Joey e Johnny Ramone | André Barcinski

busca | avançada
31582 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Samba na Gamboa celebra Dorival Caymmi nesta segunda (23) na TV Brasil
>>> Ensaio para um Adeus Inesperado volta em cartaz
>>> Ciclo Internacional Fernando Pessoa no Rio de Janeiro
>>> Homenagem à historiadora Emília Viotti da Costa reúne intelectuais para debater passado, presente e
>>> Thalita Rebouças bate-papo sobre novo livro com Leda Nagle no Sem Censura
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Ler para ficar acordado
>>> Abdominal terceirizado - a fronteira
>>> 80 anos de Alfredo Zitarrosa
>>> Nunca fomos tão vulgares
>>> Submissão, oportuno, mas não perene
>>> Tricordiano, o futebol é cardíaco
>>> Ação Social
>>> Antes que seque
>>> Etapas em combustão
>>> Antonia, de Morena Nascimento
Colunistas
Últimos Posts
>>> Adriane Pasa no Canadá
>>> Temporada 2016 do Mozarteum
>>> Curso de projetos literários
>>> Patuá em festa
>>> Literatura: direito humano
>>> Geraldo Rufino no #MitA
>>> Portal dos Livreiros: 6 meses!
>>> Ryley Walker
>>> Leia Mulheres - BH
>>> Adagio ma non troppo
Últimos Posts
>>> E agora Jose ? Ops, Michel...
>>> Côncavo e Convexo
>>> Lúdico e Trágico
>>> Elisa ou Mutações do feminino
>>> Como passar no doutorado?
>>> Juvenal, de poeta a balconista.
>>> Os madrugadores da Avenida Olívia Flores
>>> Um dos anjos caídos
>>> Virada Cultural 2016
>>> Feriado do FGTS
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Do Comércio Com Os Livros
>>> 10 livros de jornalismo
>>> Como detectar MAVs (e bloquear)
>>> Parangolé: anti-obra de Hélio Oiticica
>>> A última casa de ópio, de Nick Tosches
>>> O que é crítica, afinal?
>>> Os escritos rebeldes de um descolonizador
>>> Literatura e operariado
>>> Millôr por Verissimo
>>> Muhammad Ana Maria Ali Braga
Mais Recentes
>>> Alô,Senhor Deus,Aqui é Anna(Hallo, Mister Gott, hier spricht Anna( ilustrações de Silvio Neuendorf)
>>> SARTRE Y SU EXISTENCIALISMO
>>> THE GOD CODE- The Secret of Our Past, the Promise of Our Future
>>> REFLEXÕES SOBRE A HISTÓRIA
>>> Libertando o coração-Espiritualidade e Psicologia Junguiana
>>> HISTÓRIA CONCISA DO TEATRO BRASILEIRO
>>> CULTURA POPULAR BRASILEIRA
>>> LIÇÕES DRAMÁTICAS - João Caetano
>>> MEU DESTINO É PECAR (Nelson Rodrigues)
>>> O MISTÉRIO DA CONSCIÊNCIA - António Damásio
>>> AO ENCONTRO DE ESPINOZA (As emoções sociais e a neurologia do sentir) - António Damásio
>>> RODA VIVA (Teatro) - Chico Buarque de Hollanda
>>> O CÓDIGO DO SER-Uma busca do caráter e da vocação pessoal ( The soul's Code)
>>> ENY E O GRANDE BORDEL BRASILEIRO
>>> DIÁRIOS I e II, de EUGÈNE IONESCO
>>> COLEÇÃO PRIMEIRAS OBRAS (TEATRO)
>>> HISTÓRIA E EFEMÉRIDES DO TEATRO BRASILEIRO
>>> The Mystery Of CREATION According to RASHI- A new translation and interpretation of Rashi on Genesis 1 - VI
>>> Série heróis do AntigoTestamento- Retratos dos personagens notáveis de Adão e Eva a Os 400 anos de silêncio- 33 volumes
>>> JOÃO- introdução e comentário
>>> homem: habitação de Deus- A experiência cristã vivida em profundidade
>>> VEM, SENHOR JESUS- um estudo do livro de Apocalipse
>>> A CIÊNCIA E O CAMPO AKÁSHICO- Uma teoria Integral de Tudo
>>> LITURGIA DA IGREJA
>>> 1984
>>> O TEATRO NO CRUZAMENTO DE CULTURAS
>>> APRESENTAÇÃO DO TEATRO BRASILEIRO MODERNO
>>> A Encenação Contemporânea - Origens, Tendências, Perspectivas
>>> TEATRALIDADES CONTEMPORÂNEAS
>>> ARENA CONTA: ZUMBI
>>> TEATRO E POLÍTICA; Arena, Oficina e Opinião
>>> CORPO DO ATOR - Metamorfoses, Simulacros
>>> QUARTO DE DESPEJO - Diário de uma favelada
>>> ANTOLOGIA DO TEATRO ANARQUISTA
>>> Blues
>>> O Evangelho Segundo Jesus Cristo
>>> A Caverna
>>> Guerra do Tempo e Outros Relatos
>>> História da Eternidade
>>> História do Cerco de Lisboa
>>> A Consciência das Palavras
>>> Ensaio Sobre a Cegueira
>>> O Observador no Escritório
>>> A CONQUISTA DO REINO DE DEUS ( manuscrito pelo autor)
>>> COMENTARIOS PSICOLOGICOS SOBRE LAS ENSEÑANZAS DE GURDJIEFF Y OUSPENSKY
>>> TEILHARD DE CHARDIN- gênese de um pensamento-cartas 1914-1919
>>> RELAÇÃO E CURA EM GESTALT -TERAPIA
>>> Character And Neurosis- an integrative View
>>> O PAPA FRANCISCO - Conversas com Jorge Bergoglio
>>> Os filhos de Freud estão cansados
ENSAIOS

