o Chico escreve muito bem | isa fonseca

busca | avançada
33839 visitas/dia
1,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Boituva recebe cantor Jean William e grupo Jazz Trio em apresentação gratuita
>>> Exibição do documentário "ECO - Cantos da Terra" no Lab Mundo Pensante
>>> Sesc Birigui apresenta por+vir e A Mão do Meio - sinfonia lúdica com a Cia de Danças de Diadem
>>> "Orfãos de São Paulo" é tema de evento com entrada franca
>>> Sesc Ipiranga recebe Cris Narchi
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A vida dos pardais e outros esquisitos pássaros
>>> Blockchain Revolution, o livro - ou: blockchain(s)
>>> Bates Motel, o fim do princípio
>>> Bruta manutenção urbana
>>> Por que HQ não é literatura?
>>> Precisamos falar sobre Kevin
>>> Entrevista com o poeta mineiro Carlos Ávila
>>> Bitcoin, smart contracts, blockchain, cryptoassets
>>> A poesia afiada de Thais Guimarães
>>> Manchester à beira-mar, um filme para se guardar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Jeff Bezos é o mais rico
>>> Stayin' Alive 2017
>>> Mehmari e os 75 anos de Gil
>>> Cornell e o Alice Mudgarden
>>> Leve um Livro e Sarau Leve
>>> Pulga na praça
>>> No Metrópolis, da TV Cultura
>>> Fórum de revisores de textos
>>> Temporada 3 Leve um Livro
>>> Suplemento Literário 50 anos
Últimos Posts
>>> O que sei do tempo III
>>> Primeiro ato
>>> Pssica e a Amazônia de Edyr Augusto
>>> UM VENTO ERRANTE
>>> Voamos Juntos
>>> Evolução, revolução e regressão
>>> Medo do futuro?
>>> Lugar comum
>>> Chaleira
>>> O que sei do tempo III
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Discurso de formatura do Ensino Médio
>>> Arena sangrenta
>>> Literatura pop: um gênero que não existe
>>> Literatura pop: um gênero que não existe
>>> Literatura pop: um gênero que não existe
>>> Apresentação
>>> Apresentação
>>> Apresentação
>>> Apresentação
>>> The Accidental Billionaires, de Ben Mezrich
Mais Recentes
>>> Batuque é um Privilégio
>>> João Cabral de Melo Neto o artista inconfessável
>>> O Círio perfeito
>>> Gênesis Volume I
>>> A Origem do Universo
>>> Restaurando o lugar da Habitação de Deus
>>> Estudo Vida de Gênesis Volume dois
>>> A Ligação
>>> Cahiers du Brésil contemporain Nº75/76
>>> A aventura grega
>>> História da guerra do Paraguai
>>> Fazer e Compreender
>>> Historia de Egipto
>>> A guerra do Peloponeso
>>> Travessias dificeis
>>> História da América Latina - Vol.1 América Latina Colonial
>>> Pobre Nação
>>> O império imóvel ou o choque dos mundos
>>> Lendas e Tradições
>>> Guerreiros e Camponeses
>>> Evolução agrária e pressão demográfica
>>> Nugae - teoría de la traducción
>>> Passagens da antiguidade ao feudalismo
>>> Nazismo: política, cultura e holocausto
>>> O templo da Aurora - Volume 3
>>> Getulio Vargas (coleção Perfis brasileiros)
>>> Bairros rurais paulistas
>>> Breve história de Africa
>>> O hino homérico a Apolo
>>> Israel At The Pools - The Knesset Elections of 1977
>>> The Teaching of politics
>>> A Cidade Antiga
>>> O Médico e o Monstro
>>> Código Brasileiro de Defesa do Consumidor - Comentado Pelos Autores do Anteprojeto
>>> Fundamentos de Direito da Seguridade Social
>>> A Luz da Ioga
>>> Direito Constitucional
>>> O Retrato de Dorian Gray
>>> Lei Orgânica Do Município De São Paulo
>>> Constituição Do Estado De São Paulo
>>> Dos Crimes Contra os Costumes Aos Crimes Contra a Administração
>>> A. w. pink ( Deus é soberano )
>>> O Tempo dos Assassinos- Um Estudo sobre Rimbaud
>>> Pierre Teilhard de Chardin
>>> Legislação Penal Especial - Fundamentos Jurídicos
>>> A Defesa Dos Interesses Difusos em Juízo
>>> Yoga Para o Corpo, a Respiração e a Mente
>>> As Mais Belas Técnicas de Reiki
>>> Manual de Petições Cíveis - Criminais - Trabalhistas
>>> A Arte Da Estratégia
COMENTÁRIOS

