo que se alastra
>>> Prazer, meu nome é corrida!
>>> Fidel era uma celebridade
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Amor e dor para crianças em três passos
>>> Are Newspapers Doomed?
>>> As crianças do coração do Brasil
>>> Diga: trinta e três
>>> Mito da caverna
>>> BRIO
>>> Vontade de abraçar o mundo
>>> O limite de um artista
>>> Os bastidores da crônica
>>> Literatura pop: um gênero que não existe
Mais Recentes
>>> O Magnífico
>>> Viagem ao centro da Terra
>>> Moll Flanders
>>> O Amante de Lady Chatterley
>>> As Aventuras do Sr. Pickwick
>>> Os Trabalhadores do Mar
>>> X-Men A Era do Apocalipse Volume 3
>>> Os Subterrâneos do Vaticano
>>> O Médico e o Monstro
>>> Ferreira Gullar - Toda Poesia
>>> As Aventuras de Tom Sawyer
>>> X-Men A Era do Apocalipse Volume 2
>>> Aventuras de Huck
>>> Vida de Don Quijote y Sancho (em espanhol) raridade
>>> A ilha perdida
>>> Novo Curso De Direito Processual Civil - Volume 1
>>> A Grande Jogada
>>> A Região Costeira Meridional De Santa Catarina
>>> O Carvalho E O Bezerro
>>> Tópicos Em Bancos De Dados, Multimídia E Web
>>> Saúde Coletiva
>>> Loucuras Do Futebol
>>> O Caminho Quádruplo
>>> Terceirização E Multifuncionalidade
>>> A Doçura Do Mundo
>>> Besouro Azul Ano Um Encadernado Novo Lacrado Matt Wagner
>>> Bandidos, Forasteiros E Intrusos
>>> Teoria Geral Dos Sistemas
>>> Diário De Uma Encrenqueira: Pérolas Ou Pegas
>>> Lendas Do Índio Brasileiro
>>> Direito Administrativo
>>> Nunca Antes Na História Deste País
>>> Histórias Para O Coração
>>> Exílio: Testemunho De Vida
>>> Física Para O 2º Grau: Termologia E Óptica
>>> Ambientes Da Democracia Ambiental
>>> Eternidade Mortal
>>> Honoráveis Bandidos: Um Retrato Do Brasil Na Era Sarney
>>> Paratii: Entre Dois Polos
>>> DC 2000 22 Legião Keith Giffen Alan Grant
>>> Mães Pais & Filhos
>>> Impressão De Jornalista
>>> Que Cara Tem O Aroeira?
>>> Maravilhas da literatura infantil vol.4
>>> A Sombra Materna
>>> Maravilhas da literatura infantil vol.3
>>> Maravilhas da literatura infantil vol.2
>>> Comentários À Lei Dos Juizados Especiais Federais Cíveis
>>> Maravilhas da literatura infantil vol.1
>>> Guia Prático Enem: Matemática E Suas Tecnologias
DIGESTIVOS >>> Notas >>> Imprensa

Quarta-feira, 4/4/2012
Dez Anos que Encolheram o Mundo, de Daniel Piza
Julio Daio Borges