Segunda-feira, 24/10/2011
Joey e Johnny Ramone
André Barcinski

+ de 18500 Acessos
+ 1 Comentário(s)

Dez anos sem Joey Ramone. Dez anos. Como passa rápido.

Em janeiro de 2001, eu editava um site e estava trocando e-mails diariamente com Joey Ramone. Queria que ele escrevesse uma coluna semanal para o site.

A idéia era fazer uma coluna de tema livre. Joey poderia falar sobre o que quisesse.

Claro que a coluna acabaria sempre em música. O cara só pensava nisso.

Joey morava na rua 9, a poucos passos de St. Mark's Place e do Bowery, no meio do burburinho alternativo de Nova York.

Era a região dos clubes ― Continental, Coney Island High e, claro, o CBGB's. No bairro havia também incontáveis lojas de disco e DVDs. Joey estava em casa.

Não era difícil encontrá-lo andando pela rua ou checando a Kim's Video atrás de algum filme de terror bizarro. Ele fazia parte da paisagem local.

Na época, Joey já lutava contra um linfoma. Sua saúde frágil foi uma das razões para o fim dos Ramones, cinco anos antes. O cara não agüentava mais excursionar.

Depois do fim dos Ramones, ele continuou ligado à música, mas tirou o pé do acelerador. Estava cansado. Mesmo assim, fazia shows, produziu um disco de Ronnie Spector e ajudava uma banda chamada The Independents, que adorava.

Fui visitá-lo algumas vezes em seu apartamento. Era um apê muito bem arrumado. Nem parecia que um punk morava ali. Nas paredes, uma coleção de pôsteres originais de shows do Fillmore: The Doors, Jimi Hendrix, Grateful Dead. Discos estavam sempre espalhados pela casa. Ele ouvia música o dia todo.

Joey não gostava muito de falar do passado. Preferia conversar sobre seus projetos atuais.

Mas confessou que o fim dos Ramones não tinha sido o que ele esperava.

Para quem não lembra, o último show da banda rolou em Los Angeles, em 1996.

E por que em Los Angeles, e não em Nova York? De fato, não fazia sentido a banda mais nova-iorquina do mundo encerrar a carreira do outro lado do país.

Acontece que Johnny Ramone havia se mudado para a Califórnia, e se recusava a sair de lá. Ou era lá, ou não haveria show de despedida. Joey, que sonhava com um concerto no Madison Square Garden, teve de engolir.

Não é segredo pra ninguém que Joey e Johnny não se bicavam. Eram os verdadeiros donos da banda, os dois integrantes originais que resistiram até o fim. E mal se falaram por 20 anos.

Não podia existir dois caras tão diferentes: Joey era de esquerda, Johnny, de direita. Joey odiava esportes, Johnny era louco pelos Yankees. Joey era mais aberto, falava com todo mundo, enquanto Johnny era caladão e na dele.

Pra piorar, a namorada de Joey o havia largado por Johnny e casado com ele.