Quarta-feira, 10/8/2005
Comentários
Leitores


o Chico escreve muito bem
Olá; Diogo Mainardi é sim uma bomba, mas o Chico escreve muito bem, é um escritor de mão cheia, a meu ver e, com exceção de seu último livro, Budapeste, meio chatinho, os outros são excelentes, principalmente Benjamin. Agora, Diogo Mainardi é de direita e escreve com o fígado, não dá... Pior que ele só o Jô Soares e olha lá! Abraço! Isa Fonseca :.)

[Sobre "Autores novos"]

por isa fonseca
10/8/2005 às
18h46 200.234.47.91
(+) isa fonseca no Digestivo...
 
obrigada pela citação!
Oi, Adriana, obrigada pela simpática citação. Talvez a gente não saiba mais ser mulher como antigamente, mas com certeza temos muito mais teorias sobre o assunto e mais bom-humor do que nossas bisavós. Sei lá se isso adianta alguma coisa, mas pelo menos sabemos rir dos nossos erros. Beijos

[Sobre "É preciso aprender a ser mulher"]

por lucia carvalho
10/8/2005 às
14h13 201.1.93.226
(+) lucia carvalho no Digestivo...
 
Produto, processo e filhos
Bom, Ana, acredito que muitas pessoas não estão prontas para seguir o processo que você descreve. O mundo é muito complicado - vc sabe - e é tão mais fácil ser um produto e, dessa forma, tentar uma blindagem contra tudo o que acontece e nos frustra. Por que tentar se aventurar pela vida se posso me encaixar na forma de produto e lá me proteger? Sobre a formação dos alunos, entendo que universidades e professores (nem todos!) pensem em formar produtos. Conheço tantos alunos que não se interessam por nada, que não têm nenhuma condição de enfretarem novas tarefas sozinhos, que não são aptos para o mercado de trabalho (e para o mundo)! Talvez por isso a sociedade precisa fazê-los produtos, pois, de outra forma, não se darão bem por aí. Vamos fazê-los engrenagens então! A maioria é tão estúpida que nem se dá conta disso, infelizmente. Sobre as crianças em especial, as experiêncas que estas necessariamente precisam viver não são absolutamente de responsabilidade dos pais. Muitos casais se culpam por isso, mas, não deve ser assim. Os mecanismos cognitivos não dependem apenas do ambiente, afinal, a tabula não é rasa. Criar um produto pode ser culpa dos pais, da sociedade ou do indivíduo, ou de qualquer combinação destes.

[Sobre "O produto humano"]

por Marcelo Maroldi
10/8/2005 às
10h39 200.153.139.24
(+) Marcelo Maroldi no Digestivo...
 
