Ribamar, de José Castello | Isabel Furini | Digestivo Cultural

busca | avançada
59113 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Quarta-feira, 5/1/2011
Ribamar, de José Castello
Isabel Furini

+ de 7200 Acessos
+ 3 Comentário(s)

Se você quiser voltar os olhos ao passado, não para desenhar a falsa imagem positivista de que todo tempo passado foi melhor, mas para olhar com honestidade, recomendo a leitura do romance Ribamar (Bertrand Brasil, 2010, 280 págs.), de José Castello.

Tive a sorte de participar de uma oficina de Crônicas que Castello orientou na Fundação Cultural de Curitiba. Uma amiga havia comentado que ele é um grande orador, e eu o imaginei um mago da palavra: apaixonado e inovador, capaz de jogar um livro pela janela (isso acontece muito nos filmes). Mas o jeito calmo de Castello, reservado, a estrutura de sua aula, ao estilo de um professor universitário, devo confessar que me incomodou no início. Pensei em participar por um mês e depois decidir se daria continuidade. Acho que foi na terceira aula que Castello fez um comentário, não me recordo exatamente sobre o que, mas lembro que me atingiu em cheio. "Esse cara é um gênio", pensei.

Algo semelhante acontece com Ribamar. O livro é uma viagem que permite olhar a paisagem e pensar na própria vida, fazer inventários de acontecimentos reprimidos que voltam à consciência.

Castello mostra que teve grande trabalho para dar dimensão ao personagem que dá título ao romance, mas esse trabalho nem sempre é percebido pelo leitor. Entramos na história, o autor vai introduzindo os personagens, tópicos da vida que a maioria prefere esconder, talvez porque a sociedade moderna nos tenha ensinado a arte da hipocrisia ― somos da época do botox e do Photoshop, época em que é difícil envelhecer... com honestidade. Por sorte, o livro do Castello foge disso, afasta-se de banalidades, leva-nos pela mão para a época de criança e para o mundo das recordações, é quase um convite para abrir o livro da própria vida, o álbum escondido, e reviver fatos, emoções, como faz o personagem.

O relato da viagem ao Piauí, cidade onde o pai de José passou a infância e a juventude, é também uma busca do passado, talvez para encontrar o próprio eu, para entender-se como subjetividade. "(...) este livro é uma travessia. Não escrevo sobre você. Eu escrevo através de você".

A música que ele intitula "Cala a boca" o persegue, e então decide: "o livro que escreverei, Ribamar, terá a estrutura dessa canção".

Paralelamente à história do menino, aparece o livro Carta ao pai, de Franz Kafka, que o narrador dá ao pai em 1973. O filho se pergunta se o pai alguma vez olhou o livro. Vemos a identificação Hermann Kafka-Ribamar ― pais repressores e inesquecíveis.

O leitor pode perguntar-se: personagem ou autor estão identificados com Kafka? Difícil dizê-lo. Castello gosta de brincar com nossa curiosidade. Ele não entrega suas memórias, Ribamar não é uma biografia, o escritor reconfigura suas recordações. Essa viagem interior não é para reconstruir uma história real em todos os detalhes, mas para reconstruir seu mundo emocional e subjetivo. O romance lhe serve de espelho, um reflexo de seus estados internos de consciência.

Ribamar não é um livro simples. Não é confissão nem desabafo, é literatura. Nunca sabemos quando o autor está fazendo uma confissão ou está contando um fato imaginário. Ribamar encoraja o leitor a olhar para dentro, para descobrir-se. É possível descobrir esse caminho aberto a novas descobertas no excelente final. Quem será o próximo a sentir a influência de Kafka?

Muitos de nós, ao ler Carta ao pai, em algum momento sentimos desejos de gritar: O pai de Kafka representa meu pai. Sentimos que Ribamar, agora velho e doente, já foi um homem poderoso aos olhos da criança. Ribamar influenciou José. Influenciou o caráter, a personalidade do "menino com olhos de peixe". O autor já disse: "reinventamos nosso passado, de modo que ele se torne suportável e nos ajude a sustentar um projeto de existência".

