Neon Genesis Evangelion | Duanne Ribeiro | Digestivo Cultural

busca | avançada
27870 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Nova saga de fantasia urbana usa plataforma de financiamento coletivo
>>> O cantor Raphael Ota lança o álbum 'Paralelo' nas plataformas digitais
>>> Obra traz mais de 150 receitas veganas práticas e rápidas de preparar
>>> 'Entardecer na Casa do Sol' encerra 2ª edição do AntroHH
>>> Urban Arts sedia exposição fotográfica gratuita
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Notas confessionais de um angustiado (VI)
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 2. O Catolotolo
>>> A pós-modernidade de Michel Maffesoli
>>> Um parque de diversões na cabeça
>>> O que te move?
>>> O dia que nada prometia
>>> Super-heróis ou vilões?
>>> Seis meses em 1945
>>> Senhor Amadeu
>>> Correio
Colunistas
Últimos Posts
>>> Stayin' Alive 2017
>>> Mehmari e os 75 anos de Gil
>>> Cornell e o Alice Mudgarden
>>> Leve um Livro e Sarau Leve
>>> Pulga na praça
>>> No Metrópolis, da TV Cultura
>>> Fórum de revisores de textos
>>> Temporada 3 Leve um Livro
>>> Suplemento Literário 50 anos
>>> Ajudando um amigo
Últimos Posts
>>> O esguicho
>>> Feitio
>>> O cenário político é a nossa vergonha
>>> A matemática da corrida
>>> Dança dos imãs ou a metafísica do gesto
>>> Um trago com os amigos
>>> Caderneta
>>> Alfarrábios
>>> A mulher de Lot
>>> Sem palavras
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Prazeres escondidos
>>> Correio
>>> Arte é entropia
>>> Caderno de caligrafia
>>> Entrevista com Ryoki Inoue
>>> Helena Seger
>>> O Oeste Selvagem
>>> Viver para contar - parte 1
>>> Parangolé: anti-obra de Hélio Oiticica
>>> Os melhores do cinema brasileiro em 2003
Mais Recentes
>>> Mestre Gil de Ham
>>> Cavalo de Troia 9´: Caná
>>> Como Dsenvolver a Memória
>>> O Tartufo ou o Impostor
>>> O Jesus Muçulmano - Provérbios e Histórias da Literatura Islâmica
>>> Eles não usam black-tie (novo)
>>> Neruda para Jovens - Antologia poética (novo)
>>> Sou Down e sou Feliz
>>> Judaísmo: Vusão do Universo
>>> Cantos D'alma - poemas
>>> A Senhorita Simpson
>>> O Pagador de Promessas
>>> Ésquilo Eurípedes - Prometeu / Alceste Vol.2
>>> De Verdade
>>> História e Prática do Habeas Corpus Vol. 1 e 2
>>> Bioenergética- Liberar Energia Vital
>>> Comentários ao Código de Processo Civil - Vol.V
>>> Universos Abstratos em Possível Expansão Ilimitável
>>> Ego e Arquétipo
>>> Leituras Obrigatórias UFRGS 2017
>>> Vasos de Glória- Romanos
>>> Um Chapéu para Viagem
>>> Terapia Comunitária passo a passo
>>> Romanos 6-11
>>> Guerra e Paz
>>> Cinquenta Anos Depois
>>> PS Beijei
>>> David Copperfield vol. 2 - colégio Objetivo
>>> Histórias de Amor adolescente - Pintando uma Saudade
>>> Fundamentos teóric0os e metodológicos da educação
>>> Croma - Caminho da vida
>>> The Making of the Nation (em inglês)
>>> O Bóia Fria: Acumulação e Miséria - Maria Conceição D`incao e Mello (História/Geopolítica/Economia)
>>> A Nova MUlher e a Moral Sexual - Alexandra Kollontai (Feminismo/História)
>>> A Formação das Nações Latino-Americanas - Maria Ligia Prado (História/Geopolítica/América Latina)
>>> A Mulher na História do Brasil - Mary del Priore (História/Feminismo)
>>> Evolução das Espécies: O pensamento científico, religioso e filosófico - Samuel Murgel Branco (História/Religião/Filosofia
>>> Uruguai: Um campo de Concentração? - A. Veiga Filho (História/Geopolítica/América Latina)
>>> Alemão urgente para Brasileiros
>>> Abbé Pierre
>>> Oseias- Profetas Menores Volume 1
>>> As Caras e as Máscaras - Eduardo Galeano (História da América Latina)
>>> Os seis signos da luz: a rebelião das trevas
>>> Feminismos, identidades, comparativismos: vertentes nas literaturas de língua inglesa Vol. VIII
>>> Feminismos, identidades, comparativismos - vertentes nas literaturas de língua inglesa Vol.VI-
>>> Feminismos, identidades, comparativismos: vertentes nas literaturas de língua inglesa Vol.VII
>>> Vida Pregressa
>>> Dia a Dia com a Família Freud - Depoimentos da Governanta Paula Fichtl
>>> A Eliminação do Tempo Psicológico
>>> A Guerra da Lagosta
COLUNAS