Teoria e prática
Ana, adorei seu texto. Mas, por um lado, entendo essa coisa do "Produto Humano". Toda faculdade hoje em dia tenta formar um "produto". Até o cara que se diz puramente fã das idéias tenta impor o que ele acredita do mundo ao aluno. Pouquíssimos lugares são escolas Socráticas de descoberta, até porque aos 16 anos já estamos enfiados numa cadeira da faculdade. Ao menos foi assim para mim. Por outro lado, será que a vontade da faculdade se faz no aluno? A faculdade tem que ter objetivos. E formar o "produto humano" é um plausivel. No sentido de formar uma pessoa que saiba pensar e na pratica seja boa em alguma profissão. Lembre-se, no Brasil, muitos cursos das Universidades Federais formam o aluno para um universo tão abstrato, que nada do que lhe foi ensinado é util na prática. E isso é péssimo também. A desilusão pode ser imensa. Quem deve escapar de ser produto é cada indivíduo. Cada um pensa por si. E acho sim que podemos estabelecer caminhos e guias, desde que esclareçamos o que cada um pode decidir por si. Isso vale até para um filho... Quanto à sociedade ser baseada em produto, isso vale para todas as "instâncias". Numa primeira, você pensa sobre o que se impõe socialmente. Mas, numa segunda, seu próprio modelo, será que é baseado no momento, em experiencias do agora, ou em coisas que aconteceram, em imaginacões e sugestões de coisas que leu? Somos todos vitimas de nossos próprios modelos. Quando largamos nossos próprios modelos, acho que o mundo é radicalmente diferente, e todas coisas que não são para nós mesmos têm menos importância. E até o termo "produto humano" deixa de incomodar. Pois só segue quem quer. Ou seja, é só uma questao de marketing.

[Sobre "O produto humano"]

por Ram
10/8/2005 à
00h58 160.39.240.15
(+) Ram no Digestivo...
 
Adorei!
PARABÉNS pela formatura e pela coluna. Adorei!

[Sobre "Minha formatura"]

por Vera Lúcia
8/8/2005 às
09h23 200.144.11.90
(+) Vera Lúcia no Digestivo...
 
sobre a poesia atual
Boa observação sobre a poesia atual, tristemente envolvida, na imensa maioria dos casos, com esteticismos. Para uma mudança de ares, ler Tagore e Blake, mostra que a poesia pode estar bem proxima 'as pessoas. O Gita, indiano, e tambem uma musica, um poema, que esta no dia-a-dia das pessoas, esta' proximo 'a vida de cada um ao mesmo tempo que vive um pouco longe.

[Sobre "Digestivo nº 237"]

por Ram
7/8/2005 às
23h34 160.39.240.15
(+) Ram no Digestivo...
 
sentimento de inferioridade
Excelentes os comentários. São bem claros: feitos por maus brasileiros, ou brasileiros frustrados por não serem americanos ou ingleses. Do tipo que acha que Londres ou Miami são Meca. Educação inglesa? Leia a história inglesa na India e na Africa e vc verá o que é a cortesia inglesa. Quanto ao fato de alguém se sentar assim ou assado é café pequeno. Posso me sentar até de ponta cabeça, o que importa é a moral e ética, palavras antigas e em desuso em Patropi. Os comentários deixam claro que pensamos como colonizados e que nosso sentimento de inferioridade está cada vez mais forte. Mas isso é histórico e a meu ver incurável.

[Sobre "Se o Lula falasse inglês..."]

por Phylos
7/8/2005 às
23h03 201.1.187.203
(+) Phylos no Digestivo...
 
Homens & mulheres
Bom, quanto ao vendedor de frutas e ao faxineiro, cada um e' uma pessoa. Pensar somente como profissionais em quem se manda e desmanda, e' o primeiro passo fracassado para se relacionar com eles. Talvez nesse sentido e' que a Adriana se referiu ao "dom feminino" para conversar com estas pessoas. Ha uma certa maneira diplomatica de se conseguir o que se quer. Coisa que os homens nunca souberam direito, e as mulheres dominam com maestria. Eu mesmo vejo as mulheres da minha vida lidando com pessoas nos mais diversos assuntos com uma habilidade que passa ao largo de mim... Ainda bem que homens e mulheres ainda sao diferentes. Imaginem que sociedade chata aquela em que a mulher finalmente se torna um homem, e desbarata sua sensibilidade e intuicao. O homem, na terra, nao tem um simbolo. A mulher e' mae, e shakti, aquela que e' capaz de gerar e nutrir todo o universo. E assim como nutre, pode destruir, consumir e purificar a vida. Ao menos e' assim que a mitologia indiana apresenta e idolatra o papel da mulher na terra. Em todas as nossas historias, a mulher tem um papel central. O universo em si e' representado sob a forma de uma mulher. Me emocionei quando vi isso num grande, famoso e antigo templo indiano totalmente dedicado a elas...

