Greatest hits em forma de coluna | Ana Elisa Ribeiro | Digestivo Cultural

busca | avançada
101 mil/dia
2,4 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Povo Fulni-ô Encontra Ponto BR
>>> QUEÑUAL
>>> Amilton Godoy Show 70 anos. Participação especial de Proveta
>>> Bacco’s promove evento ao ar livre na Lagoa dos Ingleses, em Alphaville
>>> Vera Athayde é convidada do projeto Terreiros Nômades em ação na EMEF Ana Maria Benetti sobre Cavalo
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O Big Brother e a legião de Trumans
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
>>> Sim, Thomas Bernhard
Colunistas
Últimos Posts
>>> Rodrigão Campos e a dura realidade do mercado
>>> Comfortably Numb por Jéssica di Falchi
>>> Scott Galloway e as Previsões para 2024
>>> O novo GPT-4o
>>> Scott Galloway sobre o futuro dos jovens (2024)
>>> Fernando Ulrich e O Economista Sincero (2024)
>>> The Piper's Call de David Gilmour (2024)
>>> Glenn Greenwald sobre a censura no Brasil de hoje
>>> Fernando Schüler sobre o crime de opinião
>>> Folha:'Censura promovida por Moraes tem de acabar'
Últimos Posts
>>> A insanidade tem regras
>>> Uma coisa não é a outra
>>> AUSÊNCIA
>>> Mestres do ar, a esperança nos céus da II Guerra
>>> O Mal necessário
>>> Guerra. Estupidez e desvario.
>>> Calourada
>>> Apagão
>>> Napoleão, de Ridley de Scott: nem todo poder basta
>>> Sem noção
Blogueiros
Mais Recentes
>>> The Matrix Reloaded
>>> Por que as curitibanas não usam saia?
>>> Jobim: maestro ou compositor?
>>> 7 de Outubro #digestivo10anos
>>> A insignificância perfeita de Leonardo Fróes
>>> Soco no saco
>>> De Siegfried a São Jorge
>>> O Paulinho da Viola de Meu Tempo é Hoje
>>> Pelas curvas brasileiras
>>> A pintura admirável de Glória Nogueira
Mais Recentes
>>> Ao Redor do Mundo de Fernando Dourado Filho pela Fernando Dourado Filho (2000)
>>> O Administrador do Rei - coleção aqui e agora de Aristides Fraga Lima pela Scipione (1991)
>>> Memória do Cinema de Henrique Alves Costa pela Afrontamento (2024)
>>> Os Filhos do Mundo - a face oculta da menoridade (1964-1979) de Gutemberg Alexandrino Rodrigues pela Ibccrim (2001)
>>> Arranca-me a Vida de Angeles Mastretta pela Siciliano (1992)
>>> Globalizacão, Fragmentacão E Reforma Urbana: O Futuro Das Cidades Brasileiras Na Crise de Luiz Cezar de Queiroz Ribeiro; Orlando Alves dos Santos Junior pela Civilização Brasileira (1997)
>>> Movimento dos Trabalhadores e a Nova Ordem Mundial de Clat pela Clat (1993)
>>> Falso Amanhecer: Os Equívocos Do Capitalismo Global de John Gray pela Record (1999)
>>> Os Colegas de Lygia Bojunga pela Casa Lygia Bojunga (1986)
>>> Amazonas um Rio Conta Historias de Sergio D. T. Macedo pela Record (1962)
>>> A História de Editora Sextante pela Sextante (2012)
>>> Villegagnon, Paixaƒo E Guerra Na Guanabara: Romance de Assis Brasil pela Rio Fundo (1991)
>>> A Política de Aristóteles pela Ediouro
>>> A Morte no Paraíso a tragédia de Stefan Zweig de Alberto Dines pela Nova Fronteira (1981)
>>> Rin Tin Tin a vida e a lenda de Susan Orlean pela Valentina (2013)
>>> Estudos Brasileiros de População de Castro Barretto pela Do Autor (1947)
>>> A Origem do Dinheiro de Josef Robert pela Global (1989)
>>> Arquitetos De Sonhos de Ademar Bogo pela Expressão Popular (2024)
>>> Desafio no Pacífico de Robert Leckie pela Globo (1970)
>>> O Menino do DedoVerde de Maurice Druon pela José Olympio (1983)
>>> A Ciencia Da Propaganda de Claude Hopkins pela Cultrix (2005)
>>> Da Matriz Ao Beco E Depois de Flavio Carneiro pela Rocco (1994)
>>> Testemunho de Darcy Ribeiro pela Edições Siciliano (1990)
>>> Tarzan e o Leão de Ouro de Edgar Rice Burroughs pela Record (1982)
>>> Viagem de Graciliano Ramos pela Record (1984)
COLUNAS >>> Especial 2000 Colunas