Terça-feira, 29/11/2011
Neon Genesis Evangelion
Duanne Ribeiro

+ de 3500 Acessos

Desde outubro, o mangá Neon Genesis Evangelion está sendo republicado pela editora JBC - é a chance de conhecer ou redescobrir uma das franquias mais relevantes dos quadrinhos e da animação japonesa. No Japão, a HQ foi lançada em fevereiro de 1995, como um modo de divulgar sua versão em animação, e ainda não foi concluída. O anime, exibido a partir de outubro daquele ano e encerrado em 1996, alcançou sucesso e repercussão; em 2007, foi considerado por uma agência do Ministério de Educação japonês como o melhor de todos os tempos. A série pode ser comparada a Sandman, de Neil Gaiman; Watchmen, de Alan Moore; ou Cavaleiro das Trevas, de Frank Miller - na medida em que também representa um salto de maturidade dentro de seu gênero.

Como Miller e Moore quanto aos quadrinhos americanos, Evangelion lida com uma forma japonesa típica - enquanto os primeiros releem o conceito de super-herói, a série faz uso do gênero dos mecha, isto é, robôs gigantes, controlados por humanos. Como Gaiman, seu mundo é criado em diálogo com referências culturais diversas - se ele cria sua fantasia a partir de múltiplas mitologias, ela recorre principalmente à tradição judaico-cristã. O núcleo da produção, no entanto, não está ai; além da ficção científica e do fantástico, seu foco está no relacionamento humano, nos abismos da relação do indivíduo consigo e com os outros.

Os principais artistas na produção de Evangelion são Hideaki Anno e Yoshiyuki Sadamoto. Sadamoto fez o design de personagens para o anime e produz a adaptação em mangá. Além disso, é um dos fundadores do estúdio Gainax, responsável pelo desenho animado. Já Anno foi o diretor da animação. Seu talento foi revelado pelo trabalho com Hayao Miyasaki - um diretor conhecido no Brasil para além de nichos, por obras como A Viagem de Chihiro - para o qual foi animador em Nausicaä do Vale do Vento.

A história se dá em um cenário distópico. No ano 2000, a Terra é atingida por um meteoro; a catástrofe, que fica conhecida como "Segundo Impacto", reduz a população mundial pela metade. Quinze anos depois, ainda em processo de recuperação, a raça humana é ameaçada novamente, por imensas criaturas, resistentes a todo tipo de ataque convencional e evidente objetivo de destruição: os "anjos". Para confrontá-los, haviam sido criados os EVAs, andróides que precisam ser pilotados por adolescentes específicos, com características necessárias para a "sincronização" com os robôs. A relação entre o cataclismo, a chegada dos monstros e a prontidão visionária dessas novas "armas" serão depois esclarecidos, assim como a razão do uso de um nome cristão para nomeá-los.

São produzidos três EVAs, cada qual pilotado por uma "criança": o garoto Shinji Ikari e as meninas Rei Ayanami e Asuka Langley Soryu, todos com idade entre 13 e 14. A postura de cada um deles frente à sua "missão" é um dos pontos importantes na série: por que pilotar o EVA? A identificação com os personagens acontece assim que se sente que essa pergunta é, na verdade, mais geral: de onde vem a sua motivação? Por que faz o que faz?

Shinji é o nosso protagonista. Filho de Gendou Ikari, chefe da organização que construiu os EVAs, sempre esteve distante do pai, que o ignorava. Inesperadamente, Gendou o chama à sua cidade. Não se tratava de um reencontro entre familiares, mas de um alistamento. O pai exige que o filho seja um dos pilotos. A tensão entre a necessidade de afirmação de Shinji e a frieza e o calculismo de Gendou é uma das linhas dramáticas principais - e, assim como poderia afastar o garoto da luta a que é chamado, o atrai. Esse conflito exemplifica os temas de Evangelion: o duelo entre afetos distintos, os que se sobrepõem, os que ficam para trás.