[Sobre "É preciso aprender a ser mulher"]

por Ram
6/8/2005 às
02h21 160.39.240.15
(+) Ram no Digestivo...
 
Morar em metrópoles
Minha avó costuma dizer, o lugar onde moramos é o lugar... Depois de morar em meia dúzia de lugares tendo a concordar com ela. Por outro lado, uma coisa eu ainda acho. Uma cidade muito violenta, e eu sou carioca, desperdica a energia dos indivíduos. Se o Rio mantivesse o nível que teve em meados de 95, seria hoje a capital do turismo mundial, tal o interesse em visitar esta cidade que conjuga tudo que eu amo. Tendo morado em lugares nao violentos, eu vejo que certas coisas que sempre deveriam ser simples, podem ser simples, e quando sao simples tornam a vida mais leve, mais saudavel, e mais produtiva. Acho um pouco ruim baixar a cabeca, e dizer, e' isso mesmo, e assim que vai ser morar numa grande cidade do Brasil, entao toma. Nao precisa ser assim, e nao devemos baixar a cabeca. Ao menos envie cartas para a prefeitura com sugestoes. Eu garanto que um pouco menos de violencia fara uma grande diferenca... E olha que ja' morei em lugares chatos, hiperpopulados, pouco populados, metropoles... tudo...

[Sobre "Por que eu moro em São Paulo"]

por Ram
6/8/2005 às
02h08 160.39.240.15
(+) Ram no Digestivo...
 
Alunos de administração
Eu adorei a minha formatura. Para mim foi mais um ocasião para agradecer minha família, do que propriamente encerrar um ciclo de aprendizado e estudos. Sempre pensei, e penso, em continuar estudando. Quanto aos alunos de administração, sem querer generalizar, você é uma exceção. A maioria com os quais já interagi me dizem sempre que não ganharam muito com a faculdade. E a boa parte é meio mala mesmo, porque administração se conta por objetivo (este era o argumento deles, quando lhes perguntava porque faziam uso de tanta "jargonice"). Sinceramente, em termos de malice, os engenheiros não ficam muito atrás. Exceto que apanham muito na faculdade, aí saem com egos um pouco mais sob controle. Mas só para te deixar com a pulga atrás da orelha, os melhores livros de administração, e as maiores teorias foram feitas por engenheiros, e em especial engenheiros químicos! Vai entender... Boa sorte com sua carreira atual, e não deixe nunca de estudar.

[Sobre "Minha formatura"]

por Ram
6/8/2005 às
02h01 160.39.240.15
(+) Ram no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




THE WALKING DEAD
ROBERT KIRKMAN E JAY BONANSINGA
RECORD
(2012)
R$ 18,00



DAVID COPPERFIELD
CHARLES DICKENS
W.M.JACKSON INC.
R$ 20,00



SOMOS TODOS RESPONSÁVEIS
ANTÔNIO ERMÍRIO DE MORAES.
GENTE
(2007)
R$ 13,50



EU CREIO EM MIM
EVALDO RIBEIRO
VIDA E CONSCIÊNCIA
(2010)
R$ 20,00



NÃO SOU FELIZ, POR QUÊ?
DR. FERNANDO LUCCHESE
L&PM
(2010)
R$ 15,00



CONTOS - ARTHUR AZEVEDO (LITERATURA BRASILEIRA)
ARTHUR AZEVEDO
TRÊS
(1973)
R$ 8,00



FACE @ FACE
PHILIP FINCH
OBJETIVA
(1997)
R$ 12,00



O TORMENTO DE DEUS: ESTUDOS SOBRE DOSTOIEVSKY E O ATEISMO MODERNO
FREI MATEUS ROCHA O. P.
VOZES
(1970)
R$ 86,00



LITERATURA COMENTADA
MÁRIO DE ANDRADE
NOVA CULTURAL
(1978)
R$ 7,80



MÃES DA BIBLIA
MARCOS VERÍSSIMO
ÁGAPE
(2014)
R$ 13,90





busca | avançada
33839 visitas/dia
1,0 milhão/mês