+ de 10300 Acessos




Digestivo nº 487 >>> Dez Anos que Encolheram o Mundo (2011) foi o último livro de Daniel Piza. Dando continuidade a seu bom relacionamento com a editora Leya, a ideia era fazer uma retrospectiva da primeira década dos anos 2000. Assim, Daniel dividiu a tarefa em cinco partes, ou assuntos: Política & Economia, Cultura & Comportamento, Ciência & Tecnologia, Meio Ambiente & Metrópoles e Esportes. No programa Pânico, onde foi para fazer a divulgação (quem diria...), alguém fez a piada de que ele "já tinha o livro pronto", "antes de a década haver terminado". E, de fato, um balanço, em 2011, era mesmo precoce. Mas como Daniel Piza foi precoce em tudo... Infelizmente, porém, seu último livro não é seu melhor livro. Talvez por excessiva influência do jornalismo diário ― Daniel Piza foi editor-executivo do jornal O Estado de S. Paulo ― , a retrospectiva de Dez Anos que Encolheram o Mundo soa um tanto quanto burocrática, como um clipping, onde o desejo de informar prejudica a reflexão, e o pensamento original (uma das marcas registradas de Daniel Piza). A divulgação, aliás, que passou por outros programas inusitados (onde Daniel nunca havia estado, como o de Otavio Mesquita), revela, igualmente, um desejo de mais público. Juntando as peças, Dez Anos que Encolheram o Mundo foi planejado para ser um best-seller, por isso, talvez, as concessões. Para que se tenha uma ideia de como Daniel sacrificou a originalidade, o título, que parece um conceito novo, na realidade deriva do insight de Thomas Friedman, em seu livro O Mundo é Plano, de 2005. Ambos se inspiram na globalização, uma palavra que tinha mais força nos anos 90 (o auge de Daniel na Gazeta Mercantil), e na expressão, quase aposentada hoje, "aldeia global". Ainda assim, Dez Anos... tem bons momentos, como a parte de "Esportes", a melhor de todas ― não à toa uma das editorias às quais Daniel mais se dedicou, nos últimos anos, como colunista e comentarista de futebol. Na parte de "Política & Economia" se destacam os capítulos dedicados a Barack Obama e à era Lula. Na de "Cultura & Comportamento" (outra das especialidades de Daniel) se destaca o capítulo "Literatura Minguante". E na de "Esportes" (já citada), os capítulos "O Negócio do Espetáculo" e "Ídolos, Recordes e Polêmicas". E Daniel Piza, claro, erra, como não poderia deixar de ser (ao abranger um escopo tão grande)... Apesar de "economia" ser um "adendo" da primeira parte, como muitos outros jornalistas brasileiros antes dele, Daniel se atrapalha ao tentar explicar a crise de 2008 e o subprime, quando diz que "dívidas eram repassadas adiante por instituições sem capacidade de lastreá-las" (pág. 22). Na realidade, as instituições que faziam a "originação" (em economês) dessas dívidas não eram necessariamente obrigadas a lastreá-las. Quem deveria "lastreá-las" eram os devedores, mas como não tinham nem renda, nem emprego, nem ativos ("nijas")... O erro, portanto, não foi de lastro, foi de avaliação de risco. Mais adiante (pág. 35), quando fala do WikiLeaks, chama Julian Assange de "jornalista australiano". Assange nunca foi jornalista e, inclusive, menosprezada a inteligência dos jornalistas (como conta seu ex-associado "Daniel Schmitt"). Por fim, na página 60, ao falar de animação, classifica a Pixar como "produtora" e diz que foi batizada assim, em 1986, por Steve Jobs. Bem, primeiro que a Pixar não é uma produtora, é um estudio. Depois, Steve Jobs não a batizou, o nome surgiu num brainstorm com os fundadores da Pixar (Jobs não era orignalmente fundador), que gostavam do verbo "pixer" (a partir de pixel), convertendo-o para o espanhol, "pixar". Enfim: Daniel se ressentia com aqueles que apontavam "pequenos erros" em seus livros, qualificando-os como "bobagens" ― mas, dependendo do erro, pode até não ser "pequeno" e pode estar em jogo a credibilidade de todo o livro. Mas essa é outra discussão... E por falar em discussão, aliás, surpreende que Daniel Piza tenha dado tanto crédito à internet no capítulo "Google, Facebook e a web 2.0" (sendo que criticou a grande rede duramente ao longo dos anos 2000): "Poucas coisas definiram tão bem a década quanto a expansão e a consolidação da internet no dia a dia de pessoas no mundo todo". Continuando: "(...)não foi apenas uma mudança no cotidiano dos consumidores: foi uma transformação profunda, e ainda por ser inteiramente compreendida". Dez Anos que Encolheram o Mundo, agora, serve aos leitores que desejam matar a saudade dos textos de Daniel Piza. Tanto de seus acertos quanto de seus erros, quanto de suas reviravoltas ;-)
>>> Dez Anos que Encolheram o Mundo
 
Julio Daio Borges
Editor

Quem leu esta, também leu essa(s):
01. A Different Kind of Truth, by Van Halen (Música)
02. O escandaloso blog de poesia de Maria Bethânia (Internet)
03. Conversas com Paul Rand, por Michael Kroeger (Artes)
04. E a Apple virou mainstream (e Steve Jobs, também)... (Além do Mais)
05. O mundo pós-PC: uma visão de Steve Jobs, segundo Charlie Stross (Além do Mais)


Mais Notas Recentes
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O AUTO DE SÃO LOURENÇO - JOSÉ DE ANCHIETA
JOSÉ DE ANCHIETA
EDIOURO



CONCEITOS DA PSICANÁLISE - DEPRESSÃO- VOL 14
JEREMY HOLMES
VIVER
(2005)



ANEDOTA DO DESTINO
KAREN BLIXEN
COSAC NAIFY
(2007)



SPAS: ALQUIMIA DE UMA JORNADA
LIGIA DA LUZ POSSER
BESOUROBOX



DAVID STRAUSS: SECTÁRIO E ESCRITOR - NIETZSCHE
NIETZSCHE
ESCALA
(2008)



O PODER DO OTIMISMO
NORMAN VINCENT PEALE
CULTRIX
(1961)



LUZ VERMELHA QUE SE AZULA
NILTO MACIEL
BESTIÁRIO
(2011)



MARCADA
P. C. CAST E KRISTIN CAST
NOVO SÉCULO
(2009)



LA LEYENDA DEL ANILLO DE SAKUNTALA (TEATRO CHINÊS) (TEATRO INFANTIL)
MICHEL MARTÍN PÉREZ
EDICIONES MECENAS
(2003)



VERSOS ALVISSAREIROS
EMÍLIO TAPIOCA
KALANGO
(2013)





busca | avançada
31000 visitas/dia
957 mil/mês