O paraíso de Henry Miller | Adriana Baggio | Digestivo Cultural

busca | avançada
22864 visitas/dia
1,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Alexandre Grooves comemora Troféu Cata-vento, pré-indicação ao Grammy e lançamento no Japão
>>> Estreia de Pelas Ordens do Rei Que Pede Socorro comemora 20 anos do grupo O Buraco d'Oráculo
>>> Espetáculo 'As Filhas da Mãe' completa 35 anos.
>>> Bloco Fogo e Paixão faz a festa na Zona Portuária
>>> Papo Astral: guia astrológico para o leitor se conhecer melhor
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 9. Um Cacho de Banana
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 8.Heroes of the World
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 7. Um Senador
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 6. Nas Asas da Panair
>>> Como se me fumasse: Mirisola e a literatura do mal
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 5. Um Certo Batitsky
>>> A vida dos pardais e outros esquisitos pássaros
>>> Blockchain Revolution, o livro - ou: blockchain(s)
>>> Bates Motel, o fim do princípio
>>> Bruta manutenção urbana
Colunistas
Últimos Posts
>>> Jeff Bezos é o mais rico
>>> Stayin' Alive 2017
>>> Mehmari e os 75 anos de Gil
>>> Cornell e o Alice Mudgarden
>>> Leve um Livro e Sarau Leve
>>> Pulga na praça
>>> No Metrópolis, da TV Cultura
>>> Fórum de revisores de textos
>>> Temporada 3 Leve um Livro
>>> Suplemento Literário 50 anos
Últimos Posts
>>> Feliz 2018
>>> Boa Vista
>>> O preço
>>> Você já atualizou sua história hoje?
>>> Sorvedouro
>>> Reter ou não reter
>>> O Peregrino
>>> Sismógrafos
>>> La ansiedad
>>> Barrados no baile
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A poesia concreto-multimídia de Paulo Aquarone
>>> Elogio Discreto: Lorena Calábria e Roland Barthes
>>> O que vai ser das minhas fotos?
>>> A reforma agrária das idéias: os blogs
>>> E eu mais ainda!
>>> Os sem-celular
>>> Freud segundo Zweig
>>> Olímpica
>>> Metade da laranja ou tampa da panela?
>>> Preparar Para o Impacto
Mais Recentes
>>> Feras Futebol Clube - Ioiô o Que Dança Com a Bola Autor (a): Joachim Masannek
>>> T. l. osborn ( curai enfermos e expulsai demonios )
>>> A Dança
>>> Jessie Penn-Lewis ( Guerra contra os santos tomo 2 )
>>> Jessie Penn-Lewis ( Guerra contra os santos tomo 1 )
>>> A Educação pela Dança
>>> 101 Idéias Criativas Para Professores
>>> 21 Dias de Oração e Jejum Pelo Sertão
>>> Os Insondáveis Propósitos de Deus
>>> Natália Lessa
>>> Parceiros na Missão
>>> Um General Perto de Deus
>>> A Oração de Moisés
>>> Dulce Beltrão
>>> Adolescentes, pesquisa sobre uma idade de risco
>>> Turismo e Planejamento Sustentavel
>>> Turismo e Legado Cultural
>>> Vidas cruzadas
>>> Disney´s Pocahontas
>>> The world is made of Glass
>>> Medo da Vida
>>> Biologia Celular e Molecular
>>> Viagem a Inglaterra e Escocia
>>> Aventuras de Tom Sawyer
>>> Proyecto Lazaro
>>> O primo basilio
>>> Noticia de un secuestro
>>> GONE - Desaparecer - Livro 3
>>> A fraude do Efeito - Estufa
>>> Saga O Vampiro Rei - Bento - Livro 1
>>> Sapphique
>>> Freud
>>> Fallen Angels - Desejo
>>> O Cavalo Amarelo
>>> Conecte Filosofar Terceira Parte
>>> Tratamento de Concreto Armado: em 6 volumes
>>> A mansão Hollow
>>> Encontro com a morte
>>> E não sobrou nenhum - Edição de Bolso
>>> Tentada
>>> Conecte Filosofar-segunda Parte
>>> Os elefantes não esqueçem
>>> Veneno-Saga Encantadas
>>> Conecte Filosofia - Caderno de Competências
>>> A Princesa Apaixonada
>>> Como ser um pirata
>>> A Princesa sob os refletores
>>> Conecte Filosofia - Caderno de Revisão
>>> Vida Roubada
>>> Natal de Poirot
COLUNAS