Castello sempre foi reconhecido como jornalista cultural e como escritor de biografias e outros gêneros de não-ficção, muitos consideram que chegou o momento de reconhecer sua capacidade como romancista. Poderíamos até afirmar "profissão: jornalista ― coração: romancista", pois Ribamar foi escrito seguindo a voz do músculo cardíaco. Batimento de lembranças e emoções.

Destacamos que essa obra foi uma das ganhadoras do Prêmio Machado de Assis (2° lugar) outorgado pela Fundação Biblioteca Nacional, edição 2010.

A leitura de Ribamar é prazerosa, a linguagem clara (sem artifícios desnecessários), com momentos de profundo impacto emocional. E quando terminamos de ler a última página, pegamos uma caneta copiamos frases e parágrafos para pensar neles com calma. Ribamar é um livro para saborear lentamente, pois deixa em nossas papilas gustativas o sabor da infância, dos sonhos, dos conflitos e da terrível aventura de termos nascido seres humanos.

Para ir além






Isabel Furini
Curitiba, 5/1/2011


Quem leu este, também leu esse(s):
01. A Copa, o Mundo, é das mulheres de Luís Fernando Amâncio
02. Lembrança de Plínio Zalewski de Celso A. Uequed Pitol
03. Você sabe quem escreveu seu show preferido? de Fabio Gomes
04. Se a vida começasse agora de Luís Fernando Amâncio
05. A vida exemplar de Eric Voegelin de Celso A. Uequed Pitol


Mais Isabel Furini
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
5/1/2011
15h43min
Isabel, parabéns pela imparcialidade e perspicácia da sua resenha sobre "Ribamar". O livro realmente é tudo isso, um dos melhores que li ultimamente. Aliás, é o tipo de obra literária que merece ser lido e relido muitas vezes. Abraço.
[Leia outros Comentários de Zeny Belmonte]
5/1/2011
17h45min
Parabéns pelo excelente texto sobre o livro. Desejo um ótimo 2011. Abraços.
[Leia outros Comentários de Jorge Bohaczuk]
11/3/2011
22h01min
Acabo de ver entrevista do José Castello sobre seu livro no Espaço Literatura da GloboNews. Amei. Daí cliquei no Google e achei teu artigo. Muito bacana. Vou comprar o livro, é claro.
[Leia outros Comentários de denis herbach]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




JULIETA
ANNE FORTIER
ARQUEIRO
(2014)
R$ 18,00



O REFÉM - O RISO AMARGO DA VIOLÊNCIA
LUIZ CORONEL
MECENAS
(2013)
R$ 5,00



DICIONÁRIO DE DECISÕES TRABALHISTAS
B. CALHEIROS BOMFIM
RABALHISTAS
(1995)
R$ 15,00



ONDE ESTIVESTE ADÃO?
HEINRICH BOLL
EXPRESSÃO E CULTURA
(1973)
R$ 10,00



ESCRAVAS DE CORAGEM
KATHLEEN GRISSOM; VERA RIBEIRO
ARQUEIRO
(2014)
R$ 9,00



TEX EDIÇÃO DE OURO Nº 53 - OURO DE SANGUE
G. L. BONELLI E A. GALEPPINI
MYTHOS
(2011)
R$ 10,00



A ARTE DE RECLAMAR
RONALDO JOSÉ NEVES DE CARVALHO
N/D
(1995)
R$ 14,99



PROJETO ARARIBÁ CIÊNCIAS 8ª ANO
JOSÉ LUIZ CARVALHO DA CRUZ
MODERNA
(2007)
R$ 13,00



EXECUTIVE TOUGHNESS
JASON SELK
MCGRAW HILL PROFESSI
(2011)
R$ 120,91



GRANDES CLUBES DO FUTEBOL BRASILEIRO... CORAÇÃO CORINTHIANO VOL. II
LOURENÇO DIAFÉRIA
FUNDAÇÃO NESTLÉ DA CULTURA
(1992)
R$ 250,00





busca | avançada
59113 visitas/dia
1,1 milhão/mês