Quarta-feira, 6/12/2006
Greatest hits em forma de coluna
Ana Elisa Ribeiro
+ de 4000 Acessos
+ 1 Comentário(s)

Tenho, no contador da minha coluna, quase 100 mil acessos. Mais detalhadamente, posso ver que são acessos de tudo quanto é canto do mundo. Meus top hits, claro, são colunas sobre sexo. A mais visitada delas é "Ler muito e as posições do Kama Sutra", publicada em 2004, quando eu já contava um ano de Digestivo Cultural. Só para esse texto, são quase 7 mil acessos. É claro que a maioria vem do Google ou apontada por outro buscador. É que as pessoas digitam "sexo" ou querem saber mais sobre o Kama Sutra e caem logo sentadas no meu colo. E se decepcionam porque o texto não tem nada de tão erótico assim. De Kama Sutra o texto não tem mesmo nada. E, para falar a verdade, acho que a idéia era brincar com as posições em que se lê um livro.

Outra coluna muito lida é a "Autor não é narrador, poeta não é eu-lírico", com uma pitadinha de teoria da literatura. O negócio é que muito professor de português ou de literatura nas escolas de todos os níveis aparece para comentar ou para pedir para empregar o texto em sala de aula. Claro que autorizo. Ter uma coluna aqui (e em quase qualquer lugar) é ter uma função social. Mesmo que ela não seja revolucionária, é micropolítica, certo? Então se o professor usa o texto para discutir com os alunos, nem sempre concordar com tudo o que está posto lá, é gol para mim. Foi com essa coluna que conheci, por e-mail, o Leo Cunha, professor de um Centro Universitário na capital mineira e autor de muitos e premiados livros infantis. E isso não é bom?

O texto "Mulheres de cérebro leve" faz sucesso até hoje. Ele me surgiu quando eu revisava um livro de História da Enfermagem (que já saiu publicado faz tempo) e fiquei fascinada pelas crenças da ciência no final do século XIX e início do XX a respeito da capacidade das moças para o trabalho intelectual. Logo que se publicou este mini-ensaio no Digestivo, ele saiu no jornal Estado de Minas, onde colaboro faz alguns anos, embora não regularmente. Semanas depois, o Correio Braziliense pediu o texto e pronto, voou mais longe ainda aquela minha alegria.

Outro texto cheio de acessos é "Saudade...", uma crônica doída sobre algo que me acontecia antes de meu marido vir morar em BH. Acho que muita gente se identifica, não sei. Talvez a saudade seja universal. E eis uma característica das minhas colunas: a subjetividade. Quando Julio Daio Borges me telefonou convidando para escrever aqui, minha condição foi prática e exata: só se não tiver pauta. De vez em quando, tudo bem, até que vai, mas sempre... seria como ter que escrever um poema por dia. Difícil.

E era isso mesmo o que o editor do Digestivo queria. Ele conhecia meu texto do blog Estante de Livros, que anda meio desativado por falta de paciência da proprietária para escrever todo dia uma notinha. E lá naquele espaço mínimo e tão íntimo, Julio admirava minha porção exposta. Até hoje ele tem saudades do texto explosivo daqueles idos de 2003. E mesmo tendo alterado minha rota, meu texto ainda é muito calcado nas histórias pessoais. Muita vez fiz ficção, outras tantas uma confusão entre o que ouvi e o que inventei.

