As Cem Melhores Crônicas Brasileiras | Digestivo Cultural

busca | avançada
101 mil/dia
2,4 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Povo Fulni-ô Encontra Ponto BR
>>> QUEÑUAL
>>> Amilton Godoy Show 70 anos. Participação especial de Proveta
>>> Bacco’s promove evento ao ar livre na Lagoa dos Ingleses, em Alphaville
>>> Vera Athayde é convidada do projeto Terreiros Nômades em ação na EMEF Ana Maria Benetti sobre Cavalo
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O Big Brother e a legião de Trumans
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
>>> Sim, Thomas Bernhard
Colunistas
Últimos Posts
>>> Rodrigão Campos e a dura realidade do mercado
>>> Comfortably Numb por Jéssica di Falchi
>>> Scott Galloway e as Previsões para 2024
>>> O novo GPT-4o
>>> Scott Galloway sobre o futuro dos jovens (2024)
>>> Fernando Ulrich e O Economista Sincero (2024)
>>> The Piper's Call de David Gilmour (2024)
>>> Glenn Greenwald sobre a censura no Brasil de hoje
>>> Fernando Schüler sobre o crime de opinião
>>> Folha:'Censura promovida por Moraes tem de acabar'
Últimos Posts
>>> A insanidade tem regras
>>> Uma coisa não é a outra
>>> AUSÊNCIA
>>> Mestres do ar, a esperança nos céus da II Guerra
>>> O Mal necessário
>>> Guerra. Estupidez e desvario.
>>> Calourada
>>> Apagão
>>> Napoleão, de Ridley de Scott: nem todo poder basta
>>> Sem noção
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Chico Buarque e o Leite derramado
>>> A favor do voto obrigatório
>>> The Matrix Reloaded
>>> Por que as curitibanas não usam saia?
>>> Jobim: maestro ou compositor?
>>> 7 de Outubro #digestivo10anos
>>> A insignificância perfeita de Leonardo Fróes
>>> Soco no saco
>>> De Siegfried a São Jorge
>>> O Paulinho da Viola de Meu Tempo é Hoje
Mais Recentes
>>> Ao Redor do Mundo de Fernando Dourado Filho pela Fernando Dourado Filho (2000)
>>> O Administrador do Rei - coleção aqui e agora de Aristides Fraga Lima pela Scipione (1991)
>>> Memória do Cinema de Henrique Alves Costa pela Afrontamento (2024)
>>> Os Filhos do Mundo - a face oculta da menoridade (1964-1979) de Gutemberg Alexandrino Rodrigues pela Ibccrim (2001)
>>> Arranca-me a Vida de Angeles Mastretta pela Siciliano (1992)
>>> Globalizacão, Fragmentacão E Reforma Urbana: O Futuro Das Cidades Brasileiras Na Crise de Luiz Cezar de Queiroz Ribeiro; Orlando Alves dos Santos Junior pela Civilização Brasileira (1997)
>>> Movimento dos Trabalhadores e a Nova Ordem Mundial de Clat pela Clat (1993)
>>> Falso Amanhecer: Os Equívocos Do Capitalismo Global de John Gray pela Record (1999)
>>> Os Colegas de Lygia Bojunga pela Casa Lygia Bojunga (1986)
>>> Amazonas um Rio Conta Historias de Sergio D. T. Macedo pela Record (1962)
>>> A História de Editora Sextante pela Sextante (2012)
>>> Villegagnon, Paixaƒo E Guerra Na Guanabara: Romance de Assis Brasil pela Rio Fundo (1991)
>>> A Política de Aristóteles pela Ediouro
>>> A Morte no Paraíso a tragédia de Stefan Zweig de Alberto Dines pela Nova Fronteira (1981)
>>> Rin Tin Tin a vida e a lenda de Susan Orlean pela Valentina (2013)
>>> Estudos Brasileiros de População de Castro Barretto pela Do Autor (1947)
>>> A Origem do Dinheiro de Josef Robert pela Global (1989)
>>> Arquitetos De Sonhos de Ademar Bogo pela Expressão Popular (2024)
>>> Desafio no Pacífico de Robert Leckie pela Globo (1970)
>>> O Menino do DedoVerde de Maurice Druon pela José Olympio (1983)
>>> A Ciencia Da Propaganda de Claude Hopkins pela Cultrix (2005)
>>> Da Matriz Ao Beco E Depois de Flavio Carneiro pela Rocco (1994)
>>> Testemunho de Darcy Ribeiro pela Edições Siciliano (1990)
>>> Tarzan e o Leão de Ouro de Edgar Rice Burroughs pela Record (1982)
>>> Viagem de Graciliano Ramos pela Record (1984)
DIGESTIVOS >>> Notas >>> Literatura