Quinta-feira, 11/1/2007
O paraíso de Henry Miller
Adriana Baggio

+ de 5300 Acessos
+ 1 Comentário(s)

Big Sur
Vista de Big Sur, na Califórnia,
registrada por Carlos Kenji em outubro de 2006

Paraíso, cada um tem o seu. Em uma visão estereotipada, pode ser um lugar perto do mar, com muita área verde, de onde se enxerga tanto o cume das montanhas quanto as ondas quebrando nos rochedos. Um espaço relativamente escondido, ainda não totalmente descoberto por hordas de bagunceiros e incorporadores imobiliários. Para o escritor Henry Miller, esse lugar era Big Sur, na costa oeste dos Estados Unidos. Pela foto ali de cima, parece que ainda é. Ao menos no que se refere à beleza do mar.

Miller morou em Big Sur depois de a Segunda Guerra obrigá-lo a voltar a sua terra natal. O lugar era habitado por poucas famílias, com propriedades distantes umas das outras e das modernidades que passaram a alimentar o sonho de consumo americano em meados do século XX. O que para alguns poderia parecer isolamento e solidão, para Miller e seus vizinhos era o tal do paraíso. Tanto que ele dedicou um livro inteiro sobre suas experiências no lugar: Big Sur e as laranjas de Hieronymus Bosch (José Olympio, 2006, 448 págs.), publicado originalmente em 1957 e com sua primeira edição brasileira lançada em 2006 pela José Olympio.

As tais laranjas do título são elementos de uma das obras de Bosch. O artista flamengo, que viveu entre os séculos XV e XVI, pintou uma versão do inferno, que seria povoado por feras, monstros e pessoas em situações de sofrimento, e do céu, em que as laranjas representam as delícias do paraíso. Big Sur seria o éden na Terra. Uma relação que, esperava eu, desse mais pano pra manga. Afinal, para uma mente como a de Henry Miller, um quadro de Bosch poderia render passagens muito interessantes.

A citação de Bosch em Big Sur deu um certo trabalho para a tradutora da versão brasileira, Sonia Coutinho, que conta, em seu blog, como esclareceu um mistério relacionado ao título da obra. Miller chama o tríptico de "The Millenium". Porém, não há registro de um tríptico com esse nome. A charada teria sido decifrada por Silviano Santiago, ao lembrar que "milênio", no sentido bíblico, significa "juízo final". Este sim é o nome de uma conhecida obra de Bosch, que representa, justamente, o inferno e o paraíso com suas laranjas.

Apesar de estar classificado como romance, Big Sur e as laranjas parece mais um conjunto de crônicas ou uma autobiografia. O autor descreve o lugar, a paisagem, a rotina diária, a relação entre os vizinhos, o estilo quase de "comuna" em que viviam. E também dá pitacos sobre criação dos filhos, defende os mexicanos e imigrantes, aconselha escritores iniciantes e reflete sobre as mudanças que vão transformando o mundo e o seu país em lugares cada vez piores.

Mas, se o paraíso é um lugar, Sartre já dizia que o inferno são os outros. No caso de Miller, ele atendia pelo nome de Conrad Moricand. A história da relação entre o escritor e o astrólogo e dândi suiço já foi publicada em volume isolado, mas também está incluída em Big Sur, com o sugestivo título de Um diabo no paraíso. Foi lá que Miller acolheu o amigo, sem saber o trabalho e as aporrinhações que iria ter. Moricand era um nobre falido, um homem inteligente, exigente, mas com sérios problemas de caráter, que vão se revelando a cada dia.