Ainda uma última camada se torna evidente logo nos primeiros momentos. Todo o sistema contra o "anjos" parece escamotear outros propósitos da NERV, grupo contratado pela ONU e responsável pela construção dos robôs. Não só a origem e sentido dos ataques é escondida, mas também o Projeto de Instrumentalização Humana, que parece fundamental e do qual, inicialmente, não sabemos nada. Pouco a pouco, os mistérios e farsas vão sendo elucidados, de maneira semelhante a séries como Arquivo X, Lost e Fringe.

Outras Versões, Outros Fins
O mangá é em certa medida independente da animação e possui algumas diferenças. Ainda está sendo produzido no Japão: de 13 volumes previstos, 12 estão concluídos. No Brasil, 10 destes volumes foram publicados pela Conrad, em 20 edições. A partir daí, a publicação foi assumida pela JBC, que publicou outras quatro (referentes aos números japoneses 11 e 12). O que a editora faz agora é republicar a HQ do início, no formato japonês original.

O atraso dos quadrinhos em relação ao anime se deve ao ritmo de produção de Sadamoto, que esteve mais envolvido com o projeto Rebuild of Evangelion, série de quatro filmes que recontam a animação original, também com algumas variações. Já foram lançadas duas das releituras: Evangelion: 1.0 You Are (Not) Alone e Evangelion 2.0 You Can (Not) Advance. O final da história, tanto no mangá quanto nas novas animações, pode ser substancialmente diferente. O anime já possui um duplo fim: pouco após o término dos 26 episódios, o longa The End of Evangelion foi lançado, com uma reinterpretação dos dois últimos capítulos.

Há muitas características de Evangelion que poderiam ser destacadas: o caráter animalesco dos EVAs; a ligação física e mental dos pilotos com seus robôs; os recursos da animação se pensada como cinema: o uso do silêncio e da sugestão; o traço cheio de rachuras, sombras e velocidade da HQ; entre outros elementos. Por sua qualidade, seus detalhes, sua densidade interpretativa, mereceria um texto maior, que desse conta pelo menos dos aspectos críticos da série, sua abordagem da psicologia e da metafísica. Mas esta é uma apresentação - um convite. Assista ou leia, leitor, e volte cá que a gente discute nos comentários.


Duanne Ribeiro
São Paulo, 29/11/2011


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Aquarius, quebrando as expectativas de Guilherme Carvalhal
02. O Natal de Charles Dickens de Celso A. Uequed Pitol
03. Gerald Thomas: uma autobiografia de Jardel Dias Cavalcanti
04. As crianças do coração do Brasil de Elisa Andrade Buzzo
05. Meu pé quebrado de Luís Fernando Amâncio


Mais Duanne Ribeiro
Mais Acessadas de Duanne Ribeiro em 2011
01. Bailarina salta à morte, ou: Cisne Negro - 15/2/2011
02. Manual para o leitor de transporte público - 29/3/2011
03. Frases que soubessem tudo sobre mim - 5/7/2011
04. Dexter Versus House - 4/10/2011
05. Ação Afirmativa, Injustiça Insuspeita - 18/1/2011


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O JORNALISTA E O ASSASSINO (LACRADO)
JANET MALCOLM
COMPANHIA DE BOLSO
(2016)
R$ 17,00



A CORAGEM DA INOCÊNCIA
FREI MANOEL BORGES DA SILVEIRA
ABAP
(2014)
R$ 15,00



OS NEGÓCIOS DO SENHOR JÚLIO CÉSAR - BERTOLT BRECHT
BERTOLT BRECHT
HEMUS
(1970)
R$ 20,00



SALVE-SE QUEM PUDER: D.T. REGENTE CONTRA O CRIME
MARK FOWLER
SCIPIONE
(1998)
R$ 4,00



PERSPECTIVAS DO MODERNO TEATRO ALEMÃO
HENRY THORAU
BRASILIENSE
(1984)
R$ 20,00



SONHO DE UMA NOITE DE VERÃO - OBJETIVO
WILLIAM SHAKESPEARE - ADP ISABEL DE LORENZO
OBJETIVO
R$ 10,00



FLORADAS NA SERRA - DINAH SILVEIRA DE QUEIROZ
DINAH SILVEIRA DE QUEIROZ
JOSÉ OLYMPIO
(1981)
R$ 10,00



A FOTO
ALBERTO RENAULT
OBJETIVA
(2003)
R$ 6,00



ECLIPSE
STEPHENIE MEYER
INTRÍNSECA
(2009)
R$ 5,00



A SENSITIVA
HANNAH HOWELL
LUA DE PAPEL
(2012)
R$ 8,00





busca | avançada
27870 visitas/dia
1,1 milhão/mês