Sexta-feira, 13/7/2007
As Cem Melhores Crônicas Brasileiras
Julio Daio Borges
+ de 50400 Acessos
+ 9 Comentário(s)




Digestivo nº 335 >>> Joaquim Ferreira dos Santos é um dos maiores cronistas brasileiros. Sem exagero e nem clichê. Talvez seja o maior em atividade. Portanto, é esquisito que ele não esteja no volume As Cem Melhores Crônicas Brasileiras, recém-lançado pela editora Objetiva - ainda que ele mesmo tenha organizado. Sendo a crônica um gênero tão livre, e por isso tão perigoso, bem que Joaquim Ferreira dos Santos poderia estar lá (com todas as redundâncias)... Mas essa "falha" não tira o brilho da seleção. Na realidade, estamos diante de um dos melhores volumes dessa coleção (sempre de "Cem [Alguma Coisa]"). Elogiado por Matinas Suzuki Jr., Humberto Werneck, por exemplo, tem insistido na sobrevivência do gênero, com coletâneas mais específicas, pela Companhia das Letras. O que ocorre agora, porém, é provavelmente uma novidade: Joaquim Ferreira dos Santos montou um panorama completo da crônica brasileira, num volume único, desde Machado de Assis e José de Alencar (no século XIX) até alguns cronistas na era da internet, como Xico Sá, Antonio Prata e Ricardo Freire. Passando, claro, pelos mestres dos anos 50 e 60 (Rubem Braga, Paulo Mendes Campos, Antônio Maria e Nélson Rodrigues), sem deixar de fora monstros conhecidos não só por isso, como Millôr Fernandes e Otto Lara Resende. A preocupação com a seqüência também se reflete no fato de que o volume atual de Joaquim Ferreira dos Santos pode ser lido como um livro - pela ordem, sem perder o valor documental, e com a mesma fruição descompromissada de quem antes lia os mesmos textos em jornal, em revista ou até na tela. Na capa, podem assustar nomes "de consenso", que nem sempre têm 100% a ver com literatura brasileira, como Chico Buarque e Caetano Veloso, mas nada que comprometa. Parafraseando o Óbvio Ululante, encerramos a leitura felizes em saber que, por causa da crônica, somos campeões do mundo (de novo), há pelo menos dois séculos, e não mais uma nação de vira-latas literários.
>>> As Cem Melhores Crônicas Brasileiras
 
Julio Daio Borges
Editor
Quem leu esta, também leu essa(s):
01. Sem música, a existência seria um erro (Música)