O fato de Conrad Moricand (um homem que foi amigo de algumas das personalidades mais fascinantes da Paris do início do século XX) ter realmente existido, a meu ver, torna a leitura ainda mais interessante. O mesmo acontece com a parte do livro que fala sobre Big Sur. As pessoas mencionadas já morreram ou não estão acessíveis, mas os lugares permanecem. Poder visitá-los e comparar as próprias impressões com as do autor deve ser uma experiência incrível. Big Sur talvez esteja mais povoado que na época de Miller, mas pelo que o Carlinhos disse, as belas vistas de mar e montanha continuam disponíveis para o deleite do leitor-turista.

Para ir além






Adriana Baggio
Curitiba, 11/1/2007


Mais Adriana Baggio
Mais Acessadas de Adriana Baggio
01. Apresentação - 31/5/1974
02. Maria Antonieta, a última rainha da França - 16/9/2004
03. Dicas para você aparecer no Google - 9/3/2006
04. Ser bom é ótimo, mas ser mau é muito melhor* - 24/4/2003
05. E você, já disse 'não' hoje? - 19/10/2011


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
12/1/2009
21h43min
"Big Sur" é realmente um lugar lindo, quase um paraíso. Não é sem razão que Henry Miller se apaixonou por este pedaço de terra, de céu e mar. Quanto ao quadro de Bosch e as laranjas, Henry já podia sentir na pele e no coração os ecos do paraíso e do inferno. A pintura de Bosch estava no lugar e no momento certo. Da mesma forma que Miller foi acolhido por Nin, assim recebeu Moricand. Assim é a vida, e é no dia a dia que os espinhos aparecem, e as rosas florescem. Cada vez mais admiro a pessoa comum, o gênio, a sinceridade e a ousadia de Henry Miller. Não sei por quê, mas me faz pensar em Maria Madalena, que muito amou com o coração, com a alma, onde seu corpo foi a exteriorização desse amor. Miller apenas se antecipou no tempo, e como já disse um famoso filósofo, quem se expõe demais, causa estranhamento, repulsa ou é tido por louco. Quem aguenta a verdade?
[Leia outros Comentários de Barbara Brosch]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




MOLDADOS POR DEUS ( SAVESTA ASTIAKSI)
RISTO SANTALA
CONCÓRDIA
(2000)
R$ 43,00



HQ MÔNICA 4 + EDIÇÃO ESPECIAL DE NATAL 1988
MAURÍCIO DE SOUZA
GLOBO
(2016)
R$ 7,00



REAVIVAMENTOS SUA ORIGEM PROGRESSO E REALIZAÇÕES
E. EVANS
PES
R$ 10,00



COLEÇÃO: MITOLOGIA (3 VOLUMES) - ABRIL CULTURAL
VICTOR CIVITA (EDITOR)
ABRIL CULTURAL
(1973)
R$ 150,00



SIGMUND FREUD
EDSON SOUSA E PAULO ENDO
L&PM
(2014)
R$ 17,00



O FIM DA TERRA E DO CÉU
MARCELO GLEISER
COMPANHIA DAS LETRAS
(2001)
R$ 45,00



EXAME DE SUFICIÊNCIA EM CONTABILIDADE
CÉSAR AUGUSTO TIBÚRCIO SILVA ET AL (ORG)
ATLAS
(2006)
R$ 20,00



NO TEMPO DE DANTES
MARIA PAES DE BARROS
PAZ E TERRA
(1998)
R$ 10,00



PROGRAMA DA REVOLUÇÃO, O
MARX E ENGELS
NOVA PALAVRA
(2008)
R$ 20,00



ANTES QUE A NATUREZA MORRA
JEAN DORST
EDGARD BLUCHER
(1973)
R$ 48,00
+ frete grátis





busca | avançada
22864 visitas/dia
1,0 milhão/mês