A bem da verdade, Johnny sempre foi ― pelo menos comigo ― um cara 100%. Era fechadão, mas quando o papo chegava em rock dos anos 60 ou filmes de terror, se abria. Era muito fã de Zé do Caixão e tinha uma coleção gigante de filmes antigos.

O que ninguém sabia, na época, é que Johnny também batalhava um câncer de próstata, que o mataria em 2004.

Quando os Ramones acabaram, Johnny abandonou a música: vendeu suas guitarras Mosrite (dizem que para Eddie Vedder) e passou seus últimos anos no sol californiano, ao lado de amigos como John Frusciante, Lux Interior e Poison Ivy e, acredite, Lisa-Marie Presley.

Já Joey, numa manhã de janeiro, depois de uma nevasca que deixou as ruas de Nova York cobertas de gelo, correu para pegar um táxi, escorregou e tomou um tombo feio. Quebrou a bacia e foi levado para um hospital, de onde só saiu morto.

Foi homenageado com um trecho de rua batizado em seu nome. A placa ― Joey Ramone Place ― tem o privilégio de ser o sinal público mais roubado da história da cidade de Nova York. Tanto que a prefeitura, cansada de substituí-la, mandou colocá-la a quatro metros do chão.

"Agora, só jogadores da NBA conseguem ler a placa", brincou Marky Ramone. Nem Joey, que media quase dois metros, conseguiria ler o próprio nome...

Nota do Editor
Texto gentilmente cedido pelo autor. Originalmente publicado no blog de André Barcinski.


André Barcinski
São, 24/10/2011

Quem leu este, também leu esse(s):
01. Lembranças de Ariano Suassuna de Leandro Carvalho
02. Harold Ramis (1944-2014) de Marcel Plasse
03. Delírios da baixa gastronomia de Ruy Castro
04. Só é louco quem não é de Claudia Lage
05. Maupassant e Flaubert de Claudia Lage


Mais André Barcinski
Mais Acessados de André Barcinski
01. Joey e Johnny Ramone - 24/10/2011
02. Manifesto da culinária ogra - 28/2/2011
03. Amy e a hipocrisia coletiva - 8/8/2011
04. Manual do Publicitário - 6/6/2011
05. Meu vizinho conversa com Deus - 8/11/2010


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
8/1/2012
18h40min
Cara!... Quer coisa mais rock'n'roll do que a morte de rockers?... Putz... Ironia também não falta... Já pensou os dois cabeças do Ramones sequer se falarem por tanto tempo?... Superstars Rock'n'Roll x Superegos... Fazer o quê?... Já quanto ao legado ramônico, incontestável...
[Leia outros Comentários de Pedro Ribeiro]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A FESTA DE ANIVERSÁRIO
PANOS KARNEZIS
PLANETA LITERÁRIO
(2010)



O PAPA E O HEREGE
MICHAEL WHITE
RECORD
(2003)



CONEXÕES COM A FÍSICA - VOLUME 3 - ELETRICIDADE
BLAIDI SANT'ANNA - GLORIA MARTINI - HUGO CARNEIRO REIS - WALTER SPINELLI
MODERNA
(2010)



NOITE
ÉRICO VERÍSSIMO
CÍRCULO DO LIVRO
(2016)



A HISTÓRIA DO NASCIMENTO DE MARIA- PROTO EVANGELHO DE TIAGO
TIAGO
VOZES
(1988)



JONAS- UM ESTUDO SOBRE COMPAIXÃO A DO SENHOR E A SUA
O. PALMER ROBERTSON
CULTURA CRISTÃ
(2011)



RUMO ÀS ESTRELAS- A VERDADE ARRANCADA DA FACE DO MUNDO PELA HIPOCRISIA DOS SÉCULOS
H. DENNIS BRADLEY( TRADUÇÃO DE MONTEIRO LOBATO)
LAKE
(1999)
+ frete grátis



CONCEITO DE CLASSES SOCIAIS
THEOTONIO DOS SANTOS
VOZES
(1991)
+ frete grátis



O CÍRCULO FECHADO
JONATHAN COE
RECORD
(2004)
+ frete grátis



NEURÓTICA - AUTORES JUDEUS ESCREVEM SOBRE SEXO
MELVIN JULES BUKIET *ORGANIZAÇÃO*
IMAGO
(2001)
+ frete grátis





busca | avançada
31582 visitas/dia
1,1 milhão/mês