Mais Notas Recentes
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
12/7/2007
06h14min
Caetano Veloso entre os cem melhores desde o século XIX até os dias de hoje? Alguém, injustamente, foi excluído. Vou ler, porém, duvidando do valor dessa "seleção".
[Leia outros Comentários de Marcos Reis]
12/7/2007
10h25min
E as grandes ausências? Raul Pompéia, Manuel Bandeira, Cecília Meirelles, Eneida, Carlos Eduardo Novaes e outros que não me ocorrem. A inclusão de Chico e Caetano é marketing. E alguns "novos", como Danuza Leão, forçação de barra...
[Leia outros Comentários de F. Alves]
12/7/2007
11h14min
O negócio é o seguinte: mesmo que muitos se sintam injuriados com a inclusão desses dois: Chico e Caetano, não se pode negar que ambos contrinuíram e contribuem com qualidade na cultura do Brasil. Ambos já provaram que são feras mesmo, tanto no que se refere à literatura, quanto à música. O que existe é um certo preconceito justamente por eles serem conhecidos, e muito. Ainda bem que não existe unanimidade, né? Mas, penso que se deve olhar com mais atenção a obra, o produto. Não conheço essa coletânea, mas certamente vou conhecê-la, inclusive pela presença dos dois. Excluídos sempre houve e sempre haverá. O que me intrigaria era o Paulo Coelho estar incluído nessa obra. Aí, sim, acho que nem merecia ser lida... PS: Uma das características de Chico é observar o cotidiano e fazer dele instrumento de sua arte, seja na música, na literatura, teatro, etc, etc. E o faz muito genialmente. Abraços. Adriana
[Leia outros Comentários de adriana ]
12/7/2007
13h08min
Oi, Julio: Adoro crônicas. Este livro está recheado de escritores muito bons. Então deve ser uma maravilha...
[Leia outros Comentários de Anna]
12/7/2007
16h24min
Vou reforçar a defesa, iniciada com o comentário da Adriana. Caetano Veloso escreve muito melhor do que sua figura de cantor popular deixa entrever. Como observou muito bem a Adriana, o que ia ser estranho seria a inclusão de outros menos gabaritados. A inclusão de Chico e Caetano pode até funcionar como marketing, e daí? O que vale é que a organização do livro teve a percepção necessária para inclui-los no rol dos bons escritores nacionais.
[Leia outros Comentários de Guga Schultze]
12/7/2007
17h59min
Considerando que é a seleção de Joaquim Ferreira dos Santos, é aceitável que ele coloque como melhor cronista até o Pato Donald; senão o que temos é bajulação, jabá ou uma piada irresistível com o leitor.
[Leia outros Comentários de Carlos E.F.Oliveir]
20/7/2007
10h26min
Comprei, li e gostei. As crônicas de Chico e Caetano não deixam nada a desejar se comparadas às outras presentes no livro. É uma boa seleção. Mas, seguramente, o Pato Donald não estava lá.
[Leia outros Comentários de Adriana]
12/9/2007
11h00min
Creio, realmente, que esse belíssimo livro é uma extraordinária compilação e uma ótima referência. Grande pedida para uma boa leitura e uma benfazeja fonte literária para a alma. De fato, altamente recomendável.
[Leia outros Comentários de Guilherme Cesarino]
28/11/2008
23h46min
Chico e Caetano cronistas? Não me convenceram. É melhor que continuem com suas músicas.
[Leia outros Comentários de Gilda Jorge Corrêa]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Historia Dos Estados Unidos: Das Origens Ao Seculo Xxi
Marcus Vinicius De Morais, Sean Purdy, Luis Estevam Fernandes, Leandro Karnal
Contexto
(2021)



The Road To Middle Earth
Tom Shippey
Harper Collins
(2012)



A Personalidade Através do Desenho
Dra Fernanda Barcellos
Do Autor
(1975)



Vozes do éden
R. M. Lamming
Bertrand Brasil
(2011)



Primeiros Acordes ao Violão - Método Prárico
Othon G. R. Filho
Irmãos Vitale
(2008)



Tratado de Direito -penal Parte Geral 1
Cezar Roberto Bitencourt
Saraiva
(2011)



Inteligência das emoções
Alírio De Cerqueira Filho
Plenitude
(2013)



La Armonia En El Color - Nuevas Tendencias
Bride M Whelan
Color Harmony
(1994)



Livro Literatura Estrangeira 10 Coisas Que nos Fizemos (E Provavelmente Não Deveriámos)
Sarah Mlynowski
Galera
(2013)



A arte da guerra
Sun Tzu
Ciranda cultural
(2019)





busca | avançada
101 mil/dia
2,4 milhões/mês