O texto "Pessoas digitais" tem 1500 acessos, não é nenhum top of mind, mas caiu no vestibular do CEFET-MG, em Belo Horizonte. Foi engraçado ler aquelas questões sobre o que eu disse, a construção do texto, a estrutura dele. Nem sei se eu mesma tiraria nota total naquela prova.

Talvez o texto que tenha provocado mais a participação do leitor nos comentários tenha sido o recente "Eu dirijo, e você?", que escrevi para bater papo com meu amigo Carlos Herculano Lopes. Dica dele, que havia publicado, no Estado de Minas, um texto dizendo que não dirige. E não sabe guiar mesmo, porque sou uma das caroneiras preferidas do escritor. Uma honra. Naquela crônica de terça-feira, Herculano me citava como uma motorista de mão cheia. E não é que minha crônica também animou os ânimos de muita gente?

Daqui deste Digestivo conheci muita gente, troquei idéias com mais tantas, tornei-me colaboradora de outros lugares, saiu uma revista de papel. Esta ilha que me deram de presente virou meu cantinho de escrever. Deixo os textos bem adiantados e o editor vai decidindo quando vai cada um para o ar. É meu recanto. Tenho aqui um compromisso. E vi Julio Daio Borges de perto apenas uma vez!

O Digestivo não foi meu estágio probatório nem minha vitrine para demonstração de habilidades ensaísticas. Quando vim para cá, tinha a intenção de adotar uma reserva ecológica. Minha sobremesa. Delícia. Daqui saiu um livro de crônicas que esquenta em algum forno editorial.

Mas não acho justo falar apenas dos top hits. Meu texto menos acessado é um assim: "Publicar um livro pode ser uma encrenca". Vejam só, parece que ninguém quer desanimar, perder as esperanças de lançar um dardo neste palheiro que é a literatura contemporânea. O barato da Internet é este mesmo: os mais e os menos acessados nunca estão parados, esquecidos na estante. A qualquer momento, podem ser úteis. Basta clicar. Longa vida para o Digestivo Cultural.


Ana Elisa Ribeiro
Uberlândia, 6/12/2006

Mais Ana Elisa Ribeiro
Mais Acessadas de Ana Elisa Ribeiro em 2006
01. Digite seu nome no Google - 8/3/2006
02. Eu não uso brincos - 27/9/2006
03. Não quero encontrar você no Orkut - 8/2/2006
04. Poesia para os ouvidos e futebol de perebas - 7/6/2006
05. Ex-míope ou ficção científica? - 20/12/2006


Mais Especial 2000 Colunas
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
6/12/2006
11h45min
Leio você sempre, mas raramente me animo a deixar um "psiu" a título de comentário. Aproveitando o anzol da coluna de hoje, vou reler todos as colunas que você destacou. Vi que você assina de Uberlândia. A menção a Uberlândia, aonde estive no último fim-de-semana e onde vivi dos 18 aos 36 anos, me remete a lembranças proustianas.
[Leia outros Comentários de Tarlei ]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Alexandre e Outros Heróis
Graciliano Ramos
Record
(1978)



Livro Esoterismo Planets in Aspect Understanding Your Inner Dynamics
Robert Pelletier
Whitford Press
(1974)



Os Três Anos de Vigência do Novo Código de Processo Civíl
Mattos Filho
Do Autor
(2019)



The Burnt House
Faye Kellerman
Harper
(2007)



Mistério e magia do amor
Krishan Chopra
Larousse
(2008)



Comunicação/incomunicação no Brasil
José Marques de Melo
Loyola
(1976)



Livro História do Brasil Pesquisas e Depoimentos para a História Reconquista do Brasil Nova Série Volume 60
Tobias Monteiro
Itatiaia
(1982)



Tudo aquilo que nunca foi dito
Marc Levy
Suma
(2008)



Perfis Problemas na Literatura Brasileira
Eduardo Portella e Outros
Tempo Brasileiro
(1985)



Livro Infanto Juvenis
Júlio Verne
Ftd
(2007)





busca | avançada
101 mil/dia
2,4 